TagLotus

FOTO DO DIA

F

Em meio às discussões sobre a ausência de brasileiros na F-1 no ano que vem, uma foto linda de Emerson Fittipaldi em 1972 — ano de seu primeiro título — em Mônaco, com a maravilhosa Lotus preta. Uma obra de arte, esse carro.

RIO 1988

R

SÃO PAULO (dá dó) – Adoro Olimpíadas, os Jogos no Rio serão um sucesso — sempre são, onde quer que aconteçam, é como a Copa, deixem de mau-humor –, mas não me conformo com o fim de Jacarepaguá. O Carlos Tavares mandou este vídeo promocional da Camel com imagens do Rio em 1988. Foi a primeira corrida que cobri. Um take ou outro não foi feito na pista. Mas a maior parte, sim. Na...

FOTO DO DIA

F

O Alexandre Carvalho mandou. Está numa lojinha perto da praça Benedito Calixto, em Pinheiros. Aqui em São Paulo, onde todo sábado tem uma espetacular feira de antiguidades. Suponho que esteja à venda. Moderninho demais, para meus padrões de rolimã.

JÁ DEU?

J

SÃO PAULO (já) – A pergunta se refere a Kimi Raikkonen. Quando ele voltou à F-1 em 2012, depois de dois anos correndo no Mundial de Rali, todos celebraram. Porque numa Lotus divertida e despretensiosa, o cara mostrou que não tinha perdido a mão. Logo no primeiro ano no time preto e dourado, uma vitória, sete pódios, duas voltas mais rápidas, 207 pontos e nada menos do que um terceiro lugar...

VAI SER FÃ ASSIM…

V

SÃO PAULO (meio exagerado…) – O Luiz Fernando Pereira, de Curitiba, recebeu as quatro fotos acima e disse que o remetente não deu maiores detalhes. Bom, saber onde é, é fácil. Algum daqueles prédios do Campo Belo que dão vista para o esqueleto mais caro do planeta. Trata-se do metrô de superfície que deveria ter ficado pronto em 2014, ficou para 2018 — claro que não vai ficar...

FIM DA LINHA PARA PASTOR?

F

SÃO PAULO (pelo jeito, sim) – Pastor Maldonado está no mato sem cachorro. Ou: na equipe, mas sem patrocinador. Ou: na F-1, mas sem carro. A PDVSA, como toda empresa petrolífera, vive maus momentos por conta da queda do preço do barril de petróleo — chegou a custar 100 dólares uns quatro anos atrás, agora está na casa dos 30 porque os sauditas brincam com os valores para agradar seus...

FOTO DO DIA

F

A Lotus acaba de postar na sua conta no Twitter, pelo jeito as despedidas já começaram. Detalhe: Carlos Ghosn, o presidente brasileiro da Renault, não confirmou Maldonado e Palmer ainda. A ver.

VOLTA, RENAULT

V

SÃO PAULO (esperado) – Fechou, finalmente. Ontem à noite foi feito o anúncio oficial da compra da Lotus pela Renault. E a montadora entrou com o status de “equipe histórica”, depois de um acordo com Bernie Ecclestone. Isso significa que vai pingar mais algum na conta, na hora da divisão de receitas. Bom para Pastor Maldonado e Jolyon Palmer, pilotos já confirmados para 2016. A...

LOTUS SEM TROUBLE

L

SÃO PAULO (novidade…) – Apenas para informar que a Lotus pagou o que precisava para poder utilizar seu espaço em Interlagos. É bom que a Renault compre logo essa equipe, está pegando mal esse tipo de coisa e é sacanagem com os funcionários.

LOTUS IN TROUBLE

L

[bannergoogle] SÃO PAULO (só papagaio) – Ainda não fui ao autódromo, só amanhã. Mas recebo informação de fonte seguríssima que a Lotus está com problemas. Seguranças foram colocados na porta dos boxes da equipe agora pela manhã com a ordem de não deixarem entrar ninguém. O mesmo nos escritórios da equipe. A exemplo do que aconteceu em Suzuka, o pessoal do time não tem nem onde comer. Ontem...

JÁ É

J

SÃO PAULO (falta só o chamego) – Já tem gente da Renault trabalhando em Enstone, sede da Lotus — ex-sede da Renault, inclusive. Estudando a cor das portas, as louças dos banheiros, os móveis de escritório, os quadros nas paredes. E o projeto do carro do ano que vem. O nome Lotus vai desaparecer de novo da F-1. Pode ser que permaneça na próxima temporada (como a Manor ainda é obrigada...

FÁCIL PRA NINGUÉM

F

SÃO PAULO (estava quente?) – A Lotus vive momentos de penúria nos dias que antecedem sua venda para a Renault — única forma de o time sobreviver. Na Bélgica, enquanto Grosjean recebia um troféu no pódio, seus dirigentes lutavam para liberar os equipamentos para poderem sair de Spa, já que uma ação na Justiça ameaçava a penhora dos bens. Agora, em Suzuka, a falta de pagamento do frete...

COM QUE ROUPA?

C

SÃO PAULO (gosto dele) – Haas ou Lotus, que pode vir a ser Renault? É o que se especula para o futuro de Romain Grosjean, a quem reputo como ótimo piloto. Ele disse em Cingapura que já sabe onde vai correr.
Aposto na Renault. Desde que, claro, a montadora francesa compre a Lotus — negócio que, para mim, já está fechado. E vocês?

DICA DO DIA

D

SÃO PAULO (hoje…) – O André Maguila mandou o vídeo da estreia da Lotus 49, no GP da Holanda de 1967. Estreou com vitória — Jim Clark com mais de 20s de vantagem para o segundo colocado, e na verdade teria sido uma dobradinha se Graham Hill não tivesse quebrado o câmbio. É legal ver, para lembrar que carros podiam ganhar em suas primeiras corridas. Hoje, isso é impossível. Um...

BOLSA-EQUIPE

B

SÃO PAULO (tá feia, a coisa) – Bernie Ecclestone pagou os salários de 400 funcionários da Lotus, para que ela pudesse ir a Spa. A equipe está numa situação dramática. Precisa ser vendida urgentemente para a Renault para sobreviver. A PDVSA, principal patrocinadora do time, está segurando a grana que Maldonado levou, por conta das incertezas sobre o futuro. Pode ser que em Monza a montadora...

PIC NO PAU

P

SÃO PAULO (menos um) – Charles Pic, piloto reserva da Lotus, acionou a equipe na Justiça alegando que não recebeu os testes prometidos quando assinou contrato. Por isso, os carros do time, que fez o primeiro pódio no ano domingo, estão retidos em Spa. Não sei o que vai dar isso. Mas Pic, assim como Van der Garde no início do ano, acaba de assinar o termo de fim de carreira na categoria. Sem...

FAZ SENTIDO

F

SÃO PAULO (uia) – E não é que as coisas podem tomar outro rumo na Renault? No início da semana, comentava-se que a marca francesa poderia picar a mula se não arrumasse um time para comprar. E tudo indicava que a Toro Rosso poderia ser esse time. Agora, na Europa, o comentário forte indica que a Lotus é o alvo dos gauleses. Faz todo sentido. O grupo Genii já percebeu que a grana na F-1 não é...

A MONTADORA

A

SÃO PAULO (tá com cara) – Toda hora se fala sobre a volta da Renault com equipe própria. Nos últimos meses, a compra da Toro Rosso foi cogitada fortemente, mas agora o vento mudou de direção. Segundo a “Autosprint”, o alvo passou a ser a Lotus. E, convenhamos, um alvo bem mais conveniente. Primeiro, porque os donos da equipe não estão curtindo muito a F-1. Grupos de...

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930