A VOLTA DA ALFA

[bannergoogle]RIO(tradição é tudo) – O grupo Fiat Chrysler, dono da Ferrari, oficializou hoje a conversão da Sauber à condição de time B de Maranello, usando uma das marcas da corporação, a Alfa Romeo — qua passará a batizar a equipe e os motores.

Gosto muito da ideia. Ver um nome forte como o da Alfa de volta à F-1 depois de 33 anos é muito legal. Foi um carro Alfa Romeo que venceu o primeiro GP da histórial, em Silverstone/1950. E a parceria garante o futuro do time suíço, que cambaleou bastante nos últimos anos.

Falta agora apenas definir os pilotos. Um, certamente, será o campeão da F-2 Charles Leclerc, nascido em Mônaco. Há uma boa possibilidade para o italiano Antonio Giovinazzi, também apadrinhado pela Ferrari. Marcus Ericsson tenta sobreviver com grana de patrocinadores suecos, mas acho que vai dançar. Assim como Wehrlein.

alfasauber

Comentários