MENU

quarta-feira, 12 de agosto de 2009 - 17:08Stock Car

EQUIPE, NUNCA MAIS

SÃO PAULO (fim) – Paulo de Tarso, pai de Tarso Marques, dono da Action Power, não quer mais saber da Stock, nem de ter equipe. O incêndio que destruiu todos os equipamentos do time, inclusive os carros,  no coeço de julho, colocou um ponto final na trajetória do velho Paulão. Pelo menos é o que ele diz nesta ótima entrevista a Evelyn Guimarães.

22 comentários

  1. Beto disse:

    Coitado dele…

    Ele conquistou toda a fortuna dele como mesmo? Vendendo inseticida?

    Acho muita cara de pau esse chororô dele sobre o automobilismo. Embora sem discordar que é um esporte ingrato, sim.

  2. Eduardo Melo disse:

    Concordo com a opinião do André, a stock tem tudo para ser um ótimo entretenimento, erros acontecem somente com quem está fazendo algo. Quem não faz nada não erra… Acho que as corridas da stock já foram melhores, creio que a globo não dá à categoria a atenção que merece, mas gosto do automobilismo e torço para que a direção da categoria encontre saídas para tais problemas.

  3. André disse:

    Pelo depoimento dele a gente percebe quão árduo é o trabalho para se manter uma equipe de corridas. É só pelo amor ao automobilismo mesmo. Por isso é de se admirar quem tem disposição para isso não importando a categoria que corra. Desde kart até stock (para ficar no Brasil) e quem se propõe a organizar um campeonato desde um regional até um nacional. Então pessoal o que eu quero dizer é o seguinte. O pessoal da stock está tentando fazer um campeonato e tem um monte de gente criticando negativamente. Gente que nunca fez nada pelo automobilismo. Gente que critica a Vicar por incompetência, mas o campeonato está acontecendo e com cobertura nacional de televisão. Gente que critica que o carro não tem tecnologia, mas o objetivo da categoria não é desenvolver tecnologia. O objetivo é criar entretenimento e esse objetivo foi alcançado. Além disso essa categoria propicia condições para pessoas que realmente gostam de automobilismo possam viver disto. Mas parece que o pessoal prefere que a categoria acabe para poder ficar reclamando que não há categorias de automobilismo profissionais no Brasil. Não tenho nenhuma relação com a stock car, sou apenas um fã e costumo ver os dois lados da moeda para emitir uma opinião.

  4. Claudio Aun disse:

    MELHOR LER BESTEIRA QUE SER ANALFABETO,,ACHARQ EUA BAND É O QUE TEM DE MELHOR EM AUTOMOBILISMO,,,,,,,,,,,,,,,,,AHH,,,,,,NÃO ESQUEÇA SE TIVER JOGO DA LUSA CONTRA 0 XV DE PIRACICABA,,,,ACABOUA TRANSMISSÃO,,,DA BAND E JUNTO AQUELE QUE BERRA MAIS PORCO NA HORA DA MORTE

  5. dcoelho disse:

    A Top Race V6 da Argentina, que teve correndo por aqui no mês passado e virou tempos dois segundos mais lentos em Interlagos, custa 250 mil reais a temporada! O Paulo de Tarso disse que a Stock custa 1,5 milhão. Você corre SEIS anos seguidos de Top Race gastando a mesma coisa que um ano de Stock. Será que eles não podem aprender alguma coisa com isso?

  6. Eduardo Melo disse:

    Automobilismo só existe com dinheiro!!! Dinheiro só existe com patrocinador!!! Patrocinador só existe com divulgação!!! Porém, se não houver um “produto” que os telespectadores gostem, nada disto vale. Consertem o produto, melhorem as corridas, diminuam custos, então procurem um divulgador (rede de TV) que realmente esteja interessada em promovê-lo.

  7. Paulo Arnaldo P.A. disse:

    Primeiro, gostaria de dar os parabéns para Evelyn Guimarães. Que matéria excelente!!!!

    Em relação ao Paulo de Tarso. É evidente que toda a situação abalou o emocional dele. Mas ele conta muitas verdades sobre o nosso automobilismo. Eu sempre fico na torcida, para que pessoas que estão à frente das categorias, reflitam bastante e mudem sua forma de trabalhar.

    O problema é que no Brasil, o nosso automobilismo sobrevive sob ações duvidosas de dirigentes sob ponto de vista de moral e ética, falta de planejamento, ausência de investimento, choque de interesses unilaterais e falta de competência. E se sobrevive, é graças à pessoas que batalham, soam a camisa e carregam uma verdadeira paixão pelo esporte e pelo negócio (me parece que Paulo de Tarso está dentro desse grupo). E me parece que esse segundo grupo é minoria ou essas pessoas não estão hierarquicamente acima.

    A Stock vive um momento de alerta amarelo. Neste ano, a Globo resolveu limitar a transmissão a categoria não tem agradado à ninguém. O chassi novo veio num momento inoportuno. A visibilidade da categoria, que era relativamente boa no ano passado, está péssima neste ano. E como ficarão as coisas para o ano que vem? Neste momento, o que os dirigentes estão pensando à respeito?

    E para finalizar, comentando da Rede Globo. Eu gostaria de um dia entender por que a transmissão da Globo num evento esportivo é direcionada para não exibir os patrocinadores? Não consigo ver coerência nisso! Uns podem alegar para evitar poluição visual na transmissão? Às vezes tem tantas marcas num espaço que é filmado, que fica feio para transmissão. Eu, que estou começando a trabalhar na TV, posso afirmar que esse excesso é ruim para filmagens. Outros acham que é egocentrismo da Globo em não querer expor as marcas que não pagam à ela! De qualquer forma, as empresas têm que aparecer. Qualquer evento esportivo depende muito disso. Desde que não haja excesso. Nos dias de hoje, considero a Televisão, uma peça fundamental para o sucesso de qualquer evento esportivo.
    Tenho essas dúvidas e gostaria de compreender melhor. Será que alguém tem essa resposta?

    No mais, momento de reflexão! Eu como apaixonado pelo automobilismo, sonho com dias melhores.

    Um grande abraço para todos!

    P.A. – Paulo Arnaldo

  8. Roberto Martinez disse:

    Ele deveria ter dito isso tudo enquanto era dono de equipe e fazia parte da Stock. Agora perde o peso…

  9. Anônimo disse:

    Muito bonito no papel.

    Mas quem conhece um pouco da vida da família aqui em Ctba sabe bem q a filosofia da família é queimar dinheiro e dar a conta pros outros pagarem.

  10. arnold disse:

    sera q ele falaria isso se a caranga dele nao tivesse pegado fogo???é xororô mesmo….

  11. Mãe Dina disse:

    Realmente, uma pessoa publica não pode falar coisas que ficam quicando, mesmo porque outras pessoas como jornalistas gostam de chutar. Mas acho que o Flávio Gomes agora realmente pegou no pé do Rubinho. Acho que ele simplesmente quis dizer que o cara já está velho, e não é apenas a dor no pescoço. Nada de exagerado achei, mas deveria mesmo ter deixado claro.

  12. Celso Silva disse:

    Meu Deus o automobilismo brasileiro ta na merda mesmo.

  13. Paulo Tadeu disse:

    Mas a especialidade dele e dos filhos sempre foi queimar muito dinheiro.

    Seja brincando de correr de carro, até na F1, ou com a garagem forrada de brinquedos milionários.

    O caso do incêndio, portanto, certamente acaba sendo usado como uma boa desculpa para pular do barco furado da Escroque.

  14. Rafael Jorgens disse:

    É fogo mesmo.
    Deixar a obra de uma vida sob responsabilidade de uma pessoa ( tal motorista).
    Quando vi sabia que tinha sido por uso errado dos freios traseiros, ainda que a carga não seja tão pesada, que é o pior.

  15. Alfredo disse:

    Hipocresia! Depois que acabou o jabá começou a cuspir no prato. Seria mais honesto se tivesse apontado tudo isso antes. Agora, soa como chororô.

  16. miguel disse:

    Tadim dele, não vai mais brincar de ser dono de equipe de carros de corrida, to morrendo de dó, Como diria o Flavio Gomes.. e eu com isto?

  17. rogerio catelli disse:

    sem comentarios nem pro e nem contra…….mas quem sabe da vida dos caras q andavam de carretera incendio em oficina era motivo de churrasco………….catarino andreatta e outros da epoca jamais fariam tal declaração

  18. André disse:

    É isso q dá deixar nas mãos da Globo!
    Vicar idiota!
    Será q agora eles aprenderam?
    Não adianta,quem melhor cobre automobilismo no Brasil é a BAND.
    A Record q anda peitando a Globo no futebol e esportes olimpicos deveria aproveitar a oportunidade e atravessar o contrato da estoque.

  19. Pedro Araújo disse:

    Caramba, ainda bem que eu sou só espectador, não tenho o automobilismo como meio de vida.

    O Paulo de Tarso é mais um a confirmar o que a maioria já sabe.

  20. ALEX B. disse:

    O Paulão, embora descontada sua ira, disse um monte de verdades sobre a VICAR, o Col, a toda poderosa, e etc. Fará falta! Tomara que ele releve e repense! Agora que ele deu um puta azar, deu mesmo!

  21. Gargalhada disse:

    Parabéns Evelyn pelo momento captado. E também pelo Paulo de Tarso (até que enfim um!) que disse que só aparecem os acidentes. Tenho mais do que fazer porem gostaria de pegar todas as fitas do campeonato e somar, apenas somar não contar o periodo de exposição, de quem aparece e quantas vezes. Tirando “aqueles”, só aparece quem roda … E neguinho vende a exposição? Exposição de que? Só se for ao ridículo, aliás como é “platinada”!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *