Arquivoquarta-feira, 11 de novembro de 2015

HAMILTON VEM

H

SÃO PAULO (barriga, barriga…) – Claro que a esta altura todos estão sabendo, mas Hamilton vem, sim, para o GP do Brasil. Teve febre alta, adiou a viagem, chega amanhã. O “Glamurama” se precipitou. Chutou e errou. Deu uma disfarçada, mas não assumiu o erro. Ah, o jornalismo nestes tempos bicudos…

MASSA ONTEM (2)

M

SÃO PAULO (claro que dá) – A amizade com Daniel Ricciardo (que Massa pronuncia Ri-chi-ardo, mesmo, como em italiano) foi outra das revelações do piloto brasileiro ontem no “Paddock GP”. Felipe contou que o australiano da Red Bull apareceu em seu apartamento na Páscoa para levar um ovo de chocolate para Felipinho, seu filho. “É sangue bom demais”, disse Massa. Existe...

MASSA ONTEM (1)

M

SÃO PAULO (argumento bom) – Uma das coisas legais que Felipe Massa contou ontem no “Paddock GP” foi que a Ferrari, em 2009, tentou junto à FIA anular o resultado do GP de Cingapura de 2008 — aquele em que Nelsinho bateu de propósito. A equipe alegou, junto à entidade, que o resultado final foi condicionado por uma irregularidade cometida por um réu confesso. Não conseguiu...

MENINOS & MENINAS

M

SÃO PAULO (parabéns) – Hoje à tarde acontece o ensaio das grid girls e grid boys em Interlagos. Isso mesmo, você não leu errado. No grid, este ano, estarão moças e moços segurando as placas junto aos carros dos pilotos. Quer saber? Pode parecer politicamente correto demais, mas qualquer ação que ajude a coibir essa visão ancestral difundida pelos homens de que mulheres são objetos é bem...

LOTUS IN TROUBLE

L

SÃO PAULO (só papagaio) – Ainda não fui ao autódromo, só amanhã. Mas recebo informação de fonte seguríssima que a Lotus está com problemas. Seguranças foram colocados na porta dos boxes da equipe agora pela manhã com a ordem de não deixarem entrar ninguém. O mesmo nos escritórios da equipe. A exemplo do que aconteceu em Suzuka, o pessoal do time não tem nem onde comer. Ontem, tiveram de...

A “KOMBISETA”

A

SÃO PAULO (inacreditável) – De novo a página Romi-Isetta Brasil no Facebook trazendo coisas fantásticas (dicas sempre enviadas pelo Eugenio Chiti). Reproduzo na íntegra, claro, porque além de tudo os caras escrevem bem pacas. O bom filho à casa torna! Depois de um tempo em restauração, chega às antigas instalações da Romi a carroceria do Autocarro Iso 400, carro que iria ser produzido pela...

COM QUE NOME VAMOS?

C

SÃO PAULO (caprichem) – Seguinte, macacada. Amanhã começam as notas direto de Interlagos e preciso de um nome para elas. Ano passado fiz um concurso com a blogaiada e ganhou “S da Salvelina” para a cobertura do GP do Brasil, que achei sensacional. Vamos fazer de novo. Mandem suas sugestões aqui mesmo. Vou escolher três até o fim do dia, colocar em votação e anunciar o vencedor...

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2015
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930