TagJacarepaguá

SOBRE O RIO

S

SÃO PAULO (aff) – Na boa, não vou esticar muito o assunto, nem iludir ninguém. O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, falou que vai construir um autódromo na cidade. Lançou um projeto para fazer uma pista em Deodoro. Já teve neguinho me perguntando no Twitter se “com a reconstrução de Jacarepaguá, Interlagos corre o risco de perder a F-1?”. Puta que pariu. As pessoas não leem. Não...

ERA ASSIM

E

SÃO PAULO (não é mais) – Todo mundo deve ter cansado de ver imagens aéreas do Parque Olímpico da Rio 2016, que termina no domingo. Selecionei algumas fotos antigas da região. É legal ver como aquele pedaço do Rio cresceu loucamente. Há imagens do traçado original ainda nos anos 60, que depois foi ampliado na década de 70, ganhou um oval nos 90, na sequência foi mutilado para os Jogos Pan...

A OBRA DE LOLÔ

A

SÃO PAULO (tá difícil) – Linda a matéria da Evelyn Guimarães com Ayrton “Lolô” Cornelsen, projetista do autódromo de Jacarepaguá que, desde o dia 5, se tornou o centro do mundo do esporte. Sem pista, sem carros. Mas, sim, como Parque Olímpico da Rio 2016. O circuito, que teve um oval incorporado nos anos 90 e sediou provas de F-1, Indy e MotoGP — são pouquíssimos os que...

MISTÉRIO DO DIA

M

SÃO PAULO (alguém deve conhecer) – Olha que e-mail legal, e intrigante, como não?, que o blogueiro Fernando Pinto mandou — junto com três fotos, das quais separei a melhor: Boa noite Flavio, tudo bem? Sempre que possível tento colaborar com sua página, seja com uma foto ou curiosidade. Já estava para te mandar essa informação há bastante tempo (uns cino anos no mínimo), mas sempre...

RIO 1988

R

SÃO PAULO (dá dó) – Adoro Olimpíadas, os Jogos no Rio serão um sucesso — sempre são, onde quer que aconteçam, é como a Copa, deixem de mau-humor –, mas não me conformo com o fim de Jacarepaguá. O Carlos Tavares mandou este vídeo promocional da Camel com imagens do Rio em 1988. Foi a primeira corrida que cobri. Um take ou outro não foi feito na pista. Mas a maior parte, sim. Na...

RIO, 1989

R

SÃO PAULO (isso era legal demais) – Copa Shell de Marcas e Pilotos, 1989, Jacarepaguá. Passat, Uno, Escort e Voyage na pista. Foram os que identifiquei. O grid só tinha monstro — Ingo, Chico Serra, Jorge Freitas, Toninho da Matta, Mattheis… Aliás, vejam o garotinha linda no colo de Andreas, no final. Salvo engano, não é a moça que namora o Pato, aquele centroavante esquisito...

DICA DO DIA

D

SÃO PAULO (herói anônimo) – Ótima entrevista no site brasileiro da Red Bull com “Lolô” Cornelsen, que projetou os autódromos de Curitiba e Jacarepaguá — tristemente mortos, o carioca em 2012, o paranaense com enterro previsto para julho. Marina Sarkis mandou o link. Lolô fez também as pistas do Estoril e de Luanda, em Angola. A pista portuguesa está lá, firme e forte. A...

DICA DO DIA

D

SÃO PAULO (eu estava lá) – O delicioso “pré-corrida” da Globo no GP do Brasil de 1981, incluindo o salto de motocicleta de um doido sobre 11 carros de F-1, um deles com Bernie Ecclestone dentro (a gente já mostrou foto aqui, mas acho que o vídeo, não). Carlos Bragatto mandou. Tem coisas incríveis, como o repórter (vocês hão de reconhecer, digam aqui) mostrando como era feito o...

CARS & GIRLS

C

OK, falta o carro, mas o piloto está aí para nos lembrar que era uma corrida, e que era no Rio, e que o mundo era foda demais. Aliás, o carro deve estar atrás da turma. Agora digam vocês: ano e piloto.

ATUALIZANDO…
Estou ficando desmemoriado. Esta foto foi publicada no dia 19 de novembro aqui! O que fazer? Apagar o post? Ou deixa aí e tudo bem?

FOTO DO DIA

F

De uma série de três que o Alessandro Neri mandou e publicarei nos próximos dias. Quero que digam o ano, o piloto e o que mais quiserem — sem baixarias e sexismo barato, por favor.

ESCORT & SENNA

E

SÃO PAULO (andava) – Carlos Tavares mandou a foto abaixo. Não tem data. Foi tirada em Jacarepaguá, e dá um aperto no coração ver a torre, os boxes… Ayrton Senna tinha uns negócios com a Ford, andava de Escort, no fim acabou comprando uma concessionária, a Frei Caneca, onde lá por 1997 comprei uma perua Escort verde, daquelas argentinas, excepcional. Se alguém souber o contexto (argh)...

TEMPOS INCRÍVEIS

T

SÃO PAULO (lembro bem…) – O Cacá Vita postou a foto da “GazetaPress” no Facebook. Lembram disso? “Nelsão ao lado de Eulázia da Silva, oficial de Justiça, ao receber a intimação para comparecer ao magistrado e explicar se falou ou não que o piloto Ayrton Senna não gostava de mulher. Jacarepaguá, 1988.” Jacarepaguá, 1988. Minha primeira cobertura de GP “in...

SÓ DERROTA

S

SÃO PAULO (não me conformo) – Falamos de Jacarepaguá nesta semana, foi o estalo para o Paulo Cesar Lavinscky mandar estas fotos melancólicas e deprimentes. Já dos dias em que o autódromo agonizava, antes da destruição total. Formulinhas no meio do mato, ônibus de equipe abandonado, destroços de carros de Marcas…
Dá vontade de chorar.

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930