MENU

domingo, 23 de novembro de 2008 - 18:56#96, Superclassic, farnéis

CASA NOVA

SÃO PAULO (haja papo) – Com algum atraso, porque já faz mais de uma semana, informo à distinta torcida que o #96 já está em ótimas companhias no Museu do Automobilismo Brasileiro, do Paulo Trevisan, em Passo Fundo. Aliás, encontrei o Paulo no lançamento do livro do Bird, na semana passada, batemos um ótimo papo e quando ele chegou ao Rio Grande me mandou a mensagem abaixo, que repasso à blogaiada…

“Desde que cheguei de SP, estou numa correria danada por aqui. Ontem tirei rapidamente algumas fotos do #96 lá no Museu, onde o mesmo está passando, digamos, uma temporada. Breve vamos colher imagens de mais qualidade e isso passa por melhor iluminação no local. Eu e meu mecânico Marcos Horst estivemos examinando o bichinho e nos surpreendemos (positivamente) com o que já foi feito visando à redução do peso. Os Finotti foram longe em soluções e eu gostei muito. Vários componentes de fibra e o assoalho de alumínio devem ter retirado bons quilos, e isso é fundamental. Muito boa a solução dos amortecedores dianteiros. Deve estar muito bom de chão. No sábado, 29/11, às 13h30, estarei recebendo um grupo de visita no Museu e vários que querem conhecer de perto o #96. Se quiseres divulgar esse dia e horário para quem quiser nos visitar, seria ótimo.”

25 comentários

  1. Marilis_irmã.Veloz disse:

    Parabéns, Parabéns, Parabéns !!!

    Que lindo lugar para guardar, todas estas estórias maravilhosas.

    Trevisan…..um grande beijo.

  2. Claudio Ceregatti disse:

    Pô, Trevisan… Obrigado por lembrar de meu nome.
    Soube pelo Dú da conversa deliciosa até alta madrugada, bem que gostaria de estar lá com voces.
    Quanto a estar aí no Sul, espero poder. Vontade não falta.
    E levarei as minhas joelheiras que uso pra correr de FSpeed.
    Teu museu é pra entrar de joelhos…

  3. Paulo Trevisan disse:

    Dú,como você,eu e o Joaquim e mais aquele pequeno grupo apagamos as luzes do local do evento(ou melhor apagaram para nos despejarmos de uma vez às 1h) e continuamos a nossa conversa até quase 5h da manhã na frente do Parthenon;e o assunto(inesgotável)recém engrenou,vamos concluir aqui em Passo Fundo no inicio do ano. Estou realmente maravilhado com a tua atitude de transferir para o Museu aquela documentação histórica, e que oportunamente divulgaremos. Esse exemplar com essas dedicatórias especiais também terão um lugar especial. Graças ao blog estamos tendo essa possibilidade fantástica de nos aproximarmos e trocar mais e mais informações; e cá para nós o Joaquim é um expert extraordinário e com um conhecimento de cair o queixo. Como sou obsecado por INFORMAÇÃO, agrupei definitivamente vocês para o meu team.

  4. regi nat rock disse:

    Eia Dú… acho de desta vez a gente consegue quase encher um busão… afinal, é povo que cumpre o combinado e há tempo sobrando pra planejar com o peroba/ronaldo-Tour uma farra das boas.
    “t ô d r e n t o”

  5. disse:

    Trevisan,
    Neste fim de ano complicada a coisa, mas….
    Lembra que na madruga do lançamento, ficamos com o Jóca e vc. botando pilha para irmos ao Museu.
    Pois então: O livro do Bird, onde coletei depoimentos e dedicatorias a vc., o Ronaldão pegou agora pouco aqui em casa, sem antes lógico me deixar como moeda de troca um com dedicatória do Bird.
    O Ronaldo vai pegar ainda mais umas dedicatórias a vc., faltou do Luizinho, do Émerson e mais umas figurinhas.
    Se prepare, pois final de janeiro, início de fevereiro, a trupe vai descer, com Luis Pereira Bueno como “Guia Turístico” e o Ronaldão jura que sequestra a Maria Luiza e o Bird tbm. ( tem alguém que faça uns suspensórios diferentes aí?) Vamos levar aquele material que o lugar dele é no Museu. Portanto, Jóca, Ceréga, Regi e Cia Ltda. mãos a obra. PeróbaTUR em ação!

  6. Claudio Ceregatti disse:

    Paulo:
    As crianças tudo bem, cabem no banco.
    Já os adultos… Sei não.

  7. Paulo Trevisan disse:

    Até esse momento já tenho umas 25 pessoas confirmadas na visita de sábado dia 29 às 13:30h; e o número de visitantes vai crescer até lá. Claro a atração está em cima do #96. O Pasinatto de Caxias do Sul (que já esteve pelo menos duas vezes no Museu) estará trazendo junto o p… piloto de Simca (que respeitava DKW) Juvenal Martini e o outro bom de braço Henry Dias. O Rafael Aun também vai trazer mais convidados. Estou tentando achar o telefone do blogueiro de Passo Fundo Rafael Bilibio mas ele sinta-se convidado nesta mensagem. Aproveitem pessoal e venham até aqui. Já aviso que mesmo no Natal e Ano Novo estarei aqui em Passo Fundo e receberei no Museu quem por aqui passar sem problemas, só me avisem antes. Já tem gente me intimando que só vem a Passo Fundo para ver o #96 se der para sentar dentro. Já disse que sim mesmo sem consultar o FG.

  8. Cara, do lado do Faísca. Tá bem na foto o #96. Parabéns, ele merece.

  9. Rafael Aun disse:

    O #96 está ao lado de outros DKW…o Faísca e o Carcará II…

    Vou até desmarcar outros compromissos para ver de perto essa beleza.

    Só uma curiosidade, de SP a P.Fundo se passa por uma estrada que já foi palco de uma prova com grandes nomes…O nome dela é Rodovia do Xisto que liga Curitiba a São Matheus do Sul.

    Fittipaldi, Christofaro, Andreatta, Pereira Bueno, Clemente foram algumas das peças que participaram de uma das últimas corridas de estrada do Brasil, com médias de 180 Km/h….isso em 68!

    Ou seja, a viagem ao passado do automobilismo começa bem já no pegar a a estrada… Toca uma caravana pra cá gurizada!

    Segue o link para a matéria completa:
    http://brazilexporters.com/blog/index.php?blog=1&p=44&more=1&c=1&tb=1&pb=1

    Um abraço,

  10. Guilherme Gomes disse:

    Parabéns ao Paulo Trevisan pelo empreendimento louvável.
    Parabéns ao Flávio Gomes pela grandeza em prol da cultura nacional. Faço votos que seja concretizada a doação ao Museu, assim, o histórico 96 estará pra sempre entre as estrelas do automobilismo nacional e esperando, quem sabe, o Soviético daqui algumas unidades de anos, quando tiver cumprido sua brilhante trajetória.

    Abraço,

  11. Eric disse:

    Quer mais o que Dú…olha a companhia de sala do carrinho…..DKW Vinhais “pé na bunda” e o Fitti-Vê.

    Só isso…..

  12. Marcel Marchesi disse:

    Caramba, o museu parace ser lindo, e muito bem cuidado!O #96 tá muito bem guardado!Imagina os papos entre eles (os carros) na madrugada!

  13. disse:

    Caraca, ela tá junto com o Fitti Vê. E ao lado do Carcará?

  14. disse:

    Cassio, ano novo em Buenos Aires, uns dias de Dakar e na volta passamos lá ! hahahah
    Mas em Janeiro poderiamos fazer um vapt, o Trevisan já intimou.

  15. carlos afonso disse:

    Quem gosta de carro sabe que o 96 é um belo exemplar da raça.

  16. Jackie (Futura Fã do # 69) disse:

    Conde, obrigada pela dica.
    Antes de postar meu comentário, já tinha ido “virtualmente” passear no museu.
    Fiquei encantada , lugar perfeito !!
    Quem sabe iremos todos juntos a Passo Fundo.
    Boa semana para vc também.

  17. Claudio Ceregatti disse:

    Taí o que um apaixonado visionário criou: Algo que todos os dirigentes do automobilismo brasileiro sequer cogitou, embora tivessem tudo pra fazer. Mas para uma instituição e pessoas que nada fazem sequer pelas pistas e tem o esporte como seu meio de vida, nem podia ser diferente.
    Tem que aparecer um Paulo Trevisan pra realizar algo de inédito e exemplar, e tem que aparecer um FG para fazer sua parte, chutando canelas e rompendo paradigmas, fazendo por merecer tal honraria.
    Na edição de hoje do jornal O Estado de São Paulo, no caderno Metrópole página C10 saiu a reportagem sobre o livro do Bird, página inteira escrita por Edison Veiga. Logo no ínício o Mestre diz: “Esse pessoal da Internet fica articulando um monte de coisa para cultivar a imagem dos carros antigos, e pô, a gente se envolve por todo esse clima”.
    Digo o seguinte: Se não fosse “esse pessoal da Internet”, a gente nem se conheceria, jamais se integraria e muito pouco alcançaria. Talvez nem o Bird soubesse de fato seu real valor. Talvez nunca pudéssemos unir forças e fazer acontecer um monte de sonho maluco.
    Aplaudo de pé essas iniciativas (e acabativas) de se preservar a história. Voces estão de parabéns, agora segura o rojão que temos um futuro ainda a cumprir. Ou vamos perder a segunda metade de nossas vidas?

  18. acacio das neves raymundo disse:

    o descanso de um guerreiro, esta onde ele merece.

  19. Romeu disse:

    Descanso mais que merecido para o #96.
    Lá no Museu do Automobilismo Brasileiro ele sempre estará muito bem acompanhado.
    Terá “colegas” ilustres em sua volta e vai atrair muitos visitantes, com certeza.
    Nos veremos em Passo Fundo, logo que der.

  20. Conde disse:

    Jackie ,
    Olha o link para vc ver melhor do que se trata essa maravilha de lugar . Imagine qdo o #96 estiver no Site .

    http://www.museudoautomobilismo.com.br/

    Boa semana .

  21. Conde disse:

    Mal chegou e já tem gente querendo visitar . Ah… a fama , a fama .

  22. Jackie (Futura Fã do # 69) disse:

    Pela foto, vejo um Spa ******* !!!
    Lindo museu Sr. Trevisan…Parabéns pela dedicação e capricho !
    Agora tenho certeza de que o (O(###)O) #96 está em ótimas mãos.
    Obrigada !

    Forte abraço,
    Jackie Della Barba

  23. Antonio José disse:

    “O Repouso do Guerreiro”. Bela foto, o bichinho está num lugar muito legal onde será sempre respeitado e tratado com carinho.
    Mas, acho que a saudade vai transformar o trajeto entre São Paulo e Passo Fundo numa coisa habitual. Não é, Flávio?

  24. Cassio Missiroli disse:

    Tinha que ter uma caravana de blogueiros para Passo Fundo.

  25. Rogério Magalhães disse:

    É… o #96 está numa boa mesmo… e se der certo, final do ano vou revê-lo lá em Passo Fundo, no caminho para POA, só espero que o Trevisan possa abrir as portas no dia seguinte ao Natal, hehehehe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *