TagBruno Senna

SENNA, PIQUET, FITTIPALDI…

S

RIO (a vida, ah, a vida…) – Há 26 anos, um Senna comemorava um título mundial. Era Ayrton, na Fórmula 1. Há 43, um Fittipaldi fazia o mesmo, Emerson. Há 30, um Piquet. Hoje, um Senna conquistou um novo título mundial, na categoria P2 do WEC. É Bruno, sobrinho de Ayrton. Ontem, outro Fittipaldi, Pietro, neto de Emerson, ganhou a World Series — vá lá, é um campeonato fraco, mas...

ONE QUESTION

O

Este é o McLaren 720S, novo supercarro da empresa. Motor de 4 litros, V8. Não fui atrás de mais detalhes. No vídeo, a voz de Ayrton Senna. No volante, seu sobrinho Bruno. Foi o Ali Sakhr que mandou. A pergunta: alguém ainda compra esses carros? Eu já não sei bem o que pensar desses superesportivos.

SEM SENNA

S

SÃO PAULO (tudo muito gelado) – Pelo jeito, Bruno Senna não disputará sua terceira temporada na Fórmula E. O contrato com a indiana Mahindra não foi renovado e o grid está quase fechado.
E pergunto a vocês: Bruno ainda teria espaço na F-1? Ele andou falando da Indy, mas não correria em ovais. Para mim, o futuro do primeiro-sobrinho está no WEC e em provas de Turismo. A ver.

PROST & SENNA

P

SÃO PAULO (recuperando) – 23 anos depois do GP da Austrália na F-1, um Prost e um Senna no mesmo pódio, com Nicolas em primeiro e Bruno em segundo. Legal isso ontem na Fórmula E, que segue abertíssima depois do quarto de Di Grassi e do quinto de Buemi. Eram três pontos de vantagem para o brasileiro, que foram eliminados com a pole de Buemi para a segunda prova da rodada dupla, agora há...

NO WEC

N

SÃO PAULO (opa!) – Bruno Senna acaba de anunciar que vai voltar ao WEC, agora na LMP2. Trechos do release que foi divulgado há instantes, com a ótima notícia. [bannergoogle] Dois anos depois de correr na categoria GT Pro pelo time oficial da Aston Martin, Bruno Senna está de volta ao WEC. Nesta quinta-feira, na Cidade do México, a RGR Sport by Morand anunciou que o piloto brasileiro estará...

COM SENNA NO PADDOCK

C

SÃO PAULO (thanks!) – Ficou legal demais, muito mesmo, o “Paddock GP” #9, transmitido ontem à noite ao vivo direto dos estúdios da F-Inter. Nosso convidado: Bruno Senna, falando de F-1, F-E, WEC, da vida, de tudo. Bruno é um dos melhores pilotos do mundo para entrevistar, por duas razões. Primeiro, fala bem pacas, é claro, técnico, preparado. Segundo, não mente, não enrola, é a...

BRUNO NO PADDOCK GP

B

SÃO PAULO (sorry) – Bruno Senna é o convidado do “Paddock GP”, o programa semanal de esportes a motor do Grande Prêmio transmitido ao vivo todas as terças dos estúdios da F-Inter. Para assistir, é só clicar aqui. Começa em instantes, às 20h, com comando de Victor Martins. Hoje desfalco o time por conta da premiação da ACEESP, e sou finalista na categoria “blogs...

AGITO NA E

A

SÃO PAULO (vamos lá) – Bruno Senna segue na Mahindra para a próxima temporada da Fórmula E. Karun Chandhok perdeu o lugar para o veterano Nick Heidfeld. Que, por sua vez, abre vaga na Venturi para Jacques Villeneuve, primeiro ex-campeão mundial de F-1 a assumir um posto na categoria elétrica. Villeneuve, eu já tinha dito isso, é um ótimo nome para a E. Tem carisma, é famoso, interessante...

SENNA & PROST

S

SÃO PAULO (tá valendo) – A Stock tem conseguido gerar bons fatos de mídia nos últimos tempos. A chegada de Barrichello (e o título do ano passado), a Corrida do Milhão e a prova com pilotos correndo em duplas para abrir a temporada ajudaram a categoria a ganhar espaço. E a de hoje é muito boa: Senna e Prost vão voltar a correr na mesma equipe. Os detalhes estão no release abaixo, produzido...

SENNA FECHA COM A MCLAREN

S

SÃO PAULO (mas é legal, também) – Em algum jornal de 1987, alguém publicou manchete idêntica. Mas o Senna de que estamos falando é Bruno, e a McLaren não é a da F-1, mas sim a GT. Bruno engatou uma carreira de piloto profissional não-pagante depois que deixou a F-1. Foi a melhor opção. Teve a chance de correr em Le Mans, está na temporada de abertura da Fórmula E, agora assina com a McLaren...

BOM ERA QUANDO…

B

…tinha Senna, Prost e Piquet! É o que mais ouço quando dou corda a conversas “sociais” sobre Fórmula 1. E tome aquela ladainha de quem só viu corrida nos anos 80 e 90, e que deixou de ver quando Ayrton morreu, e que acha que Schumacher nunca foi nada demais porque só foi campeão “quando já não tinha mais Senna, Prost e Piquet”, e quando me encho do assunto finjo que...

FOTO DO DIA

F

SÃO PAULO (sem choques) – A Fórmula E começa neste fim de semana, na madrugada de sexta para sábado. Bruno Senna (foto), Lucas di Grassi e Nelsinho Piquet são os três brasileiros na categoria. A primeira prova acontece num circuito de rua em Pequim. Ficaremos atentos a tudo. A FOX transmite as corridas e darei os detalhes até o fim da semana.
Pode ser o início de uma nova era, como não?

ROLÊ DE E

R

RIO (faltam 8 dias mais uma Copa) – Bruno Senna deu um rolê com o carro da Fórmula E em Donington hoje, na primeira de quatro sessões de testes coletivos de preparação para o campeonato que começa em setembro na China. O brasileiro vai correr pela equipe Mahindra, da Índia, que tem o comando técnico da Carlin inglesa. Foram cerca de 100 km para checar sistemas com potência limitada a 180 hp...

VAI DE E

V

SÃO PAULO (choque) – Bruno Senna está fora da equipe oficial da Aston Martin para o WEC. Vai disputar apenas as 24 Horas de Le Mans e mais uma prova. Quem vai correr pelo time na temporada completa é outro brasileiro, Fernando Rees.
Bruno está se concentrando na Fórmula E. É a categoria na qual ele e muitos outros apostam para o futuro.

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930