MENU

segunda-feira, 24 de maio de 2010 - 14:48Automobilismo brasileiro

POR ONDE ANDA?

SÃO PAULO (ficou?) – Vamos ajudar nosso jovem blogueiro Bruno, de 15 anos, que mandou a seguinte mensagem:

Nas Mil Milhas de Iinterlagos em 1994, Claus Heitkotter importou um Escort RS Cosworth para correr com Rubinho. Seu Escort era de cor branca com as rodas douradas e patrocínio da Ford e do banco Banespa. Não acho informação ou fotos sobre este carro. Somente um minirreportagem na revista “Quatro Rodas” das que mostra uma pequena foto (segue em anexo). Eu queria pedir a sua ajuda para poder descobrir se este carro ainda está aqui no Brasil e onde. Pedi a sua ajuda por você conhecer muita gente importante neste ramo. E então,você pode me dar uma ajuda?

Podemos tentar, Bruno, mas se você escrever “aki” de novo, te deixo de castigo por um ano. Blogaiada, alguma pista para nosso garoto? A foto que ele mandou é essa aí do lado.

66 comentários

  1. Bruno disse:

    se alguem tiver alguma foto ou novidades sobre os escort rs cosworth no brasil, e puder compartilhar…

    [email protected]

    abs

  2. Bruno disse:

    ”alan”

    cara,os 2 que vieram pela ford foi o azul e um vermelho,e continuam no Brasil!!!

    os que voltaram foi os da mil milhas…

    conheço o cara que ficava com o cossie azul na epoca…

    E ai pessoal,voces falaram que tinha mais fotos do cossie azul no salao de 93,voces pode me passar?

    [email protected]!

  3. Alan Magalhaes disse:

    Em fechamento é assim. Sem tempo, dei uma pausa aqui na redação para dar uma olhadela em coisas interessantes, como o blog do amigo Flávio Gomes e me deparo com essa história. Mesmo atrasado, informo-lhes que foram dois os Escort RS importados naquele ano. Os dois eram da frota da Ford. O Claus apenas intermediou a importação, na verdade ele correu de Omega aquele ano, junto do Andreas Mattheis. Os dois Escort serviram como Pace Car e Medical Car na Fórmula Ford e Marcas, tiveram suas importações temporárias renovadas por mais um ano e ao final foram devolvidos à Ford Alemanha como manda a lei. Lá foram destruídos, escrapeados, na linguagem das montadoras e viraram sucata. Uma pena. Andei bastante com um deles em Interlagos, o azul. Era um canhão, 300cv, tração integral, câmbio de dupla embreagem, sonhava em ter um para mim, mas claro, foi apenas mais um sonho.

    • Liszt Brígido disse:

      Alan, eu pesquisei muito sobre esses Escort e lembro na época que a Ford havia trazido um preto que foi usado em testes, laboratórios e depois destruido aqui mesmo no Brasil. Lembro bem que em contatos com a Ford, Quatro Rodas e outras edições as informações bateram. E nessa época até então a Ford fazia leilões de carros da fábrica incluindo os modelos expostos em salão do Automóvel. Os modelos Azul e Vermelho, continuam no Brasil, ambos perderam as enormes asas e o Vermelho virou cinza. Teve um rapaz que fez a réplica em cima de um XR3 Vermelho e recentemente um canal fez uma cópia parecida com o RS que correu nas mil Milhas.
      Mas vamos lá. Esses Escorts que correram as Mil Milhas, vieram pela equipe alemâ, Wolf Racing, especialista em FORD e Cosworths. Eram modelos que disputavam um campeonato alemão de turismo. Seu ficaram ou voltaram não consegui saber mais, mas sendo de competição, devem ter vindo como as BMW GTR como importação temporária e voltado para a Alemanha. Bem prefiro imaginar que voltaram para lá e assim cumpriram seu papel nas pistas alemãs…

  4. WYS disse:

    Me lembro dessa reportagem,aquí no Japão ja ví um Sierra Cosworth (coisa mais linda).Alguém se lembra que chegaram a fazer um Omega Lotus?Câmbio Getrag 6 marchas com visual diferenciado.

    Como faço para mandar fotos para você?Se precisar traduzo do Japonês Português qualquer coisa (e de graça rs).

    Sou amante de carros com motores rotativos,taí a dica e abraços.

  5. Alexandre disse:

    Olá! Tem um tópico no escortclube mostrando fotos de como está o azul hoje em dia. Continua intacto. Por questões óbvias, o atual dono do carro prefere não se identificar.

  6. Rosalvo Neto disse:

    Escrevi sobre estes carros um dia desses no meu blog.

    Deem uma olhada por lá, tem muita coisa legal sobre o carro, inclusive tem um leitor que sabe o paradeiro dos dois carros. Tenho fotos deles também em outro post.

    http://www.motorpasion.com.br/tipos-carros/hatch/carros-que-nunca-tivemos-ford-escort-rs-cosworth/

  7. Renato M. disse:

    relembrando esses clássicos…. por onde anda aquele tempra 16v , salvo engano era vinho, que o ayrton senna desfilou em interlagos?

  8. Bruno disse:

    Ola,tudo bem?

    Entao,agradeço muito ao flavio por ter postado a foto!!

    Entao vamos la.Respondendo sobre os cosworth que estao no Brasil eles foram importados da alemanha da Ford ”werk” pela autolatina,o azul que foi pace car,e o ”vermelho”.Eles tinha placas sequenciadas,um final 5 e outra 6.Um amigo meu que seu pai trabalhava na formula ford onde o cossie azul era pace car ele me disse que o cossie vermelho tinha a placa XXX-XX76 e o cinza de hoje tem a mesma placa.E tambem o dono da loja onde os carros fazem manutençao me disse que o cinza foi pintado por sua cor antiga era VERMELHA!Hoje o cossie cinza esta no nome do walter salles e o azul no nome de uma adm de bens.Esse link que postaram no começo que fala sobre o cossie vermelho é de um blog e o texto foi eu que escrevi.
    Agora resta saber onde os carros estao e fazer uma materia com eles….rsrsrs

    ”Rodrigo Lombardi”

    voce tem mais informaçoes,se eles ficam neste galpao atualmente,se ficam os 2 ou um só,tem possibilidade de voce tirar umas fotos?

    ”Sérgio”

    Voce se lembra se o final da placa do vermelho era 2976?

    voce teria fotos?

    ”marolla”

    Voce conhece o dono?Ja viu os carros de perto?

    ”Marcos”

    Por favor!!!

    Voce teria como me enviar essas fotos???

    meu e-mail é [email protected]!!!

    —————————————————————-
    Agora sobre o cossie da MM de 94.

    A wolf é uma empresa que preparava os cosworth na epoca,fez a versao do escort cossie wolf de apenas 200 unidades,e tambem preparava carros stock.Eu participo do escort cosworth club da inglaterra e eles me disseram que esse carro era feito para aluguel de carridas.Todos na cor branca sem adesivos e com as rodas douradas para a equipe adesivar.Se esse carro voltou para a europa ele esta no museu da cosworth na inglaterra,pois todos os carro da cosworth que eram usados em corridas depois de algum tempo ia para o museu.
    Entao é isso pessoal,uma pena ele ter voltado.

    Eu sou muito fã deste carro,por isso procuro saber bastante coisa sobre eles.

    Peço que se alguem tem alguma foto desse cosworth branco ou dos cosworth que estao no Brasil e que possa me massar me mande pelo meu e-mail.

    E-mail:[email protected]

    MSN:[email protected]

    Agradeço a todos e se tiver mais informaçoes,postem!

    Abraço

  9. corintiano disse:

    Olha no mercadolivre, tem um monte de escortinho vendendo.

  10. ACG disse:

    No blog das Mil Milhas tem fotos do Japamóvel citado acima, realmente um voyage cortado e na mesma página uma do Lobo do Canindé, entre outras.

  11. nando.31 disse:

    Pra quem é fan de games, tem ele com todos as opções de carrenagem no NFS Shift. Jogo com ele branco como correu na MM.

  12. Fabio Araújo disse:

    O carro sinceramente não sei mas o motor tá empurrando a Willians do Rubinho na F1.

  13. Fabio Araújo disse:

    Olha o carro sinceramente não sei mas o motor a Dnª. Cosworth desmontou e está usando na Willians do Rubinho na F1…

  14. Rodrigo Zauli disse:

    Toda fábrica/equipe deveria ser obrigada por lei a preservar pelo menos duas unidades de cada modelo para comparação/estudo/memória…

  15. TM disse:

    O Walter Salles continua com o azul impecável dele. De vez em quando ele sobe a serra de Petrópolis com ele.

  16. Arthur Jacon disse:

    Parece o meu XR3 branquinho. Por fora, é lógico.

  17. Franco disse:

    Carro espetacular! Motor Cosworth turbo longitudinal com melhor distribuição de peso, bitolas mais largas, acabamento especial, tração nas quatro… Magnífico! O apresentador do Top Gear, Jeremy Clarkson, tem um até hoje e é apaixonado pelo carro. Não vende por nada. E olha que o cara tem grana para comprar o carro que quiser.

    Sobre as diferenças de aerofólios os primieros carros tinham aquele mais alto, o mais espalhafatoso e conhecido. Já o mais tradicional foi adotado como de série um tempo depois, como forma de deixar o carro um pouo mais discreto.

  18. Roberto Martinez disse:

    Essa Mil Milhas eu lembro bem, pois foi minha primeira como piloto. Tenho fotos desse carro.
    O RS era alugado da Ford pela equipe Wolf , aquela mesma que venceu na F1 no GP de estréia em 1977, com Jody Scheckter.
    Havia dois carros na equipe e quem bateu um deles foi o Walter Travaglini. Soube que tomou uma bela “chamada” do dono da equipe (acho que era Peter Wolf, se não me engano). Chegaram a trocar os trios de pilotos dos carros, um dos trios com Rubens Barrichello.Na corrida o Walter Travaglini se recuperou e foi muito bem.
    O motor de classificação deles chegavam a 500CV , tinham capô de fibra de carbono, tração nas quatro rodas, etc.

  19. Tevez disse:

    O Escort RS Cosworth que o Udo usava eu vi na FFord em Floripa, era cinza

  20. Bianchini disse:

    Lembro de ter visto fugazmente (afinal eu estava a 120 e ele me ultrapassou a beeem mais que isso) um desses vermelho na Rodovia dos Bandeirantes há uns bons anos atrás. Nunca mais o ví.

  21. Hurricane81 disse:

    Galera esse:
    9º Japamóvel/Voyage Nº 94 João Noboru Mitta

    nao era um voyage cortado???

  22. Gabriel Marques disse:

    Pela tradição o Claus trazia os carros e equipes da alemanha, no primeiro ano ele trouxe umaBWs grupo N, quase perdeu para um voyage força livre, depois trouxe Porsche, outra vez BMWs e os Escorts. O Klaus, fez a escola de Pilotage Interlagos, correu de Passat no paulista de Marcas e dupla com a ex mulher, Tina. Correu na alemanha numa espécie de turismo “N” de lá com uma BMW. Ajudou co os primeiros contatos, para implantar o sul-americano dee super turismo. Por anos seguindos trouxe os carros da alemanha nas mil milhas. Ele, hoje, fabrica próteses oculares (está certo?) e sua loja funciona em cima do Pneus 5 estrelas atrás do autódromo. Caso nosso amigo queira entrar em contato co ele me envie por e-mail que pego aanhã no escritório o telefone.

  23. Marcos disse:

    Eu tenho uma foto com esse carro num salão do automovel que teve aqui em brasilia… era vermelho!
    Eu era moleque e me chamou atençao junstamente o aerofolio duplo atras…
    se eu tivesse um Escort iria “tunnar” ele desse jeito!
    Abrs!

  24. Alexandre perlini campos disse:

    Aquele carro que o amigo falou ser um lola na verdade era um Avallone D4 do Dimas de Mello Pimenta, com motor chevrolet V8, rapido, esses Escorts com certeza nem existem mais, estão reciclados na Europa.

  25. Se não estou enganado o Schumacher tem um desses vermelho com teto solar na Alemanha até hoje, Ganhou na época da Beneton.
    E quanto aos 2 o Azul e o grafite, já ouvi dizer que tem mais dois aqui no Brasil, um vermelho e esse branco da foto deu PT.
    Porem pode ser que existiu somente dois msm…
    Resumindo, esse carro é um MITO.

  26. Wilson disse:

    O Escort do Rubinho ?????? Não sumiu não é que ainda não chegou…..

  27. Foi a minha última Mil Milhas na qualidade de arquibaldo! E foi sensacional. Ok, o comentário não ajuda na procura ao elo perdido, mas pergunta do Bruno despertou boas memórias…

  28. Rodrigo disse:

    Boa noite! se não me engano, tenho uma 4 rodas com o Senna na primeira temporada na europa sentado no capô de um carro desse. Gualter Salles, também tinha um! acho bonito esse carro.

  29. Edison Guerra disse:

    Estes carros voltaram para a Alemanha,pois foram alugados da Wolff,tradicional preparada de carros Ford.

  30. Fábio Jaqueire disse:

    Dos dois que correram o melhor chegou em 11

    Mil Milhas de 1994
    1º Porsche 911 RSR GT Le Mans N° 7 Christian Fittipaldi e Wilson Fittipaldi Jr. – 372 voltas 12h03min12s2
    2º Porsche 911 RSR Carrera Antonio Hermann, Franz Konrad e Mikael Gustavson – 368 voltas
    3º Porsche 911 RSR Carrera Maurizio Sala, Ornulf Wirdheim e André L. Rezende – 361 voltas
    4º BMW M3 Nº 3 Nelson Piquet, Johnny Cecotto e Ingo Hoffmann – 361 voltas
    5º BMW 325i André Ribeiro e Walmir Benavides – 340 voltas
    6º Aldee RTT Almir Donato, José Cerchiai e Manoel Rezende – 324 voltas
    7º Chevrolet Opala Camilo Christófaro Jr., José Camilo e Américo Bertini – 323 voltas
    8º VW Passat Robby Perez, Mário Dalicane e Tadeu Kowalzuck – 322 voltas
    9º Japamóvel/Voyage Nº 94 João Noboru Mitta, Suzane Carvalho e Júlio Machado – 321 voltas
    10º Chevrolet Omega Dudu Pimenta, Camilo Christófaro Jr. e José Barreiro – 321 voltas
    11º Ford Escort RS/Cosworth Klaus Heitkotter, Walter Travaglini e Eduardo Mello – 319 voltas
    12º Aldee RTT Roman Kowalzuck, Plácido Iglesias e Astolfo Macedo – 319 voltas
    13º Opala Sérgio Di Genova, Walter Garcia Neto e Eduardo Garroux – 317 voltas
    14º Chevrolet Opala Tony Kanaan, Ênio Di Bonito, Renée Vanucci – 314 voltas
    15º Aldee RTT Humberto Guerra, Djair Guerra e Gilberto Caspar – 313 voltas
    16º BMW 325i Flávio Cabral, Cláudio Gontijo e Maurício Slaviero – 310 voltas
    17º VW Voyage Guilherme Caspar, Valdir Guerra e Gustavo Canovas – 305 voltas
    18º Aldee RTT João Adib Marques e Fábio Murari – 304 voltas
    19º Ford Mustang Denísio Casarini, José Casarini e Daniele Molinari – 302 voltas
    20º VW Voyage Antonio Oliveira, Hélio Saraiva e Edo Lemos – 301 voltas

  31. Lello disse:

    Pessoal se alguém também souber do nissan 300zx que também participou se não me engana o Chico serra que andou e depois da corrida recebeu um kit aerodinamico e apareceu no salão do automovel e depois ficou em uma oficina atrás do autódromo de interlagos ..jogado

  32. Roberto Costa disse:

    Udo Cruze quando foi Presidente da Ford do Brasil eventualmente utilizava um destes Escort Cosworth que dificilmente seria um dos que participaram das Mil Milhas.

  33. disse:

    Com o Rubinho na época, perdeu a marcha tipo 100 metros antes de passar a linha de chegada logo nas 1ªs 4 horas de corrida. Foi a última Mil Milhas de verdade…da era moderna. Teve a do ano seguinte que foi legal, mas depois….

  34. wolf disse:

    frequentei leilões de carros da frota da ford entre 95 e 98 e vi alguns “pace cars” feitos de Mondeo à venda.

    Escort Coswort? Com cetreza não vi nenhum lá! Se tivesse tido pela Ford, teria saído no leilão.

    Os Mondeos saiam a preço de banana……

  35. Milton disse:

    Quem poderia responder isso é o Fabio Greco… Que correu nesse ano de 1994 com o Barrichello…

  36. Sandro Kuschnir disse:

    Participei desta prova.Eram dois carros divididos entre o Rubinho,Ingo Hoffman,Eduardo Homem de Mello,Claus e mais alguns que não me lembro.Pelo que me lembro retornaram para a Europa lógo após a prova.
    Caro Flavio,como envio uma foto das Mil Milhas de 93 da Lola lógo após québra da suspensão traseira e rodada na entrada do Laranjinha?
    Abs,Sandro Kuschnir.

  37. Pedro Navalha disse:

    Nem todo Escort RS Cosworth tinha aerofólio duplo. Vários saíram apenas com o inferior. Inclusive há fotos de catálogo que mostram o carro com essa configuração.

    Outra curiosidade é que todos os Cosworth foram montados pela Karmann, em Osnabruck.

  38. Diogo Sorocaba disse:

    Sobre o Escort “procurado”, não sei mas, pesquisando no Google, achei uma possível explicação para o sumiço do RS vermelho do post acima, escrito pelo Eric.
    Segundo o link abaixo, o vermelho, na verdade, foi pintado de cinza, por isso desapareceu. Quem foi o doido que fez uma merda dessas?
    http://www.motorpasion.com.br/geral-carros/outros/historia-do-leitor-o-ford-escort-rs-cosworth-no-brasil/
    E o carro nem tem o aerofólio elevado na traseira. Isso tá é me cheirando um RS fajuto, com kit instalado.
    Só como curiosidade, o RS Cosworth foi o único Escort com motor “em linha” do mundo. Um canhão.

    • Eric disse:

      Diogo,
      É o Cosworth ” vermelho”.
      A placa era de SBC mesmo com as letras BPF….quem sabe depois da batida foi pintado para “desaparecer” os vestigios.
      E o azul permanece por aí….pode ver que a placa também é BPF….

    • Sérgio disse:

      Meu pai trabalhou na Ford por muito tempo e tive a oportunidade de andar nos dois carros, um vermelho e outro azul metálico (escuro), que inclusive nos acompanhou durante um final de semana no Guarujá.
      Não me recordo mais, mas um deles tinha o motor mais forte que o outro, porém os dois possuiam o duplo aerofólio na traseira. Eram simplesmente fantásticos e lindos!
      Me recordo ainda de vários carros que paravam ao nosso lado em semáforos e tentavam nos chamar para um “racha”, mas com aquele carro era impossível não sair na frente de quase qualquer outro.
      Abraços e boa sorte na procura destas preciosidades!

    • João Vitor disse:

      Bom, como foi postado aqui, do rapaz filho do funcionário da Ford, um poderia mesmo ter o motor mais forte do que o outro, as primeiras 2500 unidades (mais ou menos) tinham o motor mais forte e as últimas (de pouco mais de 7000) um motor mais amansado.

      Tremendo carro…

    • Flavio Bragatto disse:

      Ele tinha o motor na LONGITUDINAL, pq em linha ele já é (aliás, todos são, mas na transversal).

      Este motor é disposto nesta posição pq é herança do Sierra que. Mecânica vencedora num carro menor e mais leve.

      Concordo com voce que ele deveria ser mesmo um canhão!

    • Diogo Sorocaba disse:

      Putz, Flávio, corretíssimo.
      Quis dizer uma coisa e digitei outra.
      Portanto, “longitudinal” ao invés de “em linha”.
      Obrigado

    • marolla disse:

      O carro está já com o licenciado em 2010, ou seja, está iteiro.
      Ele se encontra na região do Morumbi. É de um filho de ex Ministro da Fazenda.
      O ano é 1992 e no cadastro consta 220 cv de potência.
      Que carro!

  39. RG disse:

    Putz..lembro que a 4 rodas, acho que foi, testou o azul….e lembro desse azul em Interlagos, em daqueles eventos de carros antigos que você ia…na década de 80!

  40. Verde disse:

    Não faço a menor idéia. Mas sou fascinado por esses carros das Mil Milhas dos anos 90. Esse Escort com um branco maculado apenas pelo saudoso Banespa é excepcional.

    Se não me engano, o Porsche 911 utilizado pelos Fittipaldi naquele mesmo ano também era patrocinado pelo banco. Ou a memória falha brutalmente?

    • Claudio Paes Leme disse:

      Verde você está certo. O Porsche utilizado pelo Wilson e pelo Christian (vencedores da prova) era da equipe Roock Racing e foi patrocinado sim pelo Banespa. a outra marca no carro era do Frigorífico Chapecó.

  41. ricardo bifulco disse:

    Olá Flávio! Olá pessoal!

    Correram dois Escorts destes na MM de 1994. Eu tenho algumas fotos mas preciso procurar em casa. Bruno, meu email é [email protected]

    E vi há algum tempo atrás no Clube do MG um de nossos amigos com um destes na cor azul metálica. Lindo o carro por sinal :)

    Bruno, eu vou ver se acho as fotos e te mando.

    Um grande abraço

    Ricardo Bifulco

  42. Emerson disse:

    É a verdadeira mosca branca…

  43. Kuka Lienert disse:

    Não será mais uma missão para o intrépido Indiana Gomes?!?

  44. Eric disse:

    Vieram dois Cosworth pela Ford.

    Um deles foi destruido em uma porrada, não sei se foi o Vermelho ou o Azul.
    Ambos emplacados em SBC como carro de ativo da empresa e depois foram vendidos a dois sortudos.

    Um nem tanto….moeu o carro.

  45. Joao disse:

    Esse é o Escort Cosworth , mas só sei que forma feitas algumas unidades de rua para se homologar para correr Rally e Turismo , se me lembro bem era um motor 4 cilindros 2.0 16v com algo em torno de 330cv.

  46. vitão disse:

    quem tinha um desses, versão de rua, era o Walter Salles . Acho que já foi embora .

  47. fabio poppi disse:

    Ate onde sei o carro foi alugado e devolvido a ford motorsport inglesa.

Deixe uma resposta para vitão Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>