Foto do dia

SÃO PAULO (berrando na subida) – Ontem esqueci, mas como a de hoje tem dois carros, compensa. Da Joalheria Veloz HP, este belo retrato de belos automóveis, com legenda do próprio.


Interlagos, 1974 – Divisão 3: essa foto é antológica. Paulo Gomes, antes de usar
o famoso número 22, sendo perseguido por Tite Catapani na saída da Curva do Mergulho
(a verdadeira). Ele pilotava muito mais que o Tite, mas o Maverick da Hollywood era
um foguete. Com esse carro, até eu dava pau no Paulão…

Comentários

  • Essa espera pela próxima foto da Joalheria é sempre uma tortura. Mas quando apacere…que fotos! que carros! que tempo aquele que eu nem vivi, mas que encantou a tantos…
    Fico aqui pensando…será que daqui a 30 anos vamos estar postando fotos das nossas corridas atuais, com nossos pilotos atuais? Será que em 2036 o FG, ou o filho dele, vá lá, estará colocando uma foto que o filho do Veloz HP mandou dos stocks multibolhas do Cacá e do Losacco fazendo o S do Senna? Ninguém sabe. As corridas de hoje, os tempos de hoje, darão saudade sim, mas acho que dificilmente será algo como foram as corridas com Opalas, Mavericks, Fuscas, etc. Mesmo os monopostos. V, Super V…
    Que corridas…
    Vamos lá FG, mande mais fotos, se possível duas, três por dia. E acabe com essa tortura!!! Que preciosidades.

  • Linda foto! Parabéns, Veloz HP! Li na Bíblia dos Matusas (Grand Prix)
    que os demais competidores reclamaram do aerofólio estar fora do regulamento da D3, e a Equipe
    Hollywood foi obrigada a tirar. Parece que depois liberou geral, porque até o Opalão do Pedro Victor
    (o amarelo) tinha um.
    Veloz HP, se você está atendendo a pedidos, posta pra gente o Bertão da
    D4 da Equipe Hollywood, please. Um Manta também não seria nada mal…Abraços, Fred.

  • Belíssima imagem!

    Eu gostava demais desse Maverick da equipe Hollywood. Quando eu tinha por volta de 12 anos, meu pai me deu de presente a miniatura de um Maverick GT de fricção, escala 1/24. Não tive dúvidas: utilizando minhas habilidades de plastimodelista, desmontei o carrinho inteiro, modifiquei-o todo e deixei-o igualzinho ao do Tite Catapani, copiando tudo das Revistas 4 Rodas da época. Até no interior eu fiz uma gaiola e utilizei ainda as rodas, o painel, banco e instrumentos de uma McLaren CanAm que eu tinha desmanchado.
    Ficou maravilhoso, mas as empregadas fizeram o favor de destruir tudo…

  • Ceregatti,
    Isso mesmo. Ele andava em rally de velocidade na europa. Ouvi um comentário certa ocasião que dizia que ele era banqueiro.
    Pouco importa, ele podia bancar a brincadeira e era bem divertido ver ele pilotar.
    Mas depois disso a stock adotou slicks. Advinha, começou a andar certinho senão saía da pista.

  • Pôxa, que foto mais linda !!!
    Sou apaixonado pelos Mavecos !
    Muito obrigado ao Veloz e ao FG por compartilhar essas pérolas conosco !
    Pergunta: como infelizmente não pude ver essas provas ao vivo (tb nasci alguns poucos anos atrasado) eu gostaria de saber se existem algumas fotos que permitam ver em maiores detalhes esses Mavecos, principalmente o tão citado da equipe Hollywood.

    Valeu !!!

  • Ceregatti,
    Boa lembrança aí no teu texto. Pode ser que a gente já tenha se esbarrado alguma vez lá. Eu gostava muito de ficar no sargento.
    Os dois lugares que eu adorava eram o sargento e a freada da hum.

    Pelo que tenho visto ultimamente interlagos melhorou. Hoje uma coisa dessas como esse cara aí, acho que não aconteceria.
    Mas o sujeito foi de uma ingenuidade só. Os opalas, se eu to certo, faziam a ferradura em terceira pé no fundo. E nessa condição não daria mesmo pro cara desviar. Pancada certa.

    Lembrança minha de uma coisa que eu gostei de ver.
    Lembra do PQP???
    Lembra quando a stock usava radial de rua e o PQP punha o carro de lado no laranja??
    Nossa, a primeira vez que eu vi fazendo isso tive a mesma impressão dos outros – não faz a curva, vai rodar.
    Ele fazia o laranja inteiro totalmente atravessado. De proposito mesmo porque tinha muita gente ali naquela arquibancada vendo tudo.
    Tempo bom, tempo bom

    Abraço

  • Zé Clemente:
    Essa cena não vi, mas vi uma outra barbaridade…
    Não sei precisar o ano, talvez 1979 ou 1980, teve uma prova de Divisão 3 e ficamos na antiga curva do sargento, longe dos boxes antigos.
    Depois do treino de sábado, um Opala Stock-Car saiu para dar umas voltas no fim da tarde… Porem havia um carro, acho que um Voyage, passeando pela pista com tres caras dentro, todos meio perdidos. Nem imagino quem eram e o que estavam fazendo lá…
    Pois não é que o cara não viu a aproximação a pleno do Opala, bem no “cheirinho” da curva da ferradura? Quando o Opala foi desviar do tonto, o cara puxou para o mesmo lado… Pois do jeito que o Opala vinha, acertou a traseira do Voyage… Parecia o lançamento de um míssel… O carro decolou, foi pro meio da ferradura e capotou… Assistimos tudo de lá da curva do sargento, de camarote…
    Vimos a aproximação, alguem cantou a bola e não deu outra… Os caras saíram bem machucados, e não ficaram ainda mais porque seguraram o piloto do Stock, que tava muito a fim de terminar o serviço…

  • Saudade dos mavecos
    Tive um vermelho. Tinha dia que eu achava que gostava mais dele do que de mim mesmo.

    Ceregatti,
    Talvez voce ou alguma outro blogueiro tenha presenciado essa cena emocionante e hilaria.
    Quando o Paulão tava na stock com patrocino coca-cola, a equipe tinha 3 carros. Dois pilotos e um carro reserva.
    Naquela época era muito comum os pilotos alugarem a pista depois do treino de sábado, fosse para simplesmente treinar ou dar um acerto no carro.
    Num treino desses eu estava no box encostado na mureta.
    O Paulão saiu com o reserva para dar um volta,provavelmente de teste.
    Chegou lá na saída a cancela estava fechada e o fiscal não abriu porque não tinha recebido ordem para isso provavelmente.
    Eu vi que começou uma discussão. Todo mundo sabe que o Paulão era sangue quente. Do jeito que ele inicou marcha à ré deu pra sentir os nervos do cara.
    Mas olha só. O cidadão manobrou o carro e veio na contra mão do box. Rasgou primeira segunda e terceira. Acho que deve ter passado na minha frente a uns 150.
    Saiu pela entrada que estava aberta e deu 3 voltas com o pé na lona.
    O pessoal do autodromo fazia sinal para ele parar. Voce acha que a fera iria obedecer isso???
    No fim voltou para o box, estacionou o carro e saiu de mão no bolso tranquilo e sossegado, tipo ´tá tudo certo, tudo bem´.
    Essa cena ficou marcada para mim, nunca vou esquecer. Ria um bocado com o show impagável.

  • Obrigado Veloz, obrigado Flavio, por disponibilizar e compartilhar conosco parte desta história do automobilismo nacional.
    Não era nem projeto de vida neste ano, mas estes relatos só demonstram que tivemos campeonatos divertidíssimos.

  • aÊ fLÁVIO! dIV. 3!
    O Veloz: além de tudo você fotografa bem! Que bela foto!
    Eu não achava o Tite Catapani nada de mais, embora só o visse vencendo. Sempre achei que era mérito do carro, não dele.
    Já o Paulão se consagrou e sempre foi dos bons.
    Quanto aos carros, andavam muito mesmo e nem por isso as corridas perdiam interesse, porque dava para sentar na arquibancada e entender que tinha a Classe ‘A’ e a Classe ‘C’ e que dentro de cada classe tinha os rachas especiais. Equipe Gracco contra Equipe Hollywood era um desses rachas.
    Será que não tem uma foto de primeira volta? Queria ver o bolo de carros e lembrar de tanta gente que a gente nem menciona aqui nos comentários.

  • Mais uma vez arrepiei-me ao ver esta foto.Estava lá neste dia.Observem que na foto não aparece nenhum outro competidor.Ficaram anos-luz para trás!O Paulão,como sempre,deu um show,liderando a primeira volta,tentou acompanhar mas foi ficando gradativamente para trás.O Tite neste dia pilotou no lugar do Luís Pereira Bueno,e como o VELOZ disse,ganharia de qualquer jeito.Este Maverick foi o melhor D3 classe C de todos os tempos.
    Minha grande frustração foi não ver um embate entre o Maverick Berta e o Opala 44 cupê do Cyro Cayres.
    VELOZ,vc teria alguma foto do Hollywood-Berta D4?.Carro que só competiu uma temporada,pois a categoria foi extinta.
    Abraços….

  • Galera maluca, boa noite.
    Hoje eu quero agradecer muito a todos pela atenção que vocês tem demonstrado pelas minhas fotos.
    Vocês nem imaginam o prazer que isso me dá em compartilhá-las com todos e ajudar a difundir a história do nosso automobilismo.
    A finalidade única de tudo isso é essa, promover a cultura e o conhecimento daquilo que mais amamos na vida, pois essas fotos nos fazem lembrar de fatos, histórias e momentos que nós, os mais velhos, temos obrigação de contar aos mais jovens para não deixar tudo isso se perder e fazê-los tornar pessoas mais críticas e conscientes de tudo o que acontece no mundo da velocidade.
    Portanto obrigado a todos vocês e, principalmente, um obrigado especial de todos nós ao Flávio Gomes que generosamente abriu as portas da sua casa para isso se tornar possivel.
    Grande abraço.

  • Speed Arosi é o novo nick de Anselmo SBC, pois tem outro Anselmo no Blig, portanto para não confundir…. tenho um pequeno site de pequenos carros que depois divulgo aqui.

    A foto é linda, eu fui e vi esta curva ao vivo, quando dei uma volta com meu Fuscão 1500 70 Azul Pavão, fui ser banderinha de prova de rally. Que saudades, obrigado Veloz, obrigado FG.

  • Obrigado pela foto, Veloz!!!
    Até que enfim uma foto do Maverick do melhor piloto de turismo que meus olhos tiveram a alegria de ver correr nesse Brasil, Paulão! Quando eu era pequeno (década de 70), meu pai tinha um poster do Maveco do Paulão na parede da garagem. Majestoso. Depois pude ver ele correr com os Opalas na Stock, pondo o carro de lado, trazendo no braço onde faltava suspensão, dando show sempre. Ótimas lembranças! Uma vez o encontrei num Salão do Automóvel e fui conversar com ele. Super gente boa, acessível, deu-me um autógrafo com a maior boa vontade… até parece umas “revelações” do automobilismo que aparecem por aí que nunca ganharam nada de importante e já andam de nariz empinado. Paulão foi, é e sempre será meu ídolo.

  • Grande Veloz Hp.
    Você sabia que o Maverick original utlizado para fazer o Hollywood, era um GT? Há alguns meses tive o prazer, por obra de um grande amigo, de almoçar com o Luís Pereira Bueno e ele me contou que o carro era um GT vermelho cádmiun, original e okm e ele próprio foi com o carro rodando para a Argentina

  • Que beleza, que beleza….
    Os carros:
    Dois monstros, dois animais encapetados. O urro dessa dupla de motores era tão alto e tão forte que voce não ouvia nem o que estava pensando….
    Os pilotos:
    Outros dois monstros sagrados. Andaram de tudo que existiu com quatro rodas, pilotaços. Destaque óbvio ao Paulão, o Rei dos carros de Turismo. Tocada inacreditável, domínio total, sempre além do limite do carro. Sobrava na turma… Está aposentado, cuidando da carreira dos filhos. Poderia pilotar até os 99 anos de idade. Mesmo com a queda natural dos reflexos, daria um nabo em metade do grid de qualquer categoria…
    A pista:
    Templo Sagrado.
    Maravilha das maravilhas.
    Similares, apenas Spa (original com 14 Km) e Nurburgring (Norte, com 22 Km e que ainda está lá….).
    Reparem no final da Curva do Mergulho, aquele descidão alucinante e a verdadeira curva da Junção onde estão os carros.
    Na curva original se aliviava e se trazia no braço, a traseira indo embora… Se não era a traseira, a frente queria visitar o barranco e acertar aquele muro externo…
    Hoje mataram a curva, tem freada forte e depois retoma na subida do café… O motor fazia a diferença, mas não como hoje, que a reaceleração é na usina, e não no braço…
    Acreditem: E fizeram mais essa barbaridade apenas para ser possível ver das arquibancadas e favorecer a transmissão pela TV…
    A propósito: A Curva da Junção original ainda está lá, inteirinha… Só a saída dela é que tem um guard-rail no meio, separando a saída do anel externo que é usado como pista de rolagem…
    Mas dá sim pra vir socado e contornar a curva original… O probleminha é se escapar… Um abraço, pancão pra não esquecer nem em dez encarnações e vamos recolher os cacos…
    Obrigado, Veloz HP
    Obrigado, FG.