DICA DO DIA

O Alexandre Neves diz que o carro da frente é o do Pedro Paulo Diniz. Na caça, Barrichello, Fórmula 3, 1991, Silverstone. É Silverstone, né? Pau puro.

Comentários

  • Tocada bonita do Rubinho.
    Nessa época, protagonizando F-1, F-3, F3000… 26 anos atrás…
    E hoje, nada. Só um Mateus Leist aqui, outro ali como coadjuvante…
    Que bosta virou nossa participação em automobilismo de monopostos.
    E a tendência é praticamente desaparecer.
    Pena.

  • O nº 1 (vermelho e branco)…Jordi Gene (West Surrey Racing, mesma equipe do Rubinho.
    Nº 19 (preto)…Rickard Rydell, sueco, pilotando o TOM´s Toyota 031F
    Rubinho utilizou um Ralt Honda.

  • o locutor até se assustou quando percebeu o Diniz na frente do Barrichello!

    o carro branco que aparece deve ser do Hineki Noda, que chegou a disputar algumas corridas na F1 naquelas equipes horrorosas de 94, 95

  • Esse vídeo é uma nostalgia de algo que nunca vi nem senti. Explico: nasci na década de 1990 e só tive contato com a Fórmula 1 atual; insossa, “high tech”, e cujos pilotos não pilotam verdadeiramente seus carros. Essa coisa de mudar a marcha com a mão é emoção pura!

  • Saudades…
    Foi uma temporada de F-3 sensacional (eu assistia os vt’s que passavam na tv cultura no sábado à tarde), que revelou muita gente boa, embora tenha ficado um gostinho de decepção haja vista que essa geração não obteve título na F-1 como se esperava… Acho que todos esperavam mais de Barrichello e Coulthard, Gil de Ferran nem sequer chegou à F-1, assim como André Ribeiro, Oswaldo Negri, Marcel Albers e Jordi Gene (os irmãos destes dois chegaram, mas não fizeram quase nada); Hideki Noda até fez uma ou outra corrida, e Pedro Paulo Diniz até se saiu melhor do que o esperado na F-1, visto que era muito fraquinho…

  • Algumas das melhores corridas de fórmulas que assisti eram as do Daniel Ricciardo nos tempos de F3. Se não me engano era o Sportv que transmitia. Nesta fase juvenil, pré F1 ou GP2/F2, a molecada une em doses ideais a habilidade e a falta de juízo típica da pouca idade. Além dos carros menos sensíveis à perda de downforce quando andam próximos. Corridas épicas.

    • É verdade. Em 91 foi quando fizeram a primeira reforma e surgiu aquele miolo antes de reta – já aparece nesse vídeo. Também castraram Zeltweg (a antiga era a pista mais animal que já vi, junto com Elkhart Lake, Suzuka e Laguna Seca), Hockenheim (nunca mais assisti a corridas depois que tiraram o trecho da floresta).
      Só Monza e Suzuka escaparam – espero que para sempre – das modernizações e tilkianismos.

      P.S.: só eu acho um tédio o monopólio da Rolex, do Santander ou da Emirates nos patrocínios nas pistas? Antigamente, em Monza, por ex., tinha patrocinador e outdoor de tudo, era bonito.