ESSE EU QUERO | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

sábado, 29 de dezembro de 2012 - 2:00Tecnologia

ESSE EU QUERO

SÃO PAULO (de Natal, atrasado) – Estou há dias para contar a vocês que finalmente vou entrar para a era dos videogames. É que a Coreia do Norte lançou um joguinho de corrida que é disputado pelas ruas de Pyongyang.

Tem até as meninas que cuidam do tráfego. Deve ser absolutamente espetacular.

17 comentários

  1. Lucas Brunini disse:

    Gomes, você poderia comecar a jogar Gran Turismo 5. Jogo de simulação de carros (de todos os tipoa, todos os anos).

  2. Rodrigo Mota disse:

    eu acho que a DPRK poderia parar de ser tão fechada e tentar mostrar que seu país é bom de um outro jeito. explico…

    Cuba é socialista, tem ódio dos Americanos. mas tem praias bacanas e gente do mundo (menos o pessoal dos EUA) todo viaja pra Cuba. especialmente os Canadenses e Russos…

    China é socialista, mas tem economia capitalista…

    a URSS procurava mostrar que era melhor em tudo, o TETRIS foi criado na Russia, e se eu não me engano a “Tecno Music” também, com o intuito de concorrer com o rock. depois da URSS a “cultura Russa” caiu no gosto do mundo, de um jeito ou de outro ninguém vê os Russos como aquele povo que mora na Sibéria cercado por ogivas nucleares e ICBMs prontos para destruir o mundo…

    a DPRK deveria incentivar esse grupo a criar um jogo real, com algum heroi Norte Coreano (no estilo Mario ou Sonic), ou um jogo de corrida de verdade (uma “Formula-DPRK”). esse jogo em si é legal por ser uma paródia não-intencional mas deixa claro o conceito de “diversão” da DPRK, ande na linha, seja chato, não tenha emoção. enjoa fácil…

  3. Regra 15 do jogo: “quando vir a foto do Grande Camarada Líder, PARE E FAÇA SAUDAÇÃO!!!”

  4. Leonardo disse:

    Só um comentário, por mais tosco que seja, não me lembro de ter visto um jogo de corrida feito por brasileiros…

  5. Carlos Henrique disse:

    Dependendo da aceitação, o próximo será ambientado em Cuba…

  6. A.Vandelay disse:

    Boa sorte, parece que já tiraram do ar.

    O sucesso deve ter sido… retumbante.

  7. Alexandre - BH disse:

    Bom, não curto esses joguinhos, mas a mocinha do trânsito é bem interessante, ainda que virtual!

  8. Opção curtir! Valeu a dica, Flavião!

  9. Adriano Silva disse:

    Opnião do site indicado no link: “And let me tell you, it’s exactly what actually driving in Pyongyang is like: slow, wildly boring, empty, incredibly restricted, and at least a decade behind technologically.”

  10. ALEX B. disse:

    Camarada Gomov: fanatico por games! É o fim do radio!

  11. Ricardo Bigliazzi disse:

    Espetacular… roda no Atari.

    Imperador

    • Nelson disse:

      Puxa!estou com pena dos japoneses. Agora enfrentar um gigante tecnologico destes vai ser muito dificil!!!!!!

    • Marcelo Cerri disse:

      Pela primeira vez eu vejo o Flávio tirando onda dos comunistas! Depois dos maiores cérebros estatais norte coreanos passarem anos, quiça décadas, desenvolvendo um único jogo, eis que sai algo que não competiria com os jogos de corrida medianos de 20 anos atrás! Pelas imagens, parece tecnologia pré Master System, como os jogos que eu jogava no meu 386 em 1992! Será que eles ainda utilizam 386 na Coréia do Norte? E o pior é que, além da tecnologia vinte anos atrasada, o jogo parece ser muito chato, segundo os depoimentos de quem jogou.
      Se a intenção do regime era fazer propaganda, acho que foi um tiro no pé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>