MENU

segunda-feira, 9 de setembro de 2019 - 23:56F-1

SOBRE ONTEM DE MANHÃ

itad195

Hamilton cumprimenta Leclerc: inglês percebeu que ganhou um novo rival

RIO (agora vamos ver) – “Se eu não estivesse lutando pelo título, não teria mexido para evitar o toque e provavelmente bateríamos.” Foi assim que Hamilton resumiu a briga com Leclerc na 23ª volta do GP da Itália, ontem. “A gente vai aprendendo aos poucos como esses pilotos novos se comportam, como lidam com essas situações. Da próxima vez talvez eu possa fazer um trabalho melhor.”

Lewis deu essas declarações sem irritação na voz. Apenas uma constatação. É uma turma que está chegando agora, e é preciso saber enfrentá-los. São diferentes dos adversários que sempre teve, como Vettel, Alonso e Rosberg. Os tempos são outros.

Falei ontem sobre troca da guarda. Talvez esteja na hora. Vocês já se deram conta que Hamilton e Vettel ganharam nove dos últimos 11 títulos na F-1? E serão dez em 12 ao final desta temporada. Desde a primeira conquista de Lewis, em 2008, só Button (2009) e Rosberg (2016) quebraram o domínio desses dois gênios.

itad191

A má fase de Vettel: rodou sozinho e quase foi acertado por Stroll

Sim, são gênios, e não se enganem. Vettel também é. Vive, verdade, um momento difícil. Desde o GP da Alemanha do ano passado, quando bateu de forma bisonha perdendo a corrida e a liderança do campeonato.

Mas acho injusto julgar Sebastian por uma ou duas temporadas ruins. Não se esqueçam que ele é tetracampeão mundial. “Ah, mas tinha o melhor carro!” Bem, em geral é assim. E não se esqueçam que, ao lado de Alberto Ascari, é o terceiro maior vencedor da história da Ferrari. São 13 vitórias, perdendo apenas para as 15 de Lauda e as 72 de Schumacher. É bem provável que, em pouco tempo, se torne o segundo na lista do time italiano.

Não é pouco. Muita calma para esculhambar um piloto que tem a trajetória que Vettel já construiu. Por outro lado, ninguém precisa ficar com pena dele pelo que fez Leclerc na classificação. Revi o vídeo de sábado pela câmera do monegasco e ele foi bem insolente, sim, ao não cumprir o que combinara, a saber: dar o vácuo para o companheiro na segunda tentativa de volta rápida. Sebastian, quando ainda moleque na Red Bull, era useiro e vezeiro em desrespeitar acordos e ordens de equipe. Sua maior vítima, todos se lembram, foi Mark Webber. Que se encheu e largou a categoria.

Mas quem não perdoou mais um mau dia de Vettel foi nosso cartunista oficial Marcelo Masili. Pau nele, coitado!

vettel_monza_1500

A FRASE DE MONZA

sobreita191

Ricciardo: ode às redondas

“Pizza, pizza, pizza!”

Daniel Ricciardo, pelo rádio, comemorando seu melhor posição no ano, o quarto lugar. Hülkenberg terminou em quinto, levando a Renault ao seu melhor resultado desde o início da era híbrida, somando 22 pontos. O australiano dedicou a corrida “a quem construiu esse motor“.

Breves notícias que escaparam do textão de ontem, agora. É para isso que serve este rescaldão, afinal:

- A Haas informou que seu contrato de patrocínio com a misteriosa marca de energéticos Rich Energy chegou ao fim. Em julho a coisa começou a cheirar mal quando a empresa anunciou que estava deixando o time por conta de seus maus resultados. Depois, voltou atrás. Esse caso é dos mais obscuros da história dos patrocínios na F-1.

- A FIA disse que não puniu Leclerc na defesa de posição contra Hamilton — que levou o inglês a cortar a segunda chicane — porque não houve contato entre os carros. Lewis não gostou muito.

- Para Toto Wolff, não houve punição porque era a Ferrari e na Itália. “Se fizessem alguma coisa, aconteceria uma revolução”, conformou-se o dirigente do time alemão.

O NÚMERO DA ITÁLIA

carta9…anos a torcida italiana teve de esperar para comemorar uma vitória da Ferrari em Monza. A última havia sido de Fernando Alonso, em 2010. No total, a equipe de Maranello tem 19 vitórias em Monza. Sei que vocês querem a lista, então lá vai: 1951 e 1952 (Ascari), 1960 e 1951 (Phil Hill), 1964 (Surtees), 1966 (Scarfiotti), 1970 e 1975 (Regazzoni), 1979 (Scheckter), 1988 (Berger), 1996, 1998, 2000, 2003 e 2006 (Schumacher), 2002 e 2004 (Barrichello), 2010 (Alonso) e 2019 (Leclerc).

Muita gente questionou a simples bandeira preta e branca, de advertência, para Leclerc na disputa com Hamilton. E, também, a inação dos comissários quando ele cortou a chicane e voltou à frente do inglês da Mercedes. Por que, me perguntaram, puniram Vettel no Canadá e não fizeram nada com o jovem das bochechas rosadas numa situação semelhante?

Bem, no Canadá o argumento para o pênalti foi que Vettel voltou para a pista de maneira perigosa depois de sair da pista, levando Lewis a fazer uma “manobra evasiva” para não bater no rival ou no muro. Como eu acho que a punição foi injusta em Montreal, acharia o mesmo se resolvessem penalizar Leclerc em Monza. Portanto, penso que fizeram bem em não tomar nenhuma atitude domingo.

Podemos encerrar? Então vamos:

sobreita193

Giovinazzi: só alegria em casa

GOSTAMOS - Do nono lugar do simpático Giovinazzi >>>, seu melhor resultado na carreira. Não é grande coisa, mas para o tanto de infortúnios que viveu a Alfa Romeo, salvou o fim de semana. Vejam só: Raikkonen bateu num treino livre e na classificação, trocou o motor, teve de largar dos boxes, a equipe montou os pneus errados em seu carro e ele foi punido. O finlandês resumiu o GP da Itália com uma palavra: “Merda”.

sobreita194

Max: erro na primeira volta

NÃO GOSTAMOSDe <<< Verstappen, de novo. Bateu na primeira freada logo depois da largada, arrebentou o bico e teve de parar antes do tempo. OK, largou na última fila por conta da troca e motor e terminou em oitavo — alguns abandonos e pilotos punidos ajudaram. Mas a gente sempre espera algo mais do holandês. Que teve dois GPs apagados, na Bélgica e na Itália. Que volte em forma em Singapura.

106 comentários

  1. Alfredinho disse:

    Devagar, pessoal. Parece até que nasceu o novo Senna! Baixem a expectativa…
    Quantas promessas surgiram que renderam pouco ou não deram em nada? Ricciardo está aí que não me deixa mentir.
    Alguém aqui lembra de Alesi quando surgiu e logo foi para a mesma Ferrari?

  2. Renato disse:

    A comissão que puniu o Sette Câmara no sábado pela escapada na chicane é a mesma da corrida de domingo?

  3. Hijo de Huracan disse:

    Vettel sobre aproveitar a Red Bul que teve e o segundo piloto pífio.
    Sempre falei que ele era Ruim, que o Zacarias nao seria campeão.
    Mas nem sempre acertei, acreditava que o Zonta que depois de uma corrida em interlagos de F3 no piso molhado que ele pilotou muito, que ele seria o nosso proximo campeão, errei.

  4. Arrisco dizer que o Leclerc chegará ao segundo posto de maiores vencedores pela Ferrari antes do Vettel…

  5. Luiz Alberto disse:

    E quanto a não punição de LeClerc , na minha opinião,não o fizeram porque no Canadá ficou muito evidente que prejudicaram acintosamente ao Vettel , pois Hamilton já havia usado de expedientes semelhantes em campeonatos anteriores e jamais recebeu sequer uma advertência por essa comissão da F I A , majoritariamente britânica .(pelo menos na simpatia a este ou aquele piloto).
    E ficaria muito feio ganhar duas vezes no TAPETÃO e no mesmo campeonato , tendo um carro melhor em condição de corrida . Só mancharia seu curriculum . Como aconteceu com Schumacher e Alonso que lhes derem vitórias imerecidas.
    E parece que os “deuses ” da velocidade não gostam muito disto , lembrando que Prost perdeu o campeonato de 1984 ,porque teve uma vitória “arranjada” que ´só lhe valeu a metade dos pontos , e ele perdeu este campeonato por 0,5 pontos , se tivesse recebido os 6 pontos ( pontos para o segundo colocado na época ) ,teria ganho o campeonato com 2 pontos de diferença ..

  6. Flavio Bragatto disse:

    Concordo com quem diz que o Vettel é acima da média, mas discordo que ele é “gênio”. Se fosse gênio mesmo, não teria disputado um campeonato quase que ponto-a-ponto com Mark Weber, numa época que a equipe claramente trabalhava pra ele.
    Sim, ele foi gênio em alguns momentos, como a vitória na Italia, com chuva, e de Toro Rosso! Foi uma façanha! E em outros momentos, fez alguns milagres.
    Ele está psicologicamente acabado. Precisa se reanimar, pôr a cabeça no lugar, pois os 4 títulos seguidos não o segurarão no banco de um carro de ponta por muito tempo. Simples assim.

    • Vai Vettel! disse:

      Flavio Bragatto, me faça um favor. Diga-me qual foi a temporada em que Vettel disputou um campeonato ponto a ponto com Weber.

      • Murillo disse:

        “Vai Vettel” foi em 2010 justamente o primeiro titulo de Vettel, Webber liderou por várias vezes o campeonado e chegou na última corrida do ano (em Abu Dhabi) em segundo no campeonato apenas 8 pontos atrás do Líder (Que era Fernando Alonso), na última corrida Vettel venceu a corrida e ultrapassou na pontuação tanto Alonso (que foi vice) como Webber.

      • Vai Vettel! disse:

        Sua análise está certa em parte. Explico:

        Vettel disputou com Alonso o título de 2010. Webber e Massa, seus segundos pilotos, foram coadjuvantes pela diferença de talento e por ordem das respectivas equipes.
        O que aconteceu? Vettel, por ser muito jovem (tanto que é o mais jovem campeão, bi, tri e tetra da f1), cometeu erros bobos que ocasionaram a perda de pontos importantes e tanto Alonso quanto Webber, se aproveitaram disso.
        A liderança de Webber foi vista pela equipe como algo incidental e o que fez a RBR? Passou a ideia de que o australiano ia para a última corrida como candidato ao título.
        E o que fez a Ferrari? Acreditou no ardil e programou a estratégia de Alonso de acordo com a estratégia de Webber.
        E o que se viu? Um Webber burocrático e um Vettel sensacional faturando o título! Claro, com uma inesperada “ajuda” de Petrov.

      • Assombração disse:

        Você pergunta ao Flávio e o Murillo é que responde? É problema de dupla personalidade?

      • Vai Vettel! disse:

        Existem muitas sibilas aqui no blog.

  7. Thiago Ferreira Querino disse:

    Cara a ilustração foi perfeita.

  8. Klaus disse:

    O problema do Verstapen é um só: falta motor ainda. Em pista onde precisa mais de chassi e piloto do que de motor ele detona.

  9. Marco Brotto disse:

    Vettel não usa mídias sociais. E cada vez mais tem menos motivos para usá-las.

  10. A. Coyote disse:

    Desde 2014 Vettel só dá vexame. São 5 temporadas. O LeClerc só está fechando a tampa do caixão.
    R.I.P

  11. Fernando disse:

    Flavio, boa tarde! Até a corrida do Canadá, víamos muitas decisões dos comissários por qualquer “mi mi mi”, qualquer fechadinha, qualquer toquezinho. Todo aquele barulho que o Vettel fez naquela corrida ajudou a deixarem as disputas serem decididas mais na pista? Exemplo: Monza, Áustria, Inglaterra.

  12. CELSO RENATO MESQUITA BATISTA disse:

    FG, blz? vc reparam que o layout do podio mudou? Saiu aquela moldura metálica e agora tem “apenas” o telão no fundo com imagens, bandeiras e patrocinios… etc…… achei mais, digamos, dinâmico….. valeu.

  13. Imparcial disse:

    Vettel foi surrado por Riccardo, e agora está sendo por Leclerc. Está claro que não passa de um piloto mediano, pior que seus dois companheiros de equipe.

  14. MANOEL CÂNDIDO disse:

    Como eu gostaria que realmente F1 em 2021 pudesse deixar os equipamentos mais próximos, sei que acaba tendo uma dominante com o tempo. Mas caramba!!!!! Tem pelo menos 02 jovens pilotos para realmente disputar títulos (Leclec e Verstappen) e mais uns quatro jovens que com carros competitivos podem conquistar pódios e vitorias (Albon, Norris, Ocon e Russel), além de mais dois que não são tão jovens estão na verdade no meio termo entre os jovens e os mega experientes, mas que já mostraram que também com um equipamento competente podem também disputar pódios, corridas e talvez títulos (Ricciardo e Sainz). Fazia muito tempo que não tinha tanta gente realmente boa disputando a F1, basta terem realmente carros mais próximos e competitivos que o show será melhor ainda. Bom, sonhar não custa nada. Mas mesmo que exista nova era dominante de alguém, o PAU COMENDO no meio do pelotão permanecerá fantástico promovendo corridaças.

  15. Nico disse:

    Essa corrida de Monza deixou claro como Bottas não é um piloto de primeiro escalão…, Bottas com um pneu mais novo em relação a Leclerc do que Hamilton, em algumas voltas cometeu vários erros na hora de pressionar o piloto da Ferrari. Ocon faria muito melhor papel ano que vem na Mercedes, uma pena a renovação de Bottas para manter Hamilton na zona de conforto…

  16. Michel Aleixo e Silva disse:

    Flávio quem critica o Vettel esquece da fase ruim do Hamilton pós 2008. Quando ele cometia uma série de erros – lembra quando ele bateu nos carros parados na saída do box no Canadá? Ele só voltou a melhorar quando encerrou a parceria profissional com o pai e diminuiu o ritmo das baladas.

  17. Israel disse:

    Uma correção, o Barrichello venceu em 2009 também

  18. John Player disse:

    Hamilton vai ter de engolir de volta o que fez no seu inicio na F1.
    Lembro muito bem dele nos tempos de McLaren, no GP do Canadá, dando uma fechada e espremendo no muro (que por sorte freou e evitou o choque lateral á plena velocidade) seu COLEGA DE EQUIPE e compatriota, Jenson Button, para evitar uma ultrapassagem do Button – que ao contrário de Hamilton, naquela temporada ESTAVA DISPUTANDO O TITULO.
    Imaginem se fosse o Vettel dando uma fechada PERIGOSA igual em Leclerc, seu colega de equipe.
    O primeiro piloto relativamente novato (na categoria e estreante na grande equipe) que eu testemunhei que DESRESPEITOU ACORDO PRÉVIO entre piloto-colega de equipe e chefe de equipe foi AYRTON SENNA na McLaren, com Alain Prost. Numa de sus primeiras corridas na equipe desrespeitou o combinado de manter as posições nas primeiras voltas da corrida (Prost largou na pole, Senna em segundo). Já saiu ultrapassando Prost logo na primeira curva, para surpresa de um Prost incrédulo, pois não esperava por essa ação do “colega” de equipe.
    Sem contar a “tática” de ficar andando muito devagar propositalmente na pista para atrapalhar as voltas de classificação de outros pilotos, como Senna fez com Niki Lauda (McLaren) em Mônaco ainda nos seus tempos de Toleman.
    Não contente, quando Lauda foi cobrar satisfação, Senna lhe mostrou o dedo médio, como bom MOLEQUE que era.
    Tudo isso bem ANTES de escolherem um rival do brasileiro para tacharem de “Dick Vigarista”. Quem lembra, sabe: “Dick Vigarista” e todos que vieram depois tiveram um belo “modelo” para tais manobras e atitudes.
    Ou seja, nada de novo…

  19. S. disse:

    Na minha opinião, o talento do Hamilton e do Vettel são semelhantes. A diferença entre os dois é que o Vettel se desmotiva muito fácil, sente a pressão com muita facilidade. Basta o companheiro de equipe apertar um pouco o passo que ele sente o golpe. Foi por isso que ele tomou tempo do Ricciardo em 2014 e tá tomando tempo agora do Leclerc em 2019. Em 2010, quando o Webber quis se rebelar, o Vettel demorou a pegar de novo no tranco no campeonato, e só foi campeão porque ganhou as duas últimas corridas daquele ano.

    Talento e genialidade não faltam ao Vettel, mas falta frieza quando é ameaçado pelo companheiro de equipe. Frieza que, por exemplo, o Alonso tinha. E é por isso que acho que o Vettel tá abaixo do Alonso, e ambos abaixo do Hamilton.

  20. Tales Bonato disse:

    Um ponto alto do resto da temporada tende a ser o desempenho do Verstappen.

    Ainda ontem era ele o menino prodígio da F1. E daí o Leclerc o eclipsou. Imagino o quanto isto deve estar incomodando. Ainda mais depois de duas provas péssimas.

    Do alto da sua gigante e talvez exagerada auto confiança e petulância, ele virá com tudo.

  21. Marcelo Saldanha da Silva disse:

    Flávio, bom dia. Se a Ferrari não tivesse prejudicado o Leclerc, no início do campeonato você acha que ele estaria brigando pelo menos pelo vice-campeonato?

    • Flavio Gomes disse:

      A Ferrari não prejudicou ninguém. Apenas fez suas opções.

    • John Player disse:

      Pelamor.
      A Ferrari SÓ FEZ PREJUDICAR OS DOIS PILOTOS, errando tudo que podem desde a primeira corrida!
      Erram na tática, nas escolhas de pneus no pit stops, nos momentos de fazer pit stops, nas quebras e trapalhadas nos treinos classificatórios…
      Não tem essa de “prejudicar o Leclerc” como se não fizessem as mesmas m… com o Vettel!
      Tudo bem escolher alguém por torcer, mas essa imbecilidade de colocar seu favorito com vitima eterna de complôs é coisa que só o brasileiro (e certamente fã do “mártir” Ayrton Senna) acredita e alimenta.
      A Ferrari só´dá mancadas com seus pilotos desde que Schumacher saiu de lá. Não tem essa de favorecer um e prejudicar o outro. Até o “primeiro piloto” sofreu na Ferrari pós-Schumacher-Todt-Brawn.
      Pergunte ao Fernando Alonso, ao Raikkonen, ao Massa e ao Vettel…

  22. Alfredo Aguiar disse:

    Assino embaixo essa coisa do Vettel. O que tem de gente esculhambando o cara como se fosse um Ericsson da vida não tá no gibí. É óbvio que passa por um momento difícil de pilotagem, mas continuo acreditando que é pelo modo como os carros da Ferrari reagem ao estilo de pilotagem dele. O cara simplesmente não consegue extrair performance de um carro que sai de traseira. E aí roda! Pra piorar a situação dele, esse é o estilo de carro que o Leclerc aprecia, não são poucas as vezes, se observar os replays, que o monegasco deixa as rodas traseiras derraparem de propósito pra ganhar torque nas saídas de curva. O problema do alemão é que esse é o estilo de pilotagem dele e isso não dá pra mudar, ou até dá, mas o cara vai ficar mais lento.
    Agora ficaria a pergunta: Iria a Ferrari mexer no carro pra ficar mais ao estilo Vettel? Não conseguiram fazer isso quando ele era a salvação da lavoura da equipe, imagina se vão mudar agora que está dando certo com o outro piloto.
    O Alemão teria que se reinventar, ou se aposentar. até porque em materia de equipes, já está na cobertura, não tem elevador nem escada pra subir.
    Vettel deve estar passando por um momento terrível. Foi pra Ferrari porque detestava ser vaiado no pódio pelos tifosis quando ganhava corridas e campeonatos pela Red Bull. Chegou a Maranello gritando em italiano pelo rádio e agora virou courinho da imprensa podre Italiana.
    Eu sei que é só um esporte e um cara que ganha milhões pra fazer o que gosta. Mas o mundo virou um lugar muito feio. Criam se heróis do dia pra noite. O importante ;e jogar pra torcida e pro mercado. Ah Lec-lec não cumpriu o combinado de dar vácuo pro cara que deu a ele a primeira vitória da carreira, de bandeja, segurando Lewis. E??? Phoda-se, o cara ganhou. Tá perdoado como bem disse o Birutto. Eu até comecei a nutrir simpatia por esse moleque no começo, mas não separo o piloto do sujeito. E porque deveria? Seriam entidades diferentes?
    A velho, não viaja, é só um esporte. Não é não. Assim caminha a humanidade. As multidões se aglomeram em êxtase por qualquer um que diga ou faça o que querem escutar ou assistir. Phoda-se quem seja!!!

    • Brabham-5 disse:

      O cara venceu em Monza com um STR.
      Estavam lá Alonso Raikkonen, Button, HAMILTON e outros bem mais experientes, carros melhores e com equipes mais ricas e estruturadas.
      O cara venceu corrida com a STR.
      Só isso já deveria ser motivo para calar a boca de muito bocó que o critica.
      O Vettel bateu recordes de Senna também. Não foram só o Hamilton e o Schumacher.
      O campeão mais jovem da história da F1, tendo que ouvir asneiras de torcedores analfabetos sobre automobilismo e F1, ex-pilotos medíocres como Luciano Burti, e um ex-campeão de F1 sem brilho algum, como Nico Rosberg.
      Sugiro aos ignorantes que comecem pesquisando no google quem é e quais são so números e recordes de Sebastian Vettel. Aproveitem e busquem video no youtube também.
      RESPEITO!

      • Tom disse:

        Não precisa chorar,,,o Vettel não decepciona ninguém que acompanha a F1 racionalmente,sempre foi um piloto mediano… do nível de Button e muito abaixo de Verstapen,Alonso e Hamilton.

      • McLaren-12 disse:

        Maldonado ganhou de Williams dos mesmos caras que você citou, inclusive do Vettel…

        Obs.: Você escreve muito e mal. Comece a mandar áudio pra facilitar nossas vidas.

      • Alfredo Aguiar disse:

        “Não precisa chorar,,,o Vettel não decepciona ninguém que acompanha a F1 racionalmente,sempre foi um piloto mediano… do nível de Button e muito abaixo de Verstapen,Alonso e Hamilton.”

        ALONSO? Mais uma viúva do espanhol, que não engole os QUATRO títulos que o Alemão ganhou em cima dele. sendo que um tirou da prateleira do espanhol com a ajuda do Petrov.
        Notaste que ninguém notou a espaninho em Monza no domingo? Que diz que voltaria se a F1 melhorasse ao “nirve” dele. Só esqueceu de dizer em que equipe. Já que nenhuma equipe do grid quer o espanhol. Nem a poha da Williams.
        Minha análise fria foi do momento porque passa Vettel. e o fato de eu não separar o piloto do homem, até porque são a mesma criatura e ter tido uma decepção muito grande com Lek-Lek que mostrou que será outro Alonso da vida. Da forma como pilotou, não acredito que Vettel pudesse fazer melhor do que a merda que fez na Italia, mas isso não tira o fato de que Lek-Lek foi um grandessíssimo filho da puta e phodeu a corrida do cara ainda no sábado quando não deu a ele o vácuo combinado, isso depois de ter ganho no colo a primeira corrida da carreira pelas mãos do Alemão, ou você acha que o monegasco ganharia em SPA sem Vettel ter segurado Hamilton por tantas voltas?
        Mas a vida segue, e como disse antes, assim caminha a humanidade, criando fake heroes. onde os fins justificam os meios.
        Nem sei o que será de Vettel daqui pra frente. Vai encarar o moleque ou virar um Massa/Rabichello da vida recolhendo os cheques da Ferrari no final do mês? Terá condições de virar o jogo? Vai querer mudar alguma coisa? Vai saber o que passa na cabeça do cara.

    • McLaren-12 disse:

      Assim como você e o resto dessa legião adorada de repolhos não engolem os dois títulos de Alonso sobre Schumacher.

      Estou citando só o Alonso, mas poderia citar o Hakkinen, o Villeneuve e até o Hill. O cara ganhou corridas e títulos sobre um monte de piloto mediano. Quando pegou um mais ou menos, levou fumo e se aposentou. Voltou, levou mais fumo e se aposentou novamente.

  23. Micromax disse:

    Engraçado como os fãs mais fervorosos do Schukrute Fake insistem em dizer que a mediocridade do piloto é “apenas” um momento ruim…..kkkk……que é injusto criticá-lo por uma temporada ruim. Ora bolas o cara comete os mesmos erros desde o seu último ano de RBR, é só conferir as corridas no Youtube e comprovar. Na verdade ele errava bastante na RBR nos anos em que teve o carro dominante, e só conquistou os títulos pela grande diferença que o equipamento lhe oferecia.

    Acordem pra realidade Schukruzetes…….Vettel sempre foi esse aí dos últimos anos, sempre!

    • Vai Vettel! disse:

      Vettel só teve carro dominante nos anos de 2011 e 2013. Nos anos de 2010 e 2012, ele ganhou no braço e no talento!

      Entendeu ou tá difícil de engolir. viuvinha?

      • McLaren-12 disse:

        E eu achava que o Pinto era o mais lunático deste blog!

      • Vai Vettel! disse:

        O problema de vocês, viúvas, é que vocês não aceitam os fatos.
        Quem acompanhou as temporadas vencedoras de Vettel, sabe que a RBR só foi dominante em duas, das quatro temporadas. Isso significa que mesmo em desvantagem, Vettel derrotou Alonso!

      • McLaren-12 disse:

        Alonso derrotou Schumacher…

        O problema é que as viúvas alemãs já abandonaram este blog ao perceberem que seus argumentos não passavam de uma mentira no qual acreditaram por bastante tempo. Cansaram de passar vergonha nos últimos 5 anos. Fizeram bem.

        Você, Última Chucrute, o Alfredo, seu filho Alfredinho e o analfabeto do Brabham-5 são as últimas.

      • Vai Vettel! disse:

        Vocês, viúvas, mudam logo de assunto quando são derrotadas pelos fatos. Estou falando do duelo Vettel x Alonso e você vem com o duelo Schumacher x Alonso.

        “Alonso derrotou Schumacher” (2006). Resultado: 7 x 2.
        Button derrotou Hamilton (2011). Resultado: 5 x 1.
        Rosberg derrotou Hamilton (2016). Resultado: 5 x 1.

    • Brabham-5 disse:

      Um “Fake” com QUATRO titulos de F1 numa equipe média como a RBR.
      MICRO é o conhecimento de F1 e o que sai da sua MICRO cabeça.
      E MAXima é sua burrice.
      Tipica viúva ‘violentada e traumatizada’ por pilotos alemães.
      Nos faça um favor, cagafredo oculto, nos poupe da sua ignorância.

      • Segafredo disse:

        chora, esperneia, Schukruzete………a verdade é difícil pra vcs eu sei…….MAS NÃO TEM JEITO, VCS NÃO CONSEGUEM ENGANAR AOS QUE REALMENTE ENXERGAM F1…….!

    • MANOEL CÂNDIDO disse:

      Caramba!!!! Você é bem exagerado…… Pode gostar mais de um piloto sem problemas, mas para isso o outro precisa ser péssimo? O Hamilton é melhor, beleza concordo, mas não quer dizer que o outro seja ruim. sem um carro realmente bom, ninguém conseguiu ser campeão. Nem mesmo os brasileiros, o máximo que se consegue é destacar em uma corrida ou outra chegando em pódios ou quem sabe uma vitoria. Mas ser campeão precisa estar em uma equipe com o carro realmente bom e você consegue somente chegar nessas equipes sendo um piloto diferenciado. Vettel foi bom e competente o suficiente para poder estar em uma equipe otima e conseguir agarrar a oportunidade. Menos exagero meu caro!!!!!!!!!!!!!!

      • Segafredo disse:

        Amigo, o colega Micromax falou em outro piloto além do farsante Schukrute?? Releia o que foi escrito pelo colega Micromax e aceite que vc escreveu bobagem……ou o cara não pode emitir sua opinião, ainda que acalorada mas verdadeira, sobre o piloto…..??

      • Vai Vettel! disse:

        Manoel Cândido, fique ligado: o Segafredo, o Micromax e o McLaren-12 são a mesma viúva chorosa e recalcada.

  24. Ricardo disse:

    Não gostei do Albon. Pela forma como foi alçado ao time “A”, esperava mais dele pelas circunstâncias.

  25. Wesley Andrade disse:

    Leclerc foi colossal anteontem e fincou sua bandeira de vez dentro das garagens da Ferrari. As Mercedes não conseguiram superar o forte motor Ferrari em Monza, tendo que se contentar com o pódio. Verstappen foi bem errático, perdendo pontos preciosos na luta pelo vice-campeonato. E Vettel… não sei se ele terá culhões para tentar retomar a liderança dentro da Ferrari depois das vitórias do Leclerc. É muito prematuro da minha parte, mas do jeito que as coisas estão, acho que ele vai embora depois de 2020, que seria muito triste.

    • Vai Vettel! disse:

      Estará na Mercedes em 2021.

      • Marcelo disse:

        Kkkkkkkk
        O Vettel não tem culhões para ir para a Mercedes, com o Hamilton lá. O Alemão iria tomar o maior couro da vida e aí a FIA, sob pena de ficar desmoralizada, teria que tomar uns 3 títulos do Vettel. A Mercedes ja tem em Ocon e Russel um grande futuro. Não faria qualquer sentido contratar um piloto que tá levando couro de um garoto de 21 anos, ainda mais oferecendo um grande salário. Além disso, Hamilton disse que não tem pretensão de parar tão cedo.

      • Vai Vettel! disse:

        A equipe alemã quer mais um conterrâneo campeão e Vettel é o piloto preferencial.

      • Renato F1 disse:

        Vai Vettel, tanto faz quem seja o piloto, desde que continue a saga da Mercedes de conquistar o mundial de construtores e, só depois, o de pilotos

  26. José disse:

    O “não gostamos” poderia ser a comparação esdrúxula e sem cabimento que o Galvão fez do Leclerc com o Senna. Coitado, deixa o cara descansar em paz, porra!

  27. Fernando de Almeida disse:

    Revi a cena algumas vezes e na boa, nao sei se Lewis ultrapassaria mesmo se Charles freiasse (ta certo isso?) mais forte, bateriam e a culpa seria do ingles, só acho

  28. Flavio padilha disse:

    A corrida tá toda aí, Flavinho Gomes ! Só lembrando que Hamilton havia dito para esquecerem Spa e Monza e que retornaria as vitórias em Cingapura…Não valeria brigar contra Leclerc, que foi grande nas defesas de posição…Corridas são assim mesmo e peço o retorno urgente das Vetteletes que sumiram…O site era bem mais animado com as postagens absurdas e agressões ao campeão!!! abs

  29. Nick B. disse:

    E aí, Fla?
    Relax?
    Se bem o conheço deve estar saltitante pela orla devorando um geneal (tico e teco existem ainda? E o mate espumadinho?).

    Leclerc tem a insolência dos mais novos, como Vettel e Hamilton outrora já tiveram. Mas é normal que essa volúpia, com o passar dos anos, arrefeça. Como estamos vendo ocorrer com Seb e Lewis. É da vida.

    Nick B.
    (ao som de Elton John, Your Song).

  30. LECLERC à là PROST disse:

    A “NOVA” F1 vem aí. Não os carros, mas os pilotos. estes caras tem um EGO gigante. A cara do Hamilton na entrevista. Pareciam crianças de 7 anos com água nos olhos por que perdeu o jogo. O LECLERC é bem manipulador e dominador na equipe. Ao meu ver, VEttel sai final do ano. Não tem como ele ficar ali. Se ficar em 2020 infelizmente teremos um carro da Ferrari apenas correndo, O que não é justo com o torcedor, com o esporte em si.
    Gostaria de ver o Alonso de volta a Ferrari em 2020, e o Vettel indo para a Red Bull.

  31. Murilo disse:

    Leclerc vem se comportando como futuro campeão. Deu de ombros para Vettel e se impôs na equipe. É o mesmo comportamento que vimos em Hamilton, Alonso, Shumacher e Vestappen. Pra ser campeão na F1 tem que ter um dedinho de safadeza no sangue.

    Rubinho não tinha. Bottas não tem.

    • Costa disse:

      Não tinham ou o contrato não permitia?

      • Luiz Alberto disse:

        Você ainda esta acreditando nesta balela .
        É daqueles que acredita que a solução do problema é “” Queimar o sofá da sala ” !
        Não sabia que “Não poder passar” era sinônimo de ; não ter personalidade de campeão .
        LeClerc está mostrando que se você dançar bem , faz até a orquestra mudar a música e o ritmo a seu gosto.
        Tem gente que vendo , não quer enxergar!

  32. Marcelo de Castro disse:

    Vettel provando do seu próprio veneno.

  33. Fernando disse:

    Nao gostamos: Vettel
    Se tivesse feito uma corrida apenas apagada e burocratica mas sem erros, talvez ultrapassaria bottas nos boxes e talvez ate belicasse um 2. lugar. No minimo atrapalharia a vida do bottas.

  34. Alfredinho disse:

    Caro Gomes, Schumacher deu entrada no Hospital Georges-Pompidou em Paris (G1 – 09/09 às 17:07 h).

Deixe uma resposta para S. Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>