MENU

Monday, 8 de June de 2015 - 16:51Indy, IRL, ChampCar...

VALE TUDO

SÃO PAULO (tá na dele)Nelsinho Piquet vai correr de Indy Lights no fim de semana em Toronto. Max Chilton, o titular, tem compromisso em Le Mans.

Chilton estar na Indy Lights realmente me surpreende. Eu não sabia, mas o cara corria de F-1. Isso não é um passo atrás, é voltar à adolescência.

Nelsinho se divertir na categoria, não. O brasileiro tem sido uma espécie de saltimbanco das pistas e, reconheça-se, tem andado bem de quase tudo. Então, que se divirta.

51 comentários

  1. Ju says:

    Prost que bate no Senna no Japão para ser campeão, Senna que fez o mesmo e confessou, Shumi então, dispensa comentários quanto as canalhices…a Maclarem que espionava e Alonso envolvido, Bernnie que pagou zilhões de dígitos para nao ser preso…..Sauber que assina com vários pilotos e recebe o tutu na frente….dos fatos recentes, isto do q foi divulgado….ora..ora..ora…tem idiota q ainda vem falar do Piquet..PQP!!

  2. Marcelo says:

    Gomes,

    Como você trata bem seus leitores.

  3. Ricardo Bigliazzi says:

    Faz falta na F-1. Sao por essa e outras que quero o Idiota do Alonso defenestrado da F-1.

    • Gustavo Segamarchi says:

      Eu gosto do trabalho do Alonso, mas concordo que ele(Alonso) e o Flávio Briatore, mais ainda, ajudaram a fechar as portas da F1 para o Nelsinho.

      O Nelsinho sabe que errou feio, mas era só um moleque, e agora está mais maduro e não repetiria tal atitude, mesmo sendo na F-E!

    • marcelo silva says:

      “Faz falta” ??? E o q ele fez na f1 , além daquela vergonha de bater o próprio carro para dar a vitória pro Choronso ??

  4. José Angelo says:

    Não apoio o que ele fez em Cingapura, mas realmente colocam nele mais culpa do que merece. Falar dos outros sentado no sofá de casa é fácil. Queria ver é estar na pele dele, com 22 anos, pressionado, com o chefe (conhecido por trambicagens) ameaçando de demissão e o cabra dizer na cara dele que não aceitaria fazer. Lembro que até o Hamilton tocou nesse assunto na época, que condenava o que o Nelsinho fez, mas que não saberia responder o que faria se estivesse no lugar dele.

    Fez merda, admitiu, aguentou o tranco de ser enxotado da Fórmula 1 e se reinventou muito bem em outras categorias. Muito piloto brasileiro, que em início de carreira era tido como futuro campeão, tá mais sumido que ele.

  5. Lucas says:

    Não sou fã do Nelsinho e acho que ele vacilou no Cingapuragate, mas acho uma tremenda injustiça só ele carregar essa marca na carreira…
    Ninguém lembra que o Alonsito Vigarista foi o maior beneficiado e ainda hoje é endeusado pela categoria…
    O GP até faz uma cobertura justa do Nelsinho, mas parece que trata o Alonso acima do bem e do mal…
    Torço pra que ele bilisque uma vaga na F1 ainda…achei interessante a colocação do colega sobre a Haas…quem sabe não?

    Duro é “ter que torcer” pelo Massa toda semana….sabendo que o Piquetzinho tá aí de bobeira e cheio de talento…

    • Robertom says:

      Piquezinho nunca andou no nível do Massa pré-molada, não tem comparação…

      • Anselmo Coyote says:

        Foi o piloto brasileiro que mais marcou pontos (mais do que o Massa, inclusive e óbvio) no ano de estreia. Foram 19 pontos com uma draga Renault, tendo como companheiro/dono da equipe o bi-campeão Fernando Alonso e como chefe de equipe e empresário o mafioso Briatore. O Massa foi tão mal em seu ano de estréia que perdeu a titularidade e virou piloto de testes.
        Lamento decepcioná-lo confrontando o seu achismo com dados objetivos, sem achismos; com números que qualquer um pode conferir a qualquer momento, tanto no que se refere ao Nelsinho e ao Massa, quanto a qualquer outro piloto da F1.
        Resumindo:
        1. Em seu ano de estréia na F1 o Nelsinho bateu o record de pontos de pilotos brasileiros em seus anos de estréia, o que já derruba a sua afirmativa.
        2. Em seu ano de estréia na F1 como piloto titular o Massa foi tão mal que foi rebaixado a piloto de testes.
        Lamento de novo (ou não lamento?).
        Abs.

      • Robertom says:

        Esquecestes que a Renaut de 2008, embora não fosse um carro de ponta (Mclaren e Ferrari eram), era muito, muito superior à Sauber de 2002.
        Respeito sua opinião, mas discordo…

      • Wesley says:

        Na verdade, Nelson Ângelo sempre foi um piloto rápido. Se a comparação é com Massa, deve ser lembrado que, analisando os dois como companheiros de equipe de Alonso, Piquet sem chegou mais perto do espanhol, mesmo pilotando uma Renault que não tinha como fazer “updates” nos dois carros simultaneamente e as atualizações sempre eram inseridas no carro do espanhol. Algo que nunca ocorreu na Ferrari e obviamente, não foi um fator que prejudicou o Massa.

  6. Teles says:

    Ele não é bobo e com certeza tem alguma coisa por traz disso.
    Atualmente está com um nível de pilotagem altíssimo e muito maduro nas suas opiniões.Além de se divertir e ganhar muito dinheiro fazendo bem o que gosta.
    Fora da F1 acho que é o melhor piloto brasileiro na atualidade.Anda bem em tudo que
    tem quatro rodas.
    Abração!!

  7. Fernando says:

    Pra F1 ter disputas, não é mudando motor ou pneu. É só trocar o Rosberg pelo Piquet.

  8. Lula Ram says:

    Nelsinho? aquele de Cingapura? á tá!!

  9. Moa says:

    Show! Estarei aqui na pista pra ver! Boa sorte Piquaretinho!!!

  10. André W. says:

    Ele ainda tem o aspone “Ex-Dubai?” rsssssss

  11. JP says:

    Esse Nelsinho parece aquele cara que não pára em emprego algum. Não estava bem na F-E??

  12. Gus says:

    O negócio é apertar o da direita, nem que seja em um carrinho de pipoca…pilotos de verdade não ligam para “castas”, se não dá para andar no pináculo, toda e qualquer (ou quase) categoria serve!

  13. charles says:

    Tá, mas o Nelsinho igualmente não correu de F1? Não seria isso um atraso também? E, ainda tapando buraco do Chilton.

  14. Ricardo Cardoso says:

    Interessante ver o Nelson Angelo andando em outras categorias e se divertindo. Vai que ele se acerta numa dessas, como se acertou na F-E e resolve ficar? Isso mostra que, apesar do acontecido e observando apenas a diversidade de carros de competição que pilotou, tecnicamente é um piloto de habilidade considerável.

    Agora quanto ao Chilton, estar na Indy Lights não surpreende, quando você se lembra que ele estava na Marussia que todos proclamam estar mais pra GP2 (ou até GP3) do que pra F1. Aparentemente a aposta do inglês é tentar seguir para a Indy ao invés de tentar voltar a F1 num time fraco.

  15. Luis Felipe says:

    Aqui em Brasília quem vive um pouco de automobilismo sabe bem o qual lugar Nelsinho gosta de sentar realmente… Rsrs … Mas foda-se isso….
    E vida que segue! E que bom ele esta feliz e correndo bem pra carai…

  16. Thiago Leal says:

    Falar em Nelsinho… cadê as considerações sobre o ePrix do fim de semana? :P Russia, camarada!

    • Flavio Gomes says:

      Eu preciso escrever sobre TUDO que acontece no mundo? Que saco.

    • APM says:

      Mas Flavio, vc falava tão bem dessa categoria. Notei que vc não estava na transmissão de sábado. Por isso o silêncio?

      • Flavio Gomes says:

        A transmissão foi feita do Rio por questões técnicas. E se você vasculhar o blog verá que não tem post em toda corrida da F-E. Que cazzo ter de ficar explicando tudo!

      • pedro araujo says:

        a obrigatoriedade de citar a formula E é do site grande premio, nao do blog do gomes… aqui é tiro livre, sempre foi.

        agora, bem que tá divertido acompanhar certas faltas de paciencia do gomes com alguns comentarios… hehehe

    • Anselmo Coyote says:

      Já assisti a jogo do Barcelona em que o Lionel Messi tocou na bola 39 vezes, tendo inclusive metido uma bola na trave, até os 29 minutos do jogo,quando finalmente o narrador Galvão Bueno mencionou o nome dele.
      Já assisti inúmeros jogos desse mesmo time, pela ESPN, nos quais o Messi fez até 3 gols no primeiro tempo e sequer foi citado pelo Sorín em seus comentários.
      PS. São fatos. Não reclamo com meus amigos do Estado Islâmico porque não preciso de comentaristas. Eu assisto o jogo.
      Abs.

  17. Alex says:

    Foi isso que eu pensei: o que faz Max Chilton ( ou mesmo, Nelsinho) em uma categoria de acesso? Há séculos atrás, era comum ter grandes pilotos da F-1 correndo na F-2, que, de certa forma, também era categoria de acesso, mas o contexto era outro.

  18. Thiago says:

    Mas então o Chilton vai correr em Le Mans e o Nelsinho vai substituir o cara na Indy Lights.
    O cara vai substituir o Chilton na Indy Ligths… Isso sim é atraso na carreira… Chilton vai correr em Le Mans pelo menos…

  19. 125ecia says:

    Desejo toda a sorte, se tiver oportunidade tenho certeza que vai se sair bem.
    Nelson foi um piloto de grande talento.

    http://125ecia.blogspot.com.br

  20. wellington says:

    Não vou ficar espantado se ele beliscar uma vaga na Haas no ano que vem, vai que ele anda bem no Light e consegue o título da FE. As pessoas mudam de opinião muito rápido naquele mundinho

    • Atenágoras Souza Silva says:

      E se o carro da Hass com motor Ferrari andar mais ou menos bem e a Mclaren continuar na draga que está hoje, vai ser interessante ver até o “renegado da F1” se dar melhor do que o gênio de pilotagem, mas genioso no comportamento e ex-companheiro de equipe Fernando Alonso.

  21. José says:

    Tá se divertindo mais que o Alonso.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *