Fernando, o Infalível

SÃO PAULO (já levou) – Antigamente os reis e imperadores eram designados por adjetivos grandiloquentes. Pode-se fazer o mesmo para o novo bambambam da F-1. Alonso, o Infalível. Largando na frente, esse menino não perde corrida nenhuma.

Hoje em Silverstone foi assim, numa prova chatíssima, sem ultrapassagens — apenas trocas de posição nos boxes. Entre os que perderam terreno, os dois brasileiros, Massa e Barrichello. Rubens se queixou de novo do controle de tração. Segundo ele, a Honda é um carro que, em corrida, anda para trás.

Para quem viu, manda aí: o que achou desse GP da Inglaterra?

Comentários