MENU

domingo, 8 de junho de 2008 - 16:52Sem categoria

canadianas (12)

SÃO PAULO (esticando a terceira) – Falemos de Coulthard… É a volta dos mortos-vivos, não é não? Pois DC fez uma prova muito bonita, parou apenas uma vez, não cometeu erros e voltou ao pódio dois anos depois do último, em Mônaco/2006. Foi seu 62º troféu na F-1, superando Barrichello e colocando-se em quarto nas estatísticas, atrás apenas de Schumacher (154), Prost (106) e Senna (80).

A gente vive esculhambando Coulthard, mas ele tem uma carreira bonita na F-1. E um detalhe curioso: seus primeiros pontos foram marcados exatamente no Canadá, com um quinto lugar em 1994, de Williams.

19 comentários

  1. Edson Naga disse:

    Excelente corrida do escocês. Deveria ter andado com esta performace nos tempos de Mclaren. Flw Flavio Gomes.

  2. MSM disse:

    Bela prova do escocês. LArgou em 13º e chegar no pódio foi fantástico.
    O Webber vem fazendo melhor campeonato que ele, mas nessa etapa, não andou. Em compensação, Couthard fez tudo certo e levou mais 6 pts para a equipe mais legal da F1.

  3. Fabio disse:

    Quem mete o pau no DC nao entende picas de F1. Alem das qualidades extra pista, no que parece ser unanime a admiração de todos, o cara é bom de braço sim.

    Quem diz que ele nunca fez nada provavelmente vivia em Jupiter no ano de 2001, quando ele fez sua melhor temporada, foi vice campeao no braço, com um carro inferior, ao contario de um certo imbecil que gosta de se fazer de vitima e que tambem foi vice campeao, só que de favor …

    Todo mundo fala da ultrapassagem do Montoya sobre o Schumacher em Interlagos 2001, e se esquece que o DC ganhou aquela corrida, e fez a mesmissima ultrapassagem sobre o alemao SO QUE COM CHUVA.

    Mais o show a la Senna que ele deu em Monaco no ano seguinte.

    Mas para mim, o grande momento do DC foi na França em 2000, quando fez varias ultrapassagens para assumir a lideranca, sendo que a ultima, valendo a lideranca, foi em cima do alemao e na sequencia mandou o dedo do meio para o cara!!!

  4. Cláudio F-1 disse:

    O Coulthard é uma figura, apesar de realmente ser o último playboy da F1, acho mais justo reconhecê-lo como o último gentleman da F1. O cara é muito gente boa.

  5. Eric disse:

    É o piloto mais próximo dos pilotos da década de 60 e 70 quanto a vida social.
    É o Playboy moderno da F1.

  6. Thiago Dias disse:

    Só uma pergunta pra vocês. Alguém aí lembra quem foi o terceiro colocado na corrida do Canadá ano passado? WURZ. O que aconteceu com ele antes do fim do campeonato? Essa nem vou responder.

  7. Pedro Jungbluth disse:

    Em comparação ao Rubens, Coulthard foi muito melhor, sem dúvidas.

  8. Thiago Azevedo disse:

    Vai entender… Quando a pista tá boa, ele não consegue permanecer nela. Erra, bate com gosto!
    Quando o negócio tá difícil, ele não só se mantém, como consegue ser rápido!

  9. Antonio Jose disse:

    O cara ficou tão feliz que chegou a emocionar muita gente. Foi muito legal ver esse piloto tão experiente e também rapido chegar em 3°. A RedBull tá indo, hein?

  10. Belair disse:

    Carreira de respeito sem dúvida. E torço para que continue na F1 por mais algum tempo, enquanto puder trazer aos circuitos as namoradas que arruma. Quem pede sua saída para dar vez a pilotos mais jovens,desculpem, tem noção um pouco deturpada do que deve ser a F1. Os Sennas,Prosts , Mansells,Schummys,Alonsos etc. são ótimos para o espetáculo na pista. Mas F1 mesmo é para os Hunts, Irvines, Piquets e Coulthards da vida,e esse é o ultimo deles. A F1 tá morrendo.Pasteurização é para leite e derivados,musculos e forma física é para outros esportes. Deixem o “queixada” em paz . ELE é o cara….

  11. Wagner Scaglione disse:

    Antes do pódio, quando a namorada dele foi abraçá-lo, a tv mostrou que a moça estava de Havaianas…

  12. rob disse:

    DC nao é nada.
    soh teve carrao nas maos e nunca fez nada demais.

  13. alexandre disse:

    Acho que o DC vai garantir sua vaguinha para 2009…

  14. Kyna disse:

    e acima de tudo: o DC é lindooooooooo!!!

  15. William disse:

    Me parece que em toda prova onde a habilidade do piloto fica mais evidenciada que seu equipamento surgem as gratas surpresas como a dos dinossauros DC e RB, o que demonstra toda experiência de anos na F1.

  16. Breno Peixoto disse:

    Foi DC que substituiu Ayrton Senna na Williams imediatamente após a sua morte.
    Durante muito tempo só andou por equipes grandes e nunca foi protagonista na disputa pelo título.
    Respeito o cara em uma coisa: ele arruma cada namorada…

  17. Luana Marino disse:

    Disse tudo, Flávio. Coulthard tem uma carreira muito bonita na F-1, merece respeito. E dá gosto de ver pilotos como ele, Glock, Trulli, Vettel, comemorando suados pontos como se fossem vitórias espetaculares! É claro que rola muito interesse nisso, os caras estão lutando por lugares melhores, mas quando vejo esse reconhecimento esqueço por uns momentos que a F-1 é um grande mercado financeiro. Isso me faz lembrar porque me apaixonei por esse esporte.

  18. Rodrigo disse:

    Ninguém segura o velho veterano !

  19. Luciano disse:

    Além de uma carreira muito bonita na F1; o cara é bacana, curte a vida e as regalias que a fama lhe proporcionam sem arrogância.
    Parabéns ao DC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *