DESAFIO DO DIA

Posso dizer, apenas, que o motor é DKW. E é no Brasil, evidentemente. Quem sabe onde, quando, quem, o quê, exatamente?

degesso

Comentários

  • Não tem nada de carroceria de gesso, isto é lenda. Apenas foi utilizado o gesso como base para pegar a forma nas treliças de arame, e, consequentemente, a carroceria foi feita de fibra de vidro em cima deste molde de gesso. O motor é DKW e foi construído pelo piloto Marcos Veiga Jardim. Jovino

    • Endosso suas palavras… mostrei a matéria a um irmão e ele, apesar de bem jovem na época, lembrou da construção desse carro entre outros… Eu mesmo bem mais novo me lembro de tantas coisas ali naquela Oficina na Antiga avenida 67, hoje avenida independência… ainda me lembro de quando o Emerson veio à Goiânia testar o recém construído autódromo e utilizou um pequeno fórmula, não me recordo qual, talvez uma fórmula V (? ) não me lembro bem… mas era vermelha e presenciei quando ele chegou do teste pilotando esse fórmula pelas ruas da cidade… passou por mim e parou o fórmula a poucos metros…. se não me engano na porta da Auto Minho… vizinho ali do professor Marcos… cresci vendo essas coisas… esses bolo dos… esses cheiros “perfumados” dos motores DKW… Simcas… gordinis.. fuscas… interlgagos…pumas… protótipos de todos os modelos… isso me enriquece culturalmente de certa maneira… me sinto um cara de sorte por ter todas essas informações hoje em dia… coisas que muitas vezes me recorro para entender, supostamente, um fórmula um hoje em dia… podem até ter tecnologia “espacial” mas ainda tem quatro rodas… já tiveram seis (tyrrel p34)… acompanhei tuuuuudo aquilo desde bem novo…

    • Caramba..é o Marquinho mesmo….caramba……meu professor…
      Partiu pro outro plano fazendo o que mais gostava de fazer..
      Marquinhos nasceu na cidade errada..na hora errada no tempo errado..
      Um mestre…eternamente um mestre…………………

  • esse foi um carro feio sob medida encomendado a carrol shelby, o que depois viria a ser o shelby cobra. para as filmagens do filme 300km por hora com Robertão.
    foi enviado somente a carroceria porque mecanicamente o motor dkw dava conta dos 300km/h. apenas por precaução foi feita essa boca maior para uma melhor ventilação.
    nota-se a lente objetiva na entrada de capo do veículo.

  • É o protótipo bimotor construído em Cascavel, PR, no final dos anos 60 por Deoclides Carpenedo e pilotado por Valdir Favarin. O carro sofreu várias modificações ao longo dos anos, tendo várias configurações de motores (sempre 2), 2 DKW (a original), DKW e VW, 2 VW, Corcel e Simca.
    Parece que foi utilizado até 1975, último ano da Divisão 4. Ouvi uma estória de um acidente em Cascavel, não sei se foi no treino ou corrida, o choque entre o Bimotor e o poderoso e imbatível protótipo Hollywood Berta Ford do Luiz Pereira Bueno, que tentava ultrapassá-lo.
    O Bimotor foi totalmente restaurado e hoje usa 2 motores VW boxer.