Comentários

  • Felipe Massa não foi um completo fracasso, mas independente de ele ser rico ou não e também campeão ou não o que vale é sua postura na pista vista por todo mundo no Brasil como um segundo piloto descansado sem atitude na sua carreira em geral. O brasileiro não é muito bom em aguentar esse tipo de postura passiva na pista e prefere que o seu piloto brigue com todo mundo sendo valente em qualquer situação, e mesmo que o seu piloto não seja campeão pelo menos ele brigou até a últimas consequências, é isso que o brasileiro gosta de ver.

  • Não consigo admirar um piloto que se acomoda na posição de “vítima”, “injustiçado” pelos outros ou pela sorte, “coitadinho” ou “bom mocinho” para se manter na F1.
    É muito pouco.
    Felipe Massa não vai fazer falta na F1, como não faz mais falta para o Brasil ter Rubens Barrichello, Luciano Burti, Enrique Bernoldi, entre outros na categoria mais importante do automobilismo mundial.

  • Ai meus bagos! Posso sim dar minha opniao a respeito do Massa, ou qualquer outro piloto/esportista, mas como simples torcedor! Eu torço pelo Massa assim como torci pelo Rubens e tantos outros, inclusive extrageiros. Posso dizer que ele foi mal no campeonato/corrida, posso criar expectativa, posso dizer que ele fez cagada em determinado momento. Mas nunca, nunca mesmo, posso dizer que ele é um fracassado ou que não deu o melhor para chegar onde chegou. Se nao atingiu o que eu esperava, problema meu. Pra mim, as corridas que assisti, desde 1980, que achei mais legais nao tinham necessariamente um Brasileiro ganhando. Eu achei chato pra caralho o campeonato de 1988 com Senna e Prost disparando na frente, ai alguem me diz “seu gordo feladaputa! O Senna ganhou naquele ano! Seu animal!” Foda-se que o Senna ganhou, torci por ele mas o campeonato foi chato pra caralho. Eu torço mesmo por pega entre varios carros, por toques e ate mesmo enroscos (desde que nao hajam feridos). Nao foi bonito aquele enrosco gigante que teve na Belgica nos anos 90? Podemos torcer, podemos frustar nossas expectativas mas temos que ter consciencia que ali esta um esportista dando o seu melhor.

  • Ola Flavio,
    Eu nao acho o Massa um fracassado, isso e coisa de Brasileiros que foram BRAIN WASHED pela RG, estava vendo os comentarios no site da BBC falando da aposentadoria do Massa e a maioria dos comentarios sobre o proprio Massa era que ele sempre foi um bom piloto, nao extraodinario mas bom, Gringos elogiam o Massa mais que os proprios Brasileiros.

  • O Massa foi ótimo, nos tempos da Sauber era atrevido, achei que ele seria campeão fácil. Acho que o ápice dele foi em 2008, tinha tudo para ser campeão, infelizmente nada deu certo, não por culpa dele, coisas da vida. Acho que duas coisas baixaram a moral dele e desanimaram na temporada seguinte: a “molada” na cabeça e a a ducha fria de ser obrigado a ser escudeiro do Alonso. Em relação à “molada”, o próprio Piquet (assistindo a uma entrevista) achou que pode ter influenciado no desempenho, fazendo alusão ao acidente grave que sofreu. na Tamburello. Ele confessou que perdeu muito da competitividade depois daquilo. Depois, fico imaginando ser obrigado a se contentar em ser escudeiro do Alonso, não deve ter sido fácil escutar o “Alonso is faster than you”, foi cruel. Enfim, não acho de maneira alguma que foi looser. ele tentou, chegou muito perto de ser campeão e ficou milionário. Sem dúvida é um vencedor, só não chegou lá por forças externas e porque tem um bando de gente querendo ganhar como ele. Desejo que tenha sucesso, onde quer que vá. Confesso que gostaria muito de ver ele pilotando um WEC, acho que poderia ser um novo gás na vida dele. Infelizmente, parece que o destino, se for correr novamente, será na FE.

  • De todos os pilotos brasileiros que foram tentar a sorte no automobilismo na Europa, Massa é um dos poucos que chegou à fórmula 1 e lá ficou por 16 anos, nunca pagou para pilotar, Stroll só está pelo dinheiro do pai. Massa pilotou 8 anos pela Ferrari. Sempre foi bem pago. Tem 11 vitórias. Foi campeão por alguns segundos, até o Lewis Hamilton ultrapassar na última curva, na última volta. Tivemos o Massa antes da mola e depois da mola. Fez voltas mais rápidas, fez pole-position, em 2008 venceu 6 vezes, ninguém vence 6 vezes no mesmo ando sendo um piloto ruim, é um ótimo piloto, mas não é excepcional como o Senna, mas sempre foi bem acima da média. Boa Sorte Massa! Este ano não teve sorte, poderia ter vencido em Baku, não era o seu dia.

  • Olhando para carreira profissional do Felipe, sua história, suas vitórias, o mundo seleto e fechado da F-1 no qual ele entrou participou e venceu, seus tempos de classificação com um carro bom e acertado, Um campeonato mundial que todos nós sabemos que ele não o conquistou por incompetência da própria Ferrari + a pilantragem do trio – Flávio Briatore – Nelsinho Piquet e Alonso, só posso considera-lo um vencedor e profissional de caráter.
    E tenho certeza que lá em Mônaco, dentro da casa dele junto com a esposa e filho e ainda merecidamente com uma conta bancária muito gorda e bota gorda nisso fruto do seu trabalho honesto e cheio de riscos, ele não está nem aí para esses pobres de espirito que o atacam e o desrespeitam sem propósito algum.
    Triste é o pais cujo o povo precisa de ídolos para não encarar a sua mediocridade.

  • Fracassado? Um sujeito que vai se aposentar com menos de 37 anos e podre de rico é fracassado? Gostaria que o fracasso me abraçasse da mesma forma que assim o fez com Felipe Massa.

    Massa nunca foi um piloto brilhante, daqueles que prendem o telespectador na frente da TV sem piscar. É um sujeito técnico e tem seus méritos – suas 11 vitórias e seu vice-campeonato falam por si. Sua carreira é muito semelhante à trajetória de Michele Alboreto, que correu também pela Ferrari, conquistando um vice-campeonato e terminou sua passagem na F1 em times pequenos, colaborando no desenvolvimento.

    Francamente, eu no lugar de Massa não voltaria para o Brasil. Arriscar-me-ia nos ovais da Indy, na eletricidade da F-E, isolar-me-ia na Oceania correndo de Supercars ou na disciplina japonesa correndo de SuperGT. O automobilismo brasileiro está a beira do fim. Outra boa alternativa é deixar o dinheiro “render juros na caderneta de poupança” e viver bem distante, em Monte Carlo, curtindo a família e vendo o filho crescer.

    Gomes, seu vídeo foi brilhante. Porém surpreendente vindo de uma pessoa tão prepotente quanto você. Você dando lições de humildade?!

    Quanto o ódio semeado pelo país, agradeça aos seus heróis esquerdas, que tiveram mais de 12 anos para amenizar a grave situação educacional do país e não o fizeram. Lançaram uma cortina de fumaça na educação de base, privilegiando apenas o ensino superior com os FIES da vida, que incharam os bolsos de proprietários de universidades e carregaram de dívidas o pobre que somente queria ter um ensino superior.

    Quem escreve, não é um “direitista” ou “esquerdista”. É apenas alguém cujo o partido é a razão.

  • fizeram o mesmo com o rubinho, hoje o cara está muito bem na stock, uma categoria muito mais competitiva que a F1, pois não depende só dos carros, o felipe não é e nunca foi um piquet ou um senna, mas achou seu espaço, ainda acho ele um pouco abaixo do rubinho, mas quando teve carro sempre brigou na frente, mostrando que tinha capacidade, o que lhe faltou foi carro e uma pitada de sorte de campeao, tem que ter, se não não vai. acho que está na hora mesmo de parar e buscar novos desafios, a F1 virou a FM. formula muleque… é so o que tem por lá, que o digam felipe e o jenson.

  • Se não pode ser chamado de fracassado, também não pode ser chamado de vencedor, de um piloto de sucesso, ou que marcou época (no bom sentido do termo).
    Basta lembrar na forma como perdeu um título nos últimos metros em Interlagos, na ÚNICA oportunidade que teve de ser campeão. Também não devemos esquecer que após a parceria com Schumacher, só levou desvantagem nas disputas diretas com seus colegas de equipe. Um piloto que no fim de carreira foi contratado por sua experiência, mas que praticamente NADA acrescentou na melhora do carro da Williams ou do seu jovem colega de equipe. mais um ano ao lado de Stroll seria exatamente como foi ao lado de Bottas.
    Um piloto MEDIANO e só. Esse é o resumo do que é/foi Massa na F1.
    E discordo completamente dessa conversa que “após Fittipaldi, Piquet e Senna” o “coitado teve de segurar todo o peso da cobrança e da responsabilidade de representar o Brasil na F1”, que e usado quando se falam de Barrichello e Massa.
    Eles QUERIAM ISSO e se sentiam DO NIVEL DOS CAMPEÕES. Não vamos esquecer que eles desfrutaram de muita coisa boa com essa “responsabilidade” de suceder Senna, Piquet e Fittipaldi, uma MORAL que ABRIA MUITAS PORTAS, que os campeões construíram na F1, um reconhecimento e “selo de qualidade superior” que esses mesmos Massa e Barrichello não vão deixar de herança para os jovens pilotos brasileiros que estão na Europa e sonham chegar um dia á F1.
    Com esses dois pilotos, recordo mais de desculpas do que de vitórias. De lamentações diversas e raras voltas mais rápidas.
    Me desculpem, mas se não posso chamar isso tudo de FRACASSO, não reconheço como sucesso e desempenho/histórico satisfatório.
    E acho muito OPORTUNISTA anunciar novamente uma aposentadora bem na véspera do GP Brasil.. Tudo para ter aquela pataquada tudo de novo: O “povo” levando faixa de “Obrigado Massa” (pelo quê???), a choradeira do piloto, a familia do piloto emocionada, os aplausos das outras equipes, as homenagens, o especial no Globo Esporte, no Sportv, no Fantástico, no Faustão…etc, etc, etc. Todo aquele circo do ano passado, tudo de novo.
    Toda essa “emoção” para o Massa.
    Imaginem então se ele tivesse conquistado um título na carreira?
    Poderia ter combinado com a equipe de manter segredo e anunciar sua aposentadoria na semana do último GP, Abu Dhabi.
    Mas aí não teria todo aquele circo em Interlagos, né?
    O cara precisa do aplauso. Do tapinha nas costas, das homenagens, da aceitação alheia por ser “bonzinho”.
    Prefiro admirar pilotos que objetivam (e conquistam) vitórias. Que conquistam fã pelo seu talento diferenciado, não pelo seu “fair play” e simpatia.
    Cansado dessa coisa do “politicamente correto” forçado, e desse vicio generalizado de fazer média com incompetentes, só porque são “bonzinhos”.

  • Como chamar de fracassado o cara que ganhou pelo menos 5 milhoes de dólares por ano pelos ultimos 10 anos?
    Quantos de nós ganhamos isso durante toda vida!!! Quantos de nós somos os melhores no nosso trabalho? É muito fácil criticar o cara porque não foi o Senna que esperávamos. Durante seu tempo na F1 tivemos dois tetracampeões e ele não ganhou nem um. Mas… repito, quantos de nós fazemos o que gostamos e ainda ganhamos milões?
    Parabéns Massa!!! Vai curtir a vida!!

  • Uma coisa é chamá-lo de fracassado – coisa que obviamente não é.
    Outra coisa é enaltecê-lo como de ponta – coisa que obviamente não é.
    Um bom piloto, na “média”, fez sua parte.
    Nada mais que isso.

  • É bem isso que você disse mesmo. Torço para o Felipe, onde quer que ele corra. Vou continuar assistindo a Formula 1 normalmente, porque gosto da Formula 1! O brasileiro é um povo estranho, as pessoas me acham estranho porque não assisto futebol, mas acordo de madrugada para assistir corridas. Entre todos que conheço, tem somente um amigo com quem posso conversar/discutir sobre formula 1, que realmente entende e não fala besteira.
    Mas enfim.. lamentável essa época em que vivemos, sem tolerância, as pessoas querem ter uma opinião sobre tudo, sempre acham que estão certas e os outros errados.
    Parabéns pela carreira Felipe.

  • O brasileiro acha que tudo no mundo foi feito para ele vencer ou ser o melhor/maior sempre e assim ser reconhecido e aplaudido, e que ele pode se assenhorar do sucesso do conterrâneo ou pichar aquilo que entender como seu fracasso.
    Daí a insistência em dizer e querer que o resto do mundo engula que o RJ é a cidade mais linda, que o Cristo Redentor é o monumento mais belo que há, que o Amazonas é o maior rio do mundo, que Pelé foi o maior jogador, que Piquet/Senna/Fittipaldi foi o maior piloto, que SP é uma megalópole incrível com a melhor comida italiana que existe etc.
    Una-se esse sentimento à tacanhice que impera hoje em dia e ao desconhecimento nos assuntos em que a pessoa comenta de maneira imbecil, como foi no caso do Massa, cujo currículo fala eloquentemente por si.
    Um sujeito que nunca contou com qualquer apoio além do familiar para chegar onde chegou. Acaba cornetado por gente que, além de ignorante, acha que tem o direito de cobrar resultado.
    Não que nos outros países não haja idiotice, mas parece que nossa cota veio privilegiada.

  • Flavio, você me parece com dor no coração,,,,,,,sempre existirá aquele, ou aqueles, que passarão dos limites,…você é um cara da mídia,,,,vai dizer coisas que gostemos ou não……isso acontece com qualquer comunicador……..se vc se estressar com quem não gosta de um texto ou opinião ficará maluco…….eu mesmo não concordo com algumas de suas colocações mas não o ataco,.,,,,,apenas o digo o que acho e já levei carcada sua por isso….vc me parece que lê os comentários já com a faca nos dentes….relaxa.

  • Há,,,,, a velha desculpa…
    mas e a liberdade de expressão ???
    Uma coisa é se expressar, escrever, dizer algo, outra bem diferente é agredir.
    Infelizmente muita gente gente já não sabe e nem imagina a diferença.
    É como a moral, a educação e inteligência ou se tem, ou não.

  • gomes, normalmente evito ficar vendo videos na intrnet, prefiro muito mais os artigos, mais rápido ler do que assistir o cara emitir opinião, mais discreto, nao incomoda quem esta ao meu lado, fora que um bom texto é parte componente de uma boa argumentação, e sou apreciador de quem escreve bem (você, o vitor e a equipe de vcs, o nassif, o cara do cinegnose, o ico, a julianne, ate msmo o rommulos com o estilo doido dele)

    mas abro exceção pros seus videos, esses eu criei o habito de assistir

    parabens, bicho

  • Perfeita mais uma vez a sua análise, essa atitude em grande parte é responsabilidade da Globo, que não põe um tostão no desenvolvimento de pilotos/atletas, e quando ficam famosos ela aparece como um sanguessuga para ter audiência às custas de quem trabalhou e batalhou a vida toda.

    Ao Felipe parabéns pela bela carreira, mas acima de tudo pelo ser humano e caráter.

  • O Massa enfrentou 3 pilotos sensacionais, que de acordo com o critério que se usar, poderiam ser TOP 5 da história (Alonso, Hamilton e Vettel). Em 2007 e 2008 ele ficou muito perto de ganhar o campeonato. Não tem como falar que ele é um piloto fraco ou fracassado.

    • Estou de férias e fui matar a saudade da pista na granja um dia desses. Usei um chassi Birel de um amigo meu com pneus intermediários da mg.

      Como estou há muito tempo sem pilotar, há 2 anos sem nenhuma atividade física, e com 62 aniversários completos, tomei um pau de mim mesmo. Fiz umas 30 voltas, dei uma rodada e fui aparar grama uma vez.
      Sem contar que em 5 curvas no miolo eu não conseguia respirar.
      Isso não é caso para palmas, nem pensar. Mas o otario que pensa que o Massa é um fracasso, com certeza não conseguiria sair do box com um F1 na primeira marcha.
      Enfim, pilotar é foda. Bem foda.
      Que me dera ter sido um Massa. Estaria muito feliz, mesmo sem título de campeão.

  • Muito bom Flavio , disse tudo , já me peguei discutindo com essas pessoas , e sempre me arrependo ,pois a ignorância por si só se basta. Parabéns ao Massa chegou á F1 sem grana ,como muitos chegaram , tem um carro no museu da Ferrari onde só os campeões tem, poderia falar até amanhã . Vamos ignora-los ao ponto de ficarem entre eles. #boaflavinho

  • No mundo do futebol, uma das coisas que me chocou foi uma vez o comentarista Flavio Prado chamar um jogador fraco tecnicamente de lixo. Depois disso nunca mais ouvi esse senhor. Fiquei imaginando que se fosse um jogador que o chamasse de lixo se ele não iria pra cima desse jogador.
    Falar que a carreira de Massa é um fracasso não é verdade. Em 2007 e 2008 ele esteve entre os melhores. Tenho pra mim que o acidente que quase lhe custou a vida interferiu no desempenho que teve depois.

  • Flávio, PARABÉNS!!!
    Infelizmente essa é uma praga que veio junto com a internet, os “haters”. Muito facil pilotar um teclado e sair agredindo/denegrindo todos.
    O estranho é que a humanidade piora em vez de evoluir. Seja futebol, politica, religião, etc. Não dá pra discutir (no bom sentido da palavra) absolutamente nada em internet. Aparecem sempre uns ogros que entendem de tudo, xingam todos e tem raiva da vida.
    Acho que to velho.

    • Ele faz isso com certa frequência. Uma coisa é você medir as palavras para criticar e opinar sobre um assunto que conhece (“ele entrou em campo e não deu tudo o que podia”) e outra é partir para a ofensa pessoal (“ele é um chinelinho, lixo”).
      Fora que hoje vivemos a era dos “teóricos”, dos “craques de condomínio fechado”, que nunca pisaram num campinho ou num autódromo.

  • Flavio, pessoal…

    Nao e um fenomeno local, do Brasil.

    A facilidade com que as pessoas cospem, vomitam sem capacidade de analise, os seus mais profundos odios, frustacoes, xenofobias, pre-julgamentos e fenomeno mundial. A obscuridade que o cidadao tem com a internet lhe protegendo.. ou porque ele acha que esta protegido ou porque nao tem nocao mesmo… mostra o que o ser humano realmente e neste momento.. mostra o lado mais escuro da nosssa raca. E temos que combate-lo.

    O assunto e muito mais amplo. E algo que me motiva a escrever.
    Se for pra falar do Massa.. a memoria falha desses cidadoes imediatistas e egoistas que so enxergam um mundo dentro de 10 graus de visibilidade, nao tem nocao de que o cara foi por exemplo, um dos unicos a correr contra o Alonso e vencer em algumas ocasioes convincentemente… que o Massa foi Vice Campeao, talvez pelo detalhe de que nao fosse o Nelsinho ser desonensto.. nao ter bolas pra negar o que Briatori queria.. teria talvez sido campeao.

    A esperanca e que a evolucao genentica com o tempo elimine/diminua da raca humana seres como esse cidadao ultrapassado e sem desenvolvimento como “JO TETUDO” que comentou nesse blog.

    Abraco a todos.
    Andre

  • Bem, correr na fórmula 1, correr na fórmula 1 pela Ferrari por 7 temporadas seguidas, ser vice campeão pela Ferrari, ter dado a maior canseira em Lewis Hamilton em um campeonato, morar em Mônaco, ter o único carro não campeão do mundial de pilotos no hall da fama do museu Ferrari em Maranello, ter em sua conta do twitter vários pilotos e dirigentes exaltando que além de piloto diferenciado também um ser humano diferenciado (ex. Jean Todt), anunciar aposentadoria e ser chamado de novo pela equipe com tantos pilotos que ficam uma temporada ou nem isso no mundial mesmo com malas de dinheiro, correr no mundial por tantas temporadas sem precisar ser bancado por um grande sponsor, ter 36 anos e poder se dar ao direito de fazer o que bem entender da vida, bem, se esse é o perfil de fracassado para algumas pessoas poderiam por favor me dizer qual é o significado de sucesso?

  • Preciso, cirúrgico vídeo e palavras. Normal torcermos pelo piloto de nossa simpatia, mas daí pra cornetar desta forma passional-histérica como certas pessoas fazem pela web… Trata-se de sujeitos que procuram através da rede mundial de computadores purgar seus fracassos pessoais em qualquer coisa que sirva a este propósito néscio. Certo o Felipe de continuar “no estrangeiro”. O Brasil não o merece. Parabéns ao Massa pela carreira, sorte e sucesso em suas novas empreitadas. Em tempo: por vezes, nem ser campeão basta, é só observar o exemplo de Nelson Piquet.

  • Para quem acha que o Felipe Massa é um fracassado,vale lembrar que ele teve 11 vitórias na F1 e o tão badalado Gilles Villeneuve teve 6. Dentre os pilotos que conseguiram chegar na F1, o Felipe Massa é um dos gigantes

  • O cara foi vice campeão mundial, ganhou 11 corridas como o Rubinho correu mais de 270 GPs e ficou 16 anos na F 1. Ganhar 1 corrida de F1 já é difícil imagine 11. Assim como Barrichello é um excelente piloto. Ser campeão ou não depende de muitas variáveis. Jack Ikx e Stirling Moss nunca foram campeões e são super reverenciados no mundo do automobilismo. Parabéns Massa. Linda carreira que ainda pode dar outros frutos.

  • Queria eu ser um fracassado com o respeito que o Massa tem… sem contar o $$ tb.
    Respeito, algo difícil e que poucos conseguem.

    Pessoal que julga não aguentaria metade da pressão que ele enfrentou. Diferente do Barrica, o cara foi vice-campeão lutando até o final.

    Queria saber se essa galera que julga já ajudou algum atleta ? Já patrocinou o Massa para exigir dele algo ?

      • Em nenhum momento falei com o Barrica foi fracassado, nem me atrevo a isso. Só olhar para carreira do cara e o que construiu.
        Só quis colocar que o Massa quase foi campeão, perdeu por um ponto, lutando até a última curva. O Barrica foi 2x vice, mas já sabia que seria com o Schumacher dominando.

  • Sinceramente , ele não é fracassado não. Mas , não está saindo numa boa . Está sendo substituído , e não é nada legal sair assim, muito diferente do ano passado . Não foi um bom ano para ele , diferente do seu inexperiente companheiro

  • Engraçado, o MAssa perdeu o titulo em 2008, depois da bandeirada, por uma ultrapassagem sem necessidade do HAmilton (ele não disputava nada). Hoje, o Hamilton é “piloto brasileiro na F1 (A Globo faz isso com os idiotas , eles são em muito maior numero e se agrupam)”, e o Vettel é o “alemão inimigo (que raiva brasileiro tem daquele 7×1, ainda bem que ganharam dos penaltis na olimpiada, do time C da Alemanha). Vai entender.

    • – De tanto assitir ao canal globista sua mente já deve estar manipulada, senão doente. Como assim uma ultrapassagem sem necessidade de Hamilton em 2008?

      Os idiotas, de muito maior número que ” se agrupam” (risos) aplaudiram Verstappen na chuva em Interlagos, ano passado. E tentaram secar Hamilton e ser Vettel desde criancinha em 2008. Saia dessa visão limitada.

  • Nenhum piloto brasileiro que chega a F1 pode ser chamado de fracassado. O que existe são pilotos que fizeram mais sucesso, obtiveram melhor resultados, mas fracassados não há. Nem de longe. Fracassado é o projeto esportivo brasileiro, se é que há, em qualquer esporte que não seja futebol e talvez o volei. Um país deste tamanho que não consegue produzir atletas de ponta em quantidade e quando produz um, que consegue ficar em 4o. lugar numa olimpíada, chama o cara de fracassado.

  • Perfeito…As viuvas de Domingo transferem sua frustração…Esse video daria uma bela monografia… Isso de acreditar que é a gente quem a tem mais grande precisa acabar.
    O cara fez o que gosta e arrumou uma nota, representou muito bem e tem gente que o chama de fracasso…Quem sabe os males do Brasil não sejam na sua maioria por julgar assim

  • Olá Flávio, tudo bem?
    Assisti ao seu vídeo, achei muito interessante, mas ao mesmo tempo um tanto equivocado. Bom, não defendo os haters, e não acho o Massa um fracassado. Mas diante das oportunidades que ele teve, acredito que ele poderia sim ter se saído melhor, uma pena que não tenha conseguido. Isso, meu caro, é minha humilde opinião, como fã e espectador. Mas é óbvio que não sou especialista no assunto, nunca dirigi um carro de fórmula 1. Mas se não puder nem opinar em relação a um campeonato de fórmula 1, por não ter experiência no assunto, ou não ter conquistado coisas assim, não poderei opinar sobre nada mais, pois meus conhecimentos se restringirão somente àquilo que eu estudei, no meu caso contabilidade. Me espanta muito que um jornalista, bem sucedido como foi, não defenda a liberdade de expressão, mesma que seja contrária a sua.

    • “Mas se não puder nem opinar em relação a um campeonato de fórmula 1, por não ter experiência no assunto, ou não ter conquistado coisas assim, não poderei opinar sobre nada mais, pois meus conhecimentos se restringirão somente àquilo que eu estudei”.

      Ótima descrição do direito que todos tem de ter uma opinião.

      Eu sou músico, compositor, arranjador e produtor, é o meu trabalho, é do que vivo há mais de 40 anos, todo santo dia escuto calado opiniões absurdas de leigos, gente que não conhece absolutamente nada de música e do mercado, geralmente falando bobagens, como se fossem haters. Ora, só porque são leigos não tem direito a ter opinião? Claro que tem! Não são haters, são leigos! É isso aí.

      Eu também não acho o Massa um fracassado, nem sensacional.

    • Opinar, todos podem. Acho que o dono do blog não se opõe a isso. O que ele abordou é que hoje, muitas vezes, as pessoas, sem qualquer conhecimento que baseie o que dizem, não opinam, mas achincalham as outras. Uma coisa é você dizer que o Massa fez o que tinha que fazer, que já não tem mais o que conquistar, que falhou em momentos decisivos ou teve azar, que parece desmotivado etc. Outra é chamar de fracassado, lixo, vergonha nacional etc.

    • Uma opinião respeitosa é bem diferente do que esses verdadeiros fracassados fazem. Um imbecil frustrado pode ir lá e colocar a boca no trombone virtual, mas nada o exime de criticismo. O argumento do Flavio não tem nada a ver com o “não gosta, faz melhor”. É pura questão de respeito. Até porque toda essa multidão de palermas nunca faria algo assim pessoalmente. São covardes, oportunistas e sem conhecimento algum.

  • Nada a ver.Uma pessoa que se aventura no esporte pode e deve ser chamado fracassado se não obteve os resultados que ele é a torcida esperavam.Isso não tem nada a ver com divan ou com manhãs alegres de domingo.Tem a ver com torcida.Todo e qualquer esportista sabe que se perdeu oi se foi mal, fracassou
    Massa é mais um desses.Nao importa se eu sou fracassado ou se sou bem sucedido.Isso não altera o fato de o Massa continuar um fracasso.

  • Confesso que às vezes discordo de você em algumas colocações (discordar sim, atacar nunca, cada um tem direito a ter suas opiniões…); dessa vez, você falou (escreveu) exatamente o que sempre pensei. Tem gente que nem baliza sabe fazer, deu caixinha pra passar no exame prático de volante e se acha no direito de espinafrar os pilotos brasileiros, como se fossem experts no assunto. Parabéns pela colocação e agradeço ao Felipe e a todos os pilotos brasileiros que já passaram pela F1.

  • Concordo com tudo o que disse Flávio, vivemos uma época de extrema intolerância.
    O Massa é uma pessoa a quem devemos tirar o chapéu, vibrei com ele quando disputou ponto a ponto o mundial de 2008, fiquei preocupado com o grave acidente sofrido por ele e fiquei muito feliz em vê-lo bem de volta a F-1.
    Parabéns Felipe!