ONE COMMENT

Neguinho não perdoa… Enviado pelo sádico Ricardo Divila.

Comentários

  • Based on the 2012 Championship and the ratio between the number of races and the number of crashes I think that he (Grosjean) should be banned from even getting close to a F1.
    I would go further saying just do not let him drive…Before getting better he will die or kill someone else in the process!

  • Se o Grosjean fosse brasileiro SERIA UNANIMIDADE EM CRÍTICAS de quem dá palpite neste blog…

    Tem gente que acha Massa uma porcaria, mas que defende uma “décima chance” pra esse mané aí!

  • Deixando de lado a sacanagem com relação as doideiras desse jovem piloto, digo de antemão que estamos vendo surgir um novo campeão da F1. O cara é muito arrojado. Mas sofre com o excesso de arrojo típico da juventude (o famoso goza no umbigo…).
    Lembra-me muito dois bons pilotos, cujo inicio de carreira foi tão tumultuado quanto:
    -De Cesaris
    -Joddy Schecter

  • O Grosjean é um bom piloto este ano vai acertar muito mais. Aí, vai aparecer um monte de gente falando que ele é “maravilhoso”, “grande piloto”. Ano novo abre a mente, da oportunidade pro menino, ficar chorando pelo japa nao leva a nada. Força Grosjean!!!

  • O Grosjean ía muito bem nas categorías inferiores do automobilismo, mas infelizmente só criou problemas na F-1. Mais um caso de promessa que não vingou pq a cabeça não ajuda. Acho difícil que ele consiga mudar o conceito que o circo têm sobre ele hoje. Não vai muito longe em 2013.

    A lamentar a situação de Kamui Kobaiashi, vítima da F-1 atual e de algumas equipes que precisam de investimento, e por isso aceitam pilotos inferiores que trazem um caminhão de dinheiro dos patrocinadores.
    Espero que ele volte em breve. A F-1 é muito melhor com o japonês voador.

    Feliz 2013 para todos!

    • Pedindo licença ao Flavio, recomendo três grandes livros, embora sejam difíceis de comprar , por estarem com as suas edições esgotadas. Mas creio que em sebos você poderá encontrá-los. Se tiver a oportunidade, não hesite, são excelentes: A BIOGRAFIA DE JIM CLARK – por Bill Gavin, É PROIBIDO MORRER – escrito em 68 pelo próprio Jean Pierre Beltoise e VOLANTES DA MORTE – de autoria de Robert Daley. Este último, embora vendido à época também no Brasil, foi editado apenas em Portugal (sebo em português lusitano é alfarrabista).

      Beltoise descreve suas aventuras como piloto e fala de seus colegas, carros e circuitos em que correu. Ele depois viria a fazer no GP de Mônaco em 1972 – único que venceu em sua carreira – uma das mais impressionantes e maiores pilotagens que eu já vi na minha vida, debaixo de chuva torrencial, colocando seu carro, um improvável e já decadente BRM, em derivas de quase 45 graus nos cotovelos encharcados daquele circuito, derrotando Jackie Stewart, Jack Ickx (considerado na época O Rei da Chuva), Emerson Fittipaldi (largou na pole e chegou em terceiro a uma volta atrás), Regazzoni, Peterson, o velocíssimo Chris Amon e outras feras.

      Em Volantes da Morte (Cars at Speed, na edição em inglês), Robert Daley descreve com extraordinária e eletrizante força narrativa todo o automobilismo desde as peripécias do francês Henri Georges Bouillot, nos primeiros anos de 1900, até a época de Fangio, nos anos 50, passando por nomes como Rudolf Caracciola, Bernd Rosemeyer, Alfa Romeo, Mercedes Benz, Auto Union e pelas realmente incríveis façanhas do lendário Tazio Nuvolari.

      São três jóias que não podem faltar na estante de quem ama o automobilismo.

      • Complementando, recomendo ainda os livros do grande jornalista Lemyr Martins intitulados “ARQUIVOS DA FÓRMULA 1” e “LOUCURAS, HISTÓRIAS, LENDAS E MISTÉRIOS DA F-1” e “EMERSON FITTIPALDI, UMA VIDA EM ALTA VELOCIDADE, EM DEPOIMENTO A PETER GOLEMBOCK”. Neste, apesar de ser uma narrativa mais voltada à sua trajetória pessoal, nosso prmeiro campeão revela interessantes nuances da F 1 nos anos 70. Como são mais recentes que aqueles três primeiros, talvez suas edições ainda não estejam esgotadas e você os encontre em boas livrarias. E aproveito para fazer um pequeno reparo sobre o livro escrito por BILL GAVIN, cujo título correto é “A HISTÓRIA DE JIM CLARK” (e não A Biografia). É que havia respondido de cabeça à sua pergunta e cometi esse pequeno equívoco.

  • Esse cara do ‘Into the barrier’ é engraçado que só!! Os outros vídeos dele são bem legais…

    Fora os nomes que criaram pro Grojã, tipo, ‘Crashean’ ou ‘RoGro’.

    Até verbo já virou! Ou seja, se alguém foi acertado pelo pobre franco-suíço, tal sujeito foi ‘grosjeaned’.

    Criaram no YouTube pra ele – e pro Maldonado (que maldade!) alguns ‘crash compilations’ engraçadíssimos, inclusive com incidentes ENTRE os dois na GP2.

    Grosjean (prestem atenção em Mônaco, é hilário demais!) – http://www.youtube.com/watch?v=JHRsMoRfOA8

    E pra quem tiver curiosidade, tá aqui o link pro ‘Crash compilation’ do Maldonado – http://www.youtube.com/watch?v=ZIf-dHbKpFI

    A trilha sonora é simplesmente fantástica!