MENU

quarta-feira, 12 de junho de 2019 - 12:12Gomes, Grande Prêmio

“GP ÀS 10″: POBRE PIRRO

25 comentários

  1. crsj disse:

    Pirro agora virou um traidor da pátria italiana, ele que tome cuidado por onde passa lá na sua terra natal!

  2. Giovanni disse:

    Acho que os comentários desrespeitosos nas redes sociais sempre existiram fora dela.

    A diferença é que os comentários na internet ficam registrados e os leitores geralmente estão num contexto diferente de quem escreveu a mensagem, por isso soam mais absurdos, mas esses xingamentos, zoeiras, etc. sempre existiram; basta ver o que um juiz ou um adversário ouve da torcida num jogo de futebol e quase nunca dá nada.

  3. Gabriel P. disse:

    Decisão unanime ?
    Como assim ?????
    Não está tão claro assim, que todos concordem de pronto.
    Tem algo de errado aí.

  4. Saima disse:

    É esse tipo de acontecimento que demonstra que o certo e o justo nem sempre são a mesma coisa.

  5. Marmelada-44 disse:

    Pobre Pirro. Virou um espirro!

  6. Roberto disse:

    Eu realmente fiquei em dúvida com relação à punição de Vettel.
    Uma hora eu achava justa e outra hora injusta.
    Vi e li bons argumentos no blog do FG.
    Mas a opinião mais lúcida veio do bi campeão mundial Mika Räkkinen. De uma lucidez estonteante, ele definiu a história toda.
    “Os comissários tiveram de tomar uma decisão difícil, e as regras são claras. Sebastian estava fora de controle quando voltou para a pista e, portanto, de modo inseguro, ou com controle e bloqueando Lewis. Considerando essas duas opções, os comissários tinham de aplicar a penalização”
    Então, vou ficar com a posição do Hakkinen.

    • Fernando disse:

      Sim, também achei muito lúcida a opinião do Mika, a melhor das que os pilotos nos ofereceram, mas… As regras também dizem que casos assim são objeto da interpretação dos comissários, e Mika cita duas das possíveis interpretações. Decerto não são as únicas.

      Poderiam interpretar o incidente como “Vettel voltou à pista tão descontrolado que (para não rodar e causar um acidente) inevitavelmente bloqueou Hamilton, e que como perdera tempo desde a escapada, seu próprio erro já seria punição suficiente”.

      Poderiam ainda levar em conta que não houve um acidente – não importa se evitado por Hamilton – e que o incidente se deu em local de relativa baixa velocidade, com baixo risco à segurança dos pilotos. A disputa continuaria, Vettel provavelmente cometeria mais 2 ou 3 erros e Hamilton venceria “de verdade” a corrida, ou seja, a punição teve o “agravante” de ser desnecessária (minha opinião).

      Enfim, a opinião de Mika merece respeito mas não trata das regras mal elaboradas nem de todas as interpretações possíveis. Continuo totalmente contra a decisão dos comissários.

      • Roberto disse:

        Ele voltou descontrolado porque não reduziu a velocidade quando saiu da pista com a preocupação de não perder a posição para o Hamilton, meu caro. Por isso retornou à pista de modo inseguro.Foi isso. Difícil entender o que o MIKA falou?

  7. clodoaldo lelli disse:

    eu acho que o mosquito era da dengue

  8. Italo disse:

    O pernilongo tomou a minha atenção.

    Estou esperando o “telegram” dele vazar pra gente ver o que ele falou com a mercedes.

    hehehe

  9. Fabio FC disse:

    Quando a gente chama de aeroporto de mosquito, é porque há fundamento. Nada de bullying.

  10. RC disse:

    Mas você é outro que age feito troglodita quando alguém posta uma opinião que vai contra a sua. Parece até o “dono da bola”. Ou o proprietário da verdade.

    Mas não esquente sua cabeça. O mundo e as pessoas estão uma tristeza realmente. No meu ver o planeta mudou para pior. E vai a cada dia piorar. Caminho sem volta.

    • Amaral disse:

      Sim. É verdade.
      Tempo bom mesmo era quando meio mundo era escravizado por um império de gente arrogante, prepotente, xenófoba, preconceituosa, machista e totalitária. Ah, corrupta também. Muito mais do que hoje. E não tínhamos luz elétrica, água encanada, telefone, Internet e Netflix. Qualquer coisa era resolvida com uma dúzia de chibatadas. Não ficou satisfeito? Aceita que dói menos. Não tem pra quem apelar.
      E se fosse dar uma de subversivo, fatalmente teria vida curta. Poderia escolher ser decapitado, apodrecer numa prisão apanhando até dizer chega, ou ser devorado por leões.
      Mas esse tempo é que era bom, ô maravilha.
      Agora acabou o modo ironia.
      A gente tá na melhor fase da humanidade. Tanto que qualquer coisa que salte aos olhos e saia das regras mínimas de vida social equilibrada nos indigna. É por isso que nós nos incomodamos tanto com o mal. Seja que mal for. O próximo passo é lutarmos ativamente contra ele. Estamos progredindo nisso.

  11. José Marinho disse:

    Essa polêmica todo por causa do teatrinho do Vettel, no rádio com as trocas de placas 1 e 2, e colocou a torcida dele contra comissários , Hamilton, Pirro, já pensou em todas punições acontecer essa polêmica toda? O verstapen

  12. Ze Ruela disse:

    Reitero que não concordei integralmente com a punição ao VET.
    Mas muitos que agora condenam também são contrários as atrocidades que o esporte causou devido à falta de regras simples. Especificamente no campo da segurança.
    Apesar do fantástico avanço de tecnologia, Open wheel racing ainda eh um esporte de altíssimo risco, e exige responsabilidade.
    Fatualmente, eh indiscutível que VET fechou HAM propositalmente para defender sua posição. Apesar de interpretar o ocorrido como incidente de corrida, qual seriam as opiniões caso um grave acidente fosse a consequência da manobra?

  13. Carlos Henrique disse:

    Uma vitória de Pirro?

  14. Flavio padilha disse:

    Saudações Flavinho! como aposentado, posso assistir a tudo na televisão e hoje, no Fox Sports Radio, como sempre, maravilhoso, ninguém se entendia sobre coisas tão óbvias advindas do futebol, e é aquele fuzuê todo, com entrega de Oscar, os E-mails sensacionais que o Benja tão bem seleciona para animar as discussões e não seria diferente na F1, onde pilotos, jornalistas e todos os seus seguidores ( que quando abusam, você detona na lata ) entenderam o incidente ao seu modo… Como você falou tão bem, aconteceram as revoluções industriais que trouxeram por um breve período de tempo, melhoras na humanidade mas estamos voltando ao tempo das trevas, onde mais do que regras e leis que foram aprimoradas ao longo dos anos, teremos que reinventar uma forma de conviver com o contraditório, com as novas tecnologias que estão surgindo e acabando com a coisa mais simples e imaginável, o respeito ao próximo. Abs

  15. Zé Clemente disse:

    Voce citou as idades e me lembrei de uma coisa.
    Eu, você, o Jan e o Chico estamos perto dos nossos aniversários.

  16. felipe disse:

    Ola Flavio,

    se esporte fosse pra ser justo, então seria disputado no tribunal de justiça… Não em pistas, campos, etc… Essa digitalização esta fodendo com o role! Chato pra caraleo o VAR, os comissários com mil e uma telas que transformam milesegundos em uma eternidade… Tudo muito chato. Tudo muito digital e futurista!

    Ate seus textos estão acabando… Agora é video! Gostava mais dos textos.

    Abraço,

    Felipe

    • Ricardo Bigliazzi disse:

      Como diz o Mauro Beting: “em camera lenta até beijo de Avó é falta”.

      Segue o jogo, muita coisa nutelada

    • Clayton Araujo disse:

      Concordo. Tudo que se coloca grana demais fica ruim, chato. Veja o futebol: era mágico, encheram o rabo dos caras de grana veja no que deu, uma merda. Na formula 1 também, era mágica, equipes de garagem, vários motores vários pneus, pistas difíceis, agora encheram o circo de muita grana e é preciso uma asa móvel pra ter alguma ultrapassagem e um bando de otários vendo replay para punir alguém conforme sua conveniência. Uma grande merda!

    • Costa disse:

      Muitos leitores do GP acessam do ambiente profissional onde os vídeos são bloqueados. Perdendo leitores então…

    • josé maria disse:

      Mas cada vez mais também se duvida dos tribunais de justiça!
      josé maria

    • Murilo disse:

      Caro Felipe,

      A Inglaterra anotou um gol na final de 66 sem a bola ter entrado. Maradona fez um gol com a mão em 86… quatro anos depois a Alemanha foi campeã com um pênalti que não existiu… Todos esses lances resultaram em resultados INJUSTOS. E se existisse o VAR nessa época?

      O esporte educa (ou deveria), serve de exemplo. Se você prefere ter exemplos de MALANDRAGEM na sua vida, é uma escolha sua. Eu prefiro a vitória JUSTA.

      Em tempo… Ontem o Brasil perdeu de 3 x 2 para a Austrália com um pênalti não marcado (o VAR não foi consultado). A tecnologia veio para ajudar, mas até o momento não é 100% eficaz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>