ONE COMMENT

A Guarda Nacional dos EUA precisa se benzer. Dale Earnhardt Jr, que está há 105 corridas sem vencer na Nascar, ficou sem combustível na última curva da Charlotte 600 ontem à noite, a poucos metros da quadriculada da prova mais importante da categoria. Ganhou Harvick. O jovem Hildebrando, o infeliz de Indianápolis, tinha o mesmo patrocínio.

Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Fernando Giti
Fernando Giti
10 anos atrás

Sei não, mas acho que o sofware que calcula gasto de combustível no Automobilismo americado é da Microsoft.

http://pessoalprofissional.blogspot.com

eduardo urashima
eduardo urashima
10 anos atrás

Indy 500 foi o máximo.
Aí, algumas horas depois, vem a Coca-Cola 600 da NASCAR e repete a dose.
Eu realmente não entendo como tem gente que despreza Indy e NASCAR pra ficar com F1??!!!

Victor
Victor
Reply to  eduardo urashima
10 anos atrás

Porque tem gente que gosta de carros de verdade, pilotos de verdade e pistas de verdade.

Leonardo Costa
Leonardo Costa
Reply to  eduardo urashima
10 anos atrás

Eu prefiro a Indy e NASCAR com as corridas de verdade.

Edson
Edson
10 anos atrás

A prova mais importante da NASCAR é a Daytona 500, a Coca Cola 600 é sim a mais longa da temporada e segundo numeros da transmissão da Fox_EUA , Dale JR está há 108 corridas sem vitória.
Mas realmente a National Guard teve um dia bem azarado…

Matheus
Matheus
10 anos atrás

Tanner Foust, host of Top Gear US, jumped a truck 332 feet (101 meters) today at the Indianapolis 500, setting a new world record.

http://www.youtube.com/watch?v=7SjX7A_FR6g&feature=player_embedded

Vi no http://www.finalgear.com/

André Micheloto
André Micheloto
10 anos atrás

Flavio e amigos, me desculpem a ignorância, mas a mais importante não é Daytona?

Luiz Oliveira
Luiz Oliveira
10 anos atrás

E não foi só o Junior a ficar sem combustível no final….Há muitos anos não tinhamos um domingo com 3 excelentes corridas ( F1, Indy e Sprint ), tendo as duas últimas finais espetaculares.

Felipe
Felipe
10 anos atrás

E o carro patrocinado pela National Guard só chega em segundo na indy desde 2008.

Neto
Neto
10 anos atrás

Só uma correção a prova mais importante da nascar é a DAYTONA 500, a de ontem é a mais longa.

jefferson
jefferson
Reply to  Neto
10 anos atrás

exatamente, eu iria comentar isso.

Rui
Rui
Reply to  Neto
10 anos atrás

Exato e em termos de importância ainda tem as provas de Dega, Daytona 400, Brickyard… Essa é a mais longa da categoria.
Triste a ignorância em termos de Nascar, visto que é uma das categorias mais divertidas de se ver e com mais competitividade no mundo, ainda que o #48 tenha dominado nos últimos anos quando chegamos nosplayoffs

Thiago Raposo
Thiago Raposo
Reply to  Neto
10 anos atrás

Daytona 500 é de longe a prova mais importante da categoria hein…

Tanto que o vencedor de lá ganhou U$ 1,463,810 contra U$ 406,786 do Harvick da Coca-Cola 600.

É a prova mais longa da categoria, isto sim…

gian_racer
gian_racer
10 anos atrás

me perdoem o erro tclei errado (piscina)…acho que a zica do dale…ta pegando em mim…sai pra la…cho cho cho..kkkk

Thiago Barbosa
Thiago Barbosa
10 anos atrás

A coisa anda feia pro lado do Junior, sorte dele que vende muito energético, e tem apoio incondicional de 50% dos fãs norte-americanos, nunca vai ser metade do piloto que seu pai foi, mas tem condições de ser muito melhor do que os resultados dos últimos 2 anos.

gian_racer
gian_racer
10 anos atrás

o domingo ontem…foi maravilhoso para todos que amam o automobilismo,tinha pra todos os gostos……na formula 1 so estragou depois daquela patacoada de trocar pneus na bandeira vermelha ,enterrou o defunto ali….sem homenagens. tava linda a corrida e estragaram…., na indy 500, como de costume sempre uma surpresa ,que espetaculo e parabens ao tony tinha tudo pra ganhar faltou um pouquinho mais de sorte para o bom baiano….e na nascar…..tadinho de dale…..ate eu torci para o garoto, mas parece que toda a nhaca que jogaram em cima do pai dele na epoca que corria e dava nos caras sem dó….pegou no filho….ta precisando cair em uma pisicina de sal grosso e rezar muito para esta muganga sair..kkkk,

Andre Cardoso
Andre Cardoso
10 anos atrás

é a maldição de OSAMA!!!!!.huahuahaha(risada fantasmagórica direto das profundezas do inferno…)

marcio riva
marcio riva
10 anos atrás

Õ Flavio, vai dar uma de globo agora? Charlotte 600? O nome do evento é Coca-Cola 600.

Alcides
Alcides
10 anos atrás

“Race to the finish”, como diria a TV estadunidense … #FAIL

Ernest
Ernest
10 anos atrás

Muito bom esses angulos abertos que eles usam nas transmissoes da Nascar

Maurício
Maurício
10 anos atrás
Danilo Candido
Danilo Candido
Reply to  Maurício
10 anos atrás

O motorista da picape: idiota
A platéia: todos idiotas
Quem estava de carona no carro numa exibição estúpida dessas e acaba morrendo de bobeira: igualmente idiota.
Logo, pelo menos um idiota à menos no mundo.

Rodrigo Moraes
Rodrigo Moraes
10 anos atrás

Um patrocínio desses não haveria de atrair boas energias mesmo. Sinto pelos caras, que dizem ser gente boa, o Hildebrando e o filho do Dale. Mas o exército americano que se dane!

Mikhail A. Bakunin
Mikhail A. Bakunin
Reply to  Rodrigo Moraes
10 anos atrás

Guarda Nacional não é a mesma coisa que Exército, eles não atuam fora dos USA, informe-se melhor senhor “boas energias”.

RobertoJP
RobertoJP
10 anos atrás

Pois é, coisas estranhas estão acontecendo na era pós-morte do Osama bin-Laden… estariam os radicais islâmicos se unindo a radicais umbandistas para inaugurar uma nova modalidade de terror, o terrorismo espírito-virtual? :-p

Se a Al-Qaeda apelou mesmo pra macumba para cima das forças armadas estadunidenses (hoje em dia eu não duvido de mais nada deste mundo), então deu tudo errado, pois acabou sobrando apenas pros coitados patrocinados pela National Guard…

willian
willian
10 anos atrás

se o Rubinho for pra Indy e tiver patrocinio da National Guard a desculpa já estará prontinha… rsrs!

Felipe Passos
Felipe Passos
10 anos atrás

Ontem a Guarda Nacional teve 2 baixas…

Mais uma excelente corrida da Nascar ontem. Quase 5 horas de corrida e um final emocionante destes. Ontem foi um dia e tanto para o automobilismo. Emoção no fim em Indianápolis e em Charlotte. Só não teve em Monaco pq resolveram trocar os pneus durante a bandeira vermelha, senão certamente tb teríamos um final com disputas pela ponta.

O mais interessante neste final de corrida da Nascar é ver a decepção dos torcedores americanos nas arquibancadas com o fim do combustível de Dale Jr., que é o piloto mais querido pelo povo americano, nem tanto pela suas qualidades como piloto, mas sim por ser filho do lendário Dale Earnhardt, “The Intimidator”.