One comment

Hummmmm…. Sei, sei…

Comentários

  • Tenho a impressão que o dia em que aparecer um Lada na Classic Tio Gomes vai ter orgasmos múltiplos.
    Um perguntinha para os entendidos (êpa!)daqui:
    Pelo que sei Tempra usa o motor Fiat da década de 60 (do 128 se não me falha a memória). Como o Lada é clone de outro Fiat (124 talvez? Sempre me confundo com essa mania da Fiat em numerar os carros sem o menor sentido). Qual motor Fiat ele usa?

    PS: O amigo Sidney acha o Lada parecido com a Alfinha? Só se for por ele ser branco e ter quatro portas. Francamente…

  • Pois é, quanto mais longa a distribuição de peso, mais estável é o carro durante uma curva, e quanto mais curto, mais faz curva.

    Um dos problemas da F1 atual é a obrigatoriedade do carro muito longo (Mosley afirma que isso melhora a segurança) que mantém o carro estável, porém limita seu traçado para ir rápido. Assim sobram menos opções de variáveis de traçado, e ocorrem menos chances de ultrapassagens.

  • Valeu pela informação Cabral. Eu achava que se colocando o motor no centro, em virtude de toda aquela teoria de centro de gravidade e o escambau, se conseguia melhor distribuição de peso. Vou guardar mais essa no HD. Abraços.

  • Mister Mistério,

    A distribuição ideal de massas 50/50 é mais facilmente atinginda num carro com motor dianteiro e tração traseira. O Chevette tem 52% na frente e 48% atrás, nada mal.

    Com motor central traseiro, essadistribuição fica entre 60 e 70% do peso atrás. A vantagem dos carros com motor central é a polarização das massas. Sabe aquela coisa da cadeira giratória, que quando aproxima as pernas e braços do corpo ela gira mais rápido? Essa é a teoria. O problema é que esse girar mais rápido também significa rodar mais rápido. São carros mais difíceis acertar e projetar. Um dos melhores carros com motor central é aquele McLaren F1, que parece muito fácil de guiar.

    Para andar em estrada, não tem nada mais seguro que motor na frente e tração atrás.

  • Qual é, Gomes? To sentindo que vc tá ficando apaixonado pelos Ladas. Ta querendo arrumar uma namorada pro teu DKV?
    Em tempo: como a Sunoco teve a coragem de patrocinar isto?

  • Flávio.

    Deve dar trabalho pra adaptar, mas já imaginou um Lada desses com motor central, exatamente atrás dos bancos dianteiros? Também gosto de carros com tração traseira, mas melhor ainda com motor central. Motor dianteiro, com aquele cardã passando por debaixo do assoalho acho meio antiestético. Gosto de pensar na melhor distribuição de peso: 50% na frente, 50% atrás. Isso com o engenho no meio fica bem mais fácil de conseguir.

  • Eu sabia o FG tem um lado bom, num dia triste como hoje ele consegue arrancar risadas…Notem o conjunto de apendices aerodinamicos que deixam a McLaren e a BMW ruborizadas…spolier dianteiro estilo muro, spoiler de teto estilo trampolim e o traseiro feito para não deixar a enorme potencia jogada nas rodas se perder (embora pelo aspecto geral, potencia seria apenas um detalhe)…sem contar, como bem lembrado pelo companheiro de blog, com a altura de monster truck e o perfeito e estudadíssimo set up dianteiro….nossa é um Clássico !!! se saísse do circuito indoor do Jaguaré (onde foi descoberto fazendo treino secreto comandado pelo camarada R.Abramovich) e viesse para Superclassic não ficaria asfalto sobre asfalto..ia derreter…

  • Flávio
    Adorei o link que vc deixou, alguns dias atrás, com um piloto dando entortadas com um Lada.
    Vc já reparou como o Lada se assemelha muito com a Alfa Giulia TI?
    Se colocar aquela gradezinha na frente, ficará parecidíssima.
    Abs

  • Faz bem em andar de Lada. É um carro de verdade.

    O DKW é bonito, charmoso, o motor 2t é fasntástico… Mas é tração dianteira e isso me tira todo tesão. O Lada tem tração traseira, aí nós mudamos o nível da conversa para BMW e Chevettes. Enquanto não tenho dinheiro para um BMW, ando de Chevette mesmo. Já pensei num Lada, e gostaria de ter um, mas por outros motivos sempre escolhemos Chevettes… E são muitas histórias cabeludas, e é difícil escolher outro carro.