Suíte

SÃO PAULO (não é quarto e banheiro; é quando se dá sequência a um assunto, no jornalismo) – Pablo Vargas, histórico piloto de Puma, manda a boa notícia. Lembram do Opala 76 cheio de documentos históricos roubado no início da semana em Porto Alegre? Pois é, acharam o Opala e os documentos, conforme relato abaixo:

Antiquário recupera documentos históricos furtados no RS

PORTO ALEGRE – O antiquário Gilberto Spolidoro recuperou nesta quinta-feira os documentos históricos que haviam sido levados por ladrões na segunda-feira, 29. Os textos originais, escritos ou assinados por personalidades como Dom Pedro II, Princesa Isabel e Rui Barbosa, entre outros, foram deixados na entrada do Cemitério João 23, na zona norte de Porto Alegre, depois de o colecionador receber um telefonema anônimo indicando a localização dos papéis.

Ao conferir as relíquias e descobrir que todas tinham sido devolvidas intactas, Spolidoro disse que a repercussão do caso, que teve grande cobertura da imprensa, deve ter demovido os ladrões da intenção de ficar com os documentos ou destruí-los por falta de conhecimento do seu valor histórico.

A papelada foi levada com o Opala 76 que Spolidoro havia estacionado numa rua do bairro Passo d´Areia no início da tarde de segunda-feira. O carro foi encontrado abandonado na madrugada de terça-feira. Continuam desaparecidas algumas peças de cristal e prata e uma espada.

Ninguém quer coisa velha, nem ladrão… Ainda bem.

Comentários