MENU

quarta-feira, 20 de maio de 2009 - 12:34F-1

BAGUETE PARA A FERRARI

SÃO PAULO (no ar, rapidinho) - Começo a achar que a possibilidade de um Mundial de F-1 sem a Ferrari é algo que deve ser levado em consideração. Os italianos perderam hoje nos tribunais franceses. Pediam a anulação do regulamento de 2010. A Justiça foi acionada em Paris porque é onde fica a sede da FIA. O juiz do caso deu uma baguete para a Ferrari. Max Mosley ganhou mais uma e se fortaleceu. Mais ainda depois de, digamos, estimular as notícias sobre quatro novos grupos interessados em correr se o teto orçamentário for mantido.

Tirando a Campos, o resto me parece uma turma de arrivistas. Mas ainda tem a Prodrive, a Lola, a equipe americana… E a McLaren e a Williams e a Brawn e a Force India… Sei lá. O fato de a Ferrari ter peitado a FIA sozinha na Justiça me parece um sinal de isolamento, apesar das promessas de Red Bull, Toro Rosso, Toyota e Renault de que a seguirão nesta cruzada.

Bem, o que dá para dizer, por enquanto, é que o placar aponta Max 1 x 0.

93 comentários

  1. morpet disse:

    Já vi esse filme, nos Estados Unidos, em 95 ou 96. A Cart deu uma banana pro Tony George e fizeram o próprio campeonato. Deu no que deu. Vão fazer o mesmo com a F1. Lamentável.

  2. Luiz Eduardo disse:

    Na minha opinião a F1 é o que é devido aos carros, os melhores e mais desenvolvidos do mundo. Do jeito que o Mosley quer, a F1 perde muito de seu espírito e, consequentemente, não terá o apelo que sempre teve: carros com tecnologia avançadíssima para os melhores pilotos do mundo. A continuar assim, com o tempo poderemos ver os F Indy e os protótipos de LeMans sendo tecnológicamente mais refinados do que um F1, atraindo para aquelas categorias, ou outras, os principais pilotos. Não acredito que a griffe Formula 1 segure esta barra com o decorrer do tempo. Se não chegarem a um acordo dentro em breve estaremos sentindo muita saudade dos dias atuais. Eu tenho saudade dos bons tempos da Lotus, por exemplo, com as grandes sacadas de Colin Chapmann. Certamente terei também da Ferrari e entendo seu posicionamento contra uma nivelação muito por baixo dos competidores.

  3. DEX disse:

    Brahban….Lotus…..e agora Ferrari???? Foda é aguentar arrogância de italiano que acha que produz o melhor carro do mundo e empurra aqui para o nosso mercado as carroças da FIAT.

  4. rodrigo disse:

    Comunicado da Ferrari diz que já era, não vão colocar os carros na pista em 2010 e vão pra outra categoria.
    Caraca, como é que não vemos ninguém falando da tal liga.
    Fala sério. Se a liga fosse criada, todas esses equipes que querem entrar na F-1 iriam pra lá. A FIA ia fazer o que da vida?

  5. Jose Rubens disse:

    Os politicos (Cicotinho e Gagá) estão finalmente acabando com a NOSSA F1…..

    A questão tá mais para pessoal do que técnica. Primeiro foi a aprovação desse difusor irregular, para todo mundo, menos para o Chicotinho.

    As regruras mudam todo ano. Haja engenharia para isso. Ou o carro é uma maravilha ou uma merda. A maioria ficou ma merda esse ano.

    Sem Ferrari a F1 perde uma parte da história. E essas merdas de equipes pequenas que estão chegando não significam nada.

    E sai o Fernandinho e mais quem?????? Vai ficar só piloto meia boca?

    Á merda para essa política nojenta. Viva o esporte.

    Façam um regulamento técnico bem embasado e deixa com pessoal cuidar do resto.

    Deviam fuzilar esse Max Chicotinho e Bernie Gagá!!!!!!!!

  6. Charles disse:

    O problema da F1 não é ter dois regulamentos, isso já aconteceu entre 1987 e 1988, quando haviam carros turbo e carros aspirados. O problema maior é não existir EQUIVALÊNCIA entre os regulamentos como existia naquela época.

    Sinceramente, causa me espanto ver gente defendendo esse regulamento duplo de 2010 alegando que são condições iguais para todos. É óbvio que isso não está correto e que essas medidas são claramente protecionistas.

    Não bastasse isso, os times que a FIA alega estarem interessados em participar no campeonato de 2010 são todos de aliados políticos dela. Nick Wirth por exemplo foi engenheiro da Simtek quando esta ainda era uma equipe que tinha participação societária de… Mosley!!! Tempos atrás, Mosley utilizou uma consultoria de Wirth para testar aquele aerofólio duplo que acabou não vingando.

    Ray Mallock também é amigo do peito de Mosley (inclusive já guiou March quando Max era dono da March).

    Imagine ver no campeonato de 2010 equipes do porte da iSport, Wirth, Lola, USGPE, Epsilon Euskadi, Mallock Racing disputando corridas?!? Já tivemos coadjuvantes como Osella, Tecno, Hexagon, Onyx, Eurobrun, Coloni entre outras na F1, mas elas eram COADJUVANTES e mal compunham o grid (geralmente não se qualificavam para o grid). O que Mosley pretende é que esses times sejam CONTENDORES SÉRIOS do campeonato.

    Triste ver que por causa do egocentrismo e megalomania de um cidadão como Mosley estamos vendo dia após dia a categoria mais importante do automobilismo ir para o buraco.

  7. Deixando as razões da Ferrari e das demais equipes de lado, temos uma concentração muito grande de poder nas mãos de um doido egóico. A historia da humanidade está repleta de exemplos como este e nenhum deles terminou bem. Max Mosley não deverá ser uma exceção.
    O ‘Império Britânico’ da F1 que se cuide, do jeito que as coisas estão a Ferrari já pensa em contratar um inimigo à altura – o exército de Brancaleone.

  8. Bronca disse:

    Quando sou obrigado a procurar o significado de “arrivista”, vejo o quão ignorante sou. Ahah. Nessa linha, foda-se a Ferrari.

  9. Dynastes Neves Marinho disse:

    Flavio

    Bernei, Mosley (vuldo Bob Esponja), Ferrari… ahhhh
    Vou voltar a assistir corrida de kart !!!

    Mudando de assunto;
    Olha esse video do Fangio
    http://www.youtube.com/watch?v=MRc18SfbnIM

    Para guardar…

    Abraço
    Dynastes

  10. revelador disse:

    olha, realmente os italianos tem razão, a categoria vai virar uma GP2 melhorada….. aí sim veremos remelas tipo Nelsinho & Cia ganhando corridas e manchando as estatísticas da Fórmula 1 para sempre…. ou até o tio Max cair fora…..

    Sem dúvida será uma nova era na categoria, nunca mais será a mesma……. novos tempos minha gente…..

  11. Alexandre Teixeira disse:

    Acho que, no final, tudo dá certo..

  12. Eric disse:

    Eu estou com o Thomé…..

  13. Wagner Valente disse:

    Quem já presenciou uma corrida de F1, no autódromo, e pôde ver uma batida, sabe que a coisa é impressionante.
    Quando ninguém se machuca, é realmente inesquecível… desses assuntos para repetir durante anos numa conversa com amigos.

    Até que essa briguinha estre a Ferrari e a FIA está sendo bem legal.

  14. Marcel Pilatti disse:

    e Todt, principalmente.

  15. Verde disse:

    A Formtech é a empresa que comprou os ativos da Super Aguri no ano passado. Na época em que compraram, eles estavam, inclusive, pensando em passar essa estrutura pra frente caso aparecesse alguém querendo entrar na F1 que precisasse de tudo pronto.

    Epsilon e RML são equipes que correm regularmente nas 24 Heures du Mans. A Epsilon, até uns dois anos atrás, tinha equipe na World Series também.

    O mais arrivista aí me parece ser o Nick Wirth. Todo mundo se lembra dele na Andrea Moda e, principalmente, como o responsável pelo famigerado Simtek S941. Mas ele ficou boa parte dos anos 90 como projetista da Benetton.

    Aos que morrem de medo de ver equipes patéticas no grid novamente, fiquem tranquilos: nenhuma dessas equipes lembra coisas como Life, Connew e Andrea Moda. Até mesmo algumas equipes de F3 possuem uma estrutura suficiente para competir na F1 (a ASM, da F3 Européia, tem acesso a túnel de vento).

  16. JONAS disse:

    Também acho que as coisas ainda vão se ajeitar. Mas também acho que o momento era crucial para a FIA, ou abira as pernas e a F1 seria mesmo uma categoria comandada por montadoras, ou endurecia a conversa e tentava algo sem tanta dominação. Agora, falam de campeanato desigual….desigual é uma Force India trabalhar com milhões de euros e uma Ferrari ou Toyota trabalhar com algumas centenas de milhões de euros….E é isso que elas querem, até que um dia resolvem que não é mais interessante e caem fora sem cerimônias.

  17. Marcel Pilatti disse:

    Como o Schumacher saiu fora da ferrari, muita da força deles foi perdida…

  18. Roberto A. Silva disse:

    A F1 sem Ferrari será tão popular quanto a GP2.

  19. Alessandro Silva disse:

    Nunca pensei que fosse dizer isso, mas, depois das últimas atitudes e declarações da ferrari, to começando á ficar do lado do Max…

  20. ALEX B. disse:

    Não esquenta não Flavinho, ano que vem teremos FIAT – F1!!! Aguarde e confira…
    Teremos Indy Gomov no Museu do Automóvel?? Faz um esforço , tovarich!!!!

  21. Ricardo Piva disse:

    Creio que não é momento para desesperos. Provavelmente (e eu digo provavelmente pois nada nesta vida é certo, exceto a morte) o velho Max terminará tomando um bom vinho no escritório do Capo di tuti capi Luca di Montezemolo, ficando ao final tudo resolvido.

  22. Marcio Vieira disse:

    Essa coisa de teto orçamentário não serve em nenhum lugar pois existe o instinto capitalista dentro de todos os envolvidos.
    Por exemplo: Se a Bravox quiser patrocinar a Williams pagando mais que a Phillips, o Sr. Frank irá recusar pois estará limitado ao orçamento de 40M?

    É óbvio que não!! Estão querendo socializar um esporte que tem por essência o capitalismo desenfreado. Forçar a barra não vai funcionar, ou você acha que eles vão se contentar em contratar a Preta Gil para cantar sendo que poderiam buscar uma Ivete Sangalo?

    O que vai acontecer: Lavagem de dinheiro, Caixa 2, etc., para sempre uma equipe ter a melhor repimboca da parafuseta que a outra. Isso é concorrência, oras!!
    Vão terceirizar atividades dentro da empresa, funcionários serão PJ, vão abrir infinitas empresas para burlar o limite orçamentário.
    Manipular o mercado numa concorrência tão elitizada vai ser um tiro no pé.
    O que sugiro é uma espécie de Imposto de Renda: Aqueles que, em seus balanços, faturam mais pagam mais taxa proporcional que a equipe pequena.
    Tem que haver uma redistribuição dos dividendos. Por exemplo: Force India, Toro Rosso, Williams “declarariam o IR” como Isentos, e a Ferrari, Toyota e outras gastonas pagariam mais.

    Reitero: imposição ao mercado de consumo (tecnológico, econômico, esportivo etc.) não funciona!! Manipular preços não funciona. As equipes vão burlar o sistema, mesmo se enfiar mil auditores.

    Porém, se as equipes ricas pagarem mais, esse dinheiro poderia ser destinado para as pequenas, que poderiam usar a grana para desenvolver melhor seus carros.

  23. Conrado Freire disse:

    Uma pena isso tudo que ta acontecendo. Na realidade, é uma vergonha…

    A FIA, ou melhor, Max Mosley, está beirando ao ridículo mesmo e ninguem tem poder pra fazer nada. Aliás… o Bernie Ecclestone é o único que ainda pode virar essa jogada, na minha opinião. A FIA pode bater o pé qnto quiser… impor o que quiser. Mas o fato é a FOM não está gostando de ver as maiores equipes saindo do circo… por isso é certo que essa historia não terminou ainda.

    A Ferrari saindo da F1, não posso dizer que vou parar de ver F1, mas certamente não vou ter mais time pra torcer. Sou Ferrarista desde antes de ser tricolor! Minha bandeirona direta de Modena vai hastear em outra categoria. E espero de coração que a Ferrari tenha influência o suficiente pra trazer outras montadoras pra uma nova categoria. E quem sabe, uma categoria que foi perdida pela FIA, ao longo dos ultimos 20 anos, como aquela F1!? Adoro Williams e McLaren… mas prefiro Renault e BMW, se tiver que escolher.

    Gostei demais da postura do Alonso… é por essas e outras que ele é o piloto principal da categoria a uns 5 anos: COJONES. Já engoliu uma vez a seco, do Mosley (e do Bernie) que ele e o Kimi não traziam nada pra categoria – em relação ao Hamilton. Massa e Kimi tb já demonstraram descontentamento.

    Como fã (mesmo) de F1, estou realmente chateado com essa situação, por mais ridículo que possa parecer. Ta sendo pior do que ver meu Fluzão cair pra 2ª… e 3ª divisão.

    Não acho que tenha acabado ou que vá acabar assim…

    Mas é mais um exemplo de que algumas coisas não mudam.
    Velhos não evoluem. Dinheiro continua valendo o mesmo Poder.

    A FIA diz que a Ferrari fere o esporte, é desleal e tudo mais… mas o fim é justamente o benefício do esporte.

    O que a FIA ta fazendo, via Mosley, é ACABAR com o esporte.

  24. HC disse:

    a Ferrari foi boa pra pressionar na imprensa e pra entrar na justiça.
    Agora vai ter balls pra honrar o q disse e meter a viola no saco?

  25. Alicio disse:

    O placar indica é que tenho que começar a achar outra coisa pra fazer domingo as 9h da manhã…

  26. Roberto Martinez disse:

    Ainda aposto que o Bernie ajeita as coisas até o fim do verão (deles).Nem 8 , nem 80

  27. Pablo Vargas disse:

    A Ferrari tinha era que se empenhar em fazer carro decente.
    Está se borrando porque nao consegue fazer nem sem teto orçamentário, ademais acho que esse teto vai ficar mais difícil pagar salários milionários para os integrantes da equipe. Isso justifica ir pra qualquer outra categoria que não tenha controle orçamentário.

  28. Marcelo Borges Araujo disse:

    A Ferrari é a Ferrari.
    A F1 sem a Ferrari não será nada.
    Qualquer outra categoria em que os carros vermelhos estejam presentes irá chamar mais a atenção do que a própria F1 a partir de 2010, que, ao que está se desenhando, ficará absolutamente capenga com a sua ausência e fragilizada do ponto de vista tecnológico.
    Concordo com os que dizem que em 2010 a F1 não será mais a F1. Para mim estão matando todo o conceito inicial que a criou e instituindo uma categoria pobre, sem atrativos e que não merecerá ser considerada como a principal do automobilismo mundial.
    Apóio a Ferrari e acredito que, mantido o regulamento como está, é melhor mesmo que saia e busque um lugar que mereça o desfile dos seus lindos carros vermelhos.

  29. cadu disse:

    A Ferrari é tão importante para a F1 como a Seleção Brasileira para a copa do mundo… Mas o comunicado ridículo da mesma falando que as equipes que querem entrar não vão gastar 400 euros por convidado nos camarotes é deprimente.
    Temos outros argumentos mais sólidos…
    Como eu e 99,999 % dos fãs de F1, não vamos a nenhum camarote, isso não faria a menor diferença.

  30. Thiago disse:

    Creio que o verdadeiro problema não é a limitação do Teto Orçamentário, mas sim a mudança constante de regras.
    Nos últimos 5 anos, todos os anos tiveram regras novas. Já pensou se no futibol fosse assim: Agora existe impedimento, agora não, agora tem impedimento pra atacante, pra zagueiro não, agora só tem impedimento pra Palmeiras, São Paulo e Corinthians o resto, como ganha menos, tem isenção.
    Fala sério!

  31. Fernando Duarte Gago disse:

    E o Gola? Vai ficar desempregado? Ou tem um plano B?

  32. Tohmé disse:

    Pra mim, foda-se a Ferrari (desculpe o palavrão)

    Que vá pra GP2

  33. Daniel Tomiate disse:

    Lembram do Ituano campeão do Paulistão de 2002, desprestigiado, sem os quatro grandes times? Pois é.

  34. Guga. disse:

    Ops, comentários duplos. Isso que dá trabalhar, almoçar e navegar ao mesmo tempo. Sorry.

  35. Ivo disse:

    Flávio, dá uma idéia para o Gola Profonda.

    Fala pra ele sugerir para a cúpula Ferrari continuar na F-1, só que usar o nome/marca Fiat.

    Aliás, o primeiro modelo poderia se chamar Fiat 147, rs

  36. Guga. disse:

    Agora convenhamos, a RML é um time da P2 na LMS, não tem nem como imagina-los na F1. A Epsilon não tem dinheiro nem pra correr apenas em Le Mans esse ano, o que é uma pena, o carro é lindo de morrer. Uma equipe iniciante de F3 indo pra F1? Mais facil a CART, o WSC e o ITC ressucitarem, juntos. Nick Wirth, Formtech… Conversa pra boi dormir. iSport é uma boa, como suporte para a USGPe.

  37. Em resposta:
    20/05/2009 – 12:51 – Enviado por: Rossano

    Rossano não se trata somente de birra Ferrarista.O maior problema não é o limite e sim o controle dele.E também a questão de ter dois regulamentos.
    Também não acho legal criticar a postura da Ferrari e defender um aborto da natureza como o Mosley.Ambos são egocêntricos demais.
    Não se corrige erros com outros erros. A FIA está metendo os pés pelas mãos, em nome do esporte? Nada, em nome de egos gigantescos.
    Alonso disse uma coisa interessante hoje: “Que adianta trazer 3 ou 4 equipes novas ao custo de perder 7?”
    Nada é eterno na vida e acho que a F1 vai mesmo entrar em decadência, não pela Ferrari e sim mais pela arrogância estúpida do Mosley.

  38. Fernando M.A. disse:

    Eu achava antes desse decisão da justiça que o plano era fechar com regulamento único com o dobro do limite de gasto, afinal fora a Renault, as demais aparentemente são contra os dois regulamentos, não o limite, porém agora com tantas vitórias do Max Mosley, acho que vai ser quase esse regulamento, no máximo com o limite de gastos não envolverem salários e custo de pessoal.

  39. Raul Santana Neto disse:

    Noticias, noticias.

    Acabei de receber informacoes de que o veneravel juiz ainda se encontra revoltado com a Italia por ter feito injustica com o seu queridinho Zizou, o forcando a dar uma cabecada inocente e amigavel no colega materazzi, que como todo espalhafatozo italiano se jogou ao chao, e ainda para completar a ira eterna do sr meritissimo, a italia Tascou a Linguiza toscana no rabanete dos franceses. Tal meritissimo ficou indignadissimo com o fato, pois como todo bom frances ele prefere o Salchichon no rabanete.
    conclusao:
    Frances privilegiando ingles????
    Jean todt almejando o comando da FIA, e o solene da esta sentada no dick do Max, ou sera que o max ofereceu o chicotinho???
    HUmmm, me parece mas um causos daqueles que nois estamos bem acostumados a ver no Brasil – O Poder Publico corrompe o empresariado, e quando o esquema se enfraquece pois o Poder Publico quer mais e mais dindim, a justica pune o empresariado por corrupcao, suborno, formacao de quadrilha etc…, enquanto os idolatrados, venerados robbins Hoods da vida publica saem ilesos e com mais poder. Quando vamos destronar estes calhordas que agem em nome de bandeiras demagogicas?

  40. Rogério Magalhães disse:

    É… como diria o outro, sei não…

    Acho que nessa a Ferrari se ferrari…

    Agora, vem cá, será que essa redução de custos vai passar por, de repente, essas equipes comprarem chassis prontos? Porque se o cabra da Prodrive não tinha bala, não vai ser uma dessas equipes aí que vão ter para fabricar um carro próprio… tio Max Chicotinho tá pensando em liberar a bagaça para os caras poderem correr? Daí, quem sabe, a Ferrari possa vender chassi ou mesmo motor para os novos aventureiros…

  41. Guga. disse:

    É, a vaca realmente vai pro brejo. Acho que das insurgentes quem sai mesmo é a Ferrari (uma tragédia para a F1, uma benção para Le Mans), Renaul e Toyota, que já vinham ameaçando a algum tempo. A Red Bull vai desistir do mundialito de queimada e continua na categoria, talvez com algum apoio da Renault para continuar andando com o motor Mader. Das novas, apenas USGPe, Addax e Prodrive parecem ter condições para competir. A dúvia é a Lola, ela atuará apenas fornecendo carros? É dificil imagina-la como equipe competindo diretamente com sua associada Prodrive/Aston Martin. E chassi pra esse povo todo? Motores tem a Cosworth, é dificil imaginar que as três novas tenham condições de fabrica-los em apenas um ano.

  42. Vilton disse:

    Engraçado esta história de Ferrari e quetais, o nome do campeonato é campeonato de pilotos. Desde o inicio da F-1 sempre foram os pilotos as grandes estrelas: Fangio, Clarck, Lauda, Prost, Piquet, Senna…, a Lotus acabou, a Brabham acabou, a Tyrreu acabou e a F-1 continuou. Se a Ferrari sair? Vai com Deus, na vida tudo passa, quem sabe assim volta-se a dar importancia a quem de direito: O piloto.

  43. rodrigo disse:

    Torço para a McLaren, mas ganhar titulos sem a estar competindo com a Ferrari não vai ter a mesma graça.
    Estão acabando com a F-1.
    Lamentável o que estão fazendo.
    Porque não se cria logo a tal liga.
    FG, vai lá e ensina pra eles como se faz, você já criou a Super Classic.

  44. amaro juvenal disse:

    Indy vai bombar ano que vem !

    acho até bom, pq vamos poder ir a Miami etc ve ruma sprovas, oq é mais barato d q europa.

  45. Rossano disse:

    Engraçada a Ferrari. Só entra no jogo se puder gastar mais de 40 milhões. Então, quer dizer que se tiver que se igualar às outras, faz biquinho e chora. Deveria sim disputar o campeonato de igual para igual, e não gastar os tubos, como sempre fez, deixando o campeonato desigual e desinteressante.

  46. Mário Sérgio disse:

    Bourdais: ” chupa palhaço.”

  47. Guga. disse:

    Acho que no fima das contas saem a Ferrari, a Renault e a Toyota, que já vinham ameaçando a tempos. Red Bulls e BMW continuam.
    Minha dúvida é a seguinte, e chassi pra esse povo todo? Vamos considerar que McLaren, BMW, Toro, Red Bull, Williams, Brawn, Force India. Prodrive/Aston Martin, USGPE e Addax participem como equipes, a Lola vai apenas fabricar carros?

  48. Anselmo Coyote disse:

    Versão Tanto Amar (Chico Buarque)
    p/Ferrari.

    É na soma do seu olhar
    Que eu vou te conhecer inteira
    Se nasceu pra enfrentar o mar
    Ou faroleira.

    A verão para o Flavio Briatore, incendiário desta peleja, está no forno.

    Abs, FG.

  49. Marinho disse:

    Se o Esclestone disse que a Brawngp não significa nada para os torcedores , imagine um grid formado por carros da GP2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>