MENU

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 - 17:01Automobilismo brasileiro, Enigmas & desafios

EM 1939

amadeovidileSÃO PAULO (devia andar, o bicho…) – Recebo simpática mensagem do Paulo Travaglini, que pede a ajuda da blogaiada. Reproduzo:

Aproveitando que os assuntos estão escasseando neste final de ano, envio estas fotos que encontrei nas gavetas da casa da minha mãe. Envio também o anverso, pois estão assinadas e datadas. O piloto e proprietário é Amadeo Vidile, nascido na Calábria, Itália, e que na época vivia em Jundiaí. Era irmão do meu avô Francisco Vidile. O local é provavelmente a Fazenda Ermida. Talvez um de seus leitores consiga identificar a marca no carro, e quem sabe alguém tenha acesso à Ermida, talvez descubra o carro abandonado em algum galpão…

A data no verso das fotos que o Travaglini mandou é 18 de agosto de 1939. Portanto, antes até da inauguração de Interlagos. Onde será que essa barata correu? E como terá sido seu desempenho? Que carro é esse?

Fundos de gavetas às vezes trazem surpresas…

28 comentários

  1. SEU BOGÃO disse:

    É um alfa, rapá!

  2. Paulo Travaglini disse:

    Através do facebook, minha mãe ficou sabendo da publicação e confirmou duas informações: que a foto foi tirada defronte à oficina dos irmãos Vidile, que na verdade ficava no Largo do Rosário, bem no centro de Jundiaí, e que de fato o carro foi construído por eles mesmos (conforme o leitor Maurício defendeu).
    Procurando imagens, vi que o carro é parecido com a Mercedes Benz W154 de 1938 (procure por Hermann Lang), mas também com o Alfa Romeu 12C de 1936 e 1937. Sendo italianos, fico com a certeza que se inspiraram na Alfa. O que me fascina é como conseguiam moldar a chapa nessas formas curvas e elegantes.
    Pena que a guerra começou um ano depois e…

  3. askjao disse:

    não interessa qual é o carro, mas sim aonde está esse carro!

  4. Fernando Carvalho disse:

    O(s) Jornal(is) de Jundiaí e/ou região talvez sejam uma rica fonte …..

  5. Rafael disse:

    O menino do lado lembra o Grande Otelo.

  6. Marcelo Melo disse:

    A frente dos carros da época eram mais arredondadas. Esta me parece mais “reta”. A grande parece, e apenas parece, com os Talbot, mas os Talbots eram mais arredondadas, acompanhando as linhas curvas para as laterais…

    A parte de cima do motor e inclinada e naquela época eram retas….

    Enigma gostoso de (tentar) decifrar…

  7. Luciano disse:

    Parece com o Talbol Lago ! Porém cade o 6 em 2 na esquerda do carro? Na grade frontal onde esta a abertura para a manivela de partida?
    Mistérios!

  8. prperalta disse:

    Parece mais um “adaptado de corrida” que um carro de “Grand Prix”, e na época tinham uns ricaços que tinham o carro mas não pilotavam, cediam para outros pilotarem, vejam a história de José Cândido Villafranca que em 1949 usou a Bugatti modificada do sr. Américo, industrial do ramo de cortiças da V. Prudente, na preliminar do VI GP Cidade de São Paulo em 1949. Vejam lá no “Bandeira Quadriculada”.

  9. A.Vandelay disse:

    Por onde anda o Nick B.?

  10. Darthvex disse:

    Quem tinha essa grade era o Talbot

  11. Jeferson Araújo Pereira disse:

    Pela grade, e pelo fato dele ter nascido na Itália, acho que existe 99% de probabilidade de ser um Alfa Romeo.

  12. luiz alberto disse:

    Não encontrei nenhuma referência a este carro,mas pode ser que tenha participado de alguma prova no Circuito do Chapadão em Campinas,pois houve competições la,de 1938 a 1953,é uma questão de pesquisar,pois a Macchina parece ser muito bem construída(para a época).

  13. Décio Dalmolim Jr disse:

    Pela grade dianteira, um Aston Martin, mas em 39 já eram assim?

  14. Eduardo disse:

    Flavio, estou em Berlin e queria ver o que restou do antigo circuito “oval”. Voce pode me ajudar a achar?

    Obrigado

  15. 1V3N disse:

    A mecânica ao lado é show!

  16. Joca disse:

    Alfa Romeo? A grade é parecida.

  17. Nelson Barreiros Neto disse:

    Caro Sr. Paulo Travaglini, não posso ajudá-lo com informações, mas gostaria de agradecer a oportunidade de conhecer a Fazenda Ermida, a qual encontrei diversas fotos na internet e me parece estar em processo de restauro.

    A casa é simplesmente maravilhosa. Se alguém tiver curiosidade e gostar, pode procurar que não se arrepende.

    Sobre o lindo carro, boa sorte! Quem sabe o bicho está abandonado em algum galpão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *