QUEM TEM BAKU… (2) – MASSACRE

baku192
Festa finlandesa: sem erros, sem emoção, Bottas leva mais uma

SÃO PAULO (no gás) – Não foi a corrida que eu esperava. A Ferrari não foi forte o bastante. Vettel não fez corrida autoral nenhuma. Leclerc é bom mas não opera milagres. Ninguém acertou o muro e não teve safety-car para embaralhar as cartas. O melhor momento da prova foi Ricardão engatando a ré e acertando Kvyat parado atrás, num acidente típico de estacionamento de shopping. Em meio ao nada quase absoluto, os aplausos, claro, devem ser dirigidos à Mercedes, que vem massacrando seus adversários.

E é só ela, mesmo, que merece elogios rasgados neste GP do Azerbaijão. Por sua competência e esportividade. Bottas venceu com Hamilton em seus calcanhares nas últimas voltas. E em nenhum momento algum palhaço entrou no rádio para falar alguma bobagem do tipo “ele está mais rápido” ou “sequestramos seu cãozinho.”

Foi a quarta dobradinha da Mercedes nas quatro primeiras corridas do ano. Um início de temporada tão avassalador nunca tinha acontecido na história da F-1. Valtteri chegou à sua quinta vitória na carreira, segunda no ano. Lewis ganhou as outras duas. Por conta daquela volta mais rápida de Melbourne, que lhe rendeu um ponto extra, o finlandês lidera o Mundial com 87 pontos. Hamilton tem 86. Está aberta a disputa. Como em 2016, ficará entre os dois prateados. Nosso simpático Sapattudo terá fôlego para levar a briga até o fim? A inspiração deve vir de Rosberg. Aliás, se eu fosse ele, contrataria Nico como “coach”.

(Odeio esse negócio de “coach”. Quando desembarco em Congonhas, no saguão onde a gente retira as bagagens, tem uma foto enorme de um cara de um instituto qualquer de “coaching”. Que merda é “coaching”? Tenho ódio desse cara da foto do saguão de Congonhas. Não sei quem é ele, mas tem cara de canastrão e picareta.)

A linda cidade de Baku recebeu com sol e temperatura de 20 graus um grid desfalcado de alguns carros que tiveram de largar dos boxes, entre eles o FNM de Raikkonen, punido por uma irregularidade na asa dianteira. Ao contrário dos anos anteriores, a largada foi das mais civilizadas de todos os tempos, com todo mundo deixando espaço para quem eventualmente tentasse alguma coisa. Bottas e Hamilton contornaram as primeiras curvas lado a lado dizendo um para o outro: vai você! Não pode ir você primeiro… Não, vai você… Então tá bom, vou eu.

E, dessa maneira, Valtteri manteve a ponta e rapidamente, em quatro voltas, já tinha quase 3s de vantagem para o companheiro de equipe, com Vettel e Verstappen na escolta. Esperava-se algo diferente de Leclerc, porque ele estava de pneus médios, mais resistentes. O monegasco fez o que dele se esperava. Perdeu duas posições na partida, porque seus pneus tracionaram menos, mas não demorou para se recuperar. Na décima volta aparecia em quarto, já que a turma da frente começou a sofrer com a borracha macia — os tempos de volta despencaram, e Charlinho aproveitou para ganhar terreno.

Na volta 11 começaram os pit stops. Vettel parou na 12ª, Bottas na 13ª, Hamilton na 14ª, Verstappen na 15ª. Leclerc, que esticaria seu primeiro stint, assumiu a ponta e chegou a ficar mais de 12s à frente do #77 da Mercedes. Mas era questão de tempo a aproximação de todos. Com os mesmos pneus médios, mas muito mais novos, todos começaram a chegar. Na volta 32, Bottas passou e reassumiu a liderança. Na 33, Hamilton fez o mesmo. Na 34, Vettel. Na 35, finalmente Leclerc parou para colocar macios. Voltou em sexto, atrás de todos eles, de Verstappen e ainda de Gasly, outro que não tinha feito pit stop ainda.

Então a prova se acomodou, com Bottas controlando a diferença para Hamilton sem sustos. Foi só na reta final da corrida que Lewis esboçou alguma coisa. Na volta 46, a cinco da quadriculada, começou a apertar o ritmo para tentar diminuir a distância para menos de um segundo, o que lhe permitiria abrir a asa móvel na perseguição ao parceiro. Leclerc, isolado em quinto depois da quebra de Gasly, parou uma segunda vez para colocar pneus macios novos e correr atrás da melhor volta e do ponto extra. Conseguiu.

Nas últimas três voltas, Hamilton encostou. Mas não o bastante. Seguro, Bottas não cometeu um erro sequer e acertou suas contas com Baku. No ano passado, lembremo-nos, liderava quando seu pneu estourou no finalzinho da corrida. Desta vez, nenhuma surpresa ruim. Manteve-se frio e sereno até receber a bandeirada, com Hamilton em segundo e Vettel fechando o pódio. Max foi o quarto, seguido por Leclerc. Fecharam os pontos Pérez (especialista em Ku, como ele chama carinhosamente a pista que já lhe deu dois pódios), da Ponto de Corrida, a dupla da McLaren Sainz Velocidade e Mini Norris (um desempenho bem aceitável do time laranja, que comemorou bastante), Strollvenga (a ex-Force India se dá bem no Azerbaijão) e Raikkonen. Vale a menção a Kimi, que fez pontos nas quatro corridas do ano.

Hamilton cumprimentou Bottas discretamente assim que o encontrou no estacionamento debaixo do pódio. “Ele mereceu a vitória”, admitiu. “É o melhor começo de temporada de uma equipe na história e sou grato por fazer parte disso.” Uau, quanta elegância! Valtteri falou com a eloquência de sempre: “Não foi fácil, embora não tenha acontecido muita coisa lá na frente”. Putz, quanta emoção. Já Vettel estava conformado. “No momento, tudo que podemos fazer é segui-los”, falou o alemão, terceiro na classificação com 52 pontos. São 35 para descontar do líder sabe-se lá como. “Se a gente não conseguir uma reviravolta em Barcelona, vai ficar difícil”, constatou. Vai mesmo.

Comentários

  • Ainda tem gente que perde tempo vendo isso aí. Que esporte é esse
    em que tu já sabe quem vai ganhar. há cinco anos é assim:
    uma equipe saboreando um filé e outras nove roendo um osso.
    Querem incutir na mente de otários uma falsa competição. Isso aí
    pode ser tudo menos fórmula 1. Lamentável.

  • Prezado F&G : A corrida mostrou que a vitória de Bottas foi simplesmente espetacular, ele suportou a pressão de Lewis H. A Ferrari errou em sua estratégia e prejudicou seus dois pilotos. Max Vesp. menino comportado .Kimi fez uma ótima corrida saindo do Box. A equipe Mclaren esta procurando acertar e evoluiu muito, ao passo que a Renault teve um péssimo acerto para pista prejudicando sua corrida.
    MELHOR DA CORRIDA: vitória de Bottas , foi a melhor corrida da vida dele, também beliscou a melhor volta, como se diz no Golf ” Holi in one ” ( com uma tacada ganhou o prêmio ).
    O PIOR DA CORRIDA : O Vexame da Equipe Willians.

  • Daniel Ricciardo, o famoso “Canguru Terceirizado” (nunca passou de terceiro nos Mundiais), salvou a insossa corrida em Baku com uma dupla lambança. Perdeu a tomada de curva e entrou numa rua sem saída. Engatou a ré e bateu no carro de trás, pilotado pelo antigo companheiro que o derrotou na Red Bull. Vingança tardia, talvez?
    Os comissários do Detran, digo, da FIA multaram a cópia do Mark Webber e o encaminharam para uma reciclagem na Auto-Escola mais próxima.

  • As estratégias da Ferrari estão esquisitas esse ano. Leclerc não é milagreiro, mas a equipe não colabora.

    A Globo corta a transmissão e manda assistir o resto no site. O que custa passar o pódio ? O que tem importante no Esporte Espetacular? Nada !
    Nem falou da classificação final, pontuação, próxima corrida…

    A pergunta é: custa tão caro assim para passar o pódio?

    • Claro que tem coisa mais importante no Esporte Espetacular. Deve haver dois repórteres agindo feito bobos ao mostrarem um esporte tipo o Curling, com crianças desajeitadas praticando-o e mascotes do naipe do João Sorrisão pulando dm volta.

  • Coaching é uma profissão séria, baseada em métodos científicos e que ajuda milhares de pessoas todos os dias. Como em qualquer profissão, assim como no jornalismo, tem profissionais que não são sérios. Se você não conhece, pode pesquisar e aprender, é o mínimo a se fazer antes de publicar sua opinião publicamente e formar outras opiniões. E não desrespeitar pessoas e seus trabalhos com comentários infelizes demostrando ignorância no assunto.

  • Olha, acho que no final da corrida teve um radiozinho sim…tanto que o Bottas tinha feito a melhor volta e a Mercedez pediu pra ele se acalmar. E se reparar foi um pau danado no fim da corrida, se o Bottas não tivesse no máximo o Hamilton tinha ultrapassado. Inclusive na última volta teve um retardatário que ajudou manter velocidade

  • Bottas, quando inspirado, é igual ou melhor que o Rosberg. Nesta temporada ou Hamilton mostra logo quem é o alfa do time ou corre o risco de começar a encher a cara abraçado com o Vettel nas tardes pós corridas.

  • Quarta dobradinha em quatro corridas no ano! Marca histórica! Nenhuma, repito, nenhuma equipe na história da Fórmula 1 havia conseguido isto! Com competência na Austrália, na China e no Azerbaijão, e com arrojo e sorte no Bahrein (sou torcedor da Mercedes, mas não sou cego – o arrojo se deve ao ritmo do Hamilton e à ultrapassagem sobre Vettel, que errou e permitiu a Bottas alcançar o terceiro lugar, e a sorte se deve ao fato de o motor Se Ferra-ri do Leclerc ter ido para o espaço – ou seria para o saco? – permitindo a dobradinha), a Mercedes fez o que nenhuma outra equipe jamais havia alcançado: nem a McLaren de 1988 e 1989, nem a Williams de 1992 e 1993, nem a Se Ferra-ri de 2000 a 2004, nem a Brawn GP de 2009, nem a Red Mula de 2010 a 2013. Nenhuma.

    Ah! E para quem falou que eu sou torcedor do Hamilton ou do Bottas na publicação passada, segue a resposta: sou torcedor da Mercedes. Logo, não faz a menor diferença entre quem é o primeiro ou o segundo, se quem ganhou foi o Valtteri Bottas, o Lewis Hamilton, o Nico Rosberg, o Michael Schumacher, o Will Smith, o Juan Manuel Fangio, o Stirling Moss ou o Flavio Gomes! Se for de Mercedes, está ótimo! Se fizer dobradinha, melhor ainda!

    Quero mais Mercedes! Quero mais dobradinhas!

      • Eu não sei se você se faz de burro ou é realmente burro.

        Para você, todo mundo que gosta do Ayrton é o Segafredo. Se for muito difícil para você comparar o tipo de escrita e construção de frase, olhe a figurinha. Isso mesmo, leia a figurinha. Cada um que comenta, independentemente do nome ou aparelho, possui a mesma figurinha. Então se eu escrever que sou o Bobo Pinto do computador da minha mãe, a minha figurinha será a mesma. Entendeu? Vai parar de ser chato.

        Se você ainda não entendeu, eu juro que te mando o meme do Caetano Veloso.

      • Sennafredo, se você fosse um espião da Spectre, nem o 007 iria conseguir te pegar!
        É muito nick fantasma para um blog só.

        OBS: A resposta está valendo para os dois nicks.

      • Vou dizer pela última vez……..

        Não sou o Mclaren-12….
        Não sou o Renato F1……
        Não sou o Vicellez…….

        Só porquê várias pessoas com visão boa do esporte pensam como eu, não quer dizer que seja eu! Voces Schukruzetes são tão doentes e cegos que não percebem um caminhão na frente do nariz.

        Outros nicks que usei no passado:

        -TagHeuer
        -Micromax……………………….e só.

  • Charles Leclerc é um tremendo talento, está colocando Sebastian Vettel no bolso em termos de velocidade e arrojo, mas quando a temperatura da chaleira sobe, como foi no treino de sábado, ele apita. Ao menos por enquanto. Uma pena, pois parece ser o único capaz de deter as Mercedes nesta temporada. Deter é modo de dizer, claro, dificultar as coisas seria o termo mais adequado. Torço para que assim seja, porque senão o campeonato deste ano vai ficar chatérrimo de assistir.

  • Bela corrida do Bottas. Os Deuses da velocidade devolveram a corrida que dele tiraram nas voltas finais no ano passado. Impavido, demolidor Bottas. Derrotou o melhor piloto da atualidade com o mesmo carro. Como fez o Rosberg, esse merece ser aplaudido de pé. E o resto é resto. A Ferrari está ferrada, KKKK. O Vettel a mesma piada de sempre, só anda com carros super dominantes, o Leclerc está botando ele no bolso direitinho, enquanto os engenheiros de merda o tiram da corrida com suas estratégias mirabolantes e toscas.

    • A unica coisa que discordo de seu comentário é o “mirabolante” ,pois pode significar algo muito ousado . Más concordo plenamente com o :TOSCO , e muito ruim em gerenciar corridas e ego .
      E como fazem sempre a pior opção , para o segundo piloto que a olhos vistos é muito melhor que o primeiro .seria proposital ou pura incompetência mesmo ?
      A direção da Ferrari já deveria ter percebido que Vettel nunca será um Schumacher ,e o adversário principal , em termo de equipe é muito melhor ,tanto na parte técnica como estratégica. Afinal Mercedes não é referencia mundial em qualquer segmento da produção veicular ,por acaso .,mas sim por capacidade técnica .e isto ,dese sempre !.
      Se a FIAT dona da Ferrari acha que ganhará o mercado alemão com seus carros ,por privilegiar um piloto alemão , também esta cometendo um outro erro absurdo , pois nenhum carro da FIAT por melhor que seja , sempre terá um similar alemão que seja tão bom ou até acima ,na mesma categoria . E olhe que eu particularmente se tivesse condição teria uma Alfa Giulia Quadrifoglio Verde ou um Stelvio ,para meu uso ,mas eu não sou descendente de alemão , mas a origem materna da minha mãe é italiana (Riposto/Sicilia)

  • Temos um campeonato.
    Mais um vitória de Bottas, colocando pressão no favorito ao título.
    Leclerc será primeiro piloto da equipe ainda este ano e se a Ferrari conseguir acertar o carro pode entrar na briga.
    Verstappen quatro corridas sem um erro sequer??? Nunca duvidei dele.
    Vettel??? Renault??? Hass??? O que há com vocês.
    Giovinazzi enfim estreou na F1.
    Norris/Albon/Russel, embora estreantes, merecem melhores acentos na F1.

      • Ué, achei que você não tinha favorito entre os dois.
        Você tá perdidinho. Leva paulada do blogueiro, começa a prestigiar o Verstappen, perde apostas seguidas……
        Barbaridade Senafredo, por essas e outras perde de 10 x 0 nos comentários pro Pinto.

      • Chagas, com certeza é o Sennafredo. Essa “viúva” começou com a mania de nicks falsos, quando torcia por Alonso. e saía do sapato. O FG, de saco cheio, o bloqueava e o que acontecia? Surgiam nicks falsos com o mesmo texto recalcado e tendencioso.

      • Só escrevo com esse nick tem uns 4 anos já…..Simpatizo e gosto do estilo do Alonso sim, e volto a dizer que depois de Senna ele junto com Hamilton foram os melhores….tendo Hamilton já superado o espanhol. Mas no quesito talento natural e pilotagem marcante e espetacular….tanto um como o outro terão de comer muito feijão pra chegar perto de um Ayrton Senna.

      • Chagas………

        -Não simpatizo com o merdinha holandês

        -Com relação ao BoboPinto estamos empatados nas apostas….ele perdeu uma e eu outra.

        -Pra vc dizer que perco nos comentários pra ele, só se for nas piadinhas besta que ele escreve, ou então vc é o próprio BoboPinto, o que é mais provável.

        ………
        obrigado Flávio por liberar meu nick novamente!

      • Notícia boa chegando! O FG liberou o nick master do Sennafredo.
        As Hamiltetes Espevitadas, os Renatos Firulas e as Viúvas Solteironas vão descansar um pouco.

        Como você conseguiu a liberação, xará? Prometeu ser bonzinho nos comentários?

  • A Ferrari resolveu jogar sua roleta russa com Leclerc nessa tática bisonha de ficar 35 voltas na pista até o Pit Stop, nisso acabou impedindo que ele brigasse com o Vettel ou ameaçasse tirar o seu terceiro lugar, pobre Ferrari.
    Quarta Dobradinha consecutiva da Mercedes, pelo menos com dois vencedores diferentes em quatro corridas, esse é o prêmio de consolo do torcedor.
    Toto Wolff coçou o dedo no comunicador pra dar uma ordem de equipe em favor do Hamilton. Pelo menos o Bottas nessa conseguiu apagar a frustração do ano passado com o furo do pneu a três voltas do fim quando liderava.
    E a nanica Williams vai nos convencendo a cada corrida que vai ficar zerada esse ano, nem sei se um milagre de Deus conseguiria quebrar essa escrita.

  • Todos comentários ótimos,. Tenho um palpite aqui, claro que é facil falar agora. O carro da Ferrari ano passado era melhor e perderam por erros de vettel e da própria Ferrari. O desse ano lidera os treinos livres e as retas. Só. Daí o binoto fala em achar o ponto fraco? Sinceramente, como hefe de equipe tá devendo. Todo mundo percebeu que o pneu faixa amarela era mais rápido. Por pneu duro era temerário, agora no leclec poderiam ser duas paradas. Duas vezes amarelo e vermelho pra 10 voltas. Aproveitaria melhor a corrida e serviria de parâmetro pra outras. Não arriscam, previsíveis, atuam tarde. Problema da Ferrari está nas estratégias, sei que é difícil acertar mas pra dar certo vc tem que blefar as vezes

  • e esse tal de ‘senna day’?
    mas q coisa macabra e de mau gosto…
    e ainda tem gente q paga!
    quem matou senna?
    pq frank e a williams foram poupados?
    a williams é, no mínimo, historicamente complicada
    (todos lembramos do q a williams aprontou com piquet em 86 e 87)

    • E ainda armaram descaradamente pro Schumacher em 94. Armando as exclusões na Itália e em Portugal pois sabiam que eram super favoritos nas duas pistas e que sem Schumacher, Damon Hill ganharia ambas corridas e encostaria no Alemão tendo grandes chances de levar o caneco. E o Schumacher estava ciente disso e se sentindo injustiçado acabou fazendo o que fez na Austrália.

  • “A Ferrari fez isso errado ou deixou de fazer aquilo certo…”

    O que a Ferrari fizer ou não, não fará nenhuma diferença diante do massacre, como bem disse o Gomes, que a Mercedes está impondo na temporada.
    O campeonato já foi para o saco (da Mercedes). O restante vai continuar passando vergonha, corrida após corrida.

  • 1) “Inferior BOTTAS vence o magnífico HAMILTON”. Mas como ele é inferior, melhor não enaltecer muito, ele nem é brasileiro (o Hamilton é).
    2) VETTEL ( o alemão sangue ruim) “que não é mágico” não consegue vencer a Mercedes, por isso está na sua pior fase de todos os tempos, em terceiro.
    3) Sensacional e injustiçado LECLERC, (o queridinho e vizinho do GALVÃO), piloto que vai salvar a audiência da F1 na Globo não fez nada de mais, mas foi tudo culpa da FERRARI. E lógico o Vettel passou mas sei não, pode ter sido ordem de equipe. Coitadinho. Ahh e bateu no treino por sabotagem do Binotto, para preservar o Vettel.
    4) Mercedes domina o campeonato com folgas, mas não é por mérito deles, é tudo culpa da FERRARI que não quer fazr um carro melhor e vencer. é bem fácil fazer isso, é só fazer um carro melhor que um alemão. é bem simples alemão não entende nada de máquina.
    ……………tentei fazer os comentários mais infantis possíveis. Pode até usar como chamada de matéria do Grande Premio………………..

  • pra mim não tem disputa nenhuma o hamilton vai ser campeão. falar que o bottas esta na disputa como o rosberg é tentar se enganar é o espectador, o campeonato esta morto

  • Deu agonia ver o que fizeram com o Leclerc volta a volta perdendo 1 a 2 segundos por volta e a incompetente Ferrari deixando a corrida rolar.
    A Ferrari é a equipe que mais troca de “chefe” e parece procurar os piores, esse que está no comando atualmente não sabe o que é F1 , vai dançar logo.
    Esperar a entrada do carro de apoio? Ligar para projeções e estatisticas? Não tem funcionado.
    Coisa de quem não tem domínio pleno do que faz.
    Mercedes campeã de 2019.

  • Bottas demorou dois anos para se aclimatar ao carro da Mercedes, permitindo que Vettel metesse uma cunha entre os prateados, conquistando dois vices em 2017 e 2018.
    A mamata acabou! Os pilotos da Ferrari e da Red Bull terão que correr atrás do TERCEIRO LUGAR no campeonato e tá de bom tamanho!
    Os demais “competidores” ainda poderão brigar pelo SÉTIMO LUGAR em uma temporada onde três categorias correm juntas.

  • A imagem de Toto Wolf com o dedo n9 gatilho, melhor dizendo, no botão com aquela vontade de ordenar uma troca de posições no finalzinho da corrida…
    Pensei naquele momento: lá vem outra patifaria do chefão da Mercedes. Eu acho que o fantasma da Rússia assustou o Boss.

    • Perfeito!

      Você no sofá da sua casa e ouvindo o narrador da Globo falar um monte asneira consegue saber o que a pessoa está pensando e qual dos 38 botões iguais quer apertar.

      Palavras quase perfeitas. Melhor que isso, só o seu silêncio.

      • Oh, McLaren… Sejamos sinceros! Final da corrida, Bottas na frente e Hamilton na cola. Wolf com a mãozinha tremendo para apertar um botão… que acabou não apertando ao perceber que estava sendo filmado (em close, ainda por cima).
        A corrida terminando, os pilotos em total concentração, você acha que ele ia apertar um certo botão para quê?

      • Eu falei a mesma coisa que o J Fernando e você deu total razão a ele depois de ter questionado o que eu disse.
        O Pinto tá certo! Você é uma viúva raiventa e tendenciosa!

      • Amigo Mclata…….

        Esses fãs do Schumacher/Vettel e Piquet não suportam toda grandeza que o Ayrton representa, Não entendem como um campeão com 3 titulos pode ser maior contra outros com 7 ou 4 títulos……sim porquê a unica coisa que eles podem se agarrar, é nos números mentirosos desses 2 schukrutes. Então a gente sofre esses ataques de ódio e recalque…….não se preocupe, pois o Blog, apesar disso é bom, e o Flávio, apesar de fervoroso admirador dos alemães, sempre abriu espaço para quem não compartilha do mesmo sentimento.

      • Não! Cê é burro, cara. Que loucura!

        Quando eu disse que não quis ser rude, o comentário do J Fernando não havia sido publicado. Inverta a ordem e vai entender. Ou não!

        Lembre-se que penta é luxo!

  • Saudações Flavinho ! o Resumo da prova você já fez de forma brilhante e só acrescento o que muita gente não viu : Hamilton devolveu as provas do ano passado, ao não ultrapassar o Bottas na largada de propósito e deixar certos jornalistas, que cobram isso o tempo todo, felizes…O Bottas ficaria desapontado e abandonaria de vez o campeonato. Agora vai ser uma sequência de vitórias do penta…abraços !!!

  • Eu só estava esperando que o resto da turma parasse mais uma vez, para que a estratégia de manter Leclerc na pista por tanto tempo, fizesse algum sentido…rsrsrsrs; os caboclos da Ferrari apostam no imponderável (safety car), deu no que deu – do sofá é fácil falar, mas convenhamos: tava (sic) muita estranha a aposta nos pneus macios com o cabrinha perdendo tanto tempo a cada volta, ficava na pista e só perdia uma quantidade massiva de segundos.
    FOI-SE o campeonato, infelizmente.
    P.s: Coach para mim é a fala do sapo, também odeio essa expressão.

  • Considerando a muito boa impressão que Bottas deixou no início da carreira sempre considerei precoces as críticas depois da temporada passada. Ele pode até não ser campeão mas definitivamente não merece o título de segundão medíocre que ganhou de alguns.

  • Esses engenheiros da Ferrari são muito burros:
    – Se o Leclec alcançou o Hamilton é claro que os pneus médios andam melhor (e bem melhor) que os macios, então não deveriam nem sonhar em colocar os macios para o Leclec.
    – Como a opção, além dos macios era o duro, então deveriam colocar o duro, até porque não tinham nada a perder pois na pior hipótese iria para no quinto lugar (como aconteceu).
    – Quando o Hamilton parou para trocar os pneus, na volta 14, era para o Leclec parar também e colocar os duros. Voltaria logo atrás do Hamilton com a esperança de que na parte final da corrida os pneus duros estariam melhores que os médios.
    – Se os pneus duros se mostrassem piores ou iguais ao lisos, ele trocaria pelos médios, que mesmo com duas paradas não voltaria em posição inferior a que chegaria com os lisos.
    Isso tudo é bem simples e lógico. Apesar de estar falando agora no final foi o que pensei quando o Leclec chegou no Hamilton, os dois sem nenhuma parada apenas com a diferença de opções pelos pneus.

  • Resumo do Domingo: texto magnífico (padrão Mercedes), corrida morna, Ferrari péssima.
    Perderam mais uma corrida com Le Clerc.
    Nas primerias 12 voltas da corrida já dava pra ver que a estratégia vencedora para a Ferrari seria com duas paradas. Era o que a Ferrari deveria ter feito com Le Clerc se quisesse a vitória. Ross Brown só não revirou no túmulo porque ainda está vivo.

  • Assisti a corrida e também achei bem sem graça. Flávio, volte aos textos, por favor. Rindo até agora com o sequestro do cãozinho e as “disputas” da primeira curva na largado. Abraços

  • Claro Flávio,
    Eu sei que a coluna é sobre automobilismo, mas já que no mesmo final de semana você resolveu desviar um pouco do assunto por duas vezes, gostaria de tecer alguns comentários (que também não têm relação com automobilismo):
    1o) Engraçado, mas sempre que vejo uns caras de vermelho entoando gritos do tipo “Lula livre”, sinto cheiro de hipocrisia e manipulação no ar.
    2o) Não há dúvidas que existem coaches charlatões e picaretas, Da mesma forma que existem jornalistas e políticos de esquerda que não valem 1 nota de 2 reais rasgada;
    3o) Nem por isso odeio coaches (tanto que abracei esta atividade como profissão) e jornalistas de esquerda (tanto que não perco os seus comentários e sou amigo de outra fera do jornalismo automobiliístico que também adora vermelho – Beto Pandini);
    Sucesso!

    • Olá Miguel Passos, hipócrita é aquele prejudica a vida dos outros, que faz mal a quem não lhe fez mal.
      Devemos falar, cantar e gritar ‘Que Lula tenha um julgamento justo’ assim você entenderá a razão do Lula livre?
      O que dizer do miliciano ex-juiz, que “virou” político e quer ganhar na loteria no STF?
      (pobre de dinheiro e discernimento) tenho um colega de infância (idiota pilantra) que não viu mal no presidente oferecendo as mulheres do seu país como turismo sexual, mas ele cheio de problemas com sua filha (15 anos) bebendo, dando e dando trabalho, porque não é referencial de homem dentro de sua própria casa. Tratou mal a esposa e a filha. Mas votou no coiso me chamando de idiota.

    • Coaches em geral são picaretas mesmo. Via de regra funcionários fracassados que tentam explorar a burrice de donos de empresa que não tem ideia do que fazer. Dá um sono qualquer palestra deles, e os engraçadinhos são piores ainda. Um porre.

    • hipocrisia e manipulacao é condenacao sem provas ser confirmada em segunda instancia em menos de um ano por juiz de 2a colega de autoria de artigo (proximo, portanto) do juiz de 1a, sem. necessaria declaracao de impedimento por razões pessoais

  • A Ferrari é adversária de si mesma! Mais uma vez prejudicou o Leclerc só para ver o Vettel chegar em terceiro. Terceiro! E segurou o menino na pista até este ser ultrapassado pelo Vettel…gosto do Vettel, mas desde a temporada passada, ele não se afinou com o carro e a Ferrari parece não perceber que sua atitude joga contra ela mesma; uma pena pro Leclerc, pra formula 1 e pra gente que assiste…

    • Coitado do Leclerc, é só um monegascozinho contra esse mundão todo. Além do mais, se ele não colaborar e deixar Vettel passar vão entrar no rádio ameaçando sequestrar a cachorrinha lulu do Charlinho

    • Os áudios foram claros. O próprio Leclerc considerou que se colocasse os pneus macios antes da hora, ou não terminaria a corrida ou seria superado pelos carros em 6º e 7º. Há inúmeras contas de tempo gasto no box e retorno para a pista.
      Ou você acha que ele entrou novamente nos boxes, colocou pneus novos e foi tentar a volta mais rápida só por capricho? A equipe o tranquilizou devido ao tempo que tinha em relação ao sexto colocado.
      Você pode dizer que a estratégia não foi das melhores. Mas, desta vez não foi para ajudar Vettel.

  • Ricardão é mais um que está correndo mais que o carro, e com isso cometeu 3 erros abestados. Passou reto na curva, levou o adversário com ele e não satisfeito, bateu no mesmo numa ré desastrada.
    Está na hora do australiano rever seus conceitos.

  • Ricciardo parecia um motorista domingueiro. Não conseguiu fazer a curva e ainda levou Kvyat com ele. E para completar a burrada, deu uma ré de principiante, acertando o indefeso russo.

  • E mais algumas observações:
    – Charles Piquet passou facinho Max Senna. Mas o menino está azarado hein?
    – Nos vários sites de automobilismo por aí, muitas Hamiltetes parecem rejeitar o fato que estamos em 2019 e suas mentes deslumbradas insistem em permanecer em 2018.
    Fala sério gente! Ser mais rápido em retas não significa ser o melhor carro. Só pegar o Campeonato de 2016 como o exemplo. Em que a Willians era o carro mais rápido nas retas, mas quem era o melhor carro soberano era a Mercedes. Então, é totalmente equivocado, só por causa de velocidade de reta e diante dos resultados que o Campeonato teve nessas 4 primeiras corridas, dizer que a Ferrari tem o melhor carro. Faça-me o favor! Ainda não voltamos a ver o que vimos de 2014 a 2016, mas a Mercedes está acima das demais. Tá mais fácil a RBR chegar no nível da Ferrari que a Ferrari chegar no nível da Mercedes.

  • Um raio não cai tantas vezes no mesmo lugar. Sabia que essa corrida ia ser morna. Qualquer pista nessa F1 moderna e frescurenta está sujeita a ter corridas sem emoção. E a corrida de 2016 em Baku não havia sido grandes coisas. Então, acertei em cheio! E a diferença da Mercedes pras demais ainda não é a mesma de 2014 a 2016, mas claramente é o melhor carro. E com seus dois pilotos largando em primeiro e segundo, era muito obvio que só com imprevistos pra que não houvesse uma nova dobradinha. A sorte é que o Bottas incorporou o Di Caprio Alemão e diferente do Campeonato de construtores que está com o pé na cova, o Campeonato de Pilotos pode ter fogo no parquinho até o fim. E Lewis talvez sofra mais com Valtteri do que sofreu com Nico. Valtteri tem se mostrado um piloto totalmente novo nesse 2019. E demonstra ser mais frio que Nico. Te cuida Lewis!

  • o domínio da mercedes, aliado às más estratégias da ferrari e ao mau desempenho de um carro que prometia muito, não me incomoda. pelo menos há, agora, uma disputa pelo campeonato. espero que o bottas mantenha o gás e brigue até o final. chato mesmo é ver o abismo das três grandonas pras demais! só aumenta, e não tem santo que dê jeito nisso. se nada de anormal acontece, o sétimo toma quase um minuto do sexto. não faz muito tempo e uma equipe média arrumadinha conseguia beliscar um pódio aqui e acolá. esse ano, nem isso.

  • O que chamou a atenção foi a cara de cu do chefe da Mercedes bem na hora da bandeirada, quando Bottas venceu. Ao perceber a câmera, sorriu (teve que sorrir).
    Não acho isso muito bom para o Bottas.
    Acho que a Mercedes colocou como meta o Lewis quebrar os recordes do Schumacher.