MENU

sábado, 28 de novembro de 2015 - 19:20F-1

HABIB’S (3)

Motor Racing - Formula One World Championship - Abu Dhabi Grand Prix - Qualifying Day - Abu Dhabi, UAE

LONDRINA (calma, já conto) – Rosberguinho acordou um pouco tarde no campeonato, mas está provando que pode, sim, enfrentar Hamilton. Que, por sua vez, está se queixando de “dificuldades” com o carro. Ora, ora, senhor Hamilton!

Nico-Nico no Fubá fez, em Abu Dhabi, sua sexta pole consecutiva, o que não é fácil de conseguir em tempo nenhum. Pode conquistar a terceira vitória seguida e fechar o ano em alta, depois de um período ruim na metade da temporada. Comandante Amilton larga em segundo, com Raikkonen e Pérez na segunda fila.

A Force India vem sendo a grande surpresa do fim de semana. E Vettel foi o grande mico. Ele e a Ferrari erraram a estratégia no Q1, acharam que a voltinha com os pneus macios estava OK, e não foi o suficiente. Tião Italiano simplesmente não passou ao Q2, baita vergonha.

Temas de fim de ano, explodindo em Abu Dhabi — e podem comentar à vontade sobre eles: Mercedes acusou a Ferrari de usar a Haas para dar um migué nos limites impostos para utilização de túnel de vento; Dennis disse que Alonso pode tirar um ano sabático em 2016 e o espanhol negou; Renault deve anunciar compra da Lotus esta semana; Horner afirma que motores híbridos são uma merda.

A corrida de amanhã não deve ser grande coisa, como não são as provas em Yas Marina — a pista é ruim demais, embora bela e luminosa. Mas vamos vê-la. Agora vou escrever sobre este sábado épico em Londrina. Até já.

20 comentários

  1. Marcelo disse:

    Acho que o Kimmi anda bem em Abu Dhabi pq não tem como ele beber… Aih ele fica mais esperto pra correr.

  2. Paulo F. disse:

    Bela roba! Horner falou o que 99% pensa!

  3. Everson disse:

    Agora que o Rosberg despertou? o Hamilton já está com a cabeça no título de 2016.

  4. antonio seabra disse:

    Não tenho vocação pra trombeteiro do Apocalipse, muito menos sou de ficar descobrindo “forças ocultas” em qualquer canto (ou qualquer box, como queiram).
    Mas, ninguém desencanta no final da temporada, e muito menos, ninguém desaprende a guiar depois que ganha o titulo mundial de forma acachapante. Essas seis poles seguidas, e mais as vitorias em sequencia no final da temporada tem toda a cara da Mercedes, querendo mostrar que quem ganha é o carro, e não o piloto.
    Além do mais, o Rosberg é alemão….
    Nessas maquinas pre-programas, onde a eletrônica decide tudo, é mole dar uma “ajudazinha” para um piloto, em detrimento de outro.

    Antonio

  5. Paulo Pinto disse:

    Alonso não pode tirar um ano sabático! Numa F-1 previsível com a dominação das Mercedes, é ele quem nos diverte a cada corrida.

    Arriba Muchacho!

  6. Daniela disse:

    Foi uma vergonha mesmo.Mas que sirva pra animar a corrida né? Já basta a última que não valeu de nada.

  7. Rafael Chinini disse:

    verdade que Hamilton está tomando pau.
    mas acho que isso intercalou em algumas corridas foi superioridade mesmo do Rosberg, em outras é pqo Hamilton ja relaxou mesmo.

  8. Kkkk disse:

    Esse lance da Haas já gera desconfianças faz muito tempo. Agora que eles não têm o melhor piloto do grid, todo o esforço pra ser campeão se faz necessário, inclusive fazer a Ferrari ter uma espécie de toro rosso..
    Aliás, última corrida do ano, e ao vermos que a Ferrari do vettel é facilmente segunda força do grid e ele primeiro piloto da Ferrari, ao final do ano ele deveria ter 285 pontos.
    Mas não só não lutou pelo título, não foi vice, e não fez o número de pontos que deveria ter feito.
    Não sei de onde se tira essa babação em cima do vettel, não fez nada esse ano.
    Impressionante sim foi a evolução da mclaren, número de tokens limitados e buscaram 10 posições no crie! Ralezada vai pirar ano que vem!
    Qdo vettel vai mal o Kimi anda normalmente bem… Estranho.
    Vettel só abortou a volta porque errou, piloto fraco, já venho dizendo faz tempo. Amanhã tem que chegar em quarto, no mínimo!
    #SorryICrashed!

    • luiz carlos barbosa disse:

      Conforme palavras de Ron Denis…Alonso deveria ter um 2016 sabático, portando sua torcida a favor do espanhol e contra o Vettel vai ficar cada vez mais inglória, acho melhor você desistir enquanto é tempo.

      • Kkkk disse:

        Melhor rever suas fontes, depois fica feio.
        Acertei que o Kvyat faria o que vettel não deu conta.
        Eu torço pá Ferrari também, mas falta piloto, infelizmente. Mas ser 4o com essa Ferrari é algo brilhante? Seria tão fácil quanto foi hoje no México e em Spa também. A diferença entre Ferrari e pelotão é maior que entre Ferrari e Mercedes, mas falta piloto.

      • Paulo Pinto disse:

        Melhor VOCÊ rever suas fontes, Vicellez. Alonso acaba de LEVAR PAU pela segunda vez na carreira!
        Ficou atrás de Button nesta temporada.

        Suas orações não foram ouvidas pelos Deuses.

      • André Fonseca disse:

        Vicellez, só vou colar aqui o que o próprio FG postou sobre os anos de 2014 e 2015 da Ferrari:

        “- Frase de Vettel, fazendo um balanço da temporada. “Se a gente olhar para onde a Ferrari estava no ano passado e para o que conseguiu neste, é quase um milagre”, falou o alemão. A saber: o time foi quarto colocado no ano passado, com 216 pontos, e pulou para segundo em 2015, com 428; três vitórias nesta temporada, contra nenhuma na última; uma pole em 2015, nenhuma em 2014; três melhores voltas agora, uma no ano passado; quatro presenças na primeira fila em 2015, nenhuma em 2014; e o grande salto na quantidade de pódios 16 x 2.”

        Portanto, quando faltou piloto mesmo???

      • Alfredinho disse:

        Quer dizer que se a gente rezar para os deuses e eles ouvirem a gente, o nosso piloto derrotará o companheiro de equipe?

  9. Henrique disse:

    A desculpa de Hamilton sempre é o carro quando Rosberguinho resolve mostrar as garras. Ano passado foi assim, e agora de novo. Se 2016 for essa mesmice de Mercedes em outro mundo e a F1 na Terra, tomara que pelo menos o boné em Austin esteja fresco na memória do alemão e cause alguma pequena emoção nos dois degraus mais altos do pódio. Se isso acontecer, Rosberg engole Lewis fácil.

    • luiz carlos barbosa disse:

      Você acredita que depois do campeonato decidido a Mercedes não resolveu levantar a moral do Rosberg Di Caprio, a coisa ano que vai voltar ao normal, Hamilton na frente até conquistar o Tetra.

    • André Fonseca disse:

      Henrique,

      Esquece, Rosberg não tem forças para bater Hamilton quando o campeonato está aberto.

      Pode até ser rápido nos treinos, mas em corrida ele “abre as pernas” se tiver que dividir uma freada. As chances dele se resumem a Hamilton ter algum problema no carro ou então uma Ferrari se colocar entre os dois carros das Mercedes.

      Num enfrentamento dos dois Mercedes, Hamilton acaba com o Rosberg.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *