Onde o tempo não passa

SÃO PAULO (no passarán) – Singrando por sites dantes navegados, mas não devidamente explorados, deparei-me com este excelente artigo do BestCars sobre alguns países que, até hoje, mantêm em produção carros projetados nos anos 50, 60, 70. Nações pouco preocupadas com estética, como Índia, Irã, Paquistão, Rússia.

É uma delícia o texto, mais ainda porque ao longo dele se descobre que é possível, digamos, ter um clássico zero quilômetro.

Claro que trazer um desses para o Brasil é inviável. Mas vale a viagem. Fabrício Samahá é o autor da reportagem. Claro que encontrei coisinhas que me são muito atraentes, como essas belezinhas aí embaixo…

Como sou um curioso por automóveis, ainda navegando por aí, achei até um fórum de discussões sobre carros e outras coisas. E não é que o Laika tem defensores fervorosos?

Comentários