MENU

segunda-feira, 27 de agosto de 2012 - 14:14Gira mondo

“MUDOU MINHA VIDA”

SÃO PAULO (o Brasil precisa de algo parecido) – A todos que defendem o motoqueiro do post um pouco mais abaixo, que dizem que seus vídeos de barbaridades no trânsito “mudaram suas vidas”, digo apenas que um vídeo como este é que é capaz de mudar a vida das pessoas. O resto é tudo cascata.

Quem mandou foi o Márcio Nascimento. Não é a primeira vez, creio, que coloco aqui. Para quem não entende inglês ou tem preguiça de entender, traduzo a descrição:

No dia 10 de dezembro de 1989, o primeiro comercial da TAC (Transport Accident Commission, do governo de Victoria, na Austrália) foi ao ar. Naquele ano, o número de vítimas nas estradas foi de 776. Em 2008, tinha caído para 303. Este vídeo contém uma retrospectiva de cinco minutos das campanhas de segurança no trânsito feitas pela TAC nos últimos 20 anos. A montagem contém imagens que ajudaram as pessoas na Austrália a mudarem a maneira como dirigem. A trilha sonora é a música “Everybody Hurts” do REM. Esta campanha é a chance de rever algumas imagens que ficaram gravadas nas nossas memórias, para lembrar as milhares de pessoas que foram vítimas de acidentes de trânsito, e para nos lembrar que, em nome de todos, por favor dirijam com segurança.

O site da TAC está aqui. Os vídeos da Comissão mostram o horror dos acidentes de trânsito, causados por pessoas como o motoqueiro admirado por seus vídeos no YouTube e por outros tantos milhões que fazem o mesmo, mas não necessariamente gostam de divulgá-los como se fossem heróis.

Se alguém, depois de ver isso, ainda acha que é legal sair botando terror de moto ou de carro pelas ruas e estradas, é doente e precisa de tratamento. Seria ótimo que todos os seguidores do motoqueiro, ou aqueles que adoram ver vídeos de atrocidades cometidas por gente de todos os tipos (brancos, negros, motoboys, riquinhos, pobres, caminhoneiros, motociclistas, taxistas, motoristas “civis”, playboys, jovens, velhos, TODOS), perdessem cinco minutos de suas vidas vendo isso. Ao rapaz da moto também recomendo. Sempre é tempo para parar e refletir sobre o que se faz da vida.

97 comentários

  1. Claudio Marcelo disse:

    Ola Sr. Flavio Gomes.Gostaria de levantar algumas questoes:
    – Escreva um(1) acidente causado pelo Sr. Kleber Atalla.
    – Nos mostre aonde ele se auto-classifica como “Heroi”.
    – Excesso de velocidade, eh classificado como atrocidade?
    Bom, eu assisto os videos do Sr.Kleber Atalla, nem por isto acho que sou doente, e muito menos que preciso de tratamento como voce citou! Chegou a ver o video que ela fala sobre a Cracolandia? Alias sao varios os videos que ele tenta ajudar nossos jovens a nao entrarem no mundo das drogas. E voce? O que faz para ajudar? Ahn tudo bem nao eh sua obrigacao, mas fique tranquilo assim pensam nossos politicos tambem.
    Se o Sr. Kleber Atalla andasse de bicicleta, pode ter ctz que continuaria a ser admirado por seus “sequidores”, pois o mesmo tem conteudo no que diz!

    • Flavio Gomes disse:

      Além do motoqueiro, você conhece outras pessoas que aconselham as pessoas a não entrarem no mundo das drogas? Ou ele é o único? O que têm a ver os conselhos para não entrar no mundo das drogas com a maneira criminosa com a qual ele conduz a moto?

      • Claudio Marcelo disse:

        Olá. Conheço sim. Com vc deve conhecer vários cabeleireiros, concessionárias e ir apenas em uma, correto? Essa identificação levada pelo carisma e ou justificada pelo jargões que o Kleber utiliza não são passíveis de uma analise simplista como a maioria de vocês tem tentado.

        O modo de pilotagem não êh exemplo para ninguém, eu por exemplo, não tenho moto e acompanho o canal do mesmo. Entenda que a maneira de pilotar chama a atenção dos jovens, e consequentemente ouvem as idéias dele.

        Tente não julgar a pessoa do Kleber, ele faz bem a muitas pessoas. O dia que ele bater e ou atropelar alguém, poderemos julga-lo pelo ato, mas não sem antes acontecer! Pensem nisto.

      • Flavio Gomes disse:

        Ah, legal. Vamos esperar ele matar alguém, então. OK. Tomara que não seja sua mãe, ou seu filho.

      • Junior Salzano disse:

        Esse individuo que muitos babacas defendem(quem quiser pode processar to nem aí mesmo, no dia 28/01 atropelou o senhor Antonio Fárias, que teve tramatismo crâniano e veio a falecer no dia 05/01/2013, o cidadão se assim podemos classificar um idiota que para os babacas e um herói nem sequer prestou socorro a vítima.
        Agora um trabalhador ,honesto morto e esse vagabundo solto.

        Lamentável,bem que digo Brasil um país de tolos.

      • Marcelo Xavier disse:

        Engano seu, caro amigo. Foi demonstrado que sim, ele prestou socorro. A conversão que ele fez na Avenida Duque de Caxias, não era proibida. E sim, o sinal era verde para os veiculos. Se acompanhar o video veiculado pela Rede Record, voce verá que, o Sr. Antonio, quase é atropelado por outros 2 veiculos, porem ele conseguiu desviar. Esse acidente, infelizmente foi obra da fatalidade, que acontece todos os dias no transito, e que sempre é mostrado em todos os noticiarios, seja em SP, ou no RJ, ou PE… Ele sera julgado, e possivelmente absolvido. Sim eu acompanho os videos do Kleber, e concordo que seu modo de pilotar, não é certo, e sim é muito perigoso. Concordo que de repente (torço para isso) que ele repense a forma com a qual pilota. Porem reconheço que ele tenta de varias formas ajudar os jovens ou pessoas que se identifiquem com suas palavras. Julgar é facil, todo mundo julga, mas nesse caso nem o Sr. Antonio foi culpado, e nem o Kleber. Foi uma fatalidade.

      • Flavio Gomes disse:

        Não era proibida? OK, espertão. Vai até lá e faz o mesmo todo dia. Até matar alguém. Ignorante do caralho.

      • Marco disse:

        Cláudio Marcelo! Na boa voce é um ignorante! Voce acha mesmo que o cara vai postar um video, onde ele se arrebenta? Nunca, poqrque da forma como ele dirige o dia que bater será fatal! Outra coisa, mesmo que seja um acidente simples como o do vídeo do punto vermelho, ele nao vai ficar postando, pq dai tem mais idiotas como vc que continuara a idolatrar um drogado, irresponsável, e que nao tem a mínima noção de como se portar no transito. espero que ele arrebente a moto dele no seu carro! Dai vc nao vai fazer nada pq ele é o cara! Deixa de ser imbecil.

    • Luiz disse:

      VIU AI A MERDA QUE SEU ÍDOLO FEZ? ATROPELOU UM INOCENTE, VOCÊ E ELE E ESSE BANDO DE IMBECIS APOIAM NISSO QUE DÁ.

    • Rafael disse:

      pois bem Cláudio pode procurar um especialista sim, pois adoração de “heróis” (está entre aspas tá, espero não ter que explicar o porque) como os que você adora, causa dor a outras pessoas (morte se você não entendeu)… e cade você defendendo o cara agora… vai lá baba ovo… queria ver se fosse alguém de sua família como disse o Flávio o que você iria falar…

    • Fabio disse:

      Acho que sua primeira pergunta como maneira de defender esse motoqueiro irresponsável babaca está respondida nesses dias. Demorou mas aconteceu, e aí? O que acha disso agora? Claro que agora pra continuar defendendo-o você vai se ater ao fato de que o sinal estava fechado para pedestres, por isso não foi culpa dele, ou que a conversão de faixa foi mostrada incorretamente pela mídia. Vai colocar a culpa na mídia agora, claro, como sempre os irresponsáveis fazem. A verdade é uma só: Ele com certeza estava dirigindo acima da velocidade ou distraído gravando as idiotices sem nexo que ele fica falando nos vídeos e achando que suas frases são de um grande pensador, ou não estava dirigindo defensivamente achando que o caminho era só dele e que não precisa nunca prestar atenção em nada que possa acontecer repentinamente, etc… e por isso não teve tempo de evitar atropelar a pessoa. E não venha com essa de me perguntar se eu sempre ando de maneira perfeita tá, e por isso não posso julgá-lo. Posso e julgo porque ele agora é um assassino. As coisas tardam mas acontecem, e ninguém está surpreso que tenha acontecido porque um dia iria acontecer mesmo com ele, e vai acontecer novamente se esse vagabundo não for preso dessa vez.

    • Fabio disse:

      Herói!!! Que ridículo isso. Só pessoas do nível dele que idolatram ele como herói mesmo. O cara se acha um grande pensador dizendo que faz isso para chamar atenção das pessoas para as mensagens que ele quer passar. Ele não passa mensagem boa nenhuma, só fala idiotice sem nexo nenhum. Não termina o raciocínio de uma só frase. Esse cara não é normal não, é meio retardado. Numa hora diz algo e na outra se contradiz. Num trânsito com os carros a 60km/h e ele a 120km/h chamando atenção dos outros porque viu um motorista com um celular na mão, ou porque o outro não deu seta…… A vai né, pára……… Ele faz muito pior do que todos os que ele chama a atenção, mas me esqueci, ele está perdoado porque na verdade ele quer passar UMA MENSAGEM para os jovens não usarem drogas……… Vamos continuar se fazendo de cínicos até quando?

  2. Alexandre - BH disse:

    É a melhor campanha de trânsito que já vi. O Brasil é exportador de novelas, mas não sabe fazer um trabalho desse tipo. Não sabe ou não quer?

  3. Muller disse:

    Em Recife, representantes da TAC se reuniram com autoridades locais há cerca de 2 anos e o resultado é esse aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=ST7Y_YjVEtk

    Ou seja: se o governo quiser, a campanha vai pra frente.

  4. Claudio disse:

    Eu sou absolutamente contra qualquer tipo de violência, mas parece que esse tipo de coisa só vai começar a mudar quando uma multidão se juntar em volta de um desgraçado que mate alguem no trânsito ou cause outros prejuízos lhe encha de porrada o suficiente para que o fdp se arrependa do que fez, já que infelizmente as leis de merda desse país não conseguem corrigir, porque parece que são feitas por quem tem interesse em se beneficiar delas.
    Eu não me divertiria se eu visse uma cena como a que eu mencionei acima acontecesse, mas também não ia sentir pena nenhuma.
    Desculpem a grosseria do meu comentário, mas sou apenas mais um que já está com o saco explodindo de ver tanta desgraça acontecer no trânsito e fora dele e nada mudar. Ou quando muda, muda para pior.
    E infelizmente, pelo jeito, vai ser assim, que as pessoas de bem que ainda existem nessa porcaria de país se unem pra fazer alguma coisa, porque esperar que políticos e “autoridades” resolvam alguma coisa, além de cuidar do rabo deles, só sendo muito ingênuo.
    Pelo amor de Deus, alguma coisa tem que ser feita e logo nessa merda desse país.

  5. Beraldo disse:

    Muito bom o video!

    Lembrei de domingo passado, quanto voltava a noite com minha família (Esposa, mãe, avó, sogra e sobrinho) do sitio. Um animal em plena marginal Tiête carregada, costurando pra tudo que é lado. Quando vi ele no retrovisor direito, puxei o carro, quase bateu no meu carro, passou uns 500 metros, ele tentou ultrapassar outro carro e bateu em dois carros, um quase capotou, ou outro ficou atravessado na marginal. Um dos carros antes de ser arremessado para lateral da marginal voou uns 3 metros. Foi tudo muito rápido e pelo pouco que vi aparentemente não tinha feridos graves.
    Vi alguns seres comentando no outro post que era pra você deixar o tal do motoqueiro em paz, que era a vida, dele, que ele assumiria os riscos pelos seus atos, etc. Ok! isso é minimo que ele irá fazer, se causar algum acidente. Agora faço um pergunta a esses mesmos seres. Se esse boçal mata um parente seu? Um filho, mãe, avó? Será que eles ainda vão achar o cara show, o maior, o melhor, e blá, blá, blá.
    Voltando para o animal da marginal, bateu em dois carros, pode ter ferido ou matado alguém e pra que? Penso que se o cidadão quer se matar que faça isso sozinho e não leve outros consigo. O boçal da moto que muitos acham o maioral, um dia vai se matar, e com certeza vai machucar outras pessoas que não tem nada a have com a demência dele.
    Tem gente que vem ao mundo, para fazer número, pois o poder de pensar e usar cérebro para tornar o mundo um lugar melhor, ficou na placenta da mãe quanto nasceu.

    • Bosley de La Noy disse:

      Beraldo,

      Fora esses babacas com tendências kamikazes, existem também inúmeros carros roubados fazendo barbaridades no trânsito na mão de traficantes e ladrões. Quando saio de casa, peço a Deus para não cruzar com nenhum desses tipos, pois não é brincadeira o número de carros rodando por aí na mão de criminosos. Bateram?? Mataram?? É só roubar outro carro e sair de novo por aí.

      A polícia não está fazendo nada… Deixam essa raça deitar e rolar!

  6. Sérgio disse:

    Pra algumas pessoas parece duro dizer isso, mas pra mim é o justo: quando um cidadão (pavão?) como o da moto se arrebenta todo, dane-se. Por mim, quer rachar o crânio num poste, pois que rache. Ninguém deveria sentir pena se ele ficar em cadeira de rodas ou perder um braço. O único problema é que ele pode ferir um inocente que não tem nada a ver com sua babaquice, e aí é que entra a necessidade de intervenção na base da lei.

    Faz umas 2 semanas presenciei dois corpos de um casal estirados no asfalto. Estavam numa moto, pra variar. Talvez quem se divirta fazendo macaquices devesse ser obrigado a participar in loco de resgates junto com o SAMU, assim quem sabe teria uma visão melhor da realidade.

  7. Felipe Lima disse:

    Quem defende o tal “tiozão” do Youtube, até verá estes vídeos, mas dirão que são dramatizações exageradas, que não condizem com a realidade.

    Usarei este vídeo no próximo DDS que eu ministrar no trabalho!

  8. Mauricio disse:

    Estava lendo o outro post sobre esse assunto e achei uma referência sua a outro post mais antigo (Outubro de 2011!), feita por você em resposta a um dos alienados. Lembrei-me também que tinha comentado nele e achei o texto. Sem ser pretensioso, é muito bom e acompanha o nível daquele texto e coaduna com o teor deste aqui pois tratam sempre do mesmo assunto: Segurança no trânsito. Por isso vou colocá-lo aqui:

    “Boa tarde Flávio, como tem passado?

    Mais um bom texto seu. Perfeito e concordo em cada palavra.

    Como já escrevi em outros comentários anteriores, nós aqui fora, nas ruas, somos simples motoristas, condutores de veículos motorizados. Lugar de piloto é no autódromo, com licensa especial, etc…

    O praser de dirigir um automóvel está em curtir tudo o que está a sua volta, para isso a velocidade é o menos importante. E velocidade, nas ruas e estradas que temos aqui, tem de ser uma preocupação de todos nós que dirigimos, pois as condições são muito ruins.

    Como viajo muito, vejo cada barbaridade inacreditável. Parece incrível, mas para a maioria dos motoristas o acelerador só tem duas posições, sem o pé encima e com o pé encima e ecostado “na tábua”. É uma ignorância inacreditável! Já vi carros passando a mais de 180km/h em estradas de pista simples com divisória central pintada (e ultrapassando no meio de uma curva fechada e sem visibilidade alguma, eu mais uns tres tivemos de sair para o acostamento)…

    Hoje já se reclama muito do que é necessário para tirar ou manter uma carta de motorista. Mesmo assim é fraco. A maioria leva apenas como uma obrigação protocolar e sem utilidade, pois é cobrado assim. Logo esquece tudo e põe em pratica apenas aquilo que lhe dá na telha. Isso quando não fraudam o sistema e compram o direito de dirigir. Concordo com você quanto a necessidade de licença especial para dirigir um carro de alta performance e critérios bem mais duros e exigentes para se tirar a carta comum.

    Quando saio de carro meu maior medo é ser atingido por um desses doidos suicidas.

    Vejo tudo isso como uma questão cultural, construida por anos e anos de falta de civilidade e exemplos ruins de nossas classes formadoras de opinião (os ricos, os politicos). Pela nossa falta de atitude responsável. Aqui o problema é sempre dos outros, no caso: os outros que se fod… eu me garanto.

    Pensamento gratificante esse…”

    Volto a sugerir a você: Coloque mais ênfase nesse tipo de discussão. É preciso, É necessário. Crie um espaço, outro blog, sei lá.

  9. sérgio castro disse:

    Espero que esse vídeo tenha dado uma dor de estomago naqueles beócios que não ficaram perplexos com o vídeo do motoqueiro alucinado….

  10. rodrigo mota disse:

    Gomes.

    sabe o que seria ideal para os automoveis/motos? minha opinião:

    1) Cancelamento/Cassação DEFINITIVA da carteira/habilitação com cadastro nacional e no Mercosul em caso do condutor dirigir bebado, sob efeito de entorpecente ou conduta de agressiva…

    2) multa equivalente ao valor do veículo x3 junto com o item acima em caso de acidente e 5 anos de prisão em regime fechado sem direito a fiança…

    3) redução do número de auto/moto escolas. não adianta ter 1000 delas se 900 não fazem porra nenhuma direito. melhor ter um numero menor com uma certificação de qualidade melhor…

    4) exigência de “recheques” periodicos dos motoristas, a cada 5 anos pelo menos…

    5) criação de habilitações específicas para veículos que exijam uma proficiencia mais acentuada. a “superlicença” da FIA por exemplo, equivalente a categoria “tipo” na Aviação (um Piloto de 737 precisa passar por uma avaliação para pilotar um A320 e etc…) em qualquer categoria, A,B,C,D ou E…

    6) CCF (Certificado de Capacitação Fisica) com validade, nos moldes da Aviação, com enfase no psicologico e psiquiatrico. afinal de contas tal qual como um Avião o carro nas mãos de pessoas certas é uma ferramenta, mas nas mãos de babacas é uma arma de destruição em massa…

    7) veículos equipados com algum tipo de transponder que permita rastreamento do mesmo em tempo real. (é o preço que temos que pagar para punir os irresponsáveis)…

    8) carros de policia de alta performance, não adianta o badido roubar uma ferrari e a policia achar que vai pegá-lo com um Gol 1.6, é necessário equipamento com performance a altura…

    9) helicoptero da policia com armamento de guerra e com permissão para “atirar para matar”, o Brasil comprou uns MIL MI Russos perfeitos pra isso e os colocou na Amazonia, poderia encomendar mais alguns e colocar nas cidades Brasileiras. nenhum motoqueiro/motorista é doido o suficiente para encarar um helicoptero russo armado até os dentes…

    10) uso do “Tazer” e munição real para combater os motoristas “valentões”, gostam de bater em inocentes mas duvido que farão o mesmo com uma AK-47 apontando pra eles…

    • Mauricio disse:

      Usando o raciocínio de Talião?

      Não é assim que se resolve, e sim com educação meu caro.

      E leis mais duras, sim, mas com a certeza de que haverá punição.

      • rodrigo mota disse:

        concordo com a educação.

        mas cadê isso nas auto-escolas? cade isso em casa? cadê a mídia incentivando a boa conduta?

        educação muda o mundo é verdade…

        enquanto não temos isso no Brasil sou a favor de leis ultra-rigorosas sim. punição, prisão e cassação da habilitação.

        ponham em prática punições do tipo e eu quero ver motoqueiros “apavorando” no youtube, ou motoristas dirigindo bebado e queimando dinheiro…

        se dependesse de mim motorista que dirige bebado, sob efeito de entorpecente ou agressivo levava era pena de morte por fuzilamento isso sim…

        acidentes ocorrem. a diferença é que um motorista exaltado é uma coisa, agora partir pra porrada é intoleravel…

      • Mauricio disse:

        Existem coisas mais terríveis….

        Porém ainda penso que se o Brasileiro abandonar o pensamento: Isso só acontece com os outros, eu me garanto.
        Muita coisa vai mudar nessa terra.

        Antes de termos leis duríssimas, temos de educar e depois criar uma estrutura que puna de verdade.

        Hoje o pais dispõe de um código de trânsito que é considerado modelo, porém sua aplicação é míope, parcial. Poucas pessoas conhecem o mesmo. A própria autoridade de trânsito parece não se importar em aplicar o código.

        A lei não precisa mudar, as pessoas sim.

      • rodrigo mota disse:

        eu concordo que existem coisas mais terríveis e que nosso código de trânsito é bem punitivo…

        mas devemos deixar claro que já deu o que tinha que dar no nosso trânsito…

        os nossos carros são caros e não oferecem itens básicos de segurança como airbag e freios ABS. engraçado que lá fora isso é básico…

        vejam o FOX vendido no Brasil e o FOX vendido na Europa. o que o nosso é tido como “completo” na europa é básico custando quase 30% menos…

        as nossas auto-escolas não formam motoristas, formam orangotangos que só sabem repetir o que foi ensinado. não aprendem a dirigir em estradas ou com tempo ruim, não aprendem a mecanica do carro, nem a “cravar” velocidades…

        também não aprendem cidadania. o DETRAN não foca no lado psicologico dos exames, foca no lado mecanico. é repetir o ensinado na auto-escola e pronto. mais um maniaco habilitado a matar com uma arma de 1 tonelada comprada em 60 prestações. e depois dizem que um revolver mata mais que um carro/moto…

        o DETRAN precisa sim apertar o cerco na formação de condutores, deve sim tornar as avaliações mais rígidas e cobrar que os candidatos raciocinem e não repitam mecanicamente…

  11. DOuglas disse:

    Flávio,

    Por muitas vezes critico seus posts. Sempre repito que você poderia usar melhor sua capacidade de atrair audiência.
    Agora você demostrou superar qualquer expectativa. Parabéns!
    Moro em SP a 1 ano. Adoro a cidade, odeio o transito e ainda tenho esperanças.
    Este e o outro post sobre o mesmo assunto foram ótimos!

    Abs.

    • Mauricio disse:

      Procure nos links, você vai encontrar pelo menos mais dois nestes últimos doze meses.

      E, meu caro, se você acha que ele faz isso por conta da audiência, não está entendendo nada.

      Ele o faz por se sentir responsável como informador e formador de opinião!

  12. Marcos Aldred Ramacciotti disse:

    Uma pen que um vídeo desses não passa em nossas TVs. Excelente e fiquei arrepiado depois de assistir.

    Parabens Flavio, otimo vídeo.

  13. Marcos disse:

    Forte, mas necessário. Fico feliz de saber que você fez algo a respeito do sujeito da Hornet.

  14. Oliveira disse:

    Engraçado: esse vídeo, que é realmente educativo, eles não comentam!!!! Vai ver eles não gostam de R.E.M.

  15. Ontem, Flavio, viajei de Taubaté-SP a Blumenau-SC. Foram nove horas no carro, três estados e muito asfalto.

    Eu me considero um bom motorista. Sei a diferença entre faixa branca e amarela, sei olhar além do meu capô. Sei ajustar retrovisores, sei usar cada um dos faróis e luzes auxiliares do meu carro. Sei que seta não é licença para fechar ninguém e sei que caminhões perdem embalo na subida.

    Também sei fazer o pêndulo, sei o que é trail braking (e sei como e onde aplicá-lo), sei fazer punta-tacco. Sei calibrar os pneus para aproveitar melhor o ângulo de deriva. Sei como contornar curvas, como manter o carro equilibrado ao longo delas. Sei também das minhas limitações, pois não sou imortal e não tenho vocação pra Santo Aírton.

    O que os motoristas fazem comigo nas rodovias é bullying, pra usar uma palavra da moda. Meu carro tem “cruise control”, ajustado de acordo com o limite de velocidade. Se eu preciso ultrapassar um caminhão ou alguém mais lento, a ultrapassagem é feita no limite de velocidade, mesmo que leve um tempinho. Mas eu sofro “bullying”.

    Qualquer novo rico ignorante que saiu do popular e hoje tem um “carro de rico” acha que é mais poderoso (afinal, é rico, e dinheiro é poder) e se impõe brutalmente sobre quem ousa interromper seu caminho, quem ousa tolher seu poderoso “carro de rico”. Tem gente que é incapaz de entender que a rodovia não é dele, mas minha também – e eu tenho o direito de não querer ser multado, assim como ele tem o direito de infringir as leis. Tem gente que acha que o airbag contido no volante vai salvá-lo de um acidente a 120 km/h, envolvendo duas latas de 1,5 tonelada e um muro de concreto fixo. Aliás, tem gente que acha que a atmosfera vai fugir para o espaço se tiver que desacelerar seu carro. É aquele mesmo tipo de gente que acha que é importante só porque não para de mexer no smartphone nem na hora do almoço.

    Eu chamo de bullying pois me sinto um idiota. E me sinto mais idiota ainda quando um carro com os farois apagados sob chuva, converte à direita sem sinalizar, cumprimentando o agente de trânsito seu amigo, que nada fez diante do infrator amigão.

    Não sou medroso, nem um mau motorista – pelo contrário. Mas tem gente me esperando em casa, com a mesma saudade que eu sinto. Eu também não curto muito a ideia de doar dinheiro para o Estado em forma de multas (a doação do IPVA já é além do razoável). Eu só quero andar tranquilo, sem torrar minha gasolina, sem correr riscos desnecessários.

    Mas sempre tem um ser irracional incapaz de perceber que dirigir bem é muito mais que correr e chegar primeiro. Isso – correr e chegar primeiro – é coisa de criança ou de adulto bem pago para isso.

    É muito fácil colocar um carro em movimento e chegar a velocidades perigosas. Qualquer idiota consegue fazer isso com o aval do Estado. Qualquer pessoa que concorde com aquele motoba do vídeo (ou qualquer outro idiota do trânsito) é gente da qual quero distância. Esse tipo de gente não gosta de carro, não gosta de moto. Gosta de aparecer. Não existe nada mais primitivo e tacanho e infantil e bobo que fazer algo para aparecer.

    Eu teria pena de gente assim, se eles não fossem tão perigosos.

  16. Clay disse:

    Autoridades, por favor, assistam isso !!!
    Ou vamos continuar com as nossas “otoridades” ??? Quanto tempo ainda ?
    Lindo, FG. Duro, mas lindo.

  17. Will disse:

    A sensação de perder um familiar em acidente de trânsito é cruel: é um assassinato.
    Revoltante, muito doloroso e, infelizmente, sem volta.
    Talvez (veja bem, talvez) se esse tipo de gente que apoia condutas perigosas no trânsito soubesse o que é não ter mais uma pessoa amada em razão da imprudência ao dirigir, quem sabe mudaria de ideia.

  18. Ricardo disse:

    E dificil de entender o que se passa na cabeca de pessoas assim, que colocam a propria vida e pior, a dos outros em risco.
    Eu so motoqueiro a anos tenho moto de 1250 cc, quase todos os meus amigos tem motos de mais de 1000cc, e sempre saimos juntos fim de semana.
    a grande diferenca e que moramos nos EUA, mais precisamente no oregon, e aqui moto ou bicicleta e tratado como um veiculo de transporte.
    Isso quer dizer que quando vamos para o trabalho de manha e pegamos a I5 (free way) congestionada, ocupamos o nosso espaco como se estivessemos em um carro.
    Aqui nao existe moto ou bicicleta passando entre carros.
    Inclusive teve uma discussao outro dia na tv local de um determinado cruzamento no centro em que os ciclistas nao estavam respeitando o sinal de pare.
    estavam exigindo um policiamento nesse esquina para , acredite, multar o ciclista que nao respeite o sinal de pare.
    Imagino colocar um desses cara aqui, nao dou meia hora pra ele estar atras das grades.
    Ricardo

  19. Paulo Franco disse:

    O que mais me impressionou foi o nível da tigrada!
    Chegava a ser surreal, em muito momentos eu pensei que alguns estavam tirando onda, que eles não estavam falando sério.
    É muito erro de portugues, é muita falta de lógica, é falta de neuronios mesmo!
    Os caras não conseguem explicar os seus pontos de vista, as suas opiniões e quando conseguem… é de chorar!
    Trabalho sempre na rua, tenho contato com todo tipo de gente, não deveria me surprender, mas fiquei tristemente surpreso com esses tipos.
    Depois daquelas manifestações, de saber que o motoqueiro tem um dos maiores “ibopes” do You Tube, de que ele é tido como um “herói do povo”, tenho sérias dúvidas de que o Brasil tenha jeito, que vire uma nação decente.
    Infelizmente, se continuar assim, me parece que será muito fácil manipular esse povo.

  20. Claudio disse:

    Parte do problema é que náo temos NENHUMA autoridade com culhão, ou pelo menos, seriedade/competência pra fazer uma lei dura o suficiente pra acabar com essa filhadaputice que se tornou o trânsito. Ou pelo menos, para fazer cumprir-se decentemente as que já existem.
    Enquanto isso, os motoristas, pedestres e motociclistas ajuizados (sim, eu acredito que existem) ficam sujeitos ao caminhão de merda que algumas pessoas adoram fazer ao volante e se gabam como se fossem “pilotos”, “superdotados”, e por aí vai. Até que uma hora um imbecil desses arrebenta o focinho, e não sou eu quem vai sentir pena.
    Quem quer se matar, que não use um carro pra isso… prenda a respiração, enfie a cabeça na privada e conte até 300, pule da janela… mas não tente ferrar a vida de quem não tem nada a ver com isso.

    • Mauricio disse:

      Bom, parta do seguinte fato:
      No Brasil, quem deve pensão alimentícia pega mais cadeia (e mais rápido) que um assassino contumaz.
      Dai você percebe qual é o valor que o nosso povo dá à vida.
      Por aqui o que vai no bolso vale muito mais que aquele que carrega o bolso.

  21. Flavio Chinini disse:

    Muita coisa pode fazer mudar a atual situação da nossa sociedade, mas a educação é fundamental. Se fossem adotadas medidas como, por exemplo, este tipo de vídeo, aqui no Brasil, já ajudaria um pouco.

    Impressiona a inconsequência dos que defendem o motoqueiro do vídeo. A atitude destes é de desanimar. O pior é sermos obrigados a topar com esta espécie de gente a todo momento, desde quando saímos até chegarmos em casa.

  22. Bruno disse:

    Acho q falta punição mais severa para esse de imbecil, que além de fazer um monte de merd. posta tudo influenciando outros imbecis a fazer o mesmo. Vi dois videos que chamaram minha atenção um em que um rapaz de moto faz as mesmas coisas que esse nosso grande motociclista, a diferença é que ele é inglês, pelo que fala no vídeo ele foi preso e cumpri pena em liberdade tendo que prestar serviço comunitário e se dirigir qualquer veículo vai pra cadeia e o outro é uma campanha contra beber e dirigir no qual 4 amigos saem do bar bebados e o motorista mata todos com uma esocpeta no final aparece uma frase assassinato é assassinato o filme é bem forte. não achei os links se achar posto aqui

  23. Matheus Souza disse:

    A França fez uma série de comerciais nesse estilo também que ajudaram a reduzir o número de mortes nas estradas. Se alguém jogar Sécurité Routière no YouTube encontra vários vídeos nesse estilo também, todos bastante violentos e chocantes. Se uma campanha dessa fosse feita no Brasil, talvez as coisas melhorassem um pouco. Aqui tem um dos vídeos mais famosos da campanha:

    http://www.youtube.com/watch?v=wfMKktpowx0

  24. Clau disse:

    Faço um convite ao cidadão que está postando esses vídeos anormais a assistir esse

    http://www.tacsafety.com.au/jsp/content/NavigationController.do?areaID=13&tierID=2&navID=BF7673AE7F00000101C2E8A4A4EBD88F&navLink=null&pageID=1556

    Isso é o que acontece com quem dirige uma moto acima dos limites (da velocidade e do respeito ao próximo). Não creio que ele entenda algo no vídeo, mas não custa tentar.

    Obs.: O vídeo da uma dica de segurança, afinal o objetivo é evitar o acidente
    Abs!

  25. Marcio disse:

    Se resolvessem passar esse vídeo na tv brasileira os juízes mandariam tirar do ar alegando que ninguém precisa sobrer antecipadamente, como também não precisamos fazer teste de bafômetro para não produzir prova contra nós mesmos … isso é Brasil … matem a vontade até pegar um deles ou um de seus familiares …

  26. Márcio disse:

    Flavio, excelente!
    Obrigado pelo vídeo, precisamos mesmo fazer esse povo acordar, só assim para tentarmos diminuir o número de mortes DIÁRIAS no Brasil.
    Se puder, cite o número de assinaturas que precisamos para mandar o projeto de lei para o Congresso solicitando maior rigor na punição aos crimes de trânsito. Sei que você já assinou, mas precisamos de ajuda para chegar às 1.300.000 assinaturas. Ainda faltam 720.000.
    http://naofoiacidente.org/site/assine/
    Obrigado!

  27. Helder Sobrêda disse:

    Os valores estão invertidos. Esses idiotas acham que pode tudo e que nunca vai acontecer nada.
    Um choque de realidade se faz necessário, mas como aqui é o país do jeitinho, vamos empurrando com a barriga.
    Pelo menos temos algumas pessoas com consciência.

  28. Murilo disse:

    Flávio, eu só não entendo porque as “AUTORIDADES” aqui do brasil não investem em campanha com o mesmo foco

    • Mauricio disse:

      Por que aqui, é proibido mostrar na TV aberta imagens com extrema violência, mesmo que com fins educativos.
      Uma tentativa neste sentido seria barrada pelos órgãos reguladores. E se passarem teriam de superar o crivo dos chamados cidadãos de bem que se sentiriam ofendidos em sua sensibilidade.

  29. Rodrigo Palmito disse:

    Depois de pequenos acidentes de carro e moto na adolescencia, eu mudei radicalmente minha forma de encarar os meios de transporte. Amigos e familiares idiotas as vezes ate me zoam por dirigir devagar. Se todos assistissem este video, com certeza dirigiriam com mais prudencia.

  30. Marcelo disse:

    Hoje eu vi esse cidadão na rua. Se o mundo fosse esse que ele vive – um mundo selvagem, irresponsável, inconsequente e impune (isso já é bastante), daria vontade chutá-lo de cima daquela merda de moto. E se esse “corre” de motoboy que ele faz pelas ruas de São Paulo fosse em uma pista de corridas, levaria pau de molecada de 11 anos. É fácil se achar o tal passando kombis e mães levando filhos na escola. Maldita cultura brasileira!

  31. Leonardo Almeida disse:

    Sua melhor resposta para o assunto. Parabéns, de novo.

  32. Askjao disse:

    FG, “o mais legal” disso é ver como o povinho brasileiro é pequeno nos comentários, e que nada será feito para mudar. 303 acidentes em 2008. Impressionante. Apesar de nunca ter contribuido para os nossos imensos números anuais, me sinto envergonhado.

  33. Burrinho Batiquebra disse:

    Perfil da Turminha do Klebão Tiuzão Atalaia Jurubeba – O Leão do Norte:

    – Entre 15 e 20 anos
    – Português hediondo (se é que podemos chamar aquilo de Português).
    – Q.I. entre 20 e 30 pontos, equivalente a um chimpanzé de inteligência média.
    – Inabilidade inata em lidar com conceitos simplificados de lógica.
    – Desconhecimento atroz da Lei.
    – Vida Social resumida a comentar (sic) vídeos do Youtube e rolês de CG-125 no domingão, bêbado (ou coisa pior), de bermuda, chinelo, cabelo de calopsita e óculos de R$2,50 pra ficar igual ao Neymar e pegar uns 30 buchos na balada de Funk.

    Retardados mentais, enfim…

    • Claudio disse:

      Comparar o QI de um sujeito desses ao de um chimpanzé é, no minimo, ofender os chimpanzés…

    • Luiz Reis disse:

      Prezado, limitar a questão a um grupo é uma tolice… quem dera pudéssemos definir pelo perfil, seria mais fácil, mas, por exemplo, o filho do Eike não estaria nessa lista, certo? Não ajuda em nada estereotipar, apenas nos afasta do problema, deixamos de ser sujeitos, a culpa é sempre do outro. Pelo visto, para melhorar a segurança de todos e a vida em comunidade, basta ser leitor do Flávio, pois parece que aqui ninguém comete barbaridades atrás de um volante. Desculpe por qualquer palavra mal empregada, não é pessoal. Abraços.

    • Danilo Cândido disse:

      O penteado pode até ser parecido com o de uma calopsita, mas a inteligência e discernimento da ave são superiores.

  34. Amaro - Recife disse:

    Do caralho!

    E ainda tem imbecil que tuíta lei seca e corta luz na estrada para avisar que a polícia está fazendo o seu trabalho. Cuidado, a vítima do bêbado alertado por você pode ser seu filho…

  35. Carlos Pereira disse:

    Pessoal, certa vez, a muito tempo atrás, um piloto, creio, que o André Ribeiro, que pilotou na antiga CART, esteve no programa do Jô Soares. Bom, lembro que o Jô, perguntou, quase em tom de afirmação, lá pelas tantas, se para ele ( André ) era mais fácil dirigir no trânsito de São Paulo, ou andar a mais de 300 Km/h nos ovais dos Estados Unidos. A resposta, surpreendentemente, foi: nos Ovais. Ele explicou que em uma corrida, todos seguem uma determinada regra, e, teoricamente, tem capacidade para estar lá dentro pilotando, então, você tem uma certa confiança na segurança, pois sabe que os outros pilotos também estão na mesma situação. E disse, que ele mesmo não tinha tanta confiança no trânsito de SP, pois nunca se sabe o nível de instrução/responsabilidade que os outros motoristas que estão transitando ao seu lado. Realmente, isso me chamou a atenção na época, e analisando a entrevista, vi que ele tinha certa razão.
    Não sou um grande motorista, e tento seguir e respeitar as regras de trânsito, mas as vezes, por distrações, você acaba cometendo uma falha qualquer que pode sim, por mais cuidadoso que você seja, custar vidas. Imagina um motorista mudar de faixa sem dar a seta, e vem um motoqueiro, como o elemento do vídeo, passando por entre os carros, a uma grande velocidade. Acidente na certa. Acho difícil um motorista cousar um acidente assim propositalmente, mas pode acontecer, por distração, por uma visão no retrovisor obstruída etc. Então, por mais que alguém possa até querer justificar e defender o motoqueiro do vídeo, devemos verificar que naquelas situações em que ele apareceu no vídeo, poderia ter causado um belo acidente sim.

  36. Faruko disse:

    Gomes, sem chacotas ou bricadeiras, por muitas vezes vem matérias suas de sátiras e brincadeiras, descontraem e tiram o stress, o que é legal, mas agora você deu uma relevância muito além, me refiro a seriedade do que está expondo, real e comovente. Seria tão bom se todos pudessem, e podem deixar de ser egoístas e olhar que estão se matando e matando os outros, ou mesmo que nada aconteça, correndo o risco, desnecessário de estar perto do caos. Parabéns pela abordagem, aumentou ainda mais minha admiração e respeito por ti

  37. DIEGO P. MONTENEGRO disse:

    Nada a acrescentar, o video e suas palavras dizem tudo que que precisamos saber.

    Parabéns pelo Blog e continue assim, nos instruindo.

  38. Ricardo disse:

    Eu torço muito para que esse infeliz desse atalla responda pelas irresponsabilidades e cagadas que confessa nesses trocentos vídeos, mas é uma pena porque todos sabemos que infelizmente não vai dar em porra nenhuma, não haverá um cidadão dentro no ministério público preocupado em acabar com essa palhaçada, porque deve haver denuncias bem mais escabrosas e escancaradas para serem investigados do que este idiota, enquanto ele não matar ninguém. A não ser que isso seja exibido em rede nacional no intervalo da novela com uma atriz global fazendo cara de choro e pedindo justiça, porque aí sim vão aparecer as senhoras de respeito, os “pais exemplares”, os “políticos da família”, os “defensores da moral e da justiça”, os pastores, evangélicos, bispos, cavalos, torres e outros sugadores de bolso ou mente dos trouxas alheios que vão vislumbrar uma oportunidade de ficar conhecido como uma espécie de justiceiro, ou seja, estamos mesmo fodidos.

    Tenho certeza que esse animal já passou por mim na marginal pois reconheço alguns detalhes, e um casal de senhores de idade que dirigiam um logan a minha frente tomaram um susto tão grande que quase invadiram a faixa da direita no reflexo de tirar o carro para o outro lado, e por pouco não acertaram um celta. Agora me diz quantas vezes isso já não aconteceu? de alguem tomar um susto e puxar o carro e numa dessas derrubar outro motociclista que por acaso estava do lado errado e não tinha nada a ver com este merda?

    Tomara que seja preso ou no mínimo perca o direito de sentar numa moto, porque pilotar não é isso daí. Pilotar é o que fazem em autódromo, isso aí se chama infantilidade. E se cair e não puder mais sentar em qualquer outro lugar também foda-se, não tenho um pingo de dó.

  39. Beto disse:

    Infelizmente o OTARIO da moto vai continuar fazendo suas bizarrices, este é um páis onde a imbecilidade das passoas é admirada por um grande contingente de outros infelizes que acham isto o máximo….espero que quando ele encontrar sua hora..que seja sozinho,sem levar ou lesar niguém inocente..

  40. Alexandre Reis disse:

    Depois de um longo tempo sem postar, esse é um assunto que preciso comentar.

    Ha 4 anos estava indo buscar minha esposa e ao passar um cruzamento meu Corsinha na epoca, foi atingido na lateral por uma Van que avançou o sinal, meu carro foi jogado a 10 metros de distancia. Eu nao sofri nada demais por causa do cinto de segurança e graças a Deus eu estava sozinha, pois foi perda total, a lateral do carona ficou espremida ao meu lado, o carro deu PT e parecia um foguete. Na Van oito passageiros se machucaram com alguma gravidade, menos o motorista (sortudo), hoje ele responde por crime ainda e depoimento calunioso, pois ele colocou no seu primeiro depoimento que estava parado o sinal abriu, ele saiu com a Van e de primeira marcha bateu no meu carro.

    Por ja ter sido vitima do transito, deixo aqui essa mensagem: Usem o Cinto e sejam prudentes e pacientes no transito.

    Abs

    Alexandre Reis

    • Roberto Mota disse:

      Nossa,amigo,que bom que não se machucou..e como nossa justiça é lenta.
      Aqui em casa tivemos o mesmo problema: em 02/2009 um bêbado bateu no Mille do meu pai (era quase zero km) provocando perda total no mesmo.O processo se arrasta até hoje,e o causador do infausto acidente ainda zomba da gente..

      ô justiçazinha essa nossa….

  41. YPVS disse:

    Esse é um assunto que me deixa inquieto aqui no BR. Temos uma boa lei, mas continuamos como recordistas mundiais em morte no trânsito. É evidente que há algo errado e mto pouca gente se movimentando. Garanto que se as grandes emissoras fizessem um programa desses todo domingo, a gente derrubava esses números.
    A culpa não é só do governo é lógico.
    Hj, segunda feira, saí cedo de casa, um dia lindo depois de um ótimo fim de semana e daí a cinco minutos estava completamente tomado de ódio no trânsito. Um taxista cortando pela faixa de pedestre, um ônibus desses aqui do RJ que acham que estão transportando gado colado na minha traseira e um idiota com um Santa Fé que travou uma rua inteira para buscar uma comprinha!
    Estamos mto longe, mas dá pra melhorar um pouco.
    Mas acho que é pedir demais dos governos, pessoas e emissoras…

    • Acho que se tivéssemos aulas de trânsito nas escolas (ensino fundamental e médio), teríamos um trânsito menos imbecil do que temos.

      Na minha opinião, é impossível mudar a cabeça de uma pessoa quase formada com 10 aulinhas de C.F.C. e algumas poucas horas de aula de direção.

  42. Elmer disse:

    Aquele vídeo foi apagado Flávo, será que foi ele ou o youtube que apagou?

  43. Anderson Leite disse:

    Caro Flavio….

    Simplesmente perfeito! Só espero que apareçam menos idiotas defendendo o indefensável!

    Admiro sua paciência em ler todas as bobagens que os cretinos escrevem !

    Abraço.

  44. Ricardo Hilgenberg disse:

    Forte! Sem palavras…. é a realidade.

  45. Danilo Mancini disse:

    Ótimo vídeo, parabéns.

    Quanto ao sujeito lá dos vídeos idiotas, é só o pessoal se mobilizar e denunciar o usuário que ele os vídeos são apagados e o usuário banido. É rápido, leva 1 minuto.

  46. Fábio disse:

    Impressionante. Mesmo. Não vou acrescentar coisa alguma porque o que você escreveu tudo.
    Obrigado e parabéns pelo blog.
    Fábio.

  47. Algum idiota defendeu mesmo aquele cara?

  48. Mauricio disse:

    Como comentei na época que você postou pela primeira vez esse vídeo. A propaganda tem o tom exato para chocar quem o vê e por isso mesmo não será nunca veiculado por aqui.
    A ignorância é tamanha que acham que educar se faz passando a mão.
    realmente nunca te vi tão bravo nas respostas que deu no tal post abaixo. Também nunca vi tanta ignorância correndo a solta. Pior que torcida de futebol querendo comentar corrida de F1.

    Como lá, coloco aqui a sugestão de criar um blog a parte para denunciar esse tipo de loucura coletiva que toma conta de nossas ruas e estradas. Só isso define o que ocorre hoje. LOUCURA!

  49. Narigudo disse:

    Muito bom esse vídeo. Mas, mesmo assim, vai chover comentário defendendo aquele infeliz. Aguardem…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *