Em outras eras… (3)

SÃO PAULO (chamem o Greepeace) – Para terminar a pequena série acidentada de hoje, a foto mais curiosa. Como será que isso aconteceu? Onde, com quem, quando?

Mais uma foto enviada pelo Edu Carvalho, blogueiro de Cascavel.

Comentários

  • Eeu que achava que minha equipe preferida, a Lotus, matou gente, se for contabilizar quem morreu de Porsche vai parecer controle populacional.

    E também nessa época, o porrão era sempre numa árvore.

  • Carel Godin de Beaufort era um piloto experiente, tendo participado de mais de cem corridas em sua carreira, que começou em 1956. No ano de 1957 ele fez sua estréia na Fórmula 1, chegando em décimo-quarto no GP da Alemanha, pilotando um Porsche 550 RSK. Em 1958 ele chegou em sexto lugar nos 1000 Km de Nurburgring e em quinto lugar na 24 Horas de Le Mans, com um Porsche 550 RS. Em 1959 ele venceu duas corridas para carros esporte, em Spa-Francorchamps e em Innsbruck, com um Porsche 718 RS. Em 1960 foi o oitavo colocado no GP da Holanda, pilotando um Cooper T-51. Em 1962 foi sexto colocado no GP da Holanda e no GP da França, com um Porsche 718 particular. Em 1963 foi sexto colocado no GP da Bélgica e no GP dos Estados Unidos, com seu Porsche 718. Em corridas extra-campeonato, foi o segundo colocado no GP de Siracusa e no GP de Roma e terceiro colocado em Zeltweg. Em1958 ele chegou na oitava colocação no Tourist Trophy, correndo em dupla com o brasileiro Christian Heins. No ano seguinte eles correram nas 24 Horas de Le Mans, sem conseguir terminar a corrida.

    Ricardo Cunha

  • sem duvida a foto é do acidente nos treinos do GP da Alemanha de 1964 (dia 1 de agosto) com o Porsche 718 do piloto holandes (de origem aristocrática) Carel Pieter Anthonie Jan Hubertus Godin De Beaufort que viria a falecer no hospital em Colônia no dia 2 de agosto.

  • O Edu Carvalho podia mandar para vocês, também, as fotos do Passatão de corrida dele. Na primeira etapa do Regional de Marcas de Cascavel, ele deu pau num Peugeot 207 novinho em folha. As circunstâncias explicam a situação, mas a imagem é pra lá de inusitada…

  • Pelo número do carro, pode não ser Dan Gurney nem Jo Bonnier, tampouco das temporadas de 1961(Porsche 718) e 1962 (Porsche 804)em que a Porsche teve equipe oficial na Formula 1.
    MAS pode ser o piloto frances Carel Godin de Beaufort, falecido nos treinos para o GP da Alemanha de 1964, pilotando um antigo modelo Posrche 718..

  • FG,

    Não sei porque (obviamente não tem nada a haver….) mas esta foto me lembrou a coluna escrita pelo Brandão no ano passado “A árvore que dava DKWs”…….

    É estou ficando velho, achando “links” na minha memória (corroída pelo red label) que não fazem mais sentido. Será que são os primeiros sintomas do Alzaimer???

    Abraços e boa tarde a todos.

    Marcelo Foresti

  • Acredito, 90%, que seja a foto do acidente que matou o maior piloto de todos os tempos, Jim Clark, em uma corrida que não valia quase nada, era a fórmula 2, em que nos anos 60 e início de 70, os pilotos das principais equipes, especialmente a Lotus, participavam das etapas.