TagMercedes

MAIS BOTTAS

M

RIO (em modo de espera) – A Mercedes anunciou hoje a renovação com Valtteri Bottas por mais uma temporada. Ele vai até o fim de 2021 com o time, que segue fazendo contratos ano a ano com ele. O finlandês está com os prateados desde 2017 e, assim, completará no fim do próximo Mundial meia década sob o mesmo teto — e como escudeiro de Hamilton. O acordo de extensão do contrato com o...

MERCEDÃO, 25

M

RIO (só prata) – A Mercedes postou vários tuítes hoje comemorando os 25 anos da marca como safety-car oficial da Fórmula 1. Juro que procurei, mas não achei qual foi o primeiro GP — acho que foi em 1996, e portanto esta é a 25ª temporada; a foto acima, furtada legalmente do site da Mercedes, supostamente é do primeiro SC, um belo C36 AMG prata. Tem uma historinha por trás desse...

FOTO DO DIA

F

Silver Arrows return to racing with renewed purpose. Valtteri Bottas’ F1 car.

Aplaudamos de pé a Mercedes, que decidiu pintar seus carros de preto nesta temporada numa ação afirmativa contra o racismo e pela diversidade. A F-1 está mudando. Que bom!

FOTOS DO DIA

F

RIO (só sobe) – Como no resto do mundo civilizado, a F-1 passará a ser vista de máscaras a partir de agora — e sabe-se lá por quanto tempo. A Mercedes andou hoje em Silverstone com um carro de 2018 pilotado por Bottas. Para desenferrujar.

W11

W

W11 é o novo carro da Mercedes: invicto desde 2014 RIO (dia cheio) – A Mercedes apresentou de manhã seu W11 (W de Wagen, carro) e já o mandou para a pista fazer o shakedown em Silverstone. É um carro que inicia sua vida com a pesada — mas talvez não tão complicada — missão de entrar para a história da categoria. Com ele Hamilton deve se tornar o maior vencedor de todos os tempos...

FOTO DO DIA

F

A Mercedes arrumou um patrocínio fortíssimo de uma empresa enorme, a Ineos, e ao que tudo indica aquela história de a montadora deixar a F-1 não passou de boato. Ainda bem, diga-se.

FOTO DO DIA

F

RIO (110 ou 220?) – Está aí o carro da Mercedes para a Fórmula E. A pintura foi apresentada hoje em Frankfurt com a confirmação da dupla Stoffel Vandoorne e Nyck de Vries para a temporada #6 da categoria, que começa em novembro na Arábia Saudita. O belga Vandoorne, ex-McLaren, é bem conhecido e já traz uma temporada elétrica de experiência. De Vries, holandês, é o atual líder da F-2 e pode...

AMEI

A

RIO (bom-gosto é tudo) – A Mercedes revelou a pintura que vai usar neste fim de semana em Hockenheim. Para festejar seu 200º GP e os 125 anos da primeira corrida da história (relato sobre ela está num post logo aí embaixo), a equipe incorporou o branco em alguns pedaços da carenagem e estampou logotipos retrô da montadora, da Petronas, da Pirelli e da Tommy Hilfiger, suas patrocinadoras...

AUTOMOBILISMO, 125

A

RIO (só louco) – Às 8 da manhã do domingo 22 de julho de 1894, 21 carros saíram do Boulevard Maillot, em Paris, rumo a Rouen, a 126 km de distância. Essa competição, promovida por “Le Petit Journal”, é considerada a primeira corrida da história, e hoje completa 125 anos. Oficialmente, a prova foi batizada de “concurso de viaturas sem cavalos”, e como condição para...

FOTO DO DIA

F

Garry Paffett e Stoffel Vandoorne (a dupla com mais letras dobradas da história da humanidade) concluíram ontem dois dias de testes em Varano, na Itália, com o carro que a Mercedes está fazendo para estrear na Fórmula E na temporada #6 (que começa no final deste ano). Acho que os alemães entram com força. O que não é novidade nenhuma. Eles têm muito a ensinar.

OI, MERCEDES

O

O W10 chegou com as mudanças aerodinâmicas exigidas pela FIA (asa traseira mais larga e alta, asa dianteira também mais larga e simplificada), estrelinhas de três pontas pintadas na carenagem e pinta de campeão. Este é o carro de Hamilton e Bottas para 2019. Desde 2014, quando voltaram os turbos e começou a era dos motores híbridos, a Mercedes ganhou 74 dos 100 GPs disputados e fez 66 poles...

PROMOÇÃO ENCERRADA

P

SÃO PAULO (caramba!) – Pessoal, a promoção do post abaixo de compra do meu livro com desconto, dedicatória, autógrafo e frete grátis está encerrada. Como muito mais do que 20 responderam — e em poucos minutos –, meu editor mandou um novo lote para eu autografar, então ninguém vai ficar sem livro. A Gulliver vai entrar em contato com vocês para orientar sobre pagamento e tal. A...

DESAFIO LITERÁRIO

D

RIO (fervendo) – Vamos misturar automobilismo com literatura? Seguinte… Temos um lote de 20 unidades do meu romance “Dois cigarros”, lançado no ano passado, em promoção para a blogaiada. Os 20 primeiros que responderem a pergunta abaixo poderão comprar o livro com desconto por R$ 35, frete grátis, dedicatória e autógrafo do bonitão aqui. Para participar, é preciso, antes...

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930