CRISE? QUE CRISE?

SÃO PAULO (imagine quando há fartura…) – “Dom” Wheldon levou 2,5 milhões de dinheiros verdes pela vitória em Indianápolis. Hildebrando faturou 1 milhão para esbagaçar seu carro no muro a alguns metros da linha de chegada de tijolos. Os que ganharam menos, entre os 33 que largaram para as 500, embolsaram algo em torno de 250 mil. Isso porque a economia ianque anda mal das pernas.

Quando estive em Indianápolis pela primeira vez, em 1992, notei que na modestíssima sala de imprensa (já derrubada e substituída por salões imensos ao lado da torre de controle) do autódromo o que dominava o ambiente era uma lousa na qual estavam listados todos os prêmios que seriam distribuídos naquele ano. Lousa mesmo, tudo escrito com giz.

O maior orgulho dos americanos é esse, mostrar que a grana está no ar, e que os bons são aqueles que conseguem pegá-la. Os que não pegam são derrotados desprezíveis.

Subscribe
Notify of
guest
37 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Vader
Vader
10 anos atrás

Quanto antiamericanismo bobo. Povo é povo em qualquer lugar. Nosso inimigo está aqui dentro, não lá fora… O antiamericanismo é a desculpa perfeita pra quem quer nos manter na ignorância e no atraso…

Aislan
Aislan
10 anos atrás

Flavio Gomes, acho que vc é o melhor jornalista de automobilismo e te admiro e respeito por isso. Fale do que quiser mas sem falta de educação.
As críticas que fiz foram para os internautas que discutiram sobre o anti-americanismo, não para vc.

Aislan
Aislan
10 anos atrás

Engraçado, achei que este site era sobre automobilismo…
Já fui anti-americano e comunista, hoje sei que isso é uma grande besteira. Eles são grandes porque se prepararam para isso, com educação e respeito ao cidadão. Isso não temos e não teremos no Brasil. Quem esta no poder chegou lá pregando contra a direita corrupta e se mostrou tão ou mais corrupto do que a direita. O país melhorou, isso não se discute, mas aconteceu o mesmo que está no livro “A Revolução dos Bichos”, e este livro é antigo, escrito por um cara revolucionário e etc, e tal….
A famosa “Lei do Gerson” é responsável por nosso atraso. Nem daqui a 500 anos sermos 10% do que eles são hoje.

Por favor Flavio Gomes, vamos falar de automobilismo???

Flavio Gomes
Flavio Gomes
Reply to  Aislan
10 anos atrás

Eu falo do que eu quiser.

galileu
galileu
Reply to  Aislan
10 anos atrás

aislan, eu li a revolução dos bichos várias vezes e tambem tenho o filme e o autor é george orwell. é um ótimo ensaio do que seria o regime comunista ou socialista como queiram.
o gersom sempre se disse arrependido pela fala infeliz desta fraze que todos nós incorporamos no nosso dia a dia, isso matou um país.
recomendo para quem conseguir achar, (raríssimo) OS PROTOCOLOS DOS SÁBIOS DO SIÃO autor desconhecido, primeira edição, não se sabe, apenas não comente com algum amigo judeu que voce tem o livro, perdes o amigo como eu perdi,
e lá existe um negócio chamadode pátriotismo, todo americanotem uma bandeira na pmorta de casa, todo americano sabe o hino de sua´pátria,, igualzinho à nós brasieliros.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
10 anos atrás

Tudo é um grande negocio… mas ter a cara estampada no Troféu das 500 Milhas vale muito… aquilo é para sempre… enquanto o Planeta Terra existir.

Os americanos são um povo muito especial… por lá eles ainda praticam o automobilismo em sua excencia… lá é velocidade pura… que a bem da verdade é o que todo mundo gosta.

E não me venham dizer que Oval é sem graça… guardada as devidas proporções… já disputei 3 Corridas de 400 Milhas de kart no Circuito Oval da Granja Viana… corrida muito divertida e cheia de segredos…. foi lá que descobri o que é uma “Condrite” e o quanto voce é moido por um carro depois de fazer mais de 800 curvas para o mesmo lado a cada entrada do kart na pista.

Imperador

Obs.: Os Giaffone bem que podiam voltar com as 400 Oval lá na Granja.

claudio aun
claudio aun
10 anos atrás

Com toda esta premiação o piloto do andretinho ( por ser pequeno na mentalidade ) ficou devendo uma boa grana .

Rafael Couto Marinho
Rafael Couto Marinho
10 anos atrás

http://www.youtube.com/watch?v=oTZwlNrSYG4

Flavio veja que video espetacular das arquibancadas do IMS. Porra, emocionante, sensacional!!!

jefferson
jefferson
10 anos atrás

CARAMBA A LOUSA É TRADIÇÃO MEU ESQUECERM QUE LA É TUDO TRADIÇÃO???????

luiz oliveira
luiz oliveira
10 anos atrás

Tem piloto que, se receber 10 mil dolares dessa bufunfa, ficará feliz. A parte leonina sempre é do dono da equipe

Roberto
Roberto
10 anos atrás

Se o mundo ainda continuar de pé, uma mulher estampará a cara na taça da indy 500 neste século.

Rodrigo Moraes
Rodrigo Moraes
10 anos atrás

Organizaram um puta show, grid lotado, lotaram o autódromo e venderam as imagens pro mundo inteiro. Queria é que aqui também fosse assim…

Banana Joe
Banana Joe
10 anos atrás

Colegas, o significado da palavra CRISE é diferente lá e cá.
Crise pra mim significa não ter grana pra ir ao mercado.
Para o Abílio Diniz crise é não ter grana pra comprar mais uma rede de supermercados.
Assim é com os países ricos e pobres.
Adoraria fazer o que faço e ganhar em euros na França por exemplo, mesmo estando a Europa e os USA mergulhados em profunda crise e recessão.

Denis
Denis
10 anos atrás

Eu queria ser um looser pra faturar 250mil dinheiros verdes!

max
max
10 anos atrás

Será que estão errados?

Alexandre Lourenço -SP
Alexandre Lourenço -SP
10 anos atrás

Puxa vida se a Indy tivesse tido umas 3 voltas a mais o trófeu da Indy 500 teria ganho um belo narigão , voces sabem de quem eu estou falando não sabem?
rsrsrsrsrsrsrs

Daniel
Daniel
10 anos atrás

É muito melhor ser um derrotado desprezível nos EUA do que no Brasil. Como dizia um professor meu de geografia, ser rico é fácil em qualquer país do mundo. Já ser pobre pode ser mais ou menos difícil, dependendo do país em que se vive. Aqui na Belíndia a coisa é bem feia para os derrotados desprezíveis. Nosso capitalismo é selvagem, muito mais que o deles.

Ssppock
Ssppock
10 anos atrás

Tudo as claras para todo mundo ver, ganho na pista, ao vivo e a cores!

Enquanto em um certo país tropical preferm por debaixo do pano, ou na cueca, o geitinho brasileiro, sabe?

As casas naquelas bandas não têm muro, sabiam???

Se entrar sem ser convidado, leva chumbo no rabo!!!

Até!!

ALEX B.
ALEX B.
10 anos atrás

O Luciano “Bolacha” nao acerta o nome do cara!!!! O “DOM” Wheldon sofre! Mas a corrida foi boa mesmo!

galileu
galileu
Reply to  ALEX B.
10 anos atrás

pior que o bolacha, só meu cunhado que chama o cara de dom elder. dobermam de dopermam, dálmata de dalmáta, paicambu, anhambi, agua xigenada e outras pérolas
Há, essa é de mais ele serve figo de galinha cozido para o cachorro, (fígado)
um dia eu nãi resisti e disse puxa o seu pé de fígado está carregado, em alusão à planta que ele tem no quintal, só pra sacanear.

Bento
Bento
10 anos atrás

A economia americana costuma sempre deslanchar nas crises bravas e goste-se ou não é nessas horas que eles se reinventam e vão buscar a grana onde estiver. Enquanto isso, nós que nadamos em dinheiro aumentamos a participação do Paraguai nos royalites de Itaipú, mesmo sabendo que quem fez a maior parte foi o Brasil e que se não fosse por alguns visionários dos anos 70, estariamos hoje enfrentando uma baita crise energética.

MMG
MMG
10 anos atrás

Ok.
E…?

Assis
Assis
10 anos atrás

E…?

Leonardo
Leonardo
10 anos atrás

Se não me falhe a memória, qualquer um poderia colocar qualquer prêmio na lousa, não? Tipo, 10 mil dólares para quem passar em 5o lugar na volta 55, ou coisas do tipo?

Se isso for verdade, seria demais!

rubem rodriguez gonzalez
rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Fácil, afinal são impressas lá e sem lastro algum, o padrão ouro foi para o saco na guerra do Vietnã. E alguém tem culhões para peitar a maior potência do mundo quando imprime mais ou menos dólares?
Saíram da crise da mesma maneira que um estelionatário arruma dinheiro: cheques sem fundo!!! é isso que são os dólares hoje, papel tingido de verde e aceitos pelo mundo inteiro que trocam as suas riquezas por ele, daí hoje em dia a maior industria americana é a do divertimento já que trabalho é para nós, os idiotas do mundo. Fecharam suas fábricas e gozam das riquezas do mundo com essa pilha de papel sem valor algum…. QUE VENHA 2012!!!!!

PARA QUEM NÃO SABE O DOLAR ERA ACEITO NO MUNDO INTEIRO POIS CORRESPONDIA A UM DEPOSITO EQUIVALENTE EM OURO DO VALOR DE “CAPA”, OU SEJA, PARA CADA DÓLAR EMITIDO HAVERIA UM DEPÓSITO DE LASTRO EM OURO EQUIVALENTE.
GRAÇAS A CORRIDA ESPACIAL E A GUERRA DO VIETNÃ O PADRÃO FOI ABOLIDO, CORRESPONDERIA A VOCÊ CONTINUAR EMITINDO CHEQUES MESMO DEPOIS DE NÃO POSSUIR SALDO EM CONTA CORRENTE, SERI AUMA MARAVILHA SE TODOS ACEITASSEM , NÈ?
SÓ QUE OS AMERICANOS SÃO OS “MILICIANOS” DO PEDAÇO E NINGUÉM TEM CORAGEM DE NEGAR UM “FIADO” PARA ELES, ACEITAM OS SEUS CHEQUES E NÃO OS DEPOSITAM POR ABSOLUTO MEDO,E ASSIM A FAMILÍA DO RAMBO CONTINUA VIVENDO COMO MILIONÁRIO, APESAR DE NINGUÉM TRABALHAR OU FAZER PORRA NENHUMA.
ESSA É A REALIDADE PURA , DURA ,NUA E CRUA. NÃO SOU ANTI AMERICANISTA COMO PODEM APREGOAR ALGUNS BABACAS SEM CULTURA DO PEDAÇO, SOU É ANTI IDIOTISTA.

Ssppock
Ssppock
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Rubem,

O problema é que enquanto não temos nenhuma universidade dentre as 150 melhores do mundo, eles tem mais de 60 dentre as 100 melhores.

Talvez esplique o porque da economia deles ter base no setor terciário e nós no primário!

Instrução, apenas instrução!

Abs

Kassia
Kassia
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Bem se vê que você só conhece EUA mesmo de filmes de TV ou no máximo Orlando e Miami. EUA é o lugar que mais se trabalha no mundo. O povo lá rala e rala muito. Trabalha pesado mesmo. E com sorriso no rosto ainda.
Experimente visitar os EUA fora do circuito turístico básico do brasileiro. Conheça a América profunda mesmo, do meio-oeste à Califórnia. Aí vc vai ter a noção do motivo pelo qual os EUA são o que são e o Brasil é “isso” que vivemos. E não tem nada a ver com cheques sem fundos ou essas explicações simplistas sobre o dólar.
Só em 2011 que a produção industrial da China se equiparou à dos EUA. Repito: só em 2011!
Só que os EUA tem a mesma produção industrial da toda poderosa China, só que na indústria americana trabalham 10 milhões de americanos, enquanto que a China precisa de 100 milhões de pessoas para fazer a mesma coisa que os EUA.
Resultado: o trabalhador americano é infinitas vezes mais produtivo que o Chines e que o de qualquer outro trabalhador do planeta. A economia americana é altamente eficiente e automatizada. ISso resulta em trabalhadores que ganham muito mais do que seus colegas de outras partes do mundo.
Enfim, antes de falar coisas sobre o que não sabe dos EUA, seria interessante dar uma pesquisa antes, ou mesmo ir verificar em loco o quão bela é a nação Estados Unidos da América.

Luiz Paulo
Luiz Paulo
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Nossa ótima teoria da conspiração. Boa mesmo. É mais uma daquelas eternas verdades vermelhuxas.
Os governos do mundo todo cairam numa grande conspiração do satã do norte. Interessante…

E é verdade não trabalham nada… eles são a maior economia do mundo por pura sorte… não por que tem as melhores universidade como nosso amigo falou, ou pq valorizaram o mercado interno diversificando-o, de livre iniciativa ou investiram em tecnologia e exportaram, e em virtude disso puderem criar meios que assegurassem seus interesses no mundo, não, nada disso. Únicamente por burrice do mundo. E se fosse outra nação que não essa ‘aberração’ do norte, estariamos bem melhor, afinal, nenhuma nação deve proteger seus interesses, não é mesmo. Todas são boazinhas e se ajudariam, não fariam nada que o satã fez e o mundo seria muito melhor não fosse a grande aberração…. rsrsrs

Cada uma.

Emerson
Emerson
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

blá-blá-blá de “anti americanista” (sic)

Daniel
Daniel
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Cara, essa eu nunca tinha visto neste blog (ou em qualquer outro, na verdade). Você imaginou que teria antagonistas (sem trocadilho) e já os chamou de babacas de antemão? Sem saber quem seriam ou o que escreveriam? Nossa…

rubem rodriguez gonzalez
rubem rodriguez gonzalez
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Emerson, se inforrme melhor sobre o uso do “sic” e depois volte para comentar ok? Daniel, só chamei de babacas porque ao contrário do que foi apregoado quem conhece os EUA do cinema não sou bem eu não…. Quem trabalha na California são xicanos, quem trabalha nos EUA são imigrantes, É claro que existem muitas industrias ainda, mas a maiotia está fora dos EUA e lá so exploram a marca.

O que manda em um país é a renda per capita e ela é imensa nos EUA exatamente porque a “viola” impressora de dolares não para, assim fica fácil além de ter universidades em profusão possuirem também mais de 200 bases militares espalhadas pelo exterior e gastam mais com as forças armadas que o PIB do Brasil inteiro.
E por ultimo não estou comparando os EUA com o Brasil, estou comparando com o mundo, imprimir moeda demais é a bancarrota de qualquer economia , pois a base é pequena, mas a base dos EUa são o mundo inteiro, e agora uma pergunta para os sabichões do vermelhóide retardado que vos fala:

QUEM É QUE REGULA , DOUTRINA E CONTROLA A EMISSÃO DE DOLARES? SE É UMA MOEDA INTERNACIONAL , QUAL É O CONSELHO FISCALIZADOR QUE REGULA A “VIOLA”?

AGUARDO RESPOSTAS ………………………..

O QUE MANDA NO MUNDO É O BINÔMIO DINHEIRO E FORÇA MILITAR, TANTO É VERDADE QUE A RUSSIA SEMPRE FEZ PARTE DO G-7 SÓ PORQUE TEM UMA IMPRESSIONANTE MAQUINA DE GUERRA

petrafan
petrafan
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

nossa, que gritaria.

tá parecendo reunião de agitprop.

Big Macky
Big Macky
Reply to  rubem rodriguez gonzalez
10 anos atrás

Cara, o último que pensava essas coisas a sério meteu dois boeings no WTC.
Para de botar a culpa de tudo nos USA.
Daqui a alguns anos os chineses é que vão mandar em tudo e aí vc. vai ver o que é imperialismo e capitalismo selvagem, sem regras nem respeito algum a ninguém, nem mesmo ao próprio povo.

Camilo Fontana
Camilo Fontana
10 anos atrás

Acho que o hildebrand trocava as verdinhas dele pela cara no trofeu… 100º ano, era novato, perdeu a corrida da vida… coisa de hamilton afobado… custava levar o retardatário na reta? se ele bate num angulo masi favoravel e perdesse menos velô era capaz de ganhar ainda. O que faz a Indy o um espetáculo que só decide na chegada mesmo.

André
André
10 anos atrás

Com 2,5mi o Wheldon conseguiria fazer o restante da temporada. Agora pergunte se ele prefere correr ou ter essa grana….
André / Piloto no http://www.f1bc.com

Du Oliveira
Du Oliveira
10 anos atrás

Como dizia Fred Mercury:

“We are the champions, my friends
No time for losers “

Ssppock
Ssppock
Reply to  Du Oliveira
10 anos atrás

That’s it!