Velinhas para o Nelson

SÃO PAULO (eu nunca lembro, mas a blogaiada lembra) – Piquet pai faz 54 anos hoje. Aliás, esse negócio de Piquet pai é bobeira. Nelson Piquet ainda não é “pai do Nelsinho”. Nelsinho que é “filho do Piquet”.

Então, corrigindo: Nelson Piquet faz 54 anos hoje. E o blogueiro Marcos Bonamigo, irmão do técnico de futebol, mandou dois vídeos do tricampeão. Um curtinho com um tributo ao piloto e outro com uma volta on-board no Estoril em 1991. Eu estava nesse GP aí. Saudades de Portugal…

Comentários

  • Alô, Flávio “Briatore” Gomes!

    Dentre os pilotos brasileiros que passaram pela F-1, Nélson Piquet era considerado o mais técnico de todos. E eu o admirava.
    E o filho Nelsinho está seguindo os passos do pai.
    Quem sabe, teremos, um dia, a presença do Nélson Ângelo Piquet no circo da F-1.
    E mais, o circuito lusitano do Estoril (que fica a poucos minutos de Lisboa) faz uma falta tremenda no calendário atual da F-1. Era uma pista boa de acompanhar.
    Bem, por enquanto é só!
    Bye-bye!

    :-)

  • Parabens ao Nelson!
    Meu grande idolo na F1!! Depois dele, nunca mais torci por piloto algum… ate cheguei a deixar de acompanhar a F1 quando parou… depois de 91, so voltei a acompanhar em 96…

    Meu autorama do Piquet ainda esta em casa… que saudade daqueles tempos…

    Saude campeao!

  • Na decada de 80 eu ainda era criança , e passei a gostar de corridas de carro , vendo o Nelson Piquet correndo de F-1 .
    Lembro que , se alguém me perguntava : Para quem você está torcendo ???? Eu logo emendava : Pra aquele cara de carro azul branco com capacete vermelho em forma de uma gota d’agua ……
    Lógico que com o tempo o nome dele foi se gravando cada vez mais na minha memória e na memorária de muitos brasileiros ….
    Lembro também que o maior castigo que a minha mãe me aplicava naquela época , era me proibir de ver a corrida no domingo ….. Quantas saudades !!!!!

    Parabéns Piquet !!!!!!!!

  • Para quem não viu, o GP Total tem um vídeo em homenagem ao Piquet super interessante, quando o Felip Aliot dá uma carona para o Renne Arnoux e o Johansen e o carro quebra aí o Johansen pede carona e quem aparece, o Piquet que pára o carro e dá carona para o três, um de cada lado e o Filip Aliot sentado em cima da entrada de ar do motor.
    É super interessante, coisa que hoje não veríamos de jeito nenhum.

    Jovino

  • Piquet foi o último campeão do mundo que realmente disputou um título com adversários. Depois de 87 todos os campeonatos foram disputados por companheiros de equipe ou por apenas 2 pilotos de equipes diferentes. Na era Piquet ele foi campeão chegando na última prova disputando com 3 ou 4 adversários. A diferença de pontos entre ele é o vice eram mínimas também, coisa de 2 pontos. Parabens maior piloto brasileiro na F-1.

  • Alguns anos atrás, em Capão da Canoa, litoral gaúcho, fui assistir uma prova de kart, Copa arisco, se não me engano. Uns trinta karts no grid. Piquet largou em 16º. Prova de 25 voltas, circuito improvisado, parte numa avenida esburacada, parte numa área de estacionamento. Circuito com curvas em grampo pra todo lado. Reta, só uminha de uns 50m. Já na 12ª volta (+_) ele já liderava a prova. Assisti junto ao grampo fechado, dava pra ver a cara do Cara se divertindo, com o kart atravessado, jogando pedriscos na galera e deixando os demais pra trás. E olha que no grid tinha muita gente competente: Moreno, Daré (ainda piá, ia disputar a F2 sulamericana).
    Foi a única vez que assisti ao vivo o maior tricampeão mundial de f1, na pista. (já contei essa história antes).
    Parabéns Tricampeão.
    Ta certo em não ir pra gp master. Só tem duro. Ou de bolso, ou de braço…ou ambos.

  • Parabens ao nosso tricampeao. Sou fa desde pequeno e esse tem toda minha admiracao pelo que fez nas pistas. Vejo os videos quando chegar em casa – mas a ultrapassagem da Hungria foi demais, vale a pena ver de novo.

  • Meu primeiro ídolo no automobilismo foi o Roberto “Carreta”, eu só tinha 9 anos. O segundo foi o Pace, já entre os 10 e 12. Mas o cara por quem tive a chance de torcer muito foi Piquet, e a F-1 nunca mais foi a mesma sem ele.
    Parabéns Campeão!

  • Aí, Flávio. Meu parentesco com o tal técnico de futebol e distante. Além do mais sou ATLETICANO.
    Certamente o Piquet foi um dos cinco maiores pilotos de carros que vi. Talvez o maior ídolo de minha infância. Também foi através dele que comecei a gostar de automobilismo. Valeu Tri-Campeão. Parabéns!!!!!!!!!

  • Parabéns Piquet…. ainda tenho o meu Autorama Estrela Nelson Piquet série super curva…. Para falar a verdade, recentemente comprei mais um, quando me aposentar, vou montar as duas pistas e passar as tardes me divertido com meus filhos…

  • Sempre adorei o Piquet e torci muito pelas vitórias dele. Uma figuraça fora e dentro das pistas. Quanto à sua pilotagem, nem preciso falar nada, né?

    Aliás, acho muita injustiça só mencionarem o nome dele quando resolvem citar aquele pacote de pilotos supostamente imensamente melhores do que o Schumacher – os tais reais campeões mundiais (Prost, Mansell, Piquet, Senna, Fangio e afins). Na minha singela opinião, ele merece um pouquinho mais do que isso… But hey, what do I know?

    Parabéns Nelson e sucesso pro filhote! 54, hein? Tá beeeem, muito bem mesmo!

  • Vendo ele correr que me apaixonei por corridas. Esse video é curto demais, precisam lançar um DVD (triplo de preferência) sobre o Piquet urgente!

    Parabéns Piquet, você na pista era bom demais da conta!

  • Piquet é show… sem comentários… na minha opnião, ele pilotou um dos carros mais bonitos da F1, a Brabham BT-52… aliais, todas as Brabham com o patrocínio da Parmalat eram lindas… junte a elas o Lotus JPS e o Coopersucar Amarelo da Skol.