MENU

Tuesday, 24 de November de 2015 - 19:35#69, Classic Cup

BEM-VINDO, GAROTO

SÃO PAULO (que sejamos felizes) – Foi em abril que o Nenê Finotti, meu chefe de equipe, telefonou para me dar uma dura. Como assim, parar de correr? Não dava mais, o Meianov tinha chegado ao seu limite, encerrou sua linda trajetória no final de janeiro com um troféu de primeiro colocado que ganhou quase de presente, pois foi inscrito numa categoria que só tinha um participante. Uma homenagem merecida para quem estava se despedindo, pequena taça guardada com muito carinho, ainda que conquistada sem competição nenhuma.

Vamos voltar, disse o Nenê. Mas com que carro, com que dinheiro?, perguntei. A gente dá um jeito, ouvi como resposta e, mais do que isso, ordem de um chefe de equipe que o piloto simplesmente tem de obedecer, sem questionar demais.

Pensamos em vários carros. Passat, Gol, Fiat, cheguei a especular um DKW “Pé na Bunda” com motor de Up! ou Hyundai, por terem três cilindros ambos, mas a adaptação seria complicada, tirar injeção, colocar carburador, inventar câmbio, e não seria um dois tempos, a ideia foi prontamente descartada. Não sabia realmente o que fazer. Aí apareceu esse carinha aí embaixo.

11221297_1156333714383737_2315805285141811501_n

Amor à primeira vista? Seria um exagero, dizer isso. Ainda estava sob o impacto do fim da carreira do bravo soviético, sentia que seria quase uma traição pensar em correr com outro carro. Mas, aos poucos, fomos nos entendendo.

Fizemos uma conta, ponderamos as possibilidades, e com a generosidade de sempre o Nenê decidiu: vamos fazer. Você vai gostar dele.

Passaram-se sete meses. Fizemos um motor, consegui os pneus com a Pirelli, os instrumentos com a Cronomac, arrumamos um câmbio, comprei cinto e banco, o Marcel Marchesi se encarregou de bolar uma pintura, e finalmente o Voyage #69 está pronto.

Ele ainda não tem nome. Estreia neste fim de semana no norte do Paraná, no IX GP do Café, que faz parte da programação das 500 Milhas de Londrina. O Nenê já andou com ele em Piracicaba, “disfarçado” com a pintura antiga.

Sei pouco do meu Voyage. Parece que correu nos anos 90 em alguma categoria do Paulista. Não sei sequer o ano em que foi fabricado. Mantive-me razoavelmente distante de sua construção, por vários motivos — nada de especial, muito trabalho, pouco tempo.

Vamos começar a nos conhecer sexta-feira em Londrina. Farei muitas perguntas, ele há de responder — e perguntar, também. Conversaremos bastante, passarei alguns minutos sozinho com ele debaixo da tenda que vai abrigar a turma da Classic Cup. Meu Voyage não tem nome, ainda. Isso vai ficar por conta de vocês — mandem sugestões, vamos fazer um novo concurso, os três finalistas que escolherei serão votados, ganharão algum brinde, prometo. Digam o que acharam, enviem mensagens de apoio, falem tudo o que pensam do #69 made in São Bernardo, motor AP 1.6, carburador mini-progressivo.

Eis aí meu novo amigo, embarcando para a primeira de suas longas jornadas com este velho escriba apaixonado por carrinhos antigos que correm. Espero que sejamos felizes juntos, tanto quanto fui com o #96 e com o inesquecível Meianov.

IMG_0298

331 comentários

  1. Acarloz says:

    Boa escolha! Boa sorte !

  2. Lucas Lopes says:

    Cara ele com essas cores lembra muito a Policia Militar de SP.
    Sugiro um nome relacionado a isso talvez “Sargento MeiaNove” ou “Major MeiaNove”
    algo assim…
    Abraço e boa sorte com o carro!

  3. Lico says:

    Flavio! Que bom q não parou de correr!

    Eu particularmente adoro esse carro. Bonito, e pra um sedan dessa época, bom de curva.

    Com 15 anos eu dirigia um 4 portas branco do meu pai, inclusive com essas mesmas rodas que o seu! No interior dava pra um adolescente andar de carro, aprontei muito com ele.
    Na mesma época um amigo, montou um voyage sport preto, impecável, turbo. Original inteiro por fora, turbo!
    Foi o primeiro carro que andei turbinado, imagina um muleke que 15 anos colando no banco e vendo um carro igual do pai cantar pneu em terceira meio quarteirão!
    Vi o poder do caracol e me apaixonei pra sempre.

    Vc vai se dar bem com ele, certeza!

    Abraços!

  4. Ibsem Braga says:

    Flavio,

    Vendo as cores da pintura, a origem do carrango, o numero deveria ser 71, e o nome: Schweinsteiger, Podolski, Mueller, qualquer outro que aplicou o 7×1…

  5. Humberto Rufini says:

    Severino!

  6. Humberto Rufini says:

    Flavinho, o nome do possante é Ataliba!
    Abraço e sucesso

  7. Rogerio Andreozzi says:

    Boa sorte ao retorno às Pistas Flavio Gomes!!!!

    Sugestão de nome para o novo possante: Voyager…simples e direto!!

    Grande Abraço

  8. Fabio Alencar says:

    Minha sugestão é Gurevich, que vem a ser o G do MiG (Mikoyan-Gurevich). Um dos dois fundadores da empresa que fabrica os MiGs.

  9. Wagner says:

    Que tal : puteshestviye ( Voyage em russo )

  10. marcelohprego says:

    Simples: “Aliócha”.

  11. proletariors says:

    buena suerto com o nuevo
    VOYAJANDÃO :)

  12. Clovis 16 says:

    Segue a sugestão: it”s time.

  13. leo says:

    minha sugestao é Sputnik!
    sorte com o brinquedinho

  14. Daniel Schmitt says:

    Mais algumas sugestões:

    Estilingue
    Cometa
    Pardal
    Extra#69
    EnvergaMasNãoQuebra
    Funil
    Estrelato
    Revival

  15. LUIZ FELIPE says:

    Decanov, em homenagem aos célebres irmãos.

  16. Philipe Speed says:

    Aqui, nada de nome russo!!! Vamos imortalizar a memoria e a irreverência do meianove!!!

    Coloque algo genuinamente abrasileirado, afinal o Voyage fez sucesso absoluta em terras tupiniquins, assim ponha:

    Papa Léguas
    BatGomes
    Bambino
    Marmita
    Ariath
    Gasparzinho
    Poisé
    Maestro …”cada parada um concerto” rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs
    juggernault
    Gertrudes
    Krugger… “o pesadelo dos oponentes”
    Jason… “esse então não adianta correr que ele te pega” rsrsrsrsrsrsrs
    Carrapato
    Chato
    Bonder… “Cola e não desgruda”!!! rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Qualquer um!!!

  17. Fábio D. says:

    Sucesso nas pistas!!!

    Sugestão de nome: W69

    Abraço!

  18. Martinho says:

    Sugiro o nome “путешествие#69”. É Voyage em Russo, rsrsrsr. Boa sorte ao bólido.

  19. victor freire says:

    sugestões de nomes, todas relacionadas à ddr:

    – nationale voyagesarmee (ou nva, a sigla do exército da antiga ddr).
    – unser sandmannchen (ou “nosso joão pestana”, personagem de animação stopmotion popular na antiga ddr).

  20. Fábio Burian says:

    Dostoiévski Gagarin

  21. André says:

    Que bom que voltará às pistas!!
    Espero poder vê-lo em ação mais uma vez, como vi algumas o Meianov lá em Interlagos.
    Achei o carro lindo, tive um Voyage 1983 e é um modelo que tem muito do meu carinho. Ótima escolha.
    O nome poderia ser Bernhardnov. Bernardo em alemão, para mostrar a origem alemã e fabril do ABC, mais o nove.
    Boa sorte na nova empreitada!
    Abraço!

  22. Leandro says:

    Chame de Poyezdka. Voyage em russo.

  23. Alberto G says:

    Minha sugestão para o nome do novo bólido ?

    MIG 69…

    Abraços…

  24. Eduardo Rossi says:

    Parabéns, Flávio! Bom retorno às pistas!

    Sobre a sugestão de nome, gostaria de lembrar de um post recente seu, sobre Günter Schabowski, que morreu recentemente com 86 anos, “pobre e esquecido”. Por que não homenageá-lo? Até mesmo porque este Voyage tem uma ligação com o fim da ligação soviética de seus carros de competição e é de uma fábrica alemã.

    Minha sugestão é Günter ou Schabowski, a qual preferir.

  25. David Felix Krapp says:

    Putz Flavio…. eu sei que vc pediu um so nome mas me vieram tantos…

    Achille
    Reise (voyage = viagem)
    Dynamov (homenagem ao maior campeao de futebol da Alemanha Oriental)

    Goatei da ideai do crown funding…

  26. Artur says:

    Chucrute 69. Estou atirando para todos os lados rs

  27. Luciano says:

    Sugestões:
    Dianterinha ou
    Tração avante ou
    Avantinha ou
    Dianterov ou Avantov
    a última eu juro. GOLmes sedan.

  28. Thiago Azevedo says:

    Que legal, Gomov!

    A pintura ficou boa, já é um bom começo, é importante.
    Putz, quando comecei a frequentar o autódromo (assistir) as corridas de marcas do campeonato paranaense eram repletas de Voyages e Gols.
    Será legal ver você fazer a curva do final da reta dos boxes em três rodas. (sim, porque todos os Voyages faziam).
    Boa sorte à dupla!
    Hasta luego!

  29. Paulo Fonseca says:

    Prezado F&G : Desejo muita alegria pra você em sua volta, bom divertimento,vou dar um pitaco no mome do brinquedo:
    A) – Django o renegado.
    B)- Sardinha Atômica, homenagem à Portuguesa,
    C)- Fidel , o último companheiro.
    Alegria em acelerar o brinquedo,muita paciência agora para fazer os acertos.

  30. Francis says:

    Concordo que carro de corrida tem que ter nome de mulher, e achei a opção do Marcio Vieira a melhor: Nina.
    Parabéns pela volta!

  31. Luis Filipe says:

    fiquei feliz em ver a aquisição … eu e meus amigos passamos nossa juventude saindo nas noites de farra durante anos em um voyage cinza, na época o carro já era bem velhinho, na década de 2000 ele foi nosso companheiro… nós o chamávamos de Geladeira, era quadrado e cinza, mas foi um companheiro fiel…fica aí a sugestão. sucesso com ele!

  32. Denis says:

    Um voyage 69 só pode ter um nome: ménage ! kkkkk

  33. gnloch says:

    Lembro de ter lido que você, Flávio, admira o Bernd Rosemeyer, Considerando a ligação entre a VW e a Auto Union, daria para chamar esse Voyage de Bernd.

  34. Alfredo Junior says:

    Fico feliz com a volta as pistas, divirta-se. Sugestão Voyage Quattro . Bom se voltar a ter torcida igual a do DKW.

  35. Fabio says:

    Nome do carro: Helter Skelter, som bacana dos Beatles.

  36. Motos Antigas says:

    Naquele campo verde que ainda existe
    Longe dos fios elétricos
    Eu vou soltar a minha pipa
    Eu vou
    Olha a pipa voando no céu
    Olha a pipa voando no céu
    É de bambu, é de papel
    Ela é de linha de carretel
    Olha a pipa
    Papagaio Barrilete Pandorga
    Pipa feita de papel de seda amarelo e branco
    Papagaio feito de papel de seda vermelho e ouro
    Barrilete feito de papel de seda azul e rosa
    Pandorga feita de papel de seda verde e roxo
    A minha linha é Rococó
    E tem cerol de vidro moído e goma-arábica
    Quem quer cruzar, quem quer cruzar
    Tem gilete no rabo, tem gilete no rabo
    Olha a pipa voando no céu

    https://www.youtube.com/watch?v=NEea_2Xf4pM

  37. Luis says:

    Eu sugiro “Voyajandão” ou “Voyajante”, por ser o novo companheiro nessa nova jornada automobilística.

  38. ficou top demais! sugestao de nome: NEUZO, hahahahaha!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *