MENU

domingo, 11 de outubro de 2015 - 10:01F-1

MISHARIA (3)

misha3SÃO PAULO (tudo com calma) – E não é que o GP da Rússia foi bom? Muito bom! OK, Hamilton ganhou passeando, o problema no acelerador rosberguiano impediu qualquer disputa pela vitória, Vettel também não teve muito trabalho para terminar em segundo, mas…

Mas o pau comeu legal do segundo para trás. Teve acidente, safety-car, disputa roda a roda, pódio inesperado, toque na última volta entre dois finlandeses, piloto se recuperando bem, teve até chapéu soviético no pódio no lugar do boné da Pirelli. E um beijo apaixonado de Hamilton em seu carro.

Que carro, essa Mercedes. Que carro.

Sim, foi um ótimo GP.

Ontem, terminei o comentário mequetrefe da classificação dizendo que nada de especial deveria acontecer numa corrida com Mercedes na primeira fila, grid sem novidades (exceção feita a Massa, que foi muito mal), no seco. Achei que, no máximo, com alguma sorte, Bottas e Vettel lutariam pelo terceiro lugar no grid. Torcendo para errar e ver uma grande corrida. E que bom que errei.

O domingo nublado de Sóchi, 18°C, começou a ficar bom com o primeiro safety-car, logo após a largada. Algumas voltas em ritmo lento, quase todo mundo com pneus supermacios, já seriam suficientes para começar a mudar as estratégias — a hora de parar deixaria de ser tão previsível. O Mercedão de rua entrou porque Hülkenberg rodou sozinho no meio do pelotão da merda e foi atingido por Sonyericsson. Na confusão, Verstappinho tocou nos sinistrados e furou um pneu.

Rosberg se segurou na ponta nas primeiras curvas, ao contrário do que acontecera em Suzuka. Lewis até tentou, mas desta vez encontrou resistência. Outros pilotos largaram muito bem. Button e Kvyat ganharam quatro posições. Alonso, seis. E Raikkonen, lá na frente, pulou de quinto para terceiro.

Na relargada, terceira volta, o primeiro capítulo do duelo finlandês que só iria terminar na última volta com Bottas no muro. Valtteri foi para cima da Ferrari e passou o veterano tagarela. Vettel, que tinha levado um passão do companheiro na largada, foi para cima e passou também, na sexta volta. Raikkonen, pelo rádio, xingou o motor. “Não anda na reta!”, reclamou.

Mas quem falava pelos cotovelos no rádio era Rosberguinho. Ele relatou um problema que é o pesadelo de qualquer piloto. O acelerador travava. O pedal não voltava — melhor: até voltava, mas o motor não desacelerava. Para anular esse efeito assustador, Nico deveria “beliscar” o freio para desacelerar. Como o sistema é todo integrado e eletrônico, um toque no freio faz com que a centralina do automóvel entenda que não faz sentido continuar acelerando e resolve o problema.

Mas não existe a menor condição de fazer isso em todos os trechos de um circuito de quase 6 km de extensão em que não é preciso frear, apenas tirar um pouco o pé para desacelerar. O carro de trás passa por cima. E foi o que Hamilton fez, quando o engenheiro de Rosberguinho pedia a ele para se “adaptar à situação”. Tá bom. Nico foi é para os boxes, ao fechar a sétima volta. Abandonou. E Lewis assumiu a ponta para não ser mais incomodado até o final.

Mais atrás, Kimi estava com a macaca. Passou Vettel de novo e assumiu o terceiro lugar. Massa aparecia já em nono, colado em Nasr, só que não conseguia ultrapassar o xará nem por decreto. Felipe II se segurava bem e Felipe I, com pneus mais duros, precisava ter alguma paciência.

Então, veio o segundo safety-car, na volta 12. Grojã deu uma senhora estampada na barreira de pneus — aparentemente, perdeu o carro sozinho. As barreiras deformáveis ficaram bem estropiadas, e demorou um pouco para colocar tudo no lugar. A relargada só veio na volta 16, adiando ainda mais a janela de pit stop único.

checopodios15Só que alguns pararam enquanto o safety-car estava na pista, e iriam se dar muito bem por isso — estou falando especificamente de Pérez. Os sete primeiros colocados não aproveitaram o período neutralizado para trocar pneus. Na dúvida, ficaram onde estavam Hamilton, Bottas, Raikkonen, Vettel, Kvyat, Nasr e Massa. Quando a prova foi reiniciada, Vettel partiu para cima do parceiro, levou um chega-pra-lá, mas acabou passando. Massa seguia na cola de Nasr, mas não atacava com decisão. Estava claro que iria esperar o pit stop, até porque faria o segundo stint com pneus supermacios, em condições de ganhar posições com mais facilidade.

Naquele cenário, quem estava bem na fita era mesmo o mexicano da Force India, em oitavo. Todo mundo na frente dele teria de parar. Sua desvantagem para Hamilton, o líder, era de apenas 16s970. Na hora dos pit stops, quem não estivesse pelo menos 30s à sua frente perderia a posição.

Foi o momento mais sonolento da prova. Que começou a ficar boa de novo quando Bottas parou, na volta 27. O trabalho da Williams, como de costume, foi uma merda — 3s4. Voltou em 11°, no tráfego. Levou três voltas para passar Sainz Jr. — que correu, afinal de contas, e estava muito bem até ficar sem freio e abandonar, no finzinho.

Na 31ª, foi Tião Italiano quem parou — 2s2 gastaram os mecas ferraristas para trocar seus quatro pneus. Resultado: voltou à frente de Sapattos, claro.

Massa parou na mesma volta, sem ter conseguido passar Nasr. A Williams se atrapalhou de novo. Kimi veio na volta seguinte, mas não conseguiu ganhar a posição de Bottas. Saiu dos boxes colado no conterrâneo de quebrada. Hamilton, que ninguém mais via, parou na 33ª, voltou em primeiro, deu um bocejo e seguiu a vida. Com quem em segundo? Nasr! Mas ele não tinha parado ainda, era o último na pista sem pit stop. Parou na volta 35 e retornou em 11º.

Com todo mundo contabilizando um pit stop, deram-se muito bem Pérez e Ricciardo, terceiro e quarto. Os dois que pararam no safety-car. Espertinhos. Bottas vinha em quinto. Raikkonen, em sexto. Sem muita paciência, Kimi atacou, na volta 36. Passou. Na curva seguinte, tomou um X. Ficou um pouco para trás. Valtteri respirou um tempinho, foi para cima de Ricardão e levou o australiano sem dificuldade já na volta 45. Raikkonen aproveitou a deixa e tentou também. Não conseguiu. Foi de novo, na 48, e passou. Uma volta antes, Sainz Idade bateu de leve, com os freios em pandarecos, e quando tentou voltar deixou um pedaço de asa na pista. Um comissário bem doido entrou para pegar e quase foi atropelado por Vettel.

Ricciardo abandonou logo depois com problemas de suspensão. O suspense ficou para as últimas quatro voltas. Bottas partiu para cima de Pérez, previsivelmente. Na volta 51, a diferença era de 0s8. Maria do Bairro se aguentava como dava. Raikkonen chegou nos dois. No fim da penúltima volta, Sergio deu uma ligeira vacilada — na verdade, era impossível segurar mais — e ambos passaram.

Mas Kimi estava mesmo com o capeta no corpo. Meio na loucura, mergulhou na Curva 3, para a direita, exatamente onde Bottas tangenciaria a dita cuja. Bateram. Valtteri abandonou. “Que merda ele fez?”, perguntou pelo rádio. “Eu achei que ele tinha me visto. Obviamente, não viu. Não foi loucura, apenas tive a chance, tentei, e quando tentei, não dava mais para recolher. Não foi uma loucura”, tentou explicar.

hamiltonbeija42

Hamilton venceu, com Vettel em segundo sem mais sustos. Raikkonen ainda cruzou a linha de chegada em quinto. Considerado culpado pelo acidente, teve 30s acrescidos ao seu tempo final de prova e caiu para oitavo. Com isso, a Mercedes assegurou matematicamente o título de Construtores. Pérez foi o terceiro, levando a Force India ao pódio pela terceira vez na história — as outras foram na Bélgica em 2009 com Fisichella em segundo, e com o próprio Pérez, terceiro no ano passado no Bahrein. O quarto foi Massa, excelente resultado depois da péssima classificação (15º no grid), seguido por Kvyat, Nasr (outro que foi muito bem, seu segundo melhor resultado na categoria), Maldonado, o supracitado Raikkonen, e a dupla da McLaren fechando a zona de pontos, com Button em nono e Alonso em décimo. El Fodón de La Punición, porém, levou um pênalti de 5s por ter saído dos limites da pista várias vezes, caiu para 11º e, com isso, Verstappen ficou com o pontinho.

Rosberg, com o abandono, perdeu também a vice-liderança do campeonato, que passou para Vettel, com 236 pontos — Nico tem 229. Hamilton foi a 302. Ele pode conquistar o tri por antecipação em Austin, na próxima etapa do campeonato. Basta uma dobradinha da Mercedes com ele em primeiro — resultado que já aconteceu seis vezes neste ano.

Lewis, com a vitória russa, superou Senna e foi a 42 vitórias na carreira (são nove nesta temporada). Ao lado de Vettel, está em terceiro nas estatísticas, atrás apenas de Schumacher (91) e Prost (51). No pódio, divertiu-se com os engraçadíssimos chapéus russos (esse treco se chama “ushanka”), jogou o troféu para o alto, espirrou champanhe em Putin, e se alegrou com a festa ainda maior de Pérez.

Lacrou o caixão do campeonato. Agora, é só esperar para saber onde vai comemorar o tri.

podiosochi2015b

158 comentários

  1. HENRIQUE disse:

    É…… sei lá! Escreveu muito, Foi complacente….. Ou teve uma noite muito boa,ou estava cansado. Sei lá….. Cadê a acidez de seus comentários?

  2. Francês disse:

    “Hamilton quer Vettel como rival, um Prost, para poder se tornar Airton Senna”. O Hamilton está ouvindo RAP demais, vai levar um pau desgraçado. Vettel está perfeito, o cara não erra. Já Hamilton, ao menor momento de tensão, que ameace sua superioridade, comete erros grosseiros. Tem sido assim desde o começo de sua carreira. Ele já perdeu até campeonato por não ter controle emocional. Tomara que a Ferrari e Willians encostem logo na Mercedes. O Bottas é outro Sr. piloto. Porisso não deu certo com a Ferrari, ia dar problema com o Vettel. E para finalizar, engraçado os detratores do Vettel quietinhos em relação ao Ricciardo. Amigos, ele tá levando pau do Kvyat, 2o piloto da propria equipe, e na minha opinião o VErstappen dá um coro nele também..

  3. Será uma pena disse:

    Ver o Hamilton tri-campeão é uma pena. Piloto superestimado só por ter uma grande velocidade, mas peca nos outros quesitos, se não fosse esse carrão da Mercedes ele iria cometer seus erros bobos de sempre, não sabe brigar de igual pra igual. Arrogante, pensa ser o centro do mundo, vivia reclamando do domínio da Red Bull. criticando o Vettel por causa dos carros da Red Bull e agora que vive o mesmo, ou até melhor pois a Mercedes é mais rápida que a Red Bull em seu domínio, vive sorrindo e gostando do seu domínio. Cara mala!

  4. Max Morais disse:

    Se essa moda de trocar o bone por um tipico de cada pais, como aconteceu na Russia, vamos sugerir pra organização da F1, usar no Brasil um de Cangaceiro com a logomarca da Pirelli. kkkkkkkkkk

  5. Eddie disse:

    El Fodón de La Punición kkkkkkkkkk #calvario

  6. Alonso H Romeu disse:

    O Comandante Hamilton quer ibagens do acelerador do Rosberg.

  7. Gustavo Segamarchi disse:

    O GP da Rússia de 2015 foi MASSA.

  8. Kaka disse:

    Parabéns para o Hamilton, tri campeão de F1, merece, esta guiando muito.

    Mesmo se o Rosberg não quebrasse, ele ia cortar um dobrado pra mater o Hamilton atrás dele, sempre estava no ritimo dele, acompanhando esperando o momento, de dar o bote.

    Vetel muto bem tambem, soube andar rapido quando precisou antes da parada e voltar a frente do Bott

    Perez e Ricciardo deram o pulo do gato, Azar pro Ricciardo quebrar, e Perez realmente merecia esse pódio, por estar sendo um piloto muito regulare fazer mais um bela corrida.

    Destaque negativo pro Raikkonen, lutar por posição é uma coisa, todos nós queremos mais agressividade, luta dos pilotos, agora fazer uma manobra sem pé nem cabeça, o Bottas já estava tangenciando a curva, foi digno de um amador, não de um campeão do mundo que ele é.

  9. Oi? disse:

    Corrida chata. Se Bottas não se recuperar, vai terminar atrás do companheiro no campeonato de pilotos.

  10. Celio Ferreira disse:

    Bela carrera, e hoje quem teve sorte foi Massa hahahahahaah

  11. ms disse:

    desconfio que o kimi nesta corrida estava sob efeitos da famosa “síndrome do porre seco” , a mesma, que segundo dizem, acometeu o presidente Bush (filho) quando ordenou a invasão do Iraque pelos Estados Unidos…..

  12. André W. disse:

    Tanta tecnologia pro cabo do acelerador eletrônico do Rosberg ficar emperrado. Quem esqueceu de fazer a “lubrificação eletrônica” do cabo rsss? Esses mecânicos da Mercedes estão fazendo intercâmbio com a Williams, ruindade pega!
    Nem falaram o tempo da troca do Massa, acho que desistiram de medir. Essa história de mudar de mecânico funcionou para o Nasr. Pódio legal, diferente dos burocráticos de sempre. Seria melhor se o ganhador não fosse tão previsível. Como disse o “filósofo” Milton Neves, a seleção está virando fórmula 1 e a formula 1 virou turfe.

  13. Eduardo disse:

    O Vettel não deu bola para ó chefão da F1 apenas trocando rápidas palavras e no pódio ignorou o Putin e seus mísseis ,sem precisar de comentários infelizes que só traz problemas deu seu recado para aqueles mais atentos

  14. GEAN SILVA disse:

    Desculpe blogueiro, mas senti falta de uma boa briga pelo 1º lugar. Essas corridas de batalhas pelo 1º lugar estão tão escassas, mas tão escassas, que mesmo que haja uma corrida como a de hoje, eu fico frustrado!

  15. Antonio disse:

    Sete equipes diferentes entre os sete primeiros e nove equipes diferentes entre os dez primeiros. Não sou muito chegado em estatísticas, mas acho que faz tempo que isto não ocorre.

  16. Jomes disse:

    Luis tri campeão!!
    Go Luis!!

  17. Eduardo disse:

    Será que a Mercedes vai garantir o título com o Rosberg correndo para ajudar ou vai deixar a disputa aberta confiando que o título está no bolso

    • luigi disse:

      Será que você ainda não percebeu que Rosberg não esta no mesmo nível de Hamilton e por isso a Mercedes não se preocupa com ele. Hamilton só perderia o titulo para ele mesmo ,pois os pilotos que poderiam fazer-lhe alguma resistência ,não tem equipamento para isso. Apesar das grandes melhorias que a Casa di Maranello teve após a saída do Luca Cordero di Montezemolo e do Stupido Dementicalli, ainda está um degrau abaixo da Mercedes ,as vitórias foram circunstanciais e não uma prova de que tem equipamento a altura a dos tedescos.

  18. Eduardo disse:

    O Hamilton abraçou o carro e pulou nos braços dos mecânicos,ele aprendeu com quem? O Vettel ultrapassou rapidamente o Perez o que foi decisivo para o segundo folgado, o Perez vem sendo o melhor entre os médios desde que o Hulk ganhou Le Mans e vem acumulando erros,o Haikkonem pilotou com a faca nos dentes como fazia na Mclarem,que continue assim,é melhor perder pontos lutando do que fazendo corridinhas, vamos ver se o problema do Nasr foi resolvido com a troca de engenheiro.

  19. Rafael Rego disse:

    Palmas para o Vettel. Estar na segunda posição, após 15 etapas, contra essas Mercedes quase sempre imbatíveis, é a prova do ano excepcional que o alemão vem fazendo. É muito piloto!

  20. Thiago Moyses disse:

    Devo ser o único, mas defendo a atitude do Kimi. Não está disputando o título, nada, então pódio e vitória é tudo ou nada.. melhor que ser o comportadinho como alguns pilotos que ficam satisfeitos com quartos lugares. Essa é a diferença de um campeão mundial para um bom piloto.

  21. Zé MCZ disse:

    O Kimi foi punido porque o pessoal da FIA utilizou o etilometro. Havia taxa excessiva de pinga russa, mais conhecida como vodka. Pior pra ele, que nem pode tomar gole de champagne no pódio. O cara ta cada vez mais desinteressado e a Ferrari renova!

  22. LUZ PRATA disse:

    ??????????? Ué

  23. Zé MCZ disse:

    Voce tem razão! Excelente corrida! Várias pancadas, vários realinhamentos, muita briga na la na cozinha e no hall apenas o bom guiador de automóvel de Mercedes…
    Rumo a decacampeão… Que lindo! Que lindo! Que lindo!(Evaldo José, narrador da CBN).
    A F! está cada vez mais empolgante! Que MotoGP que nada!

  24. lelli disse:

    o otimo piloto que nunca teve uma chance em uma equipe grande rodou sozinho foi isso kkkkkkkk

  25. Clayton disse:

    Mas nem numa prova com trocentos abandonos o vizinho da Marussia consegue pontuar?

  26. Rodolfo disse:

    e o Olé que o Putin tomou no pódio do Vetel e do Hamilton ?

  27. João Correia disse:

    Para mim o momento da corrida:

    Eng – “you’re fighting Massa til the end”
    El fodon – ” I love your sense of humor”

    Genial.

  28. Paulo Pinto disse:

    E o carro do Valtteri bateu as botas…

  29. LUZ PRATA disse:

    boa tarde Gomes e galera.

    Parabens… Mercedes Benz !!!! BI CAMPEA de CONSTRUTORES !!!!!

    Parabens RUSSIA !!! excelente e Belissimo circuito de rua…!!!!

    Parabens n1 do Grid !!!! LEWIS TRI CAMPEAO !!!!!

    Carrera maneirissima a a de hj na Russia…vou tomar uma vodka para comemorar hj…hahahahahaharssss

    E em 2016….LEWIS e a MB continuarao a dar PAU GERAL hahahahaharsss batendo todos os recordes da F 1 com a MELHOR EQUIPE ja vista na historia da jovem F 1… Valeu….

  30. Marcelo disse:

    Por que o macacão da force índia só está com a faixa laranja, sem o nome do patrocinador? Se não me engano, no carro aparece o nome…

    • Willian disse:

      Também percebi isso na hora do pódio, o mais estranho é que nos macacões dos mecânicos estava escrito o nome do patrocinador, somente no do Pérez (e provavelmente do Hulk) que não

    • Marcelo disse:

      A equipe tirou o nome pra deixar o macacão mais leve, isso elimina preciosos milésimos por volta. Mclaren também usou essa estratégia mas o carro é tão ruim que os pilotos estão pensando em correr só de cueca….

    • Felipe Fugazi disse:

      Parece que na Russia é proibido propaganda de bebidas alcoólicas.
      O carro da Williams também estava sem o logotipo da Martini.
      No Barhein e Abu Dhabi eu já tinha percebido isso e as razões paracem obvias, mas na Russia famosa pela sua Vodka eu achei beeeem estranha essa restrição..

    • Marcos José disse:

      Acho que nesta faixa laranja há o patrocínio da Smirnoff e a Kingfisher (se eu não estiver enganado) se refere a companhia aérea e não a cervejaria de mesmo nome ambas pertencentes ao Vijay Mallia (talvez isto explica o porquê que a marca aparecia somente nos macacões dos mecânicos e não de seus pilotos).

  31. Ricardo Cardoso disse:

    Posso estar equivocado ou ter perdido algum detalhe na largada, mas o Hulkenberg rodou sozinho e não foi tocado pelo Ericsson.

    De resto foi uma boa corrida sim. Pena que o Raikkonen exagerou na dose (de vodka?) no final das contas. Mas merece algum mérito por tentar uma colocação melhor até o fim.

  32. Douglas disse:

    Raikkonen com o capeta no corpo foi a melhor kkkkkkkk, a corrida foi muito boa e acho que era questão de tempo para o Hamilton tentar passar o Rosberg mas como o acelerador ajudou fazer o que, agora e só esperar para ver onde vai comemorar o tri.

  33. Chupez Alonso disse:

    1) Uma Mercedes batida. Check. Ano que vem será a outra.

    2) Ver Eternando Ultimonso ser ultrapassado pelos Felipes na mesma volta não tem preço. Já foram quantas ultrapassagens nesse ano mesmo!? Perdi as contas…

    3) Muito gratificante ver que o “Faster than you” acabou na Ferrari. Prática tão nociva quanto à corrupção e tão comum nos tempos de Schumacher e Al Caponso. Dignidade no mundo é o que se precisa.

    E a briga na F1no está acirrada láaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa…
    Atrás.

    Eu avisei: vai doer!

    E ano que vem vai ser pior. Além da vizinha de boxe (Chupa Amonso!) MancaMor, vem a Haas.

    Haas ser divertido demaas!

    Chupa Allonzo!

    Allez Mão!

    #EuRio(literalmente)DoÚltimo!!!

    • Ed disse:

      Mercedes batida? Acabou o campeonato já?
      A Mercedes vai ajudar Rosberg a ser vice nem que Hamilton tenha que fazer um Suzuka 91 com ele.

    • Alonsete Turbinada disse:

      Me explica uma coisa. Qual é o prazer de torcer eternamente contra?

      • Eltontoptec disse:

        Procura na net uma sitcom chamada “vingança ilimitada”. O(s) antagonista(s) sempre se fode(m) muito, durante quase todo o episódio, em todos os episódios. É mais ou menos isso Turbinada.

      • rafael disse:

        Qual é o prazer de transar com uma gostosa?!

        É a mesma coisa. Ver um narcisista frustrado se afundar nas últimas posições não tem preço.

        Hoje, o cara que, supostamente, tirava leite de pedra e que levou 0.5s a McLaren em 2007, tomou uma sova do Button e foi punido por cortar caminho, bem no estilo Mario Kart, kkkkkk…

      • Segafredo disse:

        …e daí Rafael, isso diminui o Alonso em que?…kkkkk, vcs torcedores tedescos jamais se conformam por não terem seus pilotos no degrau mais alto quando o assunto é opinião pública, rsrsrss….nem Vettel, nem Schumacher tiveram o reconhecimento maciço que Alonso tem até hoje como o mais completo do grid…….ficar fazendo piadas por causa do mau momento na Mclaren tbm não mudará nada. Pior frustração e vencer inúmeros campeonatos e não ter reconhecimento ou ainda pior: Ser criticado por seus atos e de sua equipe na pista por favorecimentos de 2º piloto e tbm por pilantragens, trapaças e coisas do tipo! Chorem e gozem o quanto quiser, mas a verdade continua a mesma: Alonso maior de todos desde 2005, kkkk!!!

      • André Fonseca disse:

        “Opinião pública” favorável ao espanhol???

        HUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUAHUA

        É a mesma “opinião pública” que, a cada brasileiro que aparece na F1, será o próximo “Senna”, a mesma “opinião pública” que deixa de passar os treinos classificatórios para colocar desenhos ou programas inúteis…

        HUAHUAHUAHUAHUA

        Cada bosta que temos que ler.

    • Chupez Alonso disse:

      Não torço contra. Torço a favor. Da ética e dos bons costumes.

  34. Junior Ribeiro disse:

    O Bottas parecia o Massa, e o Massa parecia o Bottas!!
    Se hoje o Massa estivesse na situação do Bottas seria malhado igual Judas!!

    • Paulo Pinto disse:

      “Se hoje o Massa estivesse na situação do Bottas…”

      …Raikkonen ultrapassaria sem bater.

    • Affonso disse:

      Pensei o mesmo!

      Bottas só tem algum destaque se o Massa vai mal. Esse finlandês não é nenhuma oitava maravilha do mundo. Tem um ótimo empresário pelas costas e algum talento, nada excepcional.

      Era para o Bottas ter chego em segundo hoje, caso tivesse controle da situação, associado ao mal planejamento da equipe nos pits (vale lembrar que Massa também teve problemas do tipo hoje).

      Ah se o Massa tivesse no acidente… nossos analistas tupiniquins dariam um jeito de incrimina-lo.

  35. Eltontoptec disse:

    Uma coisa curiosa: quando Gosjean bateu no muro fofo houve uma explosão de estopa? É disso que os módulos do muro fofo é recheado será?

    Parabéns ao Trewis Hamilton, concretou hoje o terceiro caneco..

  36. Marcelo disse:

    Mercedes que fique em alerta para próxima temporada, foram três abandonos nas últimas quatro corridas, Rosberg no GP da Itália, Hamilton em Singapura e novamente Rosberg na Rússia. Temporada 2016 promete, ponto alto da Ferrari sempre foi a confiabilidade. Nas estatísticas, a disputa agora é entre Hamilton x Vettel, pra ver quem supera primeiro Prost em número de vitórias.

    Em termos de aproveitamento(%) o alemão e o inglês estão indo bem, não devem nada aos pilotos do passado(e pelo lado esportivo, são os únicos na lista abaixo que conquistaram o tri de forma limpa, sem jogar carro em cima do rival). Hamilton já pode comemorar, esse tri esta garantido.

    1-Schumacher, 91 (29.64%)
    2-Prost, 51 (25.63%)
    3-Vettel, 42 (27.27%)
    4-Hamilton, 42 (25.77%)
    5-Senna, 41 (25.47%)

  37. Ordinei disse:

    Alonso tb foi e perdeu a 10 posição para Verstapinho.

  38. Paulo Pinto disse:

    Flávio, uma correção de última hora: Alonso foi punido em 5s por exceder os limites da faixa repetidamente (foi avisado durante a corrida para evitar tal manobra), caindo para 11º lugar.

  39. Fernando disse:

    Bela corrida, Hamilton sendo Hamilton, Rosberg azarado, corridão do Perez, do Vettel, Kimi tomou 30 segundos. Mercedes campeã novamente. Parabéns, agora é esperar o tri, e muito mais virá, merecidamente.

  40. Ricardo B. disse:

    E não podemos esquecer de PUTIN, impávido, entregando troféus com seu Vice-presidente e seu Ministro de Relações Exteriores (não por acaso), mostrando mais uma vez ao Ocidente: a Rússia voltou, forte e decidida, como (quase) sempre foi e continuará sendo. Goste-se ou não disso, não é uma imagem qualquer e não deve passar despercebida.

    • Alfredo Aguiar disse:

      Poha véi. Podia ir dormir sem fazer esse comentário. Só em republica das bananas, Presidente vai a pódio entregar taçinhas. Isso é bem coisa de fardado no poder.
      Faça me o favor.

  41. Nico disse:

    Baixou o espírito de Damon Hill no Räikkönen.
    Saiu abalroando exatamente como em Adelaide 1994.
    Se lá não puniram o ingles – que já havia abalroado em Monaco (Hakkinen) e voltaria a fazê-lo em Nürburgring (Alesi) e Aida (Irvine) – não há porque punir Räikkönen agora.

    • Fernando disse:

      Você esta falando do episódio que o Schummy depois de bater sozinho jogou o carro em cima de Damon Hill para ganhar o campeonato, e não foi punido? Errou os nomes né?

    • Paulo Pinto disse:

      Damon Hill acabou punido em Adelaide 1994. Quebrou o carro numa manobra duvidosa e perdeu o título que não merecia.

      • Alonsete Turbinada disse:

        Vocês estão loucos! Onde é que Damon Hill bateu no Dick Vigarista?

      • Fernando disse:

        Manobra duvidosa… Já ouviu falar no youtube? Ou teve mais do que um GP Adelaide 1994? Será que desinformação pega?

      • Paulo Pinto disse:

        Vocês não entenderam a manobra do alemão na Austrália/94:

        Logo após raspar com o carro no muro, Schumacher voltou à pista para ver se dava para continuar na prova. Quando viu que não dava mais, ele imediatamente procurou levar o carro para a beira da pista a fim de estacioná-lo em alguma área com segurança, assim que contornasse a curva.
        O que aconteceu nesse meio tempo? Hill, de forma insana e perigosa, enfiou o seu carro entre o Benetton (que se dirigia para a beira da pista) e a curva, ocasionando um acidente evitável.
        Schumacher, pego totalmente de surpresa, teve seu carro catapultado em direção à barreira de pneus.
        O inglês foi “fominha” em sua manobra. Bastava ter esperado Schummy contornar a curva e estacionar seu carro avariado com segurança.
        O inglês perdeu o título por falta de visão de corrida.

      • Fernando disse:

        A última frase esta correta. E só. Faltou mesmo visão de corrida para Hill. Bastava esperar e ultrapassar Schumacher depois, desta forma escaparia da armadilha do alemão que na realidade fez zigue zague na frente dele, com o carro já quebrado, tentando provocar o acidente.

      • Paulo Pinto disse:

        Armadilha? Zigue-zague? Acidente, sim!

  42. rebeloweb disse:

    Imitaram os chapéus de cowboy do GP do Texas.

  43. disse:

    Vettel perdeu a chance de lutar pela vitória na largada. Alonso não perdia tanto tempo atrás do Kimi, faltou garra ali.

  44. Kkkkk disse:

    Cagada do Hulk na largada, ele é um piloto que erra pouco mas está sofrendo pressão do Perez, sensacional corrida do mexicano.
    Vettel largou mal, incrível como em CNTP’s ele não consegue separar as Mercedes, tem sempre que acontecer alguma coisa para ele ser segundo. Pra quem esperava vencer em Sochi, kkkkk, só rindo mesmo.
    Interessante como na disputa com Vettel, no primeiro stint, Kimi estava sempre com a luz de recuperação apitando como louca enquanto o vettel pressiona (modo mult-21, só assim pra passar mesmo), depois que o alemão passa, em cinco voltas o ritmo de volta do Kimi fica igual ao alemão…
    Grojã em dia de Maldonado.
    Mesmo assim, Kimi não merece estar na Ferrari. Que dupla tem a Ferrari, o pior tetra e o pior campeão da história, putz.
    Corridaça do Massa, e melhor ainda, corridaça do Nars.
    Sainz também vinha fazendo uma corridaça!
    E bela corrida da mclaren, resultado real, na pista.
    Alonso largou em último? Kkkkk isso pq ele era o mais ultrapassado em 2015?? Kkkkkk!!!

    • Paulo Pinto disse:

      Alonso foi ultrapassado mais uma vez pelo moleque. Desta vez, no tapetão. Terminou fora dos pontos.

      Como diz o Matteoni: “Todo castigo para o Alonso é pouco!”

      Hahahahahahaha!

    • Sergio Trancoso disse:

      Tem razão. O Vettel é o pior tetra. O melhor é o Alonso….. Não, pera…….

    • Renato F1 disse:

      O Vettel passa o Raikkonen porque a Se Ferrari só tem uma charanga! Essa “equipe” nunca produziu dois carros, sempre um! Nunca deu liberdade para os pilotos competirem de igual para igual! A Se Ferrari (e a Red Bucha) não são dignas de disputar o campeonato de construtores. Elas escolhem um primeiro piloto que dispute o campeonato de pilotos e escolhem um segundo piloto ganhar uns pontos e ajudar o primeiro piloto a ganhar o título!

      Simplesmente ridículas! Mercedes campeã! De novo! Chupa Red Bucha! Chupa Errault! Motor campeão é o escambau! Só ganharam graças ao avião de cabeça para baixo do Adrian Newey!!!

    • Christian disse:

      Allez ou menino maluquinho, tu não aprende mesmo? Falou mal do blog do blogueiro, disse que não escreveria sua bobagens contumazes nesse espaço, mas continua, não é mesmo ? Aprenda uma coisa, vou te explicar pela última vez ok ? 1- O Alonso sempre foi superestimado, ele não é tudo aquilo que pensa, ou que alguns da imprensa, inflamados por interesses econômicos falam. 2- O alonso sempre teve o maior apoio econômico da F1, ou seja, advinha ? Ele é o maior piloto pagante da F1 em todos os tempos. 3- Não, ele não é o maior piloto f1, nunca foi e nunca será. 4- Esse vc. anota bem ok ? Alonso nunca mais vencerá uma prova de f1! Agora para de encher o saco e vai estudar para as provas finais, seu moleque !

    • Anselmo Coyote disse:

      Pensei que só eu tinha percebido a diferença absurda dos carros da Ferrari no embate Kimi x Arrivab, opsss, Vettel.
      Abs.

  45. disse:

    Streaming da Sky , os caras transmitem tudo, aliás a Sportv de Portugal também.

  46. lucaswosniak disse:

    Agiliza esse texto ai

  47. F35 disse:

    Acho que esta mais do que na hora do Kimi encerrar sua carreira na F 1, antes de macular de vez sua vida na categoria. Sempre fui fã de sua tocada, mas confesso que está dando nos nervos ver o banho que ele esta tomando do Vettel. Se eu fosse a Ferrari aproveitava a incerteza da Red Bull e traria o Ricciardo!!

    • Thiago Moyses disse:

      Ele mesmo deixou claro no rádio para todos ouvirem (já que durante a semana ele falou que quem fala no rádio é para todo mundo ouvir, que não é nada privado) que o carro que ele tem não é a última versão como do Vettel. Ele realmente era muito mais lento numa reta, tanto que o companheiro passou voando. Nós sabemos que um dos pilotos sempre é eleito o primeiro e recebe as melhorias antes que o companheiro por causa do custo e tempo de fazer dois para uma corrida seguinte.

      • Alfredo Aguiar disse:

        Falou no rádio que o carro não era igual?

      • Paulo Pinto disse:

        1. Alguém aqui sabe O QUE REZA no contrato de Iceman?

        2. A equipe não vai aposentar um piloto que soma bons pontos e alguns pódios, que atrai marketing (é o preferido das moçoilas), e que não representa ameaça ao Herdeiro.

        3. Iceman ainda é o mais recente campeão da “rossa”. e ainda tem “lenha pra queimar”.

    • luigi disse:

      Não é da natureza da equipe de Maranello ter pilotos disputando entre si , sempre tem o capacho , e isto acho que até anteriormente a Regazzoni já havia o “multi 21” cordeiramente concordato ,os últimos só foram mais conhecidos por ter muito mais mídia televisiva atualmente.

    • ms disse:

      a disparidade na performance desses dois pilotos acontece pq não foi por acaso que um deles ganhou 4 títulos e o outro apenas um…

      • Renato disse:

        O Raikonnen não tem quatro titulos mundiais porque não correu numa Red Bull extremamente dominante tendo como companheiro de equipe uma lesma em fim de carreira. Até o Rosberg teria quatro títulos mundiais naquela situação.

      • rafael disse:

        Renato,

        Extremamente dominante?! A RBR, de 2010 a 2013, venceu 53% das provas. A Mercedes, até agora (2014-15), venceu 82%.

  48. Paulo Henrique disse:

    Flavio, colocaram vodka na bebida hidratante do Kimi, hahahahaha, dois erros com o Ricardo sorriso e depois pra finalizar aquela puta cagada com o “Tenis”, hehehehe…

  49. Daniela disse:

    O GP foi animado aleluia! Lewis competente como sempre. Vettel mostrando disposição e talento pra chegar em segundo e agora já é vice líder. Perez no pódio foi legal. Kimi errando horrores hoje. Erros bobos que o tiraram do pódio mas gostei das tentativas dele no final da prova. É isso mesmo tem que tentar. Corridas corretas dos pilotos brasileiros. Ótimo resultado para ambos. E as Mclarens depois de todos os abandonos chegaram nos pontos. Só assim mesmo. Não vejo a hora desse campeonato acabar. Vem logo 2016!!!

  50. Douglas Arruda disse:

    Sobre os brasileiros, diante da barbeiragem do Raikkonen, é muito provável que p Nasr herde mais uma posição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *