SOS VECTRA

SÃO PAULO (vamos ajudar?) – Meu velho amigo Vitor Matsubara conta com vocês! Vejam o e-mail que me mandou:

“Flavio, gostaria de pedir a ajuda de seus leitores numa missão nobre. Tempos atrás, uma amiga perdeu o pai e ela se desfez dos carros dele para não lembrar dele toda vez que visse os carros na garagem. Um deles era um Chevrolet Vectra CD todo original, de placas CAP-0466. Ele até saiu em um ensaio da Quatro Rodas, onde eu trabalhava na época. No fim das contas, eu não pude comprá-lo por falta de grana, e ela acabou vendendo o carro. Pela busca no Sinesp, vi que ele ainda está licenciado e deve estar rodando em São Paulo. Como ela está esperando um bebê, eu gostaria de fazer uma surpresa e, quem sabe, comprar e restaurar esse carro. Se alguém conseguir me dar uma pista do paradeiro do Vectra, ficaríamos muito felizes.”

Vamos atrás?

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pedro Rui
Pedro Rui
1 ano atrás

Eu acho que qualquer despachante consegue ter acesso ao proprietário e seu endereço através da placa. Pelo menos uma vez queria saber com quem estava um Jeep antigo que tive e um despachante conseguiu para mim

jeferson de araújo pereira
jeferson de araújo pereira
1 ano atrás

Sou idoso, às vezes meu cérebro fica com o carburador sujo (tradução: memória fraca) mas salvo engano, teve um leitor deste blog que conseguiu localizar quem era a proprietária do Twingo que pertenceu ao Flavio Gomes, que entrou em contato com a mesma e recomprou o carro.

roberto eduardo santonini ceconello
roberto eduardo santonini ceconello
1 ano atrás

Edu, tem razão.
Você realmente não entendeu.

Alberto Polo Júnior
Alberto Polo Júnior
1 ano atrás

Tem um perfil chamado Placa dos Carros no Instagram cujo o administrador tem acesso a um cadastro bem detalhado da frota brasileira. Vai que ele também consiga os dados do atual proprietário.

Juruna
Juruna
1 ano atrás

Gente, é um pedido de ajuda. Querem dar lição de moral para tudo. Se não podem ajudar, não atrapalhem.

Wanderson Marçal
Wanderson Marçal
1 ano atrás

Flavio, tudo bem? Eu tô fazendo um projeto com os meus alunos sobre imigração e jornalismo e queria te perguntar se você toparia ajudar mandando um vídeo falando brevemente (algo curto, claro) sobre sua experiência cobrindo Fórmula 1 e, se possível, fazendo um gancho com o teu livro. Eu vou comprar mais alguns e vou usar parte dele como gancho pra trabalhar esse tema em aula — as turmas são do ensino médio e de uma escola pública. Se você topar participar, só me dizer como te contacto. Também falei com o Gerd Wenzel pra ele falar um pouco sobre como foi vir morar ao Brasil e as coberturas esportivas que fez. Desde já meu agradecimento!

Hiltom
Hiltom
1 ano atrás

Tb não entendi…restaurar e salvar um carro pode ser uma missão nobre. Porém….”perdeu o pai e ela se desfez dos carros dele para não lembrar dele toda vez que visse os carros”…não acho que seja este o desejo dela…

Alexandre Arias
Alexandre Arias
1 ano atrás

Que bela atitude! E como essa senhora ficaria feliz com o presente. Tomara que encontrem o carro e que esteja em bom estado. Vou tentar ajudar no que puder também. Estou à procura do carro que foi comprado zero pelo meu avô, depois passado para a minha mãe, embora eu não tenha lá grandes esperanças, jpa que o último licenciamento foi em 2011… Boa sorte e vamos achar esse Vectra (lindo, por sinal)!

Vitor Matsubara
Vitor Matsubara
1 ano atrás

Não, meu querido. Eu quero COMPRAR o carro e FICAR COM ELE.

Edu
Edu
1 ano atrás

Não entendi, o cara quer comprar o carro, restaurar & entregar na mão da mulher que já se desfez do mesmo no passado, é isso? Saí fora meu!