SOBRE ANTEONTEM À TARDE

0_F1-Grand-Prix-of-Canada
A troca das placas: protesto eloquente de Vettel

RIO (hoje sim) – Difícil não repetir a foto de ontem como imagem mais marcante deste GP do Canadá. Mas arrumei outra do mesmo ato simbólico e definitivo de Vettel.

Nem todo mundo concorda que a punição foi injusta. Muitos legalistas defendem os 5s acrescidos ao tempo do alemão que acabaram dando a vitória a Hamilton. O regulamento, porém, é pouco específico para o caso em questão. Sebastian foi citado no artigo 38.1 do compêndio esportivo, que fala apenas de “incidentes na pista”. O artigo que menciona volta à pista é o 27.3, a saber:

27.3  Drivers must make every reasonable effort to use the track at all times and may not  deliberately leave the track without a justifiable reason. Drivers will be judged to have left the track if no part of the car remains in contact with it and, for the avoidance of doubt, any white lines defining the track edges are considered to be part of the track but the kerbs are not. Should a car leave the track the driver may re‐join, however, this may only be done when it is safe to do so and without gaining any lasting advantage. At the absolute discretion of the race  director a driver may be given the opportunity to give back the whole of any advantage he gained by leaving the track.

Esse texto aí diz que se o cara sai dos limites da pista deve voltar de modo seguro e sem obter nenhuma vantagem. E confere à direção de prova a decisão de avaliar se o sujeito se deu bem com a manobra, deixando para o diretor de prova a decisão de informar ao infrator como ele deve devolver a vantagem obtida. Não foi o caso de Vettel, que não teve vantagem nenhuma. Não ganhou a posição de Hamilton — já estava à frente. Perdeu tempo, isso sim.

Mas voltou de modo seguro à pista? Aí entra a análise subjetiva descrita no artigo 38 (e nos seus vários parágrafos, que esmiúçam as penas e como pagá-las), no qual Vettel foi enquadrado. Ele dá a prerrogativa aos comissário esportivos e à direção de prova de decidir se houve alguma infração, estipulando a pena que acharem mais adequada:

38)  INCIDENTS DURING THE RACE
38.1
The race director may report any on‐track incident or suspected breach of these Sporting Regulations or the Code (an “Incident”) to the stewards. After review it shall be at the  discretion of the stewards to decide whether or not to proceed with an investigation. The stewards may also investigate an Incident noted by themselves.
38.2
a) It shall be at the discretion of the stewards to decide if any driver involved in an Incident  should be penalised. Unless it is clear to the stewards that a driver was wholly or
predominantly to blame for an Incident no penalty will be imposed.

Os comissários acharam que Vettel voltou à pista perigosamente e arbitraram os 5s. Pode-se concordar ou não. É uma interpretação das regras, não uma regra em si, que fale especificamente sobre qual é a pena para quem volta à pista de modo inseguro. Eles têm o direito de achar que Sebastian fez algo errado e puni-lo, claro. O regulamento permite isso, dá aos comissários a prerrogativa de considerar um piloto culpado por algo que considerem um “incidente” e de arbitrar uma pena. Sendo assim, nenhuma irregularidade foi cometida pela direção de prova. Mas como as regras não se referem a essa manobra específica e ao tamanho da punição que pode ser aplicada para esse caso, quem não concorda tem o direito de achar que erraram.

É meu caso, e o de muita gente. Não achei Vettel culpado de nada, e portanto não acho que ele tenha sido passível de punição. Mas há quem ache. Os comissários acharam. Rosberg achou. E olha que ele não é o maior fã de Hamilton no mundo. Paciência.

A FRASE DE MONTREAL

2019 Canadian Grand Prix, Sunday - LAT Images
Vettel x Hamilton: alemão reclama

“Eu vou direto para a grama, tenho pneus sujos, dou um jeito de não rodar, mantenho o carro de alguma forma na pista, o que mais poderia fazer? Se você me mostrar um piloto que consegue ir para a grama com uma mão no volante, olhar no retrovisor e falar no rádio ao mesmo tempo, esse não sou eu. Se isso é necessário para estar aqui, preciso encontrar outra coisa para fazer.”

Sebastian Vettel, defendendo-se da acusação de ter prensado Hamilton no muro

Vettel pode não ter vencido a prova, mas pela 100ª vez na carreira liderou um GP, uma marca importante. À frente dele nesse item das estatísticas, apenas Michael Schumacher (que esteve em primeiro, em algum momento, em 142 corridas) e Hamilton (135).

Nem preciso dizer que nosso cartunista oficial, o Marcelo Masili, brilhou mais uma vez na sua leitura mordaz da corrida. Aproveitando o ensejo oferecido pela adoção da arbitragem eletrônica no futebol mundial, mandou essa aqui, ó:

var1500

Os verdadeiros heróis dessa vitória de Hamilton foram os mecânicos da Mercedes. Na manhã de domingo, foi notado um vazamento hidráulico no carro do inglês. “Tivemos de desmontar o carro inteiro, ele foi praticamente reconstruído. A gente não tinha certeza nem se ia correr. Se conseguisse largar, não sabíamos se daria para chegar ao fim”, dramatizou Toto Wolff. Daí, creio, a comemoração de Lewis assim que estacionou no Parque Fechado. Depois, na salinha com Vettel e Leclerc, foi mais discreto.

2019 Canadian Grand Prix, Sunday - LAT Images
Lewis comemora: festa com os mecânicos e discrição na salinha

Muito bem. Alguns numerinhos interessantes desta corrida até chegar no escolhido para nossa cifra mais relevante do GP. Leclerc conseguiu seu segundo pódio. Não foi avisado da punição a Vettel, mas acho que aí a Ferrari fez bem. Melhor não arrumar mais confusão. A Renault fez pontos com seus dois pilotos pela primeira vez no ano — Ricciardo em sexto, Hülkenberg em sétimo. Hamilton pulou para 162 pontos e abriu 29 de Bottas e 62 de Vettel na classificação. O campeonato is over. O inglês venceu no Canadá pela sétima vez. Em 2007, 2010 e 2012, ganhou de McLaren. Em 2015, 2016, 2017 e 2019, de Mercedes. É nessa pista que tem seu melhor retrospecto.

O NÚMERO DO CANADÁ

13can…vezes na história o piloto que recebeu a bandeira quadriculada em primeiro não foi declarado vencedor de um GP. A última corrida que terminou assim, curiosamente, teve Hamilton como protagonista — em 2008, na Bélgica, Massa herdou a vitória porque o inglês foi punido com 25s por ter jogado Raikkonen para fora da pista. Piquet, duas vezes, e Senna estão nessa lista, que pode ser vista aqui.

E deu, né? Talvez devam ser citados alguns outros personagens dessa prova antes do “Gostamos & Não gostamos”. Vamos lá. Verstappinho, de nono no grid para quinto no final (era 11º, mas dois à sua frente foram punidos), fez uma boa corrida. Stroll, de 17º para nono, também — no fim, salvou uns pontinhos para a India Point mesmo correndo com o motor velho da Mercedes, já que o novo explodiu no terceiro treino livre. Gasly, que pela primeira vez no ano largou na frente de Max, chegou atrás. Não vem muito bem, o moço. Bottas fez o ponto extra da melhor volta com 1min13s078, batendo o recorde da pista em corrida — que era de 2004, de Barrichello: 1min13s622.

Passemos a régua, pois:

GOSTAMOS – De saber que 307 mil pessoas estiveram nas arquibancadas do circuito canadense nos quatro dias de evento (sim, lá as atividades começam na quinta-feira com passeio pelo parque e tal). Montreal é uma cidade que abraça a F-1 como poucas.

NÃO GOSTAMOS – De nada da Alfa Romeo no fim de semana. Como se não bastasse a lerdeza do carro, que precisa melhorar urgente, Raikkonen largou a parada dos pilotos antes da corrida no meio do caminho. Pulou do carro que o levava e foi embora. Kimi sabe ser deselegante quando quer.

kimisumiu
Raikkonen some do desfile: feio, isso
Subscribe
Notify of
guest
137 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Sennafredo, a viúva sem medo
Sennafredo, a viúva sem medo
2 anos atrás

Vocês estão pensando o quê, suas Schukruzetes desvairadas? Como “viúva” chorosa e carente, posso muto bem esquecer o finado e ficar de amores com o Mirtão!

E vocês não se metam! Meter? Huuuuuuum…

Segafredo
Segafredo
Reply to  Sennafredo, a viúva sem medo
2 anos atrás

Ficou louco BoboPinto….??? kkkkkk

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
2 anos atrás

Aproveitando pra te gozar pela última vez, “viúva”.

Hahahahahaha!

CRSJ
2 anos atrás

Os que condenam Vettel também fariam a mesma coisa, e o Rosberguinho também faria se errasse numa disputa com o Hamilton na sua cola com ele na liderança.
O Gerhard Berger no GP do Canadá 1990 queimou a largada sendo penalizado em um minuto, então o Senna líder sabendo disso deixou ele passar, na recuperação o Berger chegou em quarto, o Senna recebe a bandeirada claramente em primeiro sem o Berger na frente dele como se vê na imagem.
No chuvoso GP Brasil 2003 com a batida do Alonso o GP acabou mais cedo, sendo que quem cruzou na frente foi o Giancarlo Fisichella da Jordan, na confusão dos comissários (nesse lance da volta anterior) declararam Kimi Räikkönen da McLaren vencedor, depois do erro reconhecido, a vitória foi devolvida ao Fisichella em San Marino (onde foi o GP seguinte) numa pequena cerimônia não-oficial em que o Räikkönen entrega a taça de vencedor ao Fisichella numa troca de troféus dentro de seus carros.
A festa dos torcedores canadenses foi bonita, só ficou faltando a vitória da Ferrari pra festa ficar completa.
O Vovô Raikkonen largou a parada dos pilotos antes da corrida pra beber uma Vodca, isso pra esquecer que está pilotando um carro nanico.

sandro
sandro
2 anos atrás

Flavio, continuo achando que ele poderia ter voltado a pista pelo lado esquerdo da pista e não cruzando a frente do Hamilton que ele sabia que estava colado atrás. Imagina se ele faz tudo certinho (voltando à pista corretamente) e perde a prova porque errou novamente? seria escrachado pela imprensa Italiana, do mundo todo e principalmente pelos ferraristas “novamente” (vide HOCKENHEIM ano passado), acabou saindo do Canadá como Mocinho e não bandido.

Antonio
Antonio
Reply to  sandro
2 anos atrás

Senhor comentarista o Hamilton foi punido com 25 segundos porque cortou a chicane numa situação um pouco parecida com a de Vetel e não porquê jogou o Rakinem para fora e foi punido 2 horas depois do fim da corrida por favor informação correta e tudo

Mônica
Mônica
2 anos atrás

Eu nem vou responder a esses meninos que se acham homens e ficam questionando as atitudes daqueles que fazem o espetáculo. Só vou dizer que o meu gatão tem personalidade e devido a isso, não é produto da mídia que fabrica heróis de brinquedo!

Piquetista
Piquetista
2 anos atrás

Vendo as imagens do cockpit do Vettel, no retorno à pista ele move o volante na direção “para fora” da curva e deixa o carro espalhar até o outro lado, claramente entrando na frente do Hamilton para não ser ultrapassado, inclusive forçando a ida do Hamilton para fora dos limites da pista (faixa branca) para evitar um acidente.
Ele move o volante nesta direção claramente sabendo que Hamilton viria naquela trajetória e faria a ultrapassagem.
A velocidade era baixa e ele poderia ter retornado se mantendo pela linha de dentro, fora da trajetória de quem vem em alta velocidade que é a trajetória normal e correta da curva.
Resumindo: ele colocou o carro na frente deliberadamente no retorno à pista para não ser ultrapassado.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Piquetista
2 anos atrás

Tá aí….onde assino?

Paulo Pinto
Reply to  Segafredo
2 anos atrás

Um cheque gordinho e põe na minha conta.

Coyote
Coyote
2 anos atrás

Não dá para entender qdo ouço que o cara não levou vantagem por ter feito algo porque ao fim e ao cabo estava à frente e à frente continuou.
Ora, exemplifiquemos. O cara está na frente e se defende ziguezagueando do opositor logo atrás. Sem o zig-zag ele teria sido ultrapassado, mas graças a ele não foi e continua à frente. Ele não levou vantagem? É claro que levou e é por isso que existe uma regra limitando o zig-zag. O sujeito é punido, perde alguns segundos de vantagem que podem lhe custar uma ou mais posições.
Vettel deu blackout qdo viu Hamilton fungando em seu cangote.Por medo de ser ultrapassado não freou onde deveria para fazer as curvas e a solução foi passar reto enquanto Hamilton contornava as curvas. O inglês fez tudo certo e chegou inteiro e com velocidade para passar mas não passou porque Vettel voltou espremendo-o no muro fazendo o inglês parar para não bater. E assim permaneceu à frente. Não levou vantagem? Como não?
1. se ele tivesse freado no ponto certo Hamilton o teria passado.
2. sem ter freado se ele insistisse em entrar na curva ia espalhar e ser ultrapassado tbm.
3. ao passar reto e voltar todo torto fechando o inglês evitou de ser ultrapassado.
Sem chance, sob qualquer aspecto.
PS. A F1 tá chata por causa de certas regras? Sim. A solução é retirá-las do regulamento e não recusar a cumpri-las.
FUI.

McLaren-12
McLaren-12
2 anos atrás

Entrei para ver o comentário de despedida do Pinto. Cadê?
Vai continuar dando pra trás?

Paulo Pinto
Reply to  McLaren-12
2 anos atrás

Cessaram, por acaso, os comentários sobre o roubado GP? E quem dá pra trás é você, Sennafredo, que fica de amores com o Mirtão e esquece o falecido.
Fica tranquila, que você vai ganhar um tchauzinho especial…

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Paulo Pinto
2 anos atrás

Despedida do Pinto. Cadê?

Cadê o quê, viuvinha? Tá procurando pau?

Paulo Pinto
Reply to  Paulo Pinto
2 anos atrás

Falei e vou repetir pra essa “viúva” que o meu pinto já tem dona.

Frederico
Frederico
2 anos atrás

Desse jeito daqui a pouco vão pedir para os pilotos usarem seta. Punição injusta.

ms
ms
2 anos atrás

definição de vettel : MENINO MIMADO ! o cara fica cheio de mimimi, trocando plaquinhas de 1º e 2º pra fazer malcriação a hamilton e aos comissários de prova…. atitude que não é condizente com aquilo que se espera de um tetracampeão mundial de F1…..no fundo no fundo o que está por trás da atitude de Vettel é a raiva que sente por não estar no lugar de hamilton como heptacampeão mundial de F1 tendo a sua frente somente fangio e Schumacher…..

ms
ms
Reply to  ms
2 anos atrás

Sorry! no lugar de heptacampeão, leia-se hexacampeão

ms
ms
Reply to  ms
2 anos atrás

Vixe maria !!!!….acho que estou ficando gagá…..relendo e corrigindo novamente aquilo que escrevi, o correto é “… Hamilton pentacampeão tendo apenas a sua frente Michael Schumacher…”

Segafredo
Segafredo
Reply to  ms
2 anos atrás

Perfeito. MS…,.assino em baixo

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  ms
2 anos atrás

Tu é burro ou se faz de burro? Fangio não está à frente do chorão inglês. Está ao lado!

E menino mimado é o cacete!

ms
ms
Reply to  Marmelada-44
2 anos atrás

já corrigi e pedi desculpas

Carlos Sato
Carlos Sato
2 anos atrás

Sinceramente, muito barulho por nada. E o pior amplificado pelas “redes sociais”. A corrida foi mais ou menos, e esse bate boca virtual também. Decisões extra-pista são sempre ruins, mas não essa não foi a primeira, tampouco será a última. Da mesma forma que as decisões tomadas pelas equipes favorecendo algum piloto. É do jogo e ponto final. Vida que segue.

daniel
2 anos atrás

seguinte, mereceu punição. E outra, esse Vettel é apertar ele que ele peida, não aguenta a pressão. Um Bi campeonato estava mais do que bom tamanho pra ele.

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  daniel
2 anos atrás

Faz o seguinte, sumidade! Pede pro Alonso oferecer o seu bi em troca do tetra do ale~mão.
Quem sabe, dá certo…

Brabham-5
Brabham-5
2 anos atrás

O Nico Rosberg é tão Hamiltete que ao encerrar a carreira a primeira coisa que disse foi que “não queria perder a amizade de Hamilton”.
E desde então só baba ovo pela sua paixão recolhida desde os tempos de adolescência.
E não se esqueçam que o Rosberg ainda tem laços com a Mercedes.
Acham que o cara daria uma opinião contrária á uma vitória da equipe alemã e de Hamilton justo para a Ferrari e Vettel? É muita ingenuidade.
Vettel foi sacaneado sim. Foi um resultado INJUSTO. O cara foi o mais rápido quase que em todos os treinos oficiais, não tinha jeito do Hamilton vencer essa corrida.
O público não vaiou o resultado por acaso.
A gente sabe bem quem são, conhecemos bem o “perfil” de quem sempre fica ao lado de Hamilton e contra Vettel, seja por algum interesse comercial/profissional (como alguns ex-pilotos) ou por pertencer a determinados “fã-clubes”…
A realidade, a verdade, todo mundo sabe qual é.

CHAGAS
CHAGAS
Reply to  Brabham-5
2 anos atrás

Concordo que se havia alguém que merecia a vitória, seria Vettel.
Concordo que ele na maior parte do fim de semana foi o mais rápido.
Concordo que com a Ferrari mais rápida em retas, o Hamilton não passaria.
Mas havia sim um jeito de Vettel perder a corrida. Errando……. e errou.

sandro
sandro
Reply to  CHAGAS
2 anos atrás

Perfeito.

Ideki Noia
Ideki Noia
2 anos atrás

Tenho uma visão bem particular sobre o incidente; A Ferrari sacaneou o Lecrerc e agora foi sacaneada .” Pau que dá em chico dá em Francisco’.

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
2 anos atrás

Ainda bem que o Blog do Flávio Gomes existe. Olhem só esse tópico:
http://www.autoracing.com.br/f1-rosberg-apresenta-seus-argumentos-no-caso-da-punicao-a-vettel/
Eu concordo com o Rosbife quando ele critica o erro de Vettel. Eu mesmo fiquei muito puto com a escapada justo quando Hamilton estava chegando e não pensava em mais nada vendo a corrida. Mas não concordo quando ele diz que a punição foi merecida. Aí depois vem os comentários e olhem só! Olhem principalmente os comentários mais aprovados. Digo de novo: Graças a Deus que o Blog do Flávio Gomes existe. Pois os comentários do Autoracing é uma poluição visual. Um antro de Hamiltetes insuportáveis, malas sem alças e hipócritas.

Segafredo
Segafredo
Reply to  Comentarista Crítico
2 anos atrás

Ah…vai cagar rapaz!

Por acaso aqui não é um blog de Schukruzetes??

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
Reply to  Segafredo
2 anos atrás

Estás tão incomodado porque? O Autoracing é um site cheio de Hamiltetes fanáticas e parciais. E já te falei que sou acima de tudo, anti hegemonia. Não me chame de Schukruzete pois o Schukrute que eu realmente torcia, não corre mais.

Flavio padilha
Flavio padilha
Reply to  Segafredo
2 anos atrás

Comentarista Crítico…Você é L Coyote do SBT ?

Vai Vettel!
Vai Vettel!
2 anos atrás

Até à década de 90 essas manobras eram a coisa mais corriqueira do mundo.

sandro
sandro
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Sim, por que não havia punição rigorosa e nem segurança, os tempos mudaram, para pior.

Talles
Talles
2 anos atrás

Eu acho que o Fffffettel teria que parar, esperar o sinal de pedestres fechar, dar seta, esperar alguém piscar o farol para ele poder voltar a pista.

É ridículo!!! Hamilton (e aqui não é torcida, pois não torço para ninguém), que é disparado o melhor piloto em atividade, o único atualmente capaz de fazer omelete sem ovos na categoria, é muito beneficiado em “relevarem” suas infrações. Aos outros, se aplica a dura letra do regulamento. A ele, sempre cabe interpretações. São inúmeros os casos. Em diversas temporadas.

Isso auxiliou pouco os resultados obtidos, mas deixou o céu mais azul para o cara.

Felipe
Felipe
Reply to  Talles
2 anos atrás

Monaco 2016 que o diga. Fechada pior que essa do Vettel que Hamilton deu em Ricciardo, e nenhuma punição foi aplicada.

Carlos Alberto
Carlos Alberto
Reply to  Talles
2 anos atrás

Eu acho que o Vettel teria que voltar para a pista sem jogar o Hamilton para o lado o que o obrigou a freiar para não bater. O Vettel claramente quis dar uma de Dick Vigarista seguindo o compatriota Schumacher.

Alvaro Ferreira
Alvaro Ferreira
2 anos atrás

Se causou essa polêmica toda, a solução parece obvia; MUDAR O REGULAMENTO! Do jeito que está, com margem para tanta subjetividade, ninguém fica satisfeito.
Cada um dos lados nessa questão acha que está certo, então entram em conflito, nunca vão concordar entre si e nessa quem perde é o esporte.
Há duas hipóteses:
– deixar o regulamento mais liberal quanto a essas situações de disputa;
– especificar mais e melhor no regulamento o que é aceitável em cada situação.
Cabe aos organizadores e equipes sentarem e decidirem qual caminho preferem.

joao calango
joao calango
2 anos atrás

Acho que a Ferrari e o Vettel testou o poder e a coragem de punir do novo diretor de provas substituto do Charlie Whiting, se deram mal…

FOC
FOC
2 anos atrás

Eu acho que todos os três estão certos.
O Vettel que fez o que pode para não bater e continuar na corrida.
O Hamilton que tentou passar e pisou no freio para não bater.
E a direção que que puniu o Vettel porque saiu em cima do Hamilton.
Simples assim, sem mi mi mi.
Se o espaço da pista ali fosse mais larga a discussão era outra.

Badoer
Badoer
2 anos atrás

E deveria ser punido por trocar as placas. Aquilo não é uma brincadeira. É um ritual do cerimonial

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Badoer
2 anos atrás

Ah, vai brincar de amarelinha, cara!

Carlos Alberto
Carlos Alberto
Reply to  Badoer
2 anos atrás

Concordo plenamente. Foi deselegante e antiesportivo com o Hamilton que não teve culpa da punição e pilotou muito bem, merecendo o primeiro lugar.

Paulo Pinto
Reply to  Carlos Alberto
2 anos atrás

Hamilton e Mercedes forçaram a punição reclamando pelo rádio. Deram uma de Sérgio Moro.

Zé Clemente
Zé Clemente
2 anos atrás

“Drivers must make every reasonable effort to use the track at all times and may not deliberately leave the track without a justifiable reason. ”
É um saco o sermão de regras da F1.
Quem disse que o maior interessado em ganhar a corrida, e não bater no meio do caminho, não faria “reasonable effort” por isso?
Qual piloto que esta a ponto de ganhar a primeira corrida do ano sairia da pista sem uma ” justifiable reason”?
Escreveram num regulamento que é proibido errar. E esqueceram que quando o cara erra, habitualmente é porque esta num tal limite que acaba tendo sorte se não der uma porrada depois. Querem que o cara ande abaixo do limite para não bater, não atrapalhar? Isso não é automobilismo. Automobilismo é o inverso disso.

Marsal Almeida
Marsal Almeida
2 anos atrás

foram coerentes, achei q a manobra foi igual a está q tb foi punida em 5s, e todos concordaram

https://www.youtube.com/watch?v=jgOVofdZjv4

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Marsal Almeida
2 anos atrás

Completamente diferente! Marque uma consulta com seu oftalmologista.

Giuliano Carbone
Giuliano Carbone
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Então eu também preciso de óculos. Manobras muito parecidas.

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Marquem uma consulta com o mesmo médico. Vai poupar o tempo dele, já que o problema de vocês é “Cegueira Hamiltiana”.

Felipe
Felipe
Reply to  Marsal Almeida
2 anos atrás

Veja Monaco 2016 que não teve punição pro Hamilton…

sandro
sandro
Reply to  Marsal Almeida
2 anos atrás

MARSAL ALMEIDA, perfeito.

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  sandro
2 anos atrás

Mais um cego.

Segafredo
Segafredo
2 anos atrás

“”Esse texto aí diz que se o cara sai dos limites da pista deve voltar de modo seguro e sem obter nenhuma vantagem. E confere à direção de prova a decisão de avaliar se o sujeito se deu bem com a manobra, deixando para o diretor de prova a decisão de informar ao infrator como ele deve devolver a vantagem obtida. Não foi o caso de Vettel, que não teve vantagem nenhuma. Não ganhou a posição de Hamilton — já estava à frente. Perdeu tempo, isso sim””

Escrever isso e não enxergar que o piloto bloqueou a passagem de outro espremendo-o no muro é realmente algo de muito fanatismo! Depois são as viúvas, kkkkk.

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Segafredo
2 anos atrás

Cala a boca, Segafredo!

Mansell
Mansell
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Vai Vettel, força que dá pra brigar pelo vice

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Vai aprender contigo, que vivia sendo vice do Piquet e do Senna.

João Guilherme Saraiva Pinto
João Guilherme Saraiva Pinto
2 anos atrás

É por isso que a fórmula 1 decresce no mundo inteiro, uma corrida sem emoção e competitividade

sandro
sandro
Reply to  João Guilherme Saraiva Pinto
2 anos atrás

Concordo com você, mas regra é regra, melhor seria não ter regras.

Paulo Pinto
Reply to  sandro
2 anos atrás

O Ferrari mordeu a primeira zebra, ficou descontrolado, atravessou a grama e passou reto na pista até o piloto dominá-lo , continuando a prova. Não houve um mínimo toque. Punição justa pelo regulamento e desnecessária para o esporte.
Regras que prejudicam o espetáculo deveriam ser banidas. Concordo com o João, a F-1 está morrendo.

Segafredo
Segafredo
Reply to  sandro
2 anos atrás

A F1 começou a morrer em 1992 com o advento da suspensão ativa(não da eletrônica em si, mas da parte que tirou o papel do piloto talentoso), depois com o TC, e por isso foi tirando espaço, cada vez mais, do talento, velocidade, percepção e sensibilidade de um piloto de ponta. Talvez Pinto um dia vc entenda o por quê do Ayrton ser tão admirado dentro desse esporte…..ninguém pilotou do mesmo jeito, nem antes e nem depois dele!

Paulo Pinto
Reply to  sandro
2 anos atrás

Acorda, Sennafredo! Estou falando do excesso de punições. Claro! O domínio absoluto de uma equipe também é prejudicial.
Soma-se o excesso de punições (há um bom tempo) mais domínio absoluto ((seis anos seguidos) e temos uma categoria de resultados previsíveis e amordaçada por uma série de proibições.

A F-1 está morrendo asfixiada.

Renato F1
Renato F1
Reply to  sandro
2 anos atrás

Engraçado, sr. Paulo Pinto, o senhor citar uma quantidade errônea de anos de domínio absoluto: são cinco da Se Ferra-ri, quatro da Red Mula e cinco (indo para seis) da Mercedes. Se o senhor se refere ao total de anos de domínio desde 2000, pode retificar a informação e escrever catorze (ou quinze, se estiver contando o ano de 2019) anos.

Segafredo
Segafredo
Reply to  sandro
2 anos atrás

Exatamente Pinto……e foi nesse contexto que o seu ídolo (fake) conquistou todos aqueles números que vc e mais um monte de bobos, tanto gostam de usar como argumento, quer que desenhe ainda mais a farsa que foi Schumacher?? ……e Vettel tbm!!

Paulo Pinto
Reply to  sandro
2 anos atrás

Não converso com cópias.

Renato F1
Renato F1
Reply to  sandro
2 anos atrás

Prezado sr. Paulo Pinto

Em primeiro lugar, não sou cópia. Estou começando a acreditar que é impossível você compreender isto

Em segundo lugar, apresentei dados históricos para refutar suas argumentações e você não apresentou nada. Sei que, para quem gosta esporte (seja automobilismo, futebol, voleibol, basquetebol, tênis de mesa, natação, peteca, por ou ímpar, etc.), uma mesma equipe ganhar por anos consecutivos, porque deixa a previsibilidade do resultado na frente da surpresa, da chance de o adversário surpreender.

Por fim, se você não conversa, o problema é seu!

Paulo Pinto
Reply to  sandro
2 anos atrás

No GP anterior eu respondi a todos os teus questionamentos e você não retornou em nenhum deles. Típica atitude do Sennafredo, quando se vê sem argumentos. Além disso, você mudou radicalmente o teu modo de atacar Vettel (redação idêntica à da “viúva”).

Conta outra que eu acredito.

Renato F1
Renato F1
Reply to  sandro
2 anos atrás

Prezado sr. Paulo Pinto

Eu trabalho, estudo e tenho família para cuidar. Não é sempre que tenho um tempo livre para acessar o Portal do Grande Prêmio e me atualizar das notícias automobilísticas. Além do mais, quais foram os argumentos que o senhor utilizou e que eu não respondi? Peço que vá à referida publicação e encontre lá as respostas.

Atenciosamente.

Paulo Pinto
Reply to  sandro
2 anos atrás

Tarde demais.

clodoaldo lelli
clodoaldo lelli
2 anos atrás

minha opnião é, quem acha que a punição foi justa é torcedor do hamilton.
e igual o cara que fala que apesar do penalti roubado oque vale é a vitoria, torcedor sempre acha uma justificativa, a disputa e a esportividade não é levada em conta

Renato F1
Renato F1
Reply to  clodoaldo lelli
2 anos atrás

Sr. Clodoaldo, não sou torcedor do Hamilton, mas achei justa a punição. Entretanto, creio eu, o lance é subjetivo: quem entender que o Vettel não tinha controle do carro acredita que a punição foi injusta; quem entende que o Vettel já tinha controlado o carro e o jogou para a direita para bloquear a passagem do carro da Mercedes acredita que a punição foi justa.

Quanto ao comparativo com o futebol, acredito mais que seja semelhante ao chute de uma bola ao gol que bate na mão do adversário: se você interpretar que a mão estiver próxima ao corpo, você não acha justo o pênalti; se interpretar que não estava próxima ao corpo, você acha justo o pênalti.

E, assim, a discussão não tem fim.

Alfredo Aguiar
Alfredo Aguiar
2 anos atrás

Gostei do chefe da Haas no rádio. “Enough is enough”. Em português pode parecer simplesmente suficiente é suficiente, mas em inglês é um “cala essa porra dessa boca agora” um “shut the fuck” pra ser dito em público. E ainda emendou: “A equipe fez tudo o que pode pra dar a você, um carro que você destruiu”.
Eu pensava que era o groselha que ia dançar na Haas. Mas já vi que o Magussen pode ir pegando a caixinha de papelão dele.

Eduardo
Eduardo
2 anos atrás

Deviam fazer uma regra onde só a Mercedes pode vencer, como foi feito quando mudaram os motores.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Eduardo
2 anos atrás

Mimimi.

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Não é Mimimi, é Mermermer… cedes.

Renato F1
Renato F1
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Prezado sr. Marmelada-44

O senhor está desperdiçando talento aqui. Poderia, muito bem, procurar um programa de talentos. Vai que o senhor consegue uma grana a mais.

Atenciosamente,

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Agradeço teu conselho mas prefiro continuar aqui e em tua homenagem, melhorarei o trocadilho:

Não é Mimimi, é Mermermer…merda de campeonato!

Renato F1
Renato F1
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Prezado Marmelada-44

Não melhorou o trocadilho; ao contrário: piorou. Para mim, o campeonato está ótimo; uma beleza. Ruim estava entre 2000 e 2004, quando a Se Ferra-ri dominava com sobras e entre 2010 e 2013, quando a Red Mula deu uma de Se Ferra-ri e favoreceu um piloto.

Por fim, a meu ver, equipe de verdade tem de priorizar o campeonato de construtores. Se um piloto que estiver em terceiro ou em posição após o terceiro e pedir para passar o companheiro de equipe para tentar vencer ou ganhar outra posição – e somar mais pontos para a equipe – deve ser prontamente atendido. Se não conseguir, devolva a posição para o companheiro de equipe e fim de papo. Quanto ao campeonato de pilotos, o concorrente deve lutar, por si só, pelo título, sem depender da equipe.

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Se você não sabe, o campeonato de construtores é um campeonato paralelo que só serve para distribuir valores entre as equipes. A F1 é reconhecida como Campeonato Mundial de Pilotos.
Deixa de ser tendencioso! A Mercedes prioriza Hamilton, e a prova disso foi a vitória roubada na Rússia!

Não gostou do que digitei, não leia!

Rafael Rego BH
Rafael Rego BH
2 anos atrás

Flavio,
só uma obs: Hamilton foi punido em Spa 2008 pq ganhou vantagem cortando a ultima chicane e devolveu bem malandramente a posição pro Kimi.

Mauricio Rocha
Mauricio Rocha
2 anos atrás

Também não concordo com essa punição. Talvez se ele tivesse batido no Hamilton e o tirado da prova…..sei lá. Mas toda vez que vejo esse tipo de decisão de comissários de corrida me faz lembrar de René Arnoux e Gilles Villeneuve no GP da França em 1.979 (acho que é isso), se fosse hoje acho que os dois seriam algemados depois da corrida.

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Mauricio Rocha
2 anos atrás

Os dois seriam encerrados numa masmorra.

Amaral
Amaral
Reply to  Mauricio Rocha
2 anos atrás

Outra época, outro contexto.
Naquela época, eram dois gladiadores medievais numa justa motorizada. E todos vibrando.
Hoje em dia isso é inadmissível. Queiramos ou não.

Sbabo
Sbabo
2 anos atrás

Tem gente comentando: O Hamilton disse que faria o mesmo. Bom isso não significa que, se o Hamilton fizesse, seria válido e legal.
Se comparar a fechada do Vettel na volta para a pista, é igual ao fato do Max em Mônaco. Igual…
Ah, mas em Mônaco o Hamilton já fechou o Riccardo e não teve punição. Outros tempos e mostra que nem tudo o que o Hamilton faz ou faria é a melhor coisa do mundo.
Se a medida (para não dizer regra pq é interpretativo) é essa, tem que ser aplicada a quem for. O que não pode é no próximo GP acontecer fato igual e não haver punição, seja para quem for.
Outro ponto, até onde se sabe, houve unanimidade na decisão. Existem câmeras não mostradas para o público, usadas, justamente, pelos comissários.
Entendo que estamos a maioria prezando pelo espetáculo, correto. Alguns defendem seu piloto ou equipe favoritos.
De fato, a F1 mudou. Não tem mais porrada dos anos 70, que pena. Naquela época Vettel sairia do carro vencedor e enaltecido!
Agora a porra mudou, piloto disse que o colega é feio, leva punição. Goste ou não, a bagaça está assim.

Amaral
Amaral
2 anos atrás

Pensei que tivesse sido um mero incidente de corrida e a punição tinha sido meio forçação de barra. Mas não tinha visto a corrida nem o incidente na tv.
Só tive como ver ontem.
E concordo com os comissários. Entendo que deve ter sido uma decisão difícil, como mais de uma matéria no GP já colocou. Mas… Pensei numa coisa. Se ele tivesse dez segundos na frente do Hamilton, em vez de dois, será que ele deixaria escorregar tanto perto daquele muro que todo mundo tem medo? Ou ia evitar o muro a todo custo?
Só fez aquela manobra porque sabia que era a deixa pro cara passar. E meio segundo a menos teria resultado numa carambola que poderia até ter machucado um dos dois. Não foi mero incidente de corrida.
Não estamos mais na era romântica de pilotos que não sabiam se iriam terminar a temporada vivos. A ideia de qualquer piloto hoje é mais que simplesmente terminar a carreira vivo, é iniciar a carreira e terminá-la com o máximo de triunfos e o mínimo de sequelas possíveis.
Mas… entendo que a punição foi correta segundo a lei, correta segundo o contexto de segurança, mas injusta segundo a competição. Um anticlímax numa briga que estava razoavelmente boa, o negão tirando a diferença, abrindo asa, numa pista que há chances de ultrapassagem.
Uma ideia seria adotar um sistema de pontos. Da mesma forma que anos atrás tinha uma espécie de “pontuação na carteira de piloto”, poderiam haver pontuações em relação a isso. Algo assim poderia entrar como pontos no registro do cara, e um determinado número de pontos significaria em, sei lá, menos um ponto na classificação do campeonato… Uma punição como drive-through ou tempo acrescido seria reservada a barbeiragens explícitas ou manobras claramente acintosas, o resto ficaria dentro desse sisteminha de pontos, algo que não significasse coisas como “ganhar e não levar”, o que acontece com essas punições por tempo acrescido no final. Poderia ser igualmente polêmico, mas talvez menos frustrante. Vettel teria seu triunfo, mas poderia ter menos um ponto na classificação. Ele poderia reclamar do mesmo jeito, mas iria sair menos frustrado da terra do maple.

Maldonado
Maldonado
2 anos atrás

para mim esta discussão é balela, pois quando saiu a punição (se foi certa ou não, os comissários não voltariam na decisão já tomada), tinha se não me engano ainda 15 voltas para a corrida acabar, e o Vettel tinha 3 segundos a frente do Hamilton (podem olhar na transmissão), ora se tomou conhecimento da punição por que então não acelerou e aumentou a distância para mais de 5 segundos,, mas preferiu ficar falando que foi roubado e fazendo aquele teatrinho todo no final da corrida.

J. Fernando
J. Fernando
Reply to  Maldonado
2 anos atrás

Porque 3s não era suficiente. E a partir do momento que foi punido, Hamilton também foi avisado da punição. Se Vettel acelerasse para se distanciar, Hamilton também faria a mesma coisa.
Comentei em outro post que Hamilton não ficou atrás de Vettel mais do que estes 3s. E estes 3s foram consequência de Hamilton fritar os pneus na curva antes da grande reta.

Chagas
Chagas
Reply to  Maldonado
2 anos atrás

Vettel não tinha carro para abrir a diferença. Pois o primeiro a parar dos três primeiros. Entao Hamilton colou e Leclerc foi chegando.

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Maldonado
2 anos atrás

Ô, sumidade! Quem é que consegue abrir 5 segundos para um carro da Mercedes? Principalmente, quando o piloto do Mercedes SABE que precisa ficar dentro dos 5 segundos para o carro que vai á frente!

Marcelo
Marcelo
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Vai Vettel, esse nickname sugere sua imparcialidade em julgar o ocorrido. Espero que a decisão seja revertida, pra ver se o Vettel consegue terminar o campeonato à frente do Leclerc. Kkkk

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

À frente de quem, cara-pálida?

Marcelo Uchoa Leon
2 anos atrás

Alguem sabe pq o Raikkonen pulou fora do desfile?

Denis
Denis
Reply to  Marcelo Uchoa Leon
2 anos atrás

E alguém tem imagens??? Deve ter sido engraçado…

Chagas
Chagas
Reply to  Marcelo Uchoa Leon
2 anos atrás

Talvez havia uma barraquinha de cerveja do outro lado do alambrado.

Andre
Andre
Reply to  Marcelo Uchoa Leon
2 anos atrás

Foi tomar uma gelada porque tava um calor danado lá

Edison
Edison
Reply to  Marcelo Uchoa Leon
2 anos atrás

deve ter dado uma cag@neira…

Amaral
Amaral
Reply to  Marcelo Uchoa Leon
2 anos atrás

Pra experimentar a vodca com gelo e xarope de maple, bebida típica dos antigos camponeses franco-saxões das florestas de Montreal. Porque se fosse depois do grid ser formado ele tomaria cinco segundos de punição.

Mônica
Mônica
Reply to  Amaral
2 anos atrás

Eu não ia responder, mas já que estou aqui, responderei.
O meu gatão foi tomar umazinha antes de ligar pra mim!

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
2 anos atrás

Mexem e remexem no regulamento e a F-1 não melhora (na verdade nem sei mais o que essa turma quer da vida).

Mexeram tanto nas asas, pneus e “otras cositas” que nem mais a “asa movel” dá conta de nos presentear com uma ultrapassagem fake.

Segue o jogo, como tudo pode piorar ainda dão uma tungada na Vitória do Vettel.

f-1 (por enquanto em minuscula) nutelinha

Farid Salim Junior
Farid Salim Junior
2 anos atrás

O excesso de regras, a subjetividade constante nas cláusulas – que permite às autoridades circunstanciais, fazerem o bem entenderem, deixando pilotos à sua mercê – entre outros fatores, estão fazendo com que haja uma evasão de público, na F1!
O discurso do Pirro foi estranho, com esse papo de dizer que “as coisas mudaram na F1”, para justificar sua estúpida decisão – que, segundo o próprio – não o tem deixado dormir!… Na minha terra, o nome disso é…Remorso!
A cartolagem tende a acabar com o esporte. em toda e qualquer modalidade de esporte, digo. Já conseguiram enfeitiçar o futebol, o vôlei, a ginástica, e, o automobilismo segue o mesmo destino. Não é novidade, pois. Aqui, em Terra Brasilis, houve uma cartolada histórica, que culminou com o fim da carreira de piloto, do grande Francisco Lameirão. Antes, pelo mesmo motivo, perdemos um piloto promissor, em Petrópolis, após a imposição de mudarem o sentido do traçado, sem mais nem menos, nos anos 60.
Ou seja, cartolagem é um câncaro, que precisa ser combatido. Mas… o campeonato já deixou de ser o de pilotos, há tempos. hoje, é o campeonato de marcas e construtores (estes, cada vez mais raros e, constantemente na rabeira dos grids). Triste…

Vai Vettel!
Vai Vettel!
Reply to  Farid Salim Junior
2 anos atrás

O comentário mais consciente sobre o que aconteceu em Montreal e o que está acontecendo com o esporte de um modo geral.

Badoer
Badoer
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Que bom que te agradou, assim vc se acalma

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Vai Vettel!
2 anos atrás

Eu tambėm fiquei calmo.

Amaral
Amaral
Reply to  Farid Salim Junior
2 anos atrás

A única real construtora hoje é a Williams. Que, parte pelas mudanças e muito por sua incompetência, passou por um processo de manorização (ou minardização), que foi concluído esse ano com absoluto sucesso. Só resta a ela três caminhos: A mudança radical de postura, o mais improvável; A extinção ou a incorporação por alguma montadora, algo como a Sauber pela Alfa Romeo/Ferrari.
A Racing India/Force Point/Stroll Racing é uma organização fake que catou a promoção de desmonte da Force India, pra poder abrigar o Riquinho Rico, o pupilo do dono da Claro e receber o patrocínio que deixa os carros rosinhas. Acho legal carros com cores diferentes, mas a equipe é fake demais. Ainda precisa de muito pra converter dinheiro em estrutura e se tornar uma escuderia de verdade.

Mário
Mário
2 anos atrás

Já de algum tempo que considero teus comentários e análises pós corrida, e esse rescaldo “sobre ontem, anteontem, semana passada”, BEM MAIS divertido e interessante que as corridas.
Já não tenho mais estômago para assistir à procissão de Mônaco, mas entendo que essa “corrida” permanecerá no calendário, por n motivos.
Acho um saco e discuto com a TV o tempo todo quando é o Galvão que “narra” as corridas, pois ou ele não consegue ver o que se passa na corrida, ou está passando pano ou ainda interrompendo alguém, quando não faz tudo isso ao mesmo tempo. Prefiro, hoje em dia, quando anunciam que a corrida se dará pela SporTV, pois a narração e comentários são melhores. Não que o Regi seja ruim, mas o desgramado do Galvão não deixa ele falar, pombas.
Prometi que ia parar de assistir F1 na época da Ferrari e das maldades com o Rubinho – e nem gostava tanto do Rubinho, mas achei que não se poderia fazer isso sem comprometer e viciar totalmente o evento.
Jurei que a FIA, ao interceder o tempo todo pela Ferrari – assim achava, tirava a graça da F1.
Mas o que aconteceu nessa corrida do Canadá foi a gota d´água, Chega, Cansei, não vou mais perder meu tempo assistindo uma “coisa” que não é esporte, não é um evento esportivo, é apenas e tão somente business e muita safadeza.
Continuarei lendo e acompanhando teu sítio, pois é melhor do que as corridas, e assistirei compactos da corrida no YT.
Uma lástima o que fizeram com a F1, prometeram transformar a coisa em espetáculo, digamos que olhei para o outro lado a palhaçada da corrida nos EUA, mas os caras se perderam totalmente.
Perdeu a graça. E olha que, para mim, tanto faz Vettel ou Hamilton, pois eu gosto é de corrida, apesar de achar que este último está sempre se valorizando demais, sempre jogando pra torcida, tentando criar vapor barato.
É isso.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mário
2 anos atrás

Uma pena, mas se for por falta de adeus, adeus.

Gustavo
Gustavo
2 anos atrás

Fora o Rosberg alguém “de peso” concordou com a punição? Só vi ele.

Punição absurda!!! Acho que o Hamilton ganharia de qualquer forma.

Sandro
Sandro
2 anos atrás

Caraca. Kimmi podia fazer isso? Recebeu alguma multa?

Marcelo
Marcelo
2 anos atrás

Em Monaco 2016, hamilton ao errar, volta a frente do Riccardo, nao espremendo ele. Ele espreme na curva seguinte, quando Riccardo traciona melhor e tenta colocar o carro do lado.
Sera que so eu vi isso em 2016.

Flavio padilha
Flavio padilha
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Perfeito Marcelo! Só ví isso ontem, quando tentaram mostrar que era a mesma situação. Nada! bem diferente! Mimimi das Vetteletes. abs

Toni Klemtz
Toni Klemtz
2 anos atrás

Kimi quase sempre é uma besta. Apesar de alguns o considerarem cool ou bestial.

RAFAEL PIQUEIRA CHININI
RAFAEL PIQUEIRA CHININI
2 anos atrás

a maior consequencia do que aconteceu, acredito que será criar uma nova regra pra punir quem mexer nas placas de posição.

guest
guest
2 anos atrás

Pô, não dá pra condenar o Raikkonen por ter abandonado o desfile, vai que ele precisou urgentemente ir ao banheiro…

Paulo F.
Paulo F.
2 anos atrás

Lesaram o alemão !
Ps: Gomes, acho que vi o teu Lada domingo em Interlagos.

Flavio padilha
Flavio padilha
2 anos atrás

Saudações! pelas atitudes destrambelhadas e mau comportamento durante o cerimonial do GP, deve ser punido com 10 posições no Grid no próximo Gp da França. Vergonhoso!!! abs

Paul D
Paul D
2 anos atrás

Ô dupla fraca a da Haas.
Se corressem tudo o que gostam de reclamar seriam líderes do campeonato…
Grosjean está fazendo hora extra.
Kevin foi ridículo no rádio, levou um cala boca lindo, mas depois pediu desculpas… Devia pedir desculpas pelo seu nível de pilotagem.

Amaral
Amaral
Reply to  Paul D
2 anos atrás

Grosjean é a eterna promessa. Piloto de quase. Não vai ser nem um Jean Alesi.
Magnussen, se pilotasse tanto quanto a marra que tem, seria do nível, no mínimo, do Verstappen. Bem mais ou menos.
Ocon e Wehrlein na Haas em 2020 seria uma dupla muito interessante. Um tá chupando dedo e jogando GTA. O segundo adoraria voltar pra F-1, apesar de estar andando bem na F-E.

Fernando
Fernando
2 anos atrás

A se analisar os três casos que mais falam aqui o episódio fica interessante. Hamilton X Ricciardo: Hamilton estava na frente, furou a chicane e continuou na frente, recuperou o controle do carro mas perdeu tempo. Numa “segunda” manobra fecha a porta para Ricciardo ao mudar de direção, legalmente.

Vettel X Hamilton: Vettel estava na frente, furou a chicane, continuou na frente, recuperou o controle do carro (perdeu tempo), olha no retrovisor e numa “segunda” manobra fecha a porta para Hamilton, legalmente.

Hamilton X Verstappen: Verstappen força a ultrapassagem e toca sua roda dianteira na roda traseira de Hamilton, que para evitar a batida fura a chicane e não há uma “segunda” manobra, é um caso diferente, nem causou polêmica.

Cometer um pequeno erro, continuar na frente e depois fechar a porta – na minha opinião, e nestes casos – em momento algum colocou em risco a segurança de ninguém, é coisa de corrida, sempre foi coisa de corrida. Hamilton disse que faria a mesma coisa, Verstappen nem comentou Mônaco, Ricciardo foi apenas chorão em 2016.

Absurdo e mal elaborado é o regulamento, e mais ainda sua interpretação pelos comissários nesta decisão unânime e burra. Poderiam (e deveriam) – e sem ferir o regulamento – apenas ignorar o caso. Nenhum destes casos deveria ser passível de qualquer punição. A punição foi absurda e injusta. Sacanearam Vettel sim! Sacanearam a gente que gosta de corrida na pista, sem frescura.

Agora, essa conversa de favorecimento à Mercedes, assim como muito já se falou em relação à Ferrari, é apenas bobagem, qual o interesse da F1 em estragar uma corrida com punições prá lá de discutíveis? E principalmente neste caso em que Vettel não disputa nada com Hamilton, que tem como rival seu companheiro de equipe, Bottas, que diga-se, faz um ótimo campeonato. Viagem, muita maionese, Hamilton não tem nada a ver com isso, sua única culpa foi pressionar Vettel para que ele cometesse o erro.

Muita gente enxerga conspiração onde há apenas burrice.

Flavio padilha
Flavio padilha
Reply to  Fernando
2 anos atrás

Nenhum vídeo do carro do Hamilton foi apresentado pela FIA , para que Vettel não seja punido algumas provas!!! Mistério…Ele vinha em 6 marcha passou pra 2…quase puipocando seu motor! abs

André
André
2 anos atrás

A punição foi um balde de água fria na corrida, tirou toda a emoção da luta pela vitória, deixou meio mundo puto…. mas foi justa! Vettel fez a cena dele mas a câmera onboard mostra claramente ele virando o volante pra direita para bloquear Hamilton. Foi uma pena pois a corrida estava empolgante mas regras são regras.

Ze Ruela
Ze Ruela
2 anos atrás

E o ‘Plano B’ da Ferrari com Leclerc? Seguraram o garoto na pista sem nenhuma razão atrasando o pit stop em quase 10 voltas em relação a Vettel. Depois argumentaram que esperavam por um safety car(!)
Na verdade mais uma vacilada gigante na estratégia dos rossos. Se chamassem Leclerc na volta seguinte a parada de Vettel ele muito provavelmente estaria a frente (ou muito próximo) de Hamilton no final da prova. A Ferrari teria conseguido uma dobradinha e esse imbróglio todo não teria acontecido.

Fernando
Fernando
Reply to  Ze Ruela
2 anos atrás

Exatamente, e ninguém fala disso… é só conferir a cronometagem da prova toda, se a Ferrari chamasse Leclerc uma volta depois de Vettel teria vencido a prova, e a absurda punição teria mudado pouco a corrida, ou sequer acontecido. Leclerc voltaria a frente de Hamilton, até porque a Mercedes atrasou seu pit, equivocadamente.

Cranio
Cranio
Reply to  Ze Ruela
2 anos atrás

Concordo totalmente… Achei que a Ferrari fosse fazer 2 paradas com o Leclerc (mole e médio), mas preferiram ferrar o segundo piloto, com medo dele chegar a frente do Vettel.

Vettel, aliás, que errou mais uma vez sobre pressão… Só anda bem quando abre 10s na frente. Quando existe chance de alguém lhe roubar a posição, sempre comete erros.

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Ze Ruela
2 anos atrás

Ė rara uma corrida no Canadá sem Safety-Car. A aposta da Ferrari tinha uma lógica.

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
2 anos atrás

Esse lance, seria um lance que passaria praticamente despercebido se Hamilton não soltasse a voz no rádio. Um disse me disse se instalou na Mercedes com o lance sendo revisto constantemente. E logo depois… A punição! Curioso né? E muitos Antis Ferraristas doentes falam como se a Ferrari fosse a única culpada por tudo de negativo que acontece e já aconteceu na F1. Falam como se somente a Ferrari mexesse os pauzinhos nos bastidores. Pobres fanáticos inocentes. O fato, é que equipes influenciam sim nos bastidores da FIA. Principalmente aquela que vier vencendo Campeonatos ou que tenha o melhor carro. Adoram chamar a Ferrari de FIArrari, mas esse apelido só fazia sentido até 2008. Há muito que já usam esse apelido de forma equivocada e puramente fanática. Atualmente faz muito mais sentido o apelido FIArcedes. Porque? Porque em Mônaco 2016 Hamilton fez manobra semelhante a do Vettel contra Ricciardo e ficou ileso. Na corrida Monagesca desse ano, o mesmo Hamilton espremeu Verstappen, seguiu por uma direção indevida cortando a chicane depois do túnel e novamente ficou ileso. Porque só o Vettel foi punido e Hamilton não né? Porque Hamilton pertence a equipe que há muito tempo é a principal manda chuva da F1. E aí uma cagada dele tem muito menos peso que de pilotos de outras equipes. Ferrari há muito que não tem mais o mesmo poder dentro da FIA. E o que a Ferrari fazia no passado que fez a equipe Italiana ser odiada por muitos, a Mercedes faz parecido atualmente. E assim como a Ferrari no passado, a Mercedes colabora muito pra essa F1 burocrática.

Flavio padilha
Flavio padilha
Reply to  Comentarista Crítico
2 anos atrás

Bom dia Flavinho ! Só uma lembrancinha pro amigo COMENTARISTA CRÍTICO : Esqueça esta corrida, aquela curva, lembre-se dos pilotos envolvidos Vettel e Hamilton e suas histórias. Lewis Hamilton 277 Gps , 77 vitórias, 5 títulos mundiais. 1 vitória a cada 3,0 corridas. Quer falar mal, fale das transmissões onde Galvão e Sergio Maurício torcem gritando pela Vettel, veja o Fox Nitro pra saber como cada um tem sua opinião de forma bacana…Fica a dica e um abração!

Marcelo
Marcelo
Reply to  Comentarista Crítico
2 anos atrás

Você escreve muita bobagem. Dá um tempo. Chorão pra caralho !!!

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
Reply to  Marcelo
2 anos atrás

Marcelo, posso fazer nada se os fatos te incomodam.

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Comentarista Crítico
2 anos atrás

Falou tudo e mais um pouco, caro Comentarista!

McLaren-12
McLaren-12
Reply to  Marmelada-44
2 anos atrás

Você foi a única que leu, Última Chucrute. Mais ninguém lê os comentários desse chato.

Marmelada-44
Marmelada-44
Reply to  Marmelada-44
2 anos atrás

É por isso que a Educação no Brasil está uma porcaria! Vocês não gostam de ler.

Comentarista Crítico
Comentarista Crítico
Reply to  Marmelada-44
2 anos atrás

Mclata-12, jura? Se fosse como realmente você diz, não haveria respostas aos meus dois comentários nesse post. E cara, eu que mal leio seus comentários. Nas vezes que prestei atenção percebi que comenta mais ou menos as mesmas coisas que o Segafredo.

Paulo Pinto
Reply to  Marmelada-44
2 anos atrás

Esse McLaren-12 é mais um nick fantasma do Sennafredo, a “viúva” sem medo!

Luciano
Luciano
2 anos atrás

Absurdo!!!! A Fia e a FIFA estão de brincadeira. Como é possível julgar a tomada de decisão de um piloto através de vídeos em câmera lenta. Assim como no futebol o tal do VAR. o vídeo tem q existir para tirar uma dúvida é não medir Intensidade. Tudo muito chato. E m. ROUBARAM O VETTEL!!!!!!!

LMC
LMC
Reply to  Luciano
2 anos atrás

ROUBARAM O VETTEL COISA NENHUMA!!!!
O time do Flávio é que foi roubado em 1973!!!!