Comentários

  • Boa analise das equipes, muito legal.
    Uma curiosidade. e talvez uma pauta.
    Dentro dos boxes e na troca de pneus vemos dezenas de pessoas mexendo nos carros que são chamados de mecânicos, na verdade todos são mecânicos e cada um deles conhece todos os detalhes do carro e é capaz de consertar qualquer problema desde os elétricos até os mecânicos ?
    E quando ao mercado, esses mecânicos são muito valorizados e os melhores costumam serem disputados pelas equipes?
    E a “espionagem” ? São contratados apenas para uma equipe saber os segredos da outra ?
    E são premiados a cada corrida, dependendo dos resultados ?
    Só para finalizar, em média, as equipes são formadas por quantas pessoas a cada corrida ?

  • O carro da Williams é tão lento, que nem quebra. Junto com a Mercedes e a Alfa Romeo, são as únicas equipes que não abandonaram esse ano.
    Indo mais longe, o último abandono da equipe foi na Alemanha ano passado, duplo abandono. Sequência maior só tem a Mercedes. De um lado um carro excelente, do outro uma carroça.

  • Saudações Flavinho! Na minha opinião, as equipes menores , até que o regulamento mude, já entram derrotadas pela Mercedes e Ferrari. Não existe salvação para pilotos que não pilotem para as duas maiores e vamos assim até mais um campeonato de Hamilton ( só muita macumba vai tirar este título dele) e ficarmos inventando argumentos mil para que o tempo passe. abs

  • Tento me conformar com a situação do Kubica imaginando que o Russel é o mais novo monstro da F-1, sendo um piloto extremamente habilidoso e rápido, tão bom que é capaz de deixar um talento raro como o Kubica a tomar tempo em toda a prova… mas acho que não é bem assim não…

    De resto não fico a pensar sobre as decepções, vejo que o grid começa a reunir talentos interessantes como o Norris e o Albon além do já mais consolidado Leclerc.

    Segue o jogo

  • Renault é a grande decepção. Muito piloto pra pouco carro.
    Hass é o contrário, muito carro pra pouco piloto. Embora Magnussen tenha melhorado.
    Torço muito pra Kubica que em voltas lançadas até que anda bem, mas não tem condições de suportar um GP inteiro de forma competitiva.
    Russel/Albon/Norris fazem bons trabalhos e Giovinazzi desceu um degrau.

  • Realmente cara, aquela cena foi desgastante e perturbadora, o mosquito no canto superior direito da sua cachola foi bem aflitivo, num dá pra avisar deste lado da tela, enfim. Vida que segue, de preferência sem dengue!