Arquivomaio 2013

ANTOINE

A

tony1991SÃO PAULO (o máximo) – Na coluna Warm Up de hoje, uma cartinha para Antoine, vulgo Tony Kanaan, grande vencedor das 500 Milhas de Indianápolis. Lembrando um distante domingo de 1991, quando ele, aos 16 anos, bateu Ayrton Senna numa corrida de kart.

indyseloLembro de ter conversado com você rapidamente e no fim da entrevista você me deu um cartão que deve estar em alguma gaveta por aqui, porque não costumo jogar nada fora. Aqueles cartões de visita fotográficos, acho que você corria de F-Ford, já, tinha lá seu carro, o nome e o telefone. Como era uma festança, e como Senna era o personagem do dia, mais do que ninguém, creio que no material que escrevi para o jornal apenas mencionei sua vitória, sem maiores detalhes. Bruno mereceu mais espaço, certamente. Afinal, era sobrinho do homem, um garotinho cheio de marra, mais notícia, enfim. Sobrinho do Senna, queria ser piloto, essas coisas são um prato cheio, você sabe.

Para ler na íntegra, é só clicar aqui.

VAMOS MUDAR

V

SÃO PAULO (todos lindos) – Como a blogaiada sabe, o Meianov ficou bem avariado depois da última corrida. Vamos mudar a pintura do queridinho soviético e encomendei ao grande Marcel Marchesi alguns estudos para um novo layout para este ano. Ele me mandou as sugestões abaixo. Tenho uma preferida. O que vocês acham?

PR 02

PIRELLI SE EXPLICA

P

SÃO PAULO (caso chato) – A Pirelli divulgou comunicado se defendendo das acusações de que favoreceu a Mercedes no caso do teste “secreto” de Barcelona. A fábrica se isenta de responsabilidade na escolha do carro usado no treino e diz que a Mercedes é que tem de se entender com a FIA.

Acho que essa história não vai dar em nada. No máximo, uma reprimenda à equipe alemã.

ABAPO-CAR

A

SÃO PAULO (boa ideia) – Recebo release do piloto Marco Cozzi, do novo campeonato de apoio da Estoque, que conta que seu carro será uma galeria de arte ambulante ao longo da temporada. Diz o texto:

Ao longo das oito etapas da categoria no ano, o capô do carro da equipe Carlos Alves vai alternar obras de artistas brasileiros e estreia na capital federal com uma das mais icônicas pinturas da história das artes no Brasil: o “Abaporu”, de Tarsila do Amaral. Além da obras de Tarsila do Amaral, estamparão o capô do carro #23 trabalhos especialmente selecionados pelos idealizadores e curadores do projeto da galeria de arte mais rápida do Brasil, Suzana Lobo e Luís Ferrari. Entre os expositores convidados estão confirmados o artista plástico Didu Losso e o renomado fotógrafo Luiz Tripolli.

Até que ficou bonitão, apesar da feiura do carro.

abapocar

A DANÇA DOS MOTORES

A

SÃO PAULO (tudo se ajeita) – A Williams, que troca de motor como o Justus troca de esposa, vai usar Mercedes no ano que vem. Adieu Renault. Renault que, na semana passada, foi anunciada pela Toro Rosso como sua fornecedora para a próxima temporada. A McLaren terá Honda em 2015. Não sei bem por quê. O ano que vem para a McLaren está perdido. Perdido por perdido, que perca já com a Honda, para entrar forte em 2015. Caso contrário, perde 2015 também, já que ninguém imagina que num primeiro ano tudo dê certo.

Nessa dança dos motores, 2014 terá Renault na Red Bull, na Toro Rosso, na Lotus e na Caterham; Mercedes na McLaren, na Williams, na Force India e na Mercedes, obviamente; Ferrari na Sauber, na Ferrari, claro, e provavelmente na Marussia. Acho que é isso.

A Honda, quando entrar, deverá ter mais alguma, além da McLaren. Eu apostaria no seguinte quadro para 2015:

Mercedes – Mercedes, Williams e Force India
Renault – Red Bull, Toro Rosso e Caterham
Ferrari – Ferrari e Marussia
Honda – McLaren, Sauber e Lotus

Mas é apenas uma aposta.

APLAUSOS

A

ladalanoraliSÃO PAULO (eternos) – É com alegria, júbilo e uma pontinha de orgulho que reproduzo mensagem enviada pelo André Trzcinski, piloto dessa coisa linda aí em cima.

Envio-lhe singelas fotos do meu Lada 2105, o qual mui honrosamente já foi mencionado por você no blog na semana passada… Rollcage, banco concha, cinto quatro pontas, solda aqui, regula ali, e o rapaz ficou pronto, e lindo por sinal. Na primeira participação, que foi no XVI Rally Internacional de Erechim, etapa válida pelo campeonato Gaúcho, Brasileiro e Sulamericano CODASUR de Rally de Velocidade, consegui chegar em quinto lugar na categoria R1, que reuniu 10 carros na largada. Nada mal para a primeira vez. Vamos agora para a próxima etapa dia 20 de julho em Estação (RS), e se depender de mim o Lada vai pro WRC!

Abraços, e saudações soviéticas!

André Trzcinski – Lada Racing Motorsports

Se depender da nossa torcida, idem! E um dia precisamos reunir essas duas figuras, o seu e o Meianov, para uma foto histórica. Mandamos para o Kremlin e receberemos uma comissão do Ministério do Esporte da URSS composta por cinco Sharapovas.

TURISMO EM BSB

T

SÃO PAULO (do jeito que veio) – Reproduzo parte do release sobre o Campeonato Brasileiro de Turismo, que começa neste fim de semana em Brasília com carros que não são de Turismo, mas sim protótipos semelhantes aos Stock Cars. Por alguma razão, a Vicar aposentou a terminologia “Light”. Ao menos são protótipos bem mais modernos que os da Copa Montana/ex-Light que deixaram de ser utilizados. É a nova categoria de acesso estoquiana.

Nesta prova de abertura estão confirmados 18 pilotos. Entre os nomes mais conhecidos, pilotos que já passaram pela Stock Car, como Pedro Boesel, Fábio Carreira e Norberto Gresse. Todos participam do treino extra marcado para sexta-feira das 15h45 às 16h45.

O carro tem motor dianteiro V8 com 350 cavalos de potência (5.700 rpm e 5,7 litros), tração traseira, cerca de 1.280 kg de peso e é movido a etanol V-Power da Shell. Os pneus são da Pirelli, feitos exclusivamente para a categoria. O sistema de freios tem discos ventilados da Fremax. O câmbio sequencial tem cinco marchas para frente e uma à ré.

O tanque de combustível é especial para competição, composto por um recipiente de borracha preenchido com espuma de baixa densidade. A estrutura é feita com tubos da molibdênio com paredes mais espessas do que os utilizados na Stock Car. Também são utilizadas chapas de alumínio e tinta antichama. Na parte dianteira, na traseira e nas duas laterais, o carro possui absorvedores de impacto. Como a preocupação com a segurança foi muito grande, a JL Racing, empresa do ex-campeão da Stock Car Zeca Giaffone, instalou bancos similares aos construídos para a Stock Car. Outro ponto importante no quesito segurança é o vidro dianteiro fabricado pela Fanavid que absorve impactos externos principalmente devido a uma lâmina de policarbonato especial.

Calendário do Campeonato Brasileiro de Turismo

2 de junho – Brasília – DF
16 de junho – Cascavel – PR
11 de agosto – Ribeirão Preto – SP
1º de setembro – Brasília – DF
15 de setembro – Velopark – RS
20 de outubro – Curitiba – PR
10 de novembro – Goiânia – GO (alternativa)
15 de dezembro – Interlagos – SP

senajr

ALUCINANTE

A

SÃO PAULO (de ponta a ponta) – Uma volta de carona com Schumacher no Nordschleife, semana passada. A pista é alucinógena, e com um carro de F-1 atual, então… Quem quiser ver de fora, é só clicar aqui.

PAÍS DE PICARETAS

P

SÃO PAULO (sem solução) – Outro dia falamos aqui sobre as entidades falsas que enviam boletos para neoempresários incautos que acabaram de abrir suas firmas — “associações comerciais”, “associações de empresários” etc. Muita gente se manifestou, alguns foram vítimas, outros perceberam a tentativa de falcatrua. Óbvio que elas continuam atuando livremente, enviando seus boletos aos milhares, com a conivência dos governos todos (federal, estaduais, municipais) e dos bancos.

Outra modalidade de picaretagem é essa aí embaixo. Reparem no boleto que recebi hoje (e não foi a primeira vez):

picaretagemmaster 001Quem trabalha com internet sabe que existe uma página oficial na qual se registra um domínio, o endereço de um site, no Brasil. Chama-se registro.br. Ali você consulta domínios disponíveis, sabe quem detém os direitos sobre cada endereço registrado no Brasil etc e tal.

Aí, debaixo da porta, me aparece o boleto aí em cima. No cabeçalho, “br.registro”. A manutenção de um domínio na internet exige um pagamento anual que o registro.br envia por e-mail aos proprietários dos endereços. Paga-se, por um período mínimo de um ano, pelo direito de usar um endereço de internet que termine com .br. É oficial, uma forma de disciplinar a bagunça. Imagino que todos os países tenham algo parecido. A gestão desse negócio no Brasil, se não estou enganado, é da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo; não me perguntem por quê).

Quem não é familiarizado com essas coisas e dá de cara com um boleto onde está escrito “br.registro” imagina, claro, que é algo oficial, que diz respeito à manutenção do seu domínio de internet. E paga. Se o boleto vai parar no setor de contas a pagar da firma, em meio a tantos outros, tchau e bênção.

Na verdade, o boleto nada tem a ver com manutenção de domínio. Ele é emitido por uma suposta empresa que oferece hospedagem para sites. Digo “suposta” porque se você entra no endereço da empresa, www.brregistro.com, cai aqui:

picaretagemmaster002

A página não existe, a empresa não existe. O boleto traz, também, três telefones para os interessados: (11) 3522-1535, (21) 4063-9274 e (31) 4063-9281. Liguei para os três. Ouvi, em todos, uma gravação: “Serviço não autorizado”.

Claro que de alguns milhões de boletos enviados todos os anos para todas as empresas do Brasil que possuem domínios de internet, alguns milhares devem pagar os 138 reais cobrados por antecipação por um serviço que jamais será prestado e que é “vendido” com clara má-fé, usando o timbre “br.registro” para que seja confundido com o oficial “registro.br”.

É impossível saber quem são os donos desse negócio. O banco que envia o boleto talvez saiba. No caso, a Caixa. Mas é claro que a Caixa está cagando e andando para os objetivos daqueles que a procuram para que emita boletos de cobrança.

O Brasil é um país de filhos da puta.

EU QUERO

E

SÃO PAULO (virem-se)Taiga. É o novo nome do Niva para o mercado europeu. Como se sabe, para salvar a GM os americanos compraram os direitos do nome Niva para uma SUV qualquer. O Niva, então, passou a se chamar apenas Lada 4 x 4. Agora foi rebatizado como Taiga. Belo nome. Não tenho a menor ideia do que quer dizer, mas é lindo. E custa cerca de 10 mil euros.

ladataiga

FALA MUITO

F

espn1500SÃO PAULO (ambos) – O podcast “Limite” de hoje na Rádio ESPN está no ar, falando de Indianápolis, Mônaco e entrevistando Ricardo Maurício. O atual líder da Stock Car fala sobre os tempos em que era piloto da Red Bull na F-3000. Ficou bem bacana. Ouçam clicando aqui.

INTERNA EU

I

internaeu0001SÃO PAULO (uén) – Mensagem que o David Nóbrega mandou:

Atualmente faço estágio de Engenharia Elétrica em Furnas na Subestação de Tijuco Preto, interior de Mogi das Cruzes. Como partilhamos do mesmo gosto por carros antigos, envio pra você fotos da ambulância Veraneio, impecável, que faz o atendimento na subestação. Ignoro o ano, ninguém soube me informar, mas essa beleza tem câmbio no volante e infelizmente roda muito pouco. Estou pensando seriamente em me acidentar, só pra dar uma volta nela.

Ah, David, arruma uma boa dor de cabeça, ou uma tendinite.

Mais fotos podem ser vistas aqui.

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil, onde ficou até dezembro de 2020. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG