Blog do Flavio Gomes

F1, Automobilismo e Esporte em geral

B

Postagens Recentes

Valendo uma caixa de cerveja

V

Meu amigo Luiz Salomão, da revista Época, é cheio de chinfra e fica me mandando charadas. Pergunta quem é este piloto da foto abaixo, num miserável Fiat 147, disputando a terceira etapa do Torneio da Região Centro-Oeste. No Rio, em 1978. Consta que o sujeito chegou em segundo lugar. Bem, jamais vou entender por que um torneio do Centro-Oeste foi correr no Sudeste, mas vá lá. Quem souber me ajude...

Da série “Me Engana que eu Gosto – II”

D

Pensa que é só no Brasil? Olha essa. Acabo de receber um release sobre um acordo de transmissão das provas de A1 GP para os EUA por uma tal de OLN, canal a cabo. Digo “tal de” sem saber se é a maior operadora de cabo do país. Como não conheço, é tal de. Enfim. Os caras vão passar as corridas, boa parte delas em VT. Mas no release o dono da equipe americana, um tal de Rick Weidinger...

Da série “Me Engana que eu Gosto”

D

Uma das (des)graças de se trabalhar com automobilismo é receber determinados press-releases. Hoje, qualquer piloto de autorama tem assessor de imprensa. E eles se esforçam para divulgar e perpetuar as façanhas de seus contratantes. Coisa mais normal do mundo é receber textos dizendo que “fulano foi o destaque da prova de não-sei-o-quê em Tarumã: foi o piloto que fez mais ultrapassagens na...

Acabou mesmo

A

“O sol nasce para os justos”. Essa frase, segundo um internauta que me mandou um e-mail algumas semanas atrás, estava estampada no antigo site da Minardi. Bem, hoje tive a curiosidade de bater o olho e procurar. Mas a tentativa foi em vão. O site da Minardi já não existe mais. O endereço é redirecionado para o da Red Bull. Varreram a Minardi do mapa, inclusive do mapa virtual. Tentei...

Audi e Red Bull: tudo a ver

A

Titulinho ridículo esse aí acima, mas é mesmo para chamar a atenção. Rola um papo aí, especialmente em sites portugueses, de que por trás da compra da Minardi está a Audi, numa parceria com a Red Bull. A idéia seria colocar um pezinho na F-1 para ver como funciona, sem se expor demais. Se der certo, formar-se-ia (vão se acostumando, aprecio mesóclises) uma parceria no futuro. Para turbinar a...

Vergonha nacional

V

Que vergonha, quase 3 da tarde e zero de mensagens. Mas como já disse, os dias para mim começam tarde. E hoje a terça começou bem, com boas risadas sobre o anúncio da Red Bull sobre a permanência de Christian Klien. Elvis Presley não será nosso piloto, diz o comunicado da equipe. Olha, podem achar o que quiserem da Red Bull. Que não tem tradição de corridas, que não faz carros, que isso ou...

Aos órfãos do blog antigo…

A

…não se apavorem. Eu nem sabia que o blog do Grande Prêmio tinha sido substituído pelo novo. Mas colocarei temas para vocês discutirem como a gente fazia durante a temporada. Por exemplo, a trepidante pergunta que oito em cada dez pessoas que me encontram fazem: “E o Rubinho na BAR, hein?”. A maioria não sabe que não existe mais BAR. As outras duas querem saber do Massa na...

Frase do dia

F

Para fechar o dia, porque vou para a TV. Ontem levei meus filhos e um amiguinho deles ao shopping para comer besteiras e ver presentes. O garoto é um barato. Tudo que meus filhos dizem que têm, ele diz que tem também. Tudo que eu digo que faço, ele diz que sabe fazer também. Um fenômeno de sete anos de idade. Fomos de Karmann-Ghia. O carro está com a pintura meio encardida e eu disse que...

Fumacinha vermelha…

F

Hummm… Newey sai da McLaren, vai para a Red Bull, que usa motor Ferrari, que quer Kimi, que vai ficar puto se a McLaren fizer um carro ruim no ano que vem, sem o Newey, que por sua vez vai ficar amiguinho da turma da Ferrari, que quer o Kimi… Anote aí: Raikkonen vai correr na Ferrari em 2007.

Ode aos calhambeques

O

Gosto desse texto, que escrevi para a “4 Rodas” uns meses atrás. Saiu com alguns cortes, então vai a íntegra… Eles fazem sorrir Por Flavio Gomes* Não queira ter uma relação com seu carrão cheio de botões, reboque cromado para não puxar nada, flex powers, trios elétricos, fly by wire, e ABS igual à que eu tenho com os meus. Você vai perder. Meus carros têm nome, eu converso com...

Sugestão de presente de Natal

S

Meu livro, claro! “O Boto do Reno” anda meio encalhado e não se encontra em grandes livrarias. Por quê?, há de perguntar o infeliz do leitor. Porque para entrar em grandes livrarias e ficar do lado do Paulo Coelho, tem esquema. Portanto, comprem pela internet mesmo, é só entrar em www.gptotal.com.br e ficar clicando até te pedirem o número do cartão de crédito. É o meu melhor livro.

Escolha de boiola

E

A “Autosport” deu a Tiago Monteiro o título de melhor estreante do mundo. Em tudo, contando F-1, IRL, DTM, WTCC, WRC, GP2, A1GP e as letras mais que você quiser escolher. OK, o portuga não foi mal, claro que não. Mas isso é coisa típica de inglês, olhar apenas para o umbigo mais próximo. Na boa, a Danica Patrick foi uma “rookie” bem melhor. Deixou para trás o checo...

A bênção, padinho

A

A Ferrari foi visitar Bento XVI. No ano passado, foram a João Paulo II, e não só a equipe não andou nada, como o coitado do papa morreu. Bem, não façamos associações indevidas. Pelo que ando vendo, só reza braba não vai resolver. Talvez o pessoal de Maranello deva se voltar mais para o Oriente. Mandar benzer a borracha, por exemplo, lá onde Buda perdeu as botas.

LESA-KOMBI

L

Vejam só que graça… Como podem querer colocar um radiador numa belezura dessas? Proteste! Motor a ar não gasta água, o mundo está ficando sem água, li isso em algum lugar.

Mande seu currículo

M

Não para mim, por favor. Mas se quiser trabalhar numa equipezinha novata, cheia de amor para dar, boa sorte: . Pelo jeito estão precisando de gente para limpar o capacete do Sato, essas coisas. Se o local de trabalho for mesmo a fábrica antiga da Arrows, em Leafield, prepare-se. O que de mais emocionante há na região é ver carneirinhos e ovelhinhas comendo grama. O charme de Leafield é uma...

Cheguei. Atrasado, mas cheguei.

C

Quando digo atrasado, é atrasado mesmo. Como o cara que esquece do casamento. Ou a noiva que falta. Cheguei atrasado à era dos blogs, em primeiro lugar. Embora meu guru Carlos Leonam, que escreveu o prefácio do meu livro, tenha dito que ele, o livro, nada mais é do que um precursor dos blogs. Em termos. Pelo que entendi, blog é coisa de todos os dias. Anos atrás, na faculdade, acho que fiz um...

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930