MENU

Saturday, 18 de May de 2013 - 22:06Enigmas & desafios

DESAFIO DO DIA

desafiotfvSÃO PAULO (aqui estamos) – Foto que está circulando no nosso grupo de vemagueiros. Alguém sabe do que se trata? Quero só ver…

O clique foi dado em Petrópolis, como mostra a inscrição no monumento.

24 comentários

  1. Paulo says:

    Não é um JK cortado?

  2. Bruno Taddei says:

    Dificil até saber qual é o lado da frente desta barata !

  3. Mauricio says:

    Que baratinha mais linda!
    Não se faz mais carro de corrida assim, com estilo próprio.
    Alias não se faz mais nada com estilo próprio neste país.

  4. Antonio says:

    O Mario Olivetti, tava firme e forte ainda. Faz alguns meses que o vi na rua
    Esses caras merecem todas as homenagens pelo amor puro e sincero ao automobilismo.
    e pela coragem. Vi que o Emerson e o Wilsinho começaram a correr contras esses caras.
    Norman Casari, Aylton Varanda, Piero Gancia, Chico Landi e outros , ou seja foi uma geração anterior que lutou pelo automobilismo nacional. Muito legal essa recordação.

  5. Ulisses says:

    Sensacional! Não conhecia esse protótipo.
    Pena esses carros não estarem conservados, dando algumas voltinhas em autódromos em eventos “Classic”.

  6. Henrique says:

    Esse carro está indo ou voltando ? desculpe a ignorância , mas onde está a frente ?

  7. Bastos says:

    Quem quiser conhecer mais sobre Aylton Varanda esta tudo no site Nobres do Grid, seção Primeira Fila e também Galeria de Herois.
    .http://www.nobresdogrid.com.br.

  8. José Augusto Varanda says:

    Muito legal ver a foto de meu pai (Aylton Varanda) com Mário Olivetti e o ‘Tanto Faz’ no dia em que ele, se estivesse vivo, estaria completando 84 anos. Muito obrigado.

    • Nelson says:

      Olá José Augusto. Muito legal ver uma foto do seu pai, tive a sorte de conhece-lo bem e correr algumas provas contra ele(no bom sentido). Realmente um cara muito legal e amigo.

  9. Antônio says:

    Eles pararam aí para comer um sandia no box do baixinho em frente a catedral

  10. Rafael Ribeiro says:

    “Minha” linda Petrópolis! Protótipo apelidado de Tanto Faz, pelo fato da traseira e dianteira serem difíceis de se identificar. Foto em frente ao monumento em homenagem ao Major Julio Frederico Koeler, autor do plano urbanístico de Petrópolis, cidade com automobilismo nas veias, que sediou inúmeras corridas de rua nos anos 60 e que atualmente abriga as principais equipes de Stock Car do Brasil.

  11. Conde says:

    Aqui é assim : Vc pergunta e a blogaiada responde ;) Bom Domingo a todos .

  12. cardosofilho says:

    Pense num carro feio. Achoooooooouuuuuu………….

  13. JOANNIS LYKOUROPOULOS says:

    LEMBRO QUE TINHA MECANICA DO JK

  14. Eduardo Aranha says:

    Me lembro estava lá. Chegou em terceiro lugar nas Mil Milhas Brasileiras de 1961. Uma conquista excepcional, se recordarmos que estava competindo com os grandes pilotos da época como: Orlando Menegaz e Ítalo Bertão (vencedores) Francisco Landi, Christian Heins, Álvaro Varanda, Aristides Bertuol, Avalone, Bird Clemente, Camilo Christófaro, Catharino Andreatta, Celso Lara Barberis, Ciro Caires, Eugênio Martins, Marinho e Roberto Galucci. Muitos deles, considerados os melhores pilotos da história do nosso automobilismo. Esta corrida, também foi histórica para o automobilismo brasileiro por ter representado a consolidação do inicio da participação das equipes de fábrica. Fator de enorme importância, como se recorda, por ter viabilizado o surgimento e a atividade de uma gama de excepcionais pilotos e de competições, que caracterizaram a década de 60.

  15. Clovis says:

    Flavio, mais uma vez seu blog esta de parabens pelas materias interessantes.

  16. luiz carlos fortes braga says:

    tanto faz ?

  17. Chico Gois says:

    Aylton Varanda e Mário Olivetti com o protótipo FNM Força Livre.

  18. Flávio, este carro é o Tanto Faz de Aylton Varanda e construído por ele em aluminio com mecânica Alfa. As fotos me foram disponbilizada para o meu blog por Augusto Varanda, filho do piloto Aylton Varandas,
    O carro que foi apelidado de “Tanto Faz” porque parecia que a frente era a traseira e a traseira era a frente. Só depois de olhar atentamente, é que a gente percebe onde é a frente e onde é a traseira.
    Maiores detalhes e mais fotos no link abaixo:

    http://blogdojovino.blogspot.com.br/2012/05/aylton-varanda-e-o-tanto-faz.html

    • Antonio says:

      Fotos fantásticas das corridas em Petrópolis no seu blog e no site Nobres do grid.
      E a história também. Parece inimaginável que estas corridas aconteciam nas ruas do centro. Faltou só um mapa do circuito.
      aBCS

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *