STOCK, 40

359179_874147_opala_1979_campeao_paulo_gomes

RIO(parabéns!)Há exatos 40 anos começava a saga da Stock Car no Brasil, com dez Opalas no grid em Tarumã. Affonso Giaffone ganhou as duas primeiras provas da rodada dupla da categoria que, há algumas semanas, chegou a 500 corridas. Um feito e tanto, que passou por muitas fases — romântica, próspera, dramática, mais rica, mais pobre, com envolvimento de grandes marcas, patrocinadores, emissoras de TV, qualidade de pilotagem duvidosa, alto nível, tudo que se pode imaginar em quatro décadas.

Paulo Gomes (foto acima) foi seu primeiro campeão. Ingo Hoffmann, com 12 títulos, seu maior vencedor. Abaixo, um resumo em números do campeonato que teve de se reinventar muitas vezes para continuar existindo, atravessando crises políticas e econômicas num país que conquistou oito títulos mundiais de Fórmula 1 mas que, internamente, segue tendo um automobilismo capenga. Ainda assim, é uma data para se festejar. Goste-se ou não dela, a Stock é o carro-chefe do esporte no Brasil.

OS DEZ MODELOS E SUAS TEMPORADAS

1. Chevrolet Opala, 1979 a 1993, 15 temporadas *
2. Chevrolet Omega, 1994 a 1999, 6 temporadas
3. Chevrolet Vectra, 2000 a 2003; e 2009 a 2011, 7 temporadas **
4. Chevrolet Astra, 2004 a 2008, 5 temporadas
5. Mitsubishi Lancer, 2005 a 2008, 4 temporadas
6. Volkswagen Bora, 2006 e 2007, 2 temporadas
7. Peugeot 307 Sedan, 2007 a 2010, 4 temporadas
8. Peugeot 408 Sedan, 2011 a 2016, 6 temporadas
9. Chevrolet Sonic, 2012 a 2015, 5 temporadas
10. Chevrolet Cruze, 2016 a 2019, 4 temporadas

* De 1987 a 1989, na versão Chevrolet Opala Caio-Hidroplas; de 1990 a 1993, versão
Chevrolet Opala Protótipo.

** Início dos modelos feitos a partir de chassis tubulares, com carrocerias “lembrando” modelos de série

MAIORES VENCEDORES ***

1. Ingo Hoffmann, 77
2. Paulo Gomes, 40
3. Cacá Bueno, 37
4. Chico Serra, 33
5. Thiago Camilo, 23
6. Xandy Negrão, 21
7. Daniel Serra, 19
8. Ricardo Maurício, 17
9. Felipe Fraga, 15
10. Adalberto Jardim, Alencar Jr., Ângelo Giombelli, Átila Abreu,Fábio Sotto Mayor, 14
15. Marcos Gomes, 13
16. Max Wilson, 11
17. Zeca Giaffone, 10
18. Rubens Barrichello, 9
19. Affonso Giaffone Jr., Allam Khodair, Giuliano Losacco e Valdeno Brito, 8

*** Em negrito, os pilotos ainda em atividade

Comentários