CategoriaAntigos em geral

SALVEM AS PERUAS

S

RIO (forninho) – Antes de falar do Russell, uma indicação. Este perfil no Instagram mostra peruas e mais peruas, e merece ser seguido. Agora, a que escolhi pra mostrar a vocês. É uma Vemaguet de cabo a rabo, e por isso mesmo, linda. O modelo é uma Mercedes-Benz 300C Touring. Segundo a legenda, foram 12.190 unidades vendidas entre 1951 e 1957.

GRANDE NOTÍCIA

G

RIO (pelo menos uma…) – Restaurado por um punhado de amantes da marca e dos carros antigos, o Maverick do I Raid da Integração Nacional, que fazia parte do museu de Roberto Lee, em Caçapava (SP), voltou à vida. Por anos o carro foi vandalizado, no longo período em que o museu ficou fechado e abandonado — alvo de disputas judiciais e familiares. É um modelo Super Luxo 1973...

AMÉM

A

RIO (faz falta) – Recebi por e-mail as fotos acima, com a mensagem do blogueiro Paulo Leite, que coloca algumas perguntas. Espero que vocês respondam! Eis o que nosso amigo quer saber: “Recebi de meu amigo Miguel Soares, de Campina Grande, cujo lazer é colecionar peças antigas. Diz a legenda das fotos: 14-07-1966 – Na inauguração da primeira fábrica da Willys do Nordeste, em...

PARCEIRO PORTUGUÊS

P

RIO (boa companhia) – Se vocês acham que só eu gosto dessas coisas lindas, conheçam António de Freitas, feliz proprietário de um Wartburg, um Trabant e uma Vespa em Portugal. É amigo do meu brother Luciano Pinho, que mora perto de Munique. Pimpolhos unidos dos dois tempos! A garagem do António é simplesmente um sonho.

NOVE KM!

N

RIO (que coisa!) – Bruno Sanches Forni me mandou o e-mail e o vídeo. Babem: “Olá Flavio! Tudo bem? Eu vi sua postagem sobre o Ford Ka. Também gosto dos carros da Ford, tanto que tenho dois, um deles um Ford Focus 2008 GLX com 80.000 km. Não está maravilhoso de lataria, mas está perfeito de motor e câmbio, e isso me importa no momento. Mas um dia eu o arrumo por completo. Bom, mas não...

QUE HISTÓRIA…

Q

RIO (queria um Lada assim) – A história viralizou há alguns dias. Uma revenda Fiat na Argentina fechou há 30 anos e 13 carros 0 km ficaram lá dentro, dormindo, até que alguém descobriu o tesouro. Um rapaz comprou tudo, tirou a poeira, trocou baterias, mangueiras e líquidos e aí estão: todos novos! Alguns ele vai vender, outros não. São modelos como Uno, Tempra, Duna (o nosso Prêmio), além...

JULIA?

J

RIO (Ana?) – O André Passatovski já me falou sobre esse Passat, achei a história interessantíssima (se ele puder, conta aqui; se não, leiam lá na “HP do Passat”, com informações sempre precisas e completas), e não é que tem um à venda? Nos anos 80, essas modificações nos Passat eram muito comuns. As mais famosas, feitas pela Dacon em São Paulo. Um Passat Dacon era, de verdade...

EU QUERO!

E

RIO (isolamento vem de “isola”, que em latim é ilha. De nada) – Vejam o que será leiloado dia 24 na minha querida Pelotas, e vai sair quase de graça! Mas como está sendo vendido como sucata, não é qualquer um que pode comprar. Precisa ser cadastrado como empresa autorizada a desmanchar carros e tal… Espero que quem compre não desmanche. Isso aí é uma cápsula do tempo. Não...

BORN IN THE DDR

B

Como foi parar em Utah? Mistério… RIO (perdoamos) – Recebi a seguinte mensagem do Adriano Andreoli: Bom dia Flavio, como vai?  Eu tirei essa foto, não sei exatamente que carro é esse, mas parece com aqueles antigos da União Soviética ou da Alemanha Oriental, que você publica. A curiosidade é que tirei essa foto no estado de Utah, bem no meio dos Estados Unidos. Como um carros desses...

MAS JÁ?

M

RIO (vai ser lindo assim…) – A gente vê que está ficando velho quando um carro que foi lançado quando você já era adulto passa por um processo de… restauração! Publico na íntegra o texto assinado pelo meu amigo Luiz Alberto Pandini, um dos maiores jornalistas do Brasil, que está fazendo assessoria para a McLaren no país — não a equipe de F-1, mas a divisão dos carros de...

EU IA

E

Vejam esta belezura que o lambe-lambe JR Duran me mandou — sugerindo uma loucura para comprar. Trata-se de um Honda Vamos (melhor nome de carro da história) 1972 cujo preço não consegui descobrir. Se tivesse conseguido, já tinha comprado.

AMOR DE PORSCHE

A

RIO (será que anda?) – O Werner Sauter mandou este link aqui falando do leilão deste… desta… Disto! É um Porsche. Sim, macacada, uma espécie de Kombi Safari que quando nasceu levava um motor Porsche do 356. Fabricado em 1955, é um dos três exemplares construídos com o pomposo nome de Porsche Tempo Mikafa Sport Camper. Tem a pátina do tempo que eu amo. Quem acompanhar o leilão da...

ALFA LAUDA

A

RIO (e essa garagem?) – O Anderson Grzesiuk mandou a foto, eu não conhecia. Em 1978, a Alfa Romeo produziu uma série especial da Spider para homenagear Niki Lauda, que no ano anterior conquistara o bicampeonato pela Ferrari. Linda.

GOL NA ALEMANHA

G

RIO (zeradinho!) – É simplesmente maravilhosa a história desse Gol bolinha que foi parar na Alemanha em 1998 e, hoje, pertence a um brasileiro que mora em Colônia. E ele andou flanando por Nürburgring, o que torna o caso ainda mais espetacular. Está tudo no “Flat Out”.

FOTO DO DIA

F

RIO (queria um filho assim!) – Não dá para medir a alegria do Maurão Battistuzzi ao ganhar de aniversário do filhão Marcelo um SP2 que eu ajudei a encontrar! Parabéns a ambos! Battistuzzi, o filho, foi um dos bons amigos que ganhei no automobilismo. Campeão na F-Opel, bateu na trave da F-1 ao chegar à F-3000 no final dos anos 90. Não deu, mas ele não teve dúvidas. Voltou ao Brasil e começou...

O REI DO 2CV

O

SÃO PAULO (o meu já foi) – Tenho um leitor que vive me mandando fotos de Citroën 2CV. É um carro adorável, claro. O “Fusca francês”. Gozado que fotos que normalmente seriam banais — eu vivo fotografando carros e nunca faço nada parecido — ficam boas pelas lentes desse rapaz. Reproduzo e-mail recebido esta semana: Meu caro Flavio. Você com seu Lada, eu com minha...

APLAUSOS

A

RIO (coisinha linda) – Esse Austin aí embaixo está no museu da WEG, em Santa Catarina. O Bruno Wenson fotografou e explica: Achei algo que pode te interessar. Ano passado estive com alunos da faculdade no Museu da WEG, empresa de Santa Catarina que produz motores elétricos. Lá tem a primeira caminhonete adquirida pela empresa, em perfeito estado e em dia com os documentos. A caminhonete é...

HISTÓRIA DE AMOR

H

RIO (e maravilhosa) – Dorothy Peters entrou na Land Rover aos 15 anos de idade, em 1946. 70 anos depois, o 16º carro que saiu da linha de montagem da fábrica de Solihull, no qual ela trabalhou, foi… visitá-la! E era o carro que aparecia numa foto que ela tirou, jovenzinha.
Dorothy é uma linda, dá vontade de ficar horas conversando com ela! O Julio Cezar Kronnenburg mandou a reportagem.

MAVERICK HISTÓRICO

M

RIO (vamos ajudar!) – Recebo e-mail do Rodrigo Lombardi com uma ótima notícia, mas que vai depender da participação de amantes do Maverick em todo o Brasil. A ele: O Maverick que participou do 1º Raid da Integração Nacional, em outubro de 1973, será restaurado e voltará a sua forma original, quando percorreu todas as capitais brasileiras. Com a participação de três automóveis — um...

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

dezembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031