CategoriaComes & bebes

CAFÉ ELÉTRICO

C

SÃO PAULO (quando estiver duro em Paris…) – A Nissan abriu um café em Paris onde você paga a conta com eletricidade. Isso mesmo: pagamento com a energia que o cliente puder produzir — seja pedalando numa espécie de bicicleta ergométrica, seja “caminhando” sobre um tablado elétrico.
Não sei onde fica. Mas vamos procurar, porque de graça, até injeção na testa.

KOMBI DO DIA

K

SÃO PAULO (todo apoio) – O Diego Dornelles mandou um e-mail com a sugestão de “Kombi do Dia” já tem um tempinho, mas nunca é tarde. Principalmente porque a causa é nobre. Vejam: Sou leitor do seu blog e amante de Kombi. Queria dar uma sugestão para a seção “Kombi do Dia”. Recentemente lancei um projeto junto com minha namorada, em Florianópolis, chamado...

O MEU COM MAIONESE

O

SÃO PAULO (deu fome) – Dú Cardim postou em sua página no Facebook. Atrações inigualáveis: capotamentos, loucuras ao volante, derrapagens e músicas importadas para a juventude!
Claro que fui ao Google Maps Fuckers para ver o que há hoje no 1.987 da Consolação.
Nada, um depósito de qualquer coisa. Nada para a juventude.

FOTO DO DIA

F

SÃO PAULO (sei bem) – Ao ver a foto do jantar dos pilotos na China e a divertida história de dividir a conta por 18, lembrei de outra que, provavelmente, já contei aqui. Mas conto de novo. Estávamos na Austrália, abertura de temporada. Acho que 2003, talvez 2004. Não vou lembrar direito. Os jornalistas brasileiros sempre tiveram o hábito de jantar juntos. E quase sempre nos mesmos...

DA FORÇA DA GRANA

D

SÃO PAULO (fico triste) – Gigetto e Suntory — Shintori, nos últimos anos. São dois excepcionais e tradicionalíssimos restaurantes de São Paulo que estão fechando as portas. Um pouco da nossa história que se vai, melancólica e tristemente. O Gigetto foi inaugurado em 1938 na Nestor Pestana, e nos seus anos de Rua Avanhandava virou uma lenda da cidade, frequentado por artistas...

QUEM LEMBRA?

Q

SÃO PAULO (eu!) – O Mário César Buzanfan foi ver um Monza 1985 de um amigo em Caxias do Sul e deu com esse adesivo aí no vidro lateral traseiro. Victoria Pub. Nos anos 80, era uma das casas mais espetaculares de São Paulo. Mistura de bar, casa de shows, restaurante, ficava na alameda Lorena (o que tem lá hoje?). Tinha dois andares, se minha memória não falha, e era todo decorado com...

FOTO DO DIA

F

Faz um tempinho que o Gustavo Sirelli mandou. Guardei para um dia em que estivesse com fome, como agora. A Geneal voltou (vivo falando desses hot dogs aqui, fazem parte da minha memória afetiva do Rio), até onde pude me informar. Mas não sei se é a mesma coisa. Ainda é, blogaiada do Rio?

ALFISTI EM FESTA

A

SÃO PAULO (boas notícias) – Recebo as boas novas de Roberto Nasser, nosso herói e guru. E repasso aos interessados — no caso, todos nós: Alfisti, termo italiano pelo qual se tratam os admiradores da marca Alfa Romeo, se organizam em dez capitais para um jantar comemorativo. Será na noite do dia 24, e em meio a comida e vinhos italianos brindarão ao retorno da marca e ao anúncio de...

CAFÉ DE BERNIE

C

SÃO PAULO (figura) – Está deliciosa a crônica de Fernando Silva sobre a passagem de Bernie Ecclestone por Amparo na semana passada, ilustrada com fotos de Rodrigo Berton. O chefão da F-1 comprou uma fazenda na cidade do interior paulista em 2012 e lá produz o que se chama, vá lá, de “café gourmet”. Um lado pouco conhecido do dirigente se encontra na reportagem. Que um dia, se...

VIROU BAR

V

SÃO PAULO (irei, claro!) – Não tenho maiores detalhes, apenas que no dia 8 de abril, em Campos do Jordão, será aberto um bar temático chamado Vemaguet 67! Já tem página no Facebook, para quem quiser saber exatamente onde fica.
Não é todo carro que vira bar…

LONDON, LONDON

L

SÃO PAULO (quero ir…) – Moda na Inglaterra, segundo este site: feiras de antiguidades nas quais os vendedores apresentam suas mercadorias junto com seus carros antigos. E a “praça de alimentação” é toda montada por furgões, Kombis e outros “food trunks”, como essa coisinha mágica aí embaixo.

KOMBI DO DIA

K

SÃO PAULO (adoro) – O Márcio de Resende mandou. Isso aí é um vinho, sim. Feito no Rio Grande do Sul. Acaba de ganhar meu coração, mais que o Sinuelo. Do que mais gosto nos vinhos são duas descrições. No caso desse, é assim, ó: Red é uma homenagem ao espírito ousado e aventureiro da juventude. O talentoso enólogo Anthony Darricarrère, mais jovem descendente da família, assina este vinho...

FRESCURITE

F

SÃO PAULO (gosto pra tudo) – OK, é bonitinha. Mas meio exagerada. A não ser que você tenha uma coleção de Fiats clássicos e queira colocar na sua garagem temática.
Trata-se de uma geladeira feita pela chiquérrima SMEG. Com a frente do 500. O antigo, pelo menos. Detalhes aqui. Se alguém descobrir o preço, informe.
Quem mandou foi o Fernando Carvalho.

Perfil


Flavio Gomes é jornalista, dublê de piloto, escritor e professor de Jornalismo. Por atuar em jornais, revistas, rádio, TV e internet, se encaixa no perfil do que se convencionou chamar de multimídia. “Um multimídia de araque”, diz ele. “Porque no fundo eu faço a mesma coisa em todo lugar: falo e escrevo.” Sua carreira começou em 1982 no extinto jornal esportivo “Popular da Tarde”. Passou pela “Folha de S.Paulo”, revistas “Placar”, "Quatro Rodas Clássicos" e “ESPN”, rádios Cultura, USP, Jovem Pan, Bandeirantes, Eldorado-ESPN e Estadão ESPN — as duas últimas entre 2007 e 2012, quando a emissora foi extinta. Foi colunista e repórter do “Lance!” de 1997 a 2010. Sua agência Warm Up fez a cobertura do Mundial de F-1 para mais de 120 jornais entre 1995 e 2011. De maio de 2005 a setembro de 2013 foi comentarista, apresentador e repórter da ESPN Brasil, apresentador e repórter da Rádio ESPN e da programação esportiva da rádio Capital AM de São Paulo. Em janeiro de 2014 passou a ser comentarista, repórter e apresentador dos canais Fox Sports no Brasil. Na internet, criou o site “Warm Up” em 1996, que passou a se chamar “Grande Prêmio” no final de 1999, quando iniciou parceria com o iG que terminou em 2012. Em março daquele ano, o site foi transferido para o portal MSN, da Microsoft, onde permaneceu até outubro de 2014. Na sequência, o "Grande Prêmio" passou a ser parceiro do UOL até maio de 2019, quando se uniu ao Terra por um ano para, depois, alçar voo solo. Em novembro de 2015, Gomes voltou ao rádio para apresentar o "Esporte de Primeira" na Transamérica, onde ficou até o início de março de 2016. Em 2005, publicou “O Boto do Reno” pela editora LetraDelta. No final do mesmo ano, colocou este blog no ar. Desde 1992, escreve o anuário "AutoMotor Esporte", editado pelo global Reginaldo Leme. Ganhou quatro vezes o Prêmio Aceesp nas categorias repórter e apresentador de rádio e melhor blog esportivo. Tem também um romance publicado, "Dois cigarros", pela Gulliver (2018), e o livro de crônicas "Gerd, der Trabi" (Gulliver, 2019). É torcedor da Portuguesa, daqueles de arquibancada, e quando fala de carros começa sempre por sua verdadeira paixão: os DKWs e Volkswagens de sua pequena coleção, além de outras coisinhas fabricadas no Leste Europeu. É com eles que roda pelas ruas de São Paulo e do Rio, para onde se mudou em junho de 2017. Nas pistas, pilotou de 2003 a 2008 o intrépido DKW #96, que tinha até fã-clube (o carro, não o piloto). Por fim, tem uma estranha obsessão por veículos soviéticos. “A Lada foi a melhor marca que já passou pelo Brasil”, garante. Por isso, trocou, nas pistas, o DKW por um Laika batizado pelos blogueiros de Meianov. O carrinho se aposentou temporariamente no início de 2015, dando o lugar a um moderníssimo Voyage 1989. Este, por sua vez, mudou de dono em 2019 para permitir a volta do Meianov à ativa no começo de 2020.
ASSINE O RSS

Categorias

Arquivos

TAGS MAIS USADAS

Facebook

DIÁRIO DO BLOG

novembro 2020
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930