Gira mondo, gira (quinta)

SÃO PAULO (Eu não espero que um revólver venha explodir/Na minha testa se anunciou/A pé a fé devagar/Foge o destino do azar/Que restou) – Um “Gira” diferente hoje, de uma notícia só, enviada pelo Roberto Traballi.

Está no site do “Estadão”. O cara se deu mal…

OSLO – A polícia norueguesa iniciou uma perseguição no ciberespaço após um jovem postar um vídeo na internet que mostra seu carro sendo dirigido a uma velocidade muito acima da permitida. Ele foi encontrado no mundo real e levou uma multa (também real) de US$ 1.300.

O norueguês, identificado apenas como um rapaz de vinte e poucos anos, postou o vídeo intitulado “Dirigindo na Noruega” no site YouTube na metade de novembro. A gravação mostra o velocímetro do carro atingindo aproximadamente 240 km/h em uma rodovia pública.

“A polícia encontrou o homem após seguir os rastros eletrônicos que ele deixou na internet”, informou um comunicado expedido pela polícia nesta quarta-feira, 29.

No vídeo, que o autor removeu do site após ter se tornado notícia nacional na Noruega na semana passada, uma voz pode ser ouvida: “Estamos aproximando 240. Sabemos que isso acontecerá. Isso é um barato”.

O carro, um Skoda Octavia, atingiu tal velocidade na grande rodovia E-18, cerca de 35 km a sudoeste de Oslo, capital do país.

“É preocupante que jovens testem altas velocidades em rodovias como essa, e depois usem a web para mais tarde se vangloriar do crime”, disse Morten Hassel, da polícia rodoviária do distrito.

A polícia disse que pôde apenas provar que o motorista estava dirigindo a 139 km/h, e baseou-se nesta velocidade para aplicar a multa. A velocidade máxima na Noruega é de 100 km/h.

Comentários