MENU

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019 - 11:33Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: ANDREA WILLIAMS

8 comentários

  1. CRSJ disse:

    Pelo que está se vendo na Williams parece ter o seu Fim anunciado, ainda bem que hoje a F-1 não tem 30 carros num treino e a pontuação vai além dos seis primeiros, senão a humilhação iria ser bem maior nos tempos atuais ficando fora do grid de largada e não pontuando no campeonato.

  2. Giovanni disse:

    A Williams só foi bem em 2014 e 2015 por causa do motor Mercedes que era infitnitamente melhor do que os outros, porque em circuitos de baixa velocidade andava pra atrás do 10° lugar. Basta ver também que em 2013, último ano dos motores V8 em que não havia diferença entre os motores pois todos já estavam super desenvolvidos, a equipe foi a penúltima no campeonato e diziam que o Massa era louco de ir pra lá, mas que só foi pq sabia que o motor Mercedes era absurdamente melhor que os outros e compensava a deficiência do carro.

  3. sandro disse:

    Opa…..a Brawn fez milagre com Jenson Button, mas hoje me dia é difícil mesmo.

  4. pedro araujo disse:

    off topic, mas bem interessante, gomes e pessoal:

    http://www.tenhomaisdiscosqueamigos.com/2019/02/19/porsche-disco-vinil/

    a porsche usou o material dos pneus usados em le mans 2017 pra fazer uma edicao limitada de um disco de vinil

  5. Rodrigo disse:

    É um ponto fraco das equipes garagisti, todas elas, o fato de serem embasadas em pessoas físicas. A equipe garagista É o garagista. Equipes de montadora, pessoas jurídicas, são mais adequadas para o longo prazo e para a realidade atual da F1. Nada é pra sempre, seu Franco já fez muito e é bem difícil imaginar a essência da equipe com outros no comando, numa hipotética passagem de bastão.

    Três futuros:
    1. Seu Franco é rabudo, fecha com algum fornecedor certo na hora certa, e tudo dá tão certo que até o Head volta e a equipe recupera a cabeça;
    2. Passa-se o bastão, e algum cover do Bernie Ecclestone suga o que puder do espólio, com algum sucesso no curto prazo e depois babau;
    3. A Williams vira uma nova velha Mclaren, totalmente desvinculada das origens, de original apenas o nome.

  6. willian hoffmann disse:

    Já vai tarde…nunca valorizou os pilotos que foram campeões em sua casa…todos foram dispensados no ano seguinte, salvo Jaques Villeneuve em 1998, Ultimamente entrou nessa “vibe” de pilotos pagantes …Pastor Maldonado (PEDEVESA) Lance Stroll (PAPAI PAGOU PASSOU), Sirotkin… e agora trouxe um piloto aposentado (KUBICA) …..some a tudo isto a esta catástrofe de administração financeira/esportiva chamada Claire Willians e deu nisso que estamos vendo neste início ano….seu caminho vai ser um final melancólico, pois, teve a chance de se reerguer se topasse a proposta da Mercedes para passar a ser Equipe Satélite…. mas, .pela Soberba que sempre lhe foi peculiar (PAI E FILHA) não topou. … acho que já deu. BYE BYE WILLLIANS.

  7. Saima disse:

    Uma das coisas mais bonitas, e tristes, que já li na minha vida está no “Vida e Destino”, do Vasily Grossmann:

    “Assim é o tempo: tudo passa, mas ele fica. Tudo fica, mas só o tempo passa. Como o tempo passa ligeiro e silencioso. Ontem mesmo você era seguro, alegre, forte; um filho do tempo. Mas hoje veio outro tempo e você ainda não entendeu”.

  8. João Ferreira de Souza Neto disse:

    Ainda acho que a Williams nem vai colocar o carro na pista neste quarto dia, talvez dê uma volta e entra nos boxes.

Deixe uma resposta para Giovanni Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>