LISTA TRÍPLICE

SÃO PAULO (a ver) – Eric Boullier disse à BBC que a [Lotus] Renault trabalha com uma lista tríplice para escolher o substituto de Kubica. E nomeou Bruno Senna, Nick Heidfeld e Vitantonio Liuzzi.

É uma boa notícia para Bruno, o único entre os cinco reservas citados pelo chefe do time. A lista faz sentido, já que descarta aqueles que ou nunca correram de F-1, caso dos malaios e do chinês, ou que estão fora faz tempo, caso de Grosjean.

Liuzzi vem de temporadas apagadas na Force India, mas estava em atividade. Isso me parece necessário. Heidfeld fez algumas provas no final do ano passado e tem uma ótima reputação como bom desenvolvedor de carros e pontuador constante, o que pode pesar a seu favor. É o favorito. Senna-sobrinho seria uma aposta do time, uma forma de mostrar que acredita no brasileiro e que não o contratou à toa. Suas chances aumentaram.

Eu, se fosse o dono da equipe, iria atrás de pilotos reconhecidamente bons que têm contratos não muito difíceis de desfazer, como Glock e Sutil. Marussia Virgin e Force India não iriam se opor, acredito. Hülkenberg, que seria um nome interessante, não foi mencionado. Mas com todos eles teria de haver uma negociação que a [Lotus] Renault, agora, talvez não esteja disposta a levar adiante.

Para os testes desta semana, a última informação disponível dá conta de que apenas Petrov vai andar.

Comentários

  • Pode até ser que o Bruno Senna venha a ocupar essa vaga? Sim. Vai que a equipe resolva apostar nele. E se acontecer, que aproveite bem a chance.
    Agora tem o seguinte: analisando a situação de um outro ângulo, seu nome pode ter sido citado apenas para não evidenciar uma possível falta de organização da equipe e/ou para não pegar mal para o time de reservas. Afinal, ter cinco reservas e nenhum ser sequer mencionado numa situação dessas seria uma vergonha.

  • E outra, tô fora dessa briguinha ridicula de fãs do Senna e dos de Piquet.

    É um show de baixaria e falta de respeito.

    Torcia pelo Nelsinho na F1, da mesma forma que torço pelo Bruno e pelo Di Grassi.

    O Bruno tá sendo massacrado antes mesmo de ter uma oportunidade decente na F1. Isso que não entendo. Quanta opinião desrespeitosa. Esse tipo de comportamente é lamentável.

    Só isso.

  • Repito Heidfeld e Liuzzi são piadas. O Heidfeld nada fez na Sauber ano passado. Palavras do Peter Sauber atestaram que pilotos experientes nada fizeram para equipe. E realmente ele teve razão. Heidfeld tomou pau de um piloto em sua primeira temorada.

    Liuzzi foi um fracasso ano passado.

    Não sei aonde esses dois poderiam agregar alguma coisa para Lotus-Renault. Ás vezes surgem mitos de desenvolvedores de carros. Coisa que depois não fica comprovada.

    E não concordo com tua posição da equipe ir atrás de Glock ou Sutil, além de serem medianos, eles não vão trocar um certo por duvidoso. Vai que o Kubica se recupera e volta no GP da Turquia, por exemplo. Eles vão ficar a pé no resto do ano?

    A coisa não é simples assim não, o Schumacher ficou parado um tempo e como voltou?

    Hoje o que move é grande e trabalho nas fábrica. Foi-se o tempo que piloto bom desenvolvia carro. Existe é piloto competente que senta no carro e mete a bota, como Vettel e Hamilton, jovens, inexperientes, mas bons de braços.

    Simples assim.

    Acho que vão testar o Bruno na pré-temporada, se ele for bem, a vaga é dele.

  • Com um carro bom e muito dinheiro no bolso o Kimi disputaria o título, no mínimo. Mas a F1 não o merece há tempos.

    Interessante… A Renault é mesma uma canstrona, não? Tem 5 pilotos pagantes, contratados como reservas, e agora, na hora da onça beber água, ela vai pagar alguém… rsrsrs. Isso é que é enganar os trouxas… rsrs.

    É óbvio que a situação dela não é tranquila. Afinal, juntando os 5 não se faz 1. Mas, o dinheiro deles foi “bem vindo”, né? E agora? Não se cumpre a palavra? Será que o cara pagaria se soubesse que numa hora dessas seria preterido? Acho que não (vai saber…).

    Descobrir desse jeito que além de ser piloto de araque é também reserva de araque é f.da.

    Quem criou essa situação não foram os pilotos. Foi a equipe. Agora ela vai usar esse dindin para pagar o mico de ter que contratar um piloto de verdade e arrisca a ser processada ainda.

    Já pensaram, quando o piloto de verdade tiver correndo, marcando pontos e quem sabe alguns pódios, os 5 patetas se entreolharem e disserem: nós que estamos pagando esse cara… rsrsrs.

    Muito hilário tudo isso.

    São só reflexões de um Coyote azedo.

    Abs.

  • se contratarem outro sem ao menos darem uma chance ao bruno de mostrar o que sabe, será uma grande sacanagem, mas é disso que vivea F1, negocios, e aliás eles já perderam o que tinham de perder, não tinham que deixar o polaco andr de raly e pronto. piloto de formula 1 por mais ruim doque seja, é piloto de formula 1 e acabou, ele deve assumir responsabilidades apneas com a equipe e os patrocinadores.

  • O Senna não deveria nem testar.

    Um mal teste e a escolha por outro piloto iria acabar com a carreira dele.

    Por isso que se for pra escolher outro piloto, que o seja antes de qualquer teste do primeiro sobrinho.

  • Não acredito que o Bruno Senna teste o carro agora, pois, segundo notícias, seu molde de banco foi feito de ontem para hoje.

    Também não tenho a menor idéia do lead time pra finalizar um assento de carro de F1.

    No entanto, minha lógica é a seguinte:

    1 – A equipe se programou para Kubica + Petrov como titulares;
    2 – Contratou 5 pilotos como reservas = Bruno Senna como o terceiro piloto;
    3 – Caso alguém desfalcasse o time, por palavras do próprio Boullier, Bruno Senna seria aceito;
    4 – Alguém está desfalcando o time, logo Bruno Senna assume.

    Não acredito que a família Senna tenha enviado o seu único nome no automobilismo para mais uma furada, ou seja, acredito que antes do anúncio do nome do Bruno Senna como terceiro piloto na Lotus Renault, com CERTEZA existe um contrato que prevê as circunstâncias da entrada do Bruno Senna à titularidade da equipe.

    Claro, claro, claro… não estou colocando em dúvida a FALTA de qualidade dele, até por que ele não conseguiu provar nada na HRT do ano passado.

    Uma coisa é certa: nem o Kubica faria milagre numa HRT.

    Outro aspecto é que a Renault é composta pela Genii, como dona da equipe e pelo Grupo Lotus.

    Eles podem tentar usar o poder do argumento que a equipe DEVE ser liderada por um piloto BEM MAIS experiente, até por que deve se falar dentro da equipe algo em relação a resultados consistentes para a manutenção da equipe por vários anos – objetivo esse que a Lotus e o Grupo Genii já disseram várias vezes.

    Se esse ano for levado por Bruno Senna e Petrov, creio que o futuro da equipe esteja ameaçado.

    É um risco enorme, que a Lotus Renault CERTAMENTE não irá correr.

    Não estou desejando nada de negativo, mas se fosse com o Petrov essa situação, não haveriam dúvidas.

    Bruno Senna corria e ponto final.

  • Tem muita gente julgando o Senninha pela temporada na Hispania,Vale lembrar que no ultimo ano da GP2 ele disputou o título com o Pantano,ou seja,amador ele não é!! E antes da Honda anunciar sua saída deu chance ao brasileiro, que andou bem por sinal.Com certeza a Renault não o contratou avaliando somente a temporada passada.

  • Acho simples o fato de porque ele não vai treinar, os primeiros treinos foi o Kubica que fez, até foi o mais rápido, nada mais natural que agora seja o Petrov, na próxima sessão de treinos é a vez do Bruno e pronto.
    =D

  • Põe o senninha p testar. Se não bater o goiaba do Petrov chama qqer coisa. Realmente tirar foto de terceiro piloto e nem testar… Va va!
    Ah, e o Bruno tem de camelar na RENAULT do brasil, a marca esta gastando uma grana p readequar o mix de itens… O garoto ao menos tem pedigree p vender já q e assim q as coisas funcionam mesmo.

  • Para quem acha que o lance da experiência em relação ao Bruno Senna é exagero.

    O petrov é um zero a esquerda. Só está lá por causa da grana que leva para a equipe.

    O Bruno, quem assistiu suas corridas nas categorias de acesso a F1 sabe, ele não é nada espetacular. E não tem experiência mesmo. Chegou em uma época que os testes e treinos foram drasticamente reduzidos.

    A Lotus-Renault, por conta do acidente de Kubica, não tem piloto que traga para a equipe capacidade para ajudar no desenvolvimento do carro e nem piloto que possa se dizer que é categoricamente veloz.

    Então… Chamem o Heidfeld, ou o Kimi Raikonnen. Eu chamaria o Raikonnen, F1 custa muito caro, é muito difícil arriscar numa situação dessas.

    Se o Kubica estivesse bem, poderia ser Kubica e B.Senna tranquilamente.

  • Chamar o Liuzzi e o Heidfield?Deve ser brincadeira.Esse Boulier e’ um fanfarrão.Ou chama o Hukenberg ou deixa o Senna pilotar.Por falar nele,ou tem pouca influencia politica ,ou realmente ,e’ o que penso,o Brasil não tem força nenhuma no frigir dos ovos.

  • O modo mais justo de testar os três pilotos é fazer um processo seletivo, mas desta vez um processo diferente. Nada desse negócio de colocar os três pra fazer tomada de tempo rápida em Jerez e sim colocar cada uma dos três nos três primeiros Grandes Prêmios do ano – porque querendo ou não, nessa vaga do Kubica, não vai entrar ninguém lá e fazer milagre com o carro, nem o Kubica que é um grande piloto ia fazer e acontecer com este carro. Claro que estou julgando carro nem sem ver o desempenho em GP ainda, mas eu acho que esse carro não deve ser diferente em desempenho da Renault ano passado. Então coloca um no Bahrain, outro em Melbourne e o outro na Malásia. O que melhor fazer um Grande Prêmio bom, ou seja, treinos-livres, classificação e corrida, leva a vaga pro resto do ano. É isso que penso. A realidade é essa, só vamos ver quem é quem num evento oficial porque ali engloba tudo, pressão, sangue-frio do piloto de acelerar no último com uma platéia local e televisiva imensa te avaliando, patrocinadores ligando o tempo todo no paddock e no celular do piloto perguntando se dá pra apercer mais, menos e etc. Ser piloto bom é tirar tudo isso de letra. Isso em treino de pré-temproada você não tem. Em treino até eu, pode me colocar lá (tenho experiência em jogos e simuladores) que eu disputo pau a pau com o Heidfeld, Liuzzi e Senna……agora corrida, amigo, corrida é corrida.

  • O mais importante é encontrar um piloto capaz de ajudar a desenvolver o carro. Do contrário, a Renault se atrasará um ano todo.

    Não creio que Bruno Senna seja capaz de fazê-lo. E eu não sabia que Heidfeld era reconhecido por tal mérito.

    Liuzzi? Haha.

    Neste cenário, parece mesmo que o alemão vai pro cokpit do polonês.

  • Uma equipe que conta com 7 pilotos (2 titulares e 5 reservas) em uma temporada em que os testes são proibidos, esta lá para tirar dinheiro dos 5 incautos, se algum deles colocar um caminhão de dineiro fica com a vaga, caso contrário contratam o Heidfeld quase de graça que é a melhor opção longe, bem inferior ao Kubica mas infinitamente melhor que o Petrov e os 5 patetas, é um piloto capaz de levar o carro aos pontos regularmente, Bruno está muito velho (29 anos) para deixar de ser promessa, se a Renault estivesse pensando nele não programaria somente o Petrov para os testes desta semana.

    Abs,

    Alvaro

  • Assino embaixo o que o Abner falou( aliás já tive um professor de química com este nome , não é vc não né rsrs) , se não derem uma chance ao Bruno quando é que ele vai ter experiência “nunca”, quando ele vai poder provar se pode ou não correr de F1 em alto nível “nunca”, ele merece uma chance . Sem experiência nenhuma Vettel fez bonito na Toro Rosso STR ganhando até corrida com um carro que não era top e ano passado ganhou o mundial , não estou comparando Vettel com Senna até porque não dá pois Bruno não teve chance ainda mas é o velho ditado quem não arrisca não petisca.
    Não dá pra prever tem que por na pista e pronto.

  • Este papo que o Bruno poderia ser uma das opções é papo furado, se fosse real colocaria ele para treinar e não apenas o Petrov, aceitem este cargo do Bruno é simbolico, assim como seu sobrenome, esta vaga irá para o heidfelt o mais tarimbado e melhor piloto disparado que o Liuzzi o Bruno não se compara pois ele é café com leite.

  • PQP…..chega com esse papo de experiência, o alemão nunca venceu sequer uma corrida de F1.
    Quando é que o Senna vai ter tal experiência se nunca guiar…bota o muleke para correr e mostrar que tem condições…se não quando é que vamos saber se tem ou não potencial (hispania não é parametro, glock e trulli se arrastarammm lá atras em 2010)….o Lôco é cada uma que fico sem entender nada. Vettel é campeão do mundo, e Weber com toda sua experiência é o que?

    • A única corrida que o Kubica ganhou, foi o Heidfeld que abriu as pernas por ordem da equipe, caso contrário teria ganho e o Kubica estaria em 2º. Mania desse povo de desqualificar o Heidfeld e e endeusar o Kubica. Coisa de Galvão isso! O Heidefeld deu pau no Kubica em 2007 e 2008, ficou próximo em 2009. Ambos na mesma equipe. Antes na Sauber o Heidfeld deu pau no Massa. Querem mais? O que demais fez o Massa, o Kubica, excessaão ao Kimi que andou de Sauber sem fazer nada, de Mclaren ficou no quase e de Ferrari deu uma sorte danada e foi campeão, mas esse não quer voltar para o mundo dos compromissos da F-1. A Renault não tem outra opção que não o Heidfeld.

  • Bruno é o mais fraco dos 3, Liuzzi correu bem de carros de turismo, mas na f-1 não teve o mesmo desempenho e Heidfeld é o melhor dentre eles, correu por 3 temporadas na BMW com o Kubica e por duas vezes terminou na frente do polaco.

    • vamos hipoteticamente colocar 12 corridas por temPorada, multiplicado por 3, seriam 36 corridas, se ele chegou apenas 2 vezes na frente do polaco, o resultado dÁ 34 a 2, belo curriculum.Ô xará; faça-me o favor, contra numeros não há argumentos, como voce pode dizer que o bruno é o mais fraco dos 3? voce tirou esse parametro de onde, da templorada passada com aquele arremedo de carro?

  • Também acho que está entre o Senna e o Heidfeld, a depender da previsão dos médicos sobre o tempo de recuperação do Kubica.
    Se for pouco tempo, uns 2 ou 3 meses, maiores chances para Bruno. Se Kubica vor ficar muito tempo fora, chamam o Heidfeld.

  • Se eu fosse o dono da equipe daria uma oportunidade aos jovens que são promessa, Heidfeld e Liuzzi já estão rodados na F1 e até agora não fizeram p…. nenhuma! Piloto quando é bom faz igual o Vettel que venceu em Monza com uma Toro Rosso !! Deveriam dar uma oportunidade ao Bruno Senna para que ele possa mostrar a que veio com um carro decente!! Esses dois dinossauros ai já são um caso perdido na F1 !!

  • De tudo que tem disponível por aí, acho que é a lista mais realista. Nada de gente presa à contratos e todos com experiência recente na F1. É uma decisão difícil, substituir alguém tão bom como Kubica e que estava lá desde o início desenvolvendo o R31. O Liuzzi parece o menos cotado. Se querem experiência, vão de Heidfeld. O cara testou os Pirelli, esteve em equipe boa… O problema é , será que ele consegue levar a equipe à algum lugar mais alto? Que ele é rei da regularidade ninguém duvida, mas só isso pra Renault não seria bom. Será então que não é justamente aí que o Senna ganha força? Digo, se Heidfeld significa pontos, mas não pódios, se a estratégia de encostar nas Top com Kubica não vai ser mais possível… porque não arriscar o Senna? É um risco, mas a meu ver o único cenário ( se a lógica prevalecer….) onde poderia haver alguma chance de se aproximar dos objetivos iniciais da equipe. No pior dos casos, é tchau pra ele na primeira oportunidade.

  • Hum… Difícil… Eu se fosse a Renault, chamava o Barrichello. E se fosse o Barrichello, aceitaria, como você disse na twitcam.

    Mas acredito que eles vão escolher Heidfeld. Se escolherem o Liuzzi, por favor, fechem as portas!

    Abraço!!

  • Se é pra colocar o Hukenberg, então é melhor deixar o Bruno mesmo. Afinal de contas, a justificativa para contratar Heidfeld ou Liuzzi é que são pilotos experientes e capazes de desenvolver um carro que teve um projeto bastante ousado (muito mais o alemão). Se é para apostar em um jovem talento, é muito mais lógico escolher Bruno ou Grojean, que também mostraram talento em categorias de base.

    Uma pole não apaga a temporada inconstante que o Incrível Hulk fez.

  • Dos três pilotos, sinceramente E SEM UFANISMO, a melhor opção é o Senna.

    É lógico que se a Renault quisesse investir, tem alguns pilotos, até com contratos, que se tivesse a chance de ser primeiro piloto na Ranault iriam sem pestanejar. Não vou citar nomes: é só olhar o grid.

    Agora, se são esses, pra mim a melhor opção é o Senna e a pior é o Heildfeld, por tudo que ele NÃO fez em sua LONGA carreira.

  • Cara, não consigo entender mais nada.

    Não sou favorável ao Bruno Senna, mas o cara é 3º piloto assumido e mesmo assim não pode treinar no carro, então está lá pra que?
    Até Mclaren colocou piloto reserva pra andar no primeiro dia, assim como Force Índia.

    Vai procurar outra categoria pra andar, pq posar de macacão pra fotografia não é ser piloto.

  • Heidfeld seria uma boa opção, mas conservadora. Ele levou um pau do Kubca na BMW que deu dó. É bom… muito bom, mas não sei se é muito melhor que o Petrov quanto era o Kubica.

    Liuzzi seria jogar dinheiro fora. Ele desenvolve tão bem quanto o Petrov.

    Se eu fosse o time, buscaria o Heidfeld como melhor opção, ou daria a chance para o Bruno que é piloto da casa (vai que ele mostra o talento que nao conseguiu no ano passado?)

    • Liuzzi é brincadeira e de mau gosto. Eu na equipe deixaria o Senna testar e analizava o desempenho, se colar colou, agora se fosse pra trazer um Kimi, um Barrica tudo bem, entrava de cara e deixava bruno na geladeira.

  • Acho que o Bruno merecia uma chance antes de chamarem o Heidfeld para ver realmente como ele é como piloto. Iriam desmoralizar muito o Senna caso não dessem uma única chance a ele e já chamassem de cara o alemão.
    Tomara que tenha esta oportunidade , e se tiver que agarre com todas as forças …

  • 1
  • 2