FRANK EM LIVRO (IMPERDÍVEL) | Blog do Flavio Gomes | F1, Automobilismo e Esporte em geral
MENU

quarta-feira, 21 de novembro de 2018 - 21:23Literatura

FRANK EM LIVRO (IMPERDÍVEL)

RIO (e impecável) – Release do Américo é tão bem escrito que nem dá para editar ou resumir. Mas é o seguinte: tem livro novo na área, e nós que amamos o automobilismo nem temos o direito de não comprar. O lançamento é em versão digital.

capafwO jornalista Américo Teixeira Junior acaba de lançar mais um livro dedicado ao automobilismo. Depois de “Os Campeões e Eu” e “M2B – O Primeiro McLaren de Fórmula 1”, apresenta agora “Frank Williams – A Primeira Geração dos FW na Fórmula 1“. Em edição independente, como os anteriores, o atual trabalho tem como objetivo contar como foi a primeira fase da Williams, que foi marcada por muito sofrimento, dívidas e tragédia.

A Williams Grand Prix Engineering, com a conhecemos hoje, foi fundada em 1977 e começou a fazer sucesso a partir do ano seguinte. Frank Williams havia conseguido patrocínio árabe, o FW06 nasceu da direção técnica de Patrick Head e o piloto era Alan Jones. Esses fatores alicerçaram a trajetória da Williams para se tornar uma das mais vitoriosas da história. Mas não é esse o período abordado em “Frank Williams – A Primeira Geração dos FW na Fórmula 1″.

O que o livro mostra é a fase de bolsos vazios, dos resultados pífios em sua esmagadora maioria, do corte de telefone por falta de pagamento, do empréstimo de dinheiro para hotel e até da falta de um lugar para morar. Mas também de um Frank Williams corajoso, destemido, incansável e empreendedor. Ele teve todos os motivos possíveis e imagináveis para desistir, tantas foram as vezes que a falência, credores e oficiais de justiça bateram à sua porta. Ao invés disso, mostrou uma força surpreendente e heroica, seguindo em frente.

Fundada em 1966, a FRANK WILLIAMS RACING CARS disputou sua primeira corrida em 1967, cumpriu a primeira temporada completa em 1968, estreou na Fórmula 1 em 1969, disputou oito temporadas completas na categoria e desapareceu em 1977, quando foi vendida em definitivo e se transformou em Walter Wolf Racing. São os detalhes desse período de agruras, incluindo a infância de Frank Williams e o despertar de sua paixão por carros, que o leitor vai encontrar em “Frank Williams – A Primeira Geração dos FW na Fórmula 1″.

O e-Book tem 184 páginas, custa R$ 45 e é ilustrado com fotos de Cláudio Laranjeira (Brasil), Jim Culp (Estados Unidos), Miguel Costa Junior (Brasil) e Photo 4 Agency (Itália). Para mais informações e para adquirir a obra, clique aqui.

5 comentários

  1. CRSJ disse:

    Frank Williams foi único, parecido com ele na Williams foi o seu sócio Patrick Head.

  2. Alfredinho disse:

    Um garagista que nunca perdeu a fé na construção de uma equipe que se tornou grande com seu nome.

  3. Guilherme Palomino disse:

    Muito bom o documentário sobre Frank Williams que está disponível na Netflix. Vale a pena assistir, especialmente pelas imagens mostradas das corridas e acidentes que ocorriam no início da F1.

  4. Alex disse:

    Lembrando que, recentemente, foi produzido um documentário muito bom sobre Frank e a história de sua equipe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>