MENU

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010 - 16:52F-1

OUTRO CASO ESQUISITO

SÃO PAULO (os russos não são mais os mesmos) – Vitaly Petrov assinou com a Renault com o apoio da Gazprom, gigantesca companhia de gás da Rússia. O valor, 15 milhões de euros. Pelo menos era isso o que dizia a imprensa internacional até a apresentação do piloto, em Valência. Aí, viu-se que nem no carro, nem no macacão do piloto havia alguma menção à Gazprom.

Ora, pode ser que os adesivos e bordados não tenham ficado prontos, poderia pensar ingenuamente alguém. Ingenuamente mesmo, porque se tinha alguém pagando, gostaria de aparecer. Ainda mais na apresentação, com imprensa do mundo inteiro por lá.

Agora vem o pai de Petrov a público para dizer que a grana que a Renault pediu sairia de seu bolso, através de um empréstimo bancário. “Meu filho chorou quando eu disse que não daria para arrumar o dinheiro”, disse.

Filho é filho. E pai é o banco que empresta 15 milhões de euros a alguém, mas mesmo assim papai Petrov foi atrás e parece que tem um amigo fodão num banco que vai arrumar. Tem até o dia 1º de março para depositar na conta da Genii, a nova dona da Renault.

História estranha, essa. Muito esquisita. Pode ser que essa vaga sobre para alguém. Tem piloto chinês na fita, não tem?

35 comentários

  1. Rogério Magalhães disse:

    Bom, vai ver Papai Petrov deve ter se consultado com os Piratas Sérvios para ver como conseguir a bufunfa…

    Mas tá virando circo a coisa, que faaaaaaaaaaase…

  2. ALEX B. disse:

    Repito: Gente estranha, festa esquisita…

  3. Orlando Salomone disse:

    É, já não se fazem russos como antigamente. Nenê chorou porque papi não tinha dindim? Coisa feia…

  4. Clenio A. Vilela disse:

    Penso como o Jonotas: caso sério estas equipes novatas, entrarem com poucos testes, pilotos novatos, querendo mostrar serviço e dividas atrás… muito sério! Como já vimos isto antes, vai dar zica! Campos e USF1 já estão com cheques ” borrachudos” e pilotos se endividando. Onde ficará a serenidade para uma pilotagem eficiente?

  5. Bruno disse:

    Ficava mais bonito o Pai do Petrov falar: “eu não sabia…”

    Esses russos são meio estranhos… em menos de duas decadas fortunas bilionárias nasceram do nada na velha (e pelo jeito muito boazinha) Mãe Russia.

    Segue o jogo… lá como cá o mundo esta recheado de boas intenções… que sempre são jogadas no ralo quando se deparam com pilhas e pilhas de dinheiro.

    Piada da Semana: sabem o porque as notas do real terão tamanhos diferentes? Facil… as menorzinhas são para as meias e as maiores para as cuecas.

    Abraços

    Imperador

  6. Paulo Emilio disse:

    Lembra um pouco a entrada do Niki Lauda na Formula 1!
    Lauda conseguiu uma vaga na equipe March em 1972 atraves de um emprestimo bancário que conseguiu.Só conseguiu saldar seus débitos quando entrou na Ferrari em 1974! A diferença , além dos valores, era que o pai do Niki Lauda em nada ajudou para a obtenção do dinheiro , pois era contra a carreira que o filho escolhera !

  7. Leo disse:

    Será que o BNDES descola uma grana dessa pra mim?

  8. José Carlos Reuts disse:

    Ai que saudade dos bons e velhos tempos que para entrar na F1 só precisava de uma coisa: TALENTO.

    Hoje poucos tem talento e muitos tem patrocinadores milionários.

    É porisso que a F1 virou essa merda!!!!!!!

  9. disse:

    15 dinheiros levantados assim??? Estranho ainda a Renault estampar ele no site.

  10. Luis Albertyn disse:

    Bem que Papai Petrov podia dar o telefone do gerente dele pro Adrian Campos…

  11. Mario Mesquita disse:

    Esse banco deve ser da máfia russa…

  12. pauloaidar disse:

    P…Flavio, quem é esse cazzo de pai que descola 15 milhas de euros num banco pra jogar fora??? Mandrake, Lothar, Chris Angel, Copperfield ????

  13. Jonotas disse:

    Jonatas disse:
    8/02/2010 às 18:42

    Em 1994, entraram na F1 duas equipes: Simtek e Pacific…
    A Pacific era demasiadamente lenta e Simtek também, talves um pouquinho menos lenta que ela…

    A Simtek tinha como proprietário na época Nick Wirth, que teve facilitada sua entrada na F1 por um cidadão chamado Maz Mosley… Reza a lenda, que a Simtek foi para o GP Brasil (abertura naquele ano) com pouco mais de 2000km de testes(!), uma ninharia… Estrearam com David Brabham e Roland Ratzemberger – este não obteve tempo pra largar. No 2º GP, no Japão (que tinha o nome de GP Pacifico), o Roland classificou-se e se não me falha a memória o David não (tenho esse GP gravado e não lembro dele estar no grid)… Roland terminou a prova 5 voltas atrás do vencedor…

    Veio então San Marino, 3ª etapa… 30 de abril… O aerofólio dianteiro do carro 32 de Ratzemberger se solta de forma inexplicável antes da curva Villeneuve… Há o choque, e o piloto morre…

    Estou voltando no tempo pois que o problema foi evidenciado e ligado a uma falha estrutural do carro… que não suportou o solo irregular da pista de Ímola…

    Em suma: colocar carros na pista sem a menor rodagem e pilotos inexperientes pode resultar em uma combinação muito perigosa… Acho que deveria-se exigir que testem uma quilometragem “x” antes de iniciar a temporada… E não apenas ser aprovado num único “crash-test”… Isso aconteceu em 94 e deu no que deu… Ah! e soh para completar…o Andrea Montermini entrou no lugar o Ratzemberger em Montmeló e… bateu… o erro foi do piloto, mas a célula de sobrevivencia não resistiu e ele quebrou os pés no impacto…

    Novamente: é temerária a colocação de equipes novatas sem o menor preparo e experiencia…

    • Fábio disse:

      Como comentário, Roland pagava pra correr, não tinha patrocínios e não era só por competência que estava lá.

      Massa quando se fixou na sauber afirmou que estava finalizando um de seus empréstimos, ou seja, não me parece que é de hoje que tem gente fazendo de tudo pra entrar na F1.

  14. Mauricio disse:

    Que draga está a Renault!
    Coitaddo Kubica, é piloto pra equipe bem melhor que essa aí.

    • Decio disse:

      Digamos que foi olho grande,apressado,e sem um empresário que entende do assunto,o Petrov tentou jogar a isca e a Gazpron não fisgou.Dançou.
      Agora vai faltar equipe de nivel, pois pilotos de ponta tem. Espero que a Red Bull venha forte e acompanhe Ferrari,Mercedes,Mac-laren,a Willians poderia resurgir tambem encontrar o seu lugar la na frente do grid.Seria muito bom ver equipes fortes brigando 6 ou 7 pelo menos daria 5 caras brigando pelo titulo, será que vai rolar assim este ano???

  15. Rodrigo Zauli disse:

    Deu medo… Imagina como esse cara vai ter que se virar pra pagar isso aí… A aventura de 1 ano do filho dele vai render um interesse anual de no mínimo uns 25%. O figurão do banco russo está se arriscando muito, inclusive. Esse menino chorão vai ter que se matar se for preciso… Pra se ver livre de encrenca ele vai ter que vencer no mínimo duas corridas. Três por medida de segurança. Ele vai ter que jogar o carro por cima dos competidores mais fortes sem dó. Isso é bizarro…

  16. MSS disse:

    Independente do fato das equipes de F1 estarem igual uma biscate, saúdo a atitude do pai do Petrov …
    Prá uns pode ser esbanjar, jogar fora, etc …
    Prá outros pode ser amor , confiança no filho, etc …
    Bacana ver alguem ACREDITAR …

  17. petrafan disse:

    agora, é o seguinte hein…
    nunca vi história de alguém ir ao banco na física pra tentar um empréstimo pessoal de 15 milhas de euros.

  18. Danilo disse:

    se eu tivesse ganho a mega-sena da virada, eu bancava o Bruno Senna.

  19. Kamen Rider Black disse:

    Bem que eu estava achando a cara do Petrov muito estranha no dia da apresentação, cara de quem não está completamente seguro sobre sua participação na F1…achei até estranho no dia da apresentação do carro, ele com uma cara meio estranha, até pensei: “po esse russo é orgulhoso demais, está estreiando na F1 e porque não é numa Ferrari ou McLaren está com cara de quem comeu e não gostou”. Mas agora eu entendi o por quê e tem tudo a ver….eu no lugar dele estaria muito angustiado também.

  20. FABIO disse:

    É deve ter gente mesmo, Japonês e o Bruno Senna, isso sim…..

  21. Fábio Amparo disse:

    Neste caso, só Papai do Céu vai poder ajudar.

    Só esperando pra ver quem estará dentro de um cockpit em 14 de março.

  22. Antonio Carlos disse:

    È o fim dos tempos.

  23. Sanzio disse:

    Golpe de marketing?

    É Gomes… Esse pessoal lá da sua terra definitivamente não são mais os mesmos….

  24. Renan Brait disse:

    Vou correndo pedir pro meu pai ligar pro bradesco
    ver se eles não me arrumar esse 15mi euros!!

  25. Phillipe disse:

    O Bruno Senna não pode “pegar” a vaga ? Será que ele tem R$15milhões ?

  26. Che disse:

    Parece muito distante o tempo em que apenas o talento levava um piloto à F-1. Que coisa deprimente a era de Mosley…

Deixe uma resposta para MSS Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>