MENU

segunda-feira, 16 de março de 2009 - 15:58Stock Car

AXÉ

SÃO PAULO (tomara, tomara…) – Falando na Estoque, furinho do nosso Felipe Paranhos no Grande Prêmio: o traçado de rua que deverá ser usado na corrida de Salvador neste ano está praticamente definido, e foi desenhado pelo piloto Diego Freitas. Digo que deverá ser usado, porque a corrida ainda depende de um acordo entre os governos estadual e municipal.

O desenho da pista, de mais ou menos 3,5 km, é esse aí do lado.

23 comentários

  1. leohora disse:

    Do Jornal Atarde:
    Governo dá sinal verde para prova de Stock Car em Salvador
    http://www.atarde.com.br/esporte/noticia.jsf?id=1115835

    Foi dado nesta quinta, dia 02, o sinal verde, pelo Governo do Estado, para a realização em Salvador de uma das etapas da temporada de 2009 da Stock Car. As negociações que vinham ocorrendo há dois meses avançaram com o compromisso de Carlos Col, presidente da Vicar, empresa promotora de provas de automobilismo brasileiro, de realizar as competições na capital baiana até o ano de 2013.
    Col foi recebido pelo governador Jaques Wagner, com a presença dos secretários do Turismo, Domingos Leonelli, e do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes, Newton Vasconcelos, e da presidente da Federação Brasileira de Automobilismo, Selma Morais. Segundo Leonelli, para o acordo ser assinado falta apenas acertos com os demais parceiros, como a Prefeitura de Salvador, com quem Carlos Col tem reunião marcada nesta sexta, dia 03.

    A previsão é que a competição de automobilismo aconteça no dia 9 de agosto. O palco da corrida será o Centro Administrativo da Bahia (CAB), com 3,5 quilômetros de circuito. Caberá ao Governo da Bahia arcar com o recapeamento asfáltico e obras de nivelamento de quatro quilômetros de vias, além da implantação de sete quilômetros de barreiras New Jersey – proteção de concreto para garantir a segurança do público.

    Segundo Leonelli, as estruturas de arquibancadas e camarotes seriam encargos da Prefeitura. O custo total da empreitada é de R$8 milhões. O secretário do Turismo, entretanto, afirma não poder ainda anunciar qual o montante que caberá ao Governo do Estado. Ele prefere destacar as vantagens.

    “Somente de pessoal das equipes são duas mil pessoas, mais os aficcionados que seguem onde tem prova. Essa é uma estratégia para combater a sazonalidade do turismo”, comemora Leonelli. Além da atração de turistas num período de baixa estação, ele elenca entre os benefícios a inserção da Bahia em um novo segmento. “O Estado também ganha em visibilidade, porque atrai a imprensa de todo o país”, acrescenta o secretário do Turismo, ressaltando que o evento é transmitido ao vivo por uma rede nacional de televisão.

    A temporada de 2009 da Stock Car acontece em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília e Salvador. “Aqui será a primeira vez que a Stock Car será realizada fora de um autódromo oficial. Nós construíremos um autódromo móvel”, destaca Leonelli.

  2. Marcelo Schmoo disse:

    Além do péssimo estado de conservação da pista, cheia de lombadas e buracos, a escolha de uma área como esta desestimula a construção de um autódromo de verdade na Bahia.

  3. MSM disse:

    Quando a política está envolvida, já sabemos como vai terminar. MAs torço para que dê certo, estive em Salvador em 2007 e uma das minhas tias mora no Saboeiro, a uns 10min da rodoviária e perto da Av Paralela (que seria para quem conheçe o Rio, a nossa Av Brasil). Por mim faria lá, retões de ida e volta ligados por grampo, com bastante espaço para ultrapassagens. Não dá para fazer igual a F-Renault, pois eles utilizaram as ruas do centro e os carros da Stock são muito grandes para andarem ali. De qualquer forma pelo menos uma corrida na rua, eu acho válido, só não vale tomar o rumo da F1, que está saindo do autódromos clássicos e fazendo várias etapas em circuitos de rua. E porque não correm em um dos 2 autódromos que a Truck usa no Nordeste também?
    Obs. Gostei do traçado, parece ser bem rápido.

  4. Diogo Araújo disse:

    É como falaram: a demanda reprimida por este tipo de evento por aq é enorme. Por mais que o estereótipo diga o contrário, baiano adora velocidade.

    Pena que a paisagem vai ser os monumentos à burocracia e ao poder estatal construídos por ACM, ao invés das belezas naturais e arquitetonicas da cidade. A intenção de se fazer aquela etapa da F-Renault foi justamente de se tentar emplacar um “Monte Carlo dos trópicos”.

    Mas, de qualquer forma, entendo que o aspecto esportivo deve ser a prioridade.

  5. Marcello Pastana disse:

    Bom, nós que gostamos de carros, corridas e etc… apesar de haver grande discussão no blog, e quando atingimos uma certa idade nos vem os riscos que já corremos, me diga quem não acelerou mais do que devia nas ruas, até mesmo em um livro sobre a história de Emerson Fittipaldi narra um carro da mãe deles, que eles (Emerson e Wilson) distruiram, acredito ser bem interessante mesclar autódromos com circuito de ruas. Acho que Brasília seria bem interessante correr na rua, cheguei até escrever para o marketing da Sotck Brasil sugerindo uma corrida nas ruas, que já vi acontecer na DTM, se não me engano nas ruas de Berlim com um tal Schumacher em uma Mercedez 4 portas ultrapassando uns dez carros na largada que era uma reta com um grampo no final dela, todo mundo freando e o louco passando todo mundo por dentro… Acho que deveríamos ter provas de estrada também… FG já pensou o meianov nestas condições…

  6. Davi Ribeiro disse:

    O lugar vai precisar de uma reforma de primeira. O asfalto está muito ruim e há muitos desníveis na pista, além da guia ser alta.
    A pista proposta é interessante. O lugar tem vários desníveis e vejo dois excelentes pontos de ultrapassagem. Supondo que a largada ocorra ali em cima – onde dizem ser os boxes – e o sentido seja horário, o trecho que vai da curva 2 até a curva 3, é em descida – quero ver essa freada! – dá um bom ponto de ultrapassagem. E o trecho que vai da curva 5 passando por uma curva de alta à esquerda e o curvão à direita vai dar outro bom ponto de ultrapassagem.
    Estou torcendo que tudo saia bem! Salvador respira velocidade e já precisa de um autódromo há anos…

  7. Marcelo Witt disse:

    Putz, com esses retões, os caras vão ter que frear pacas pra fazer essas curvas fechadas no final das retas… haja pneu!!!

  8. Evanclaudio Santana disse:

    Sou de Salvador e gostaria de fazer apenas algus comentarios a respeito dessa corria.
    1. Nao é Pituassú e sim Pituaçu
    2. A depender de onte se esteja no CAB a distancia pode ser de 1,5km ou 3,5km para o estadio.
    3. No estadio existe um pequeno estacionamento e no CAB alem de se usar as ruas existem os estacionamentos das repartiçoes.
    4. As provas no comercio foram medonhas eu mesmo estava lá e vi o trasntorno que aquilo causou a cidade. sem falar que nao daria certo para estoque correr por ser muito curto e estreito..
    5. Realmente a briga politica ta feia aqui e vai ser preciso muita “costura para fzer essa roupa.”
    6. Nao da para aumentar certos pontos da pista pelo fato de existir uma diferença de altura entre algumas partes de quase 1 metro de altura tornando inviaveis outros traçados.
    7. Provavelmente o transito vai ser alterado para se usar as avenidas proximas como estacionamento e talvez ate parte da avenina Paralela. mais ai ja é uma outra coisa.
    8. O asfalto ta uma coisa de louco. vao trocar tudo senao nao da nem para corrida de trator, quanto mais de automoveis.
    9. Vai ser preciso fazer um bom trabalho de proteçao para os carros e o publico senao a coisa vai ficar feia.
    10. No meu ver podia ser feito em outro local do pais mais se for mesmo aqui é o local mais apropiado, e com boa vontade politica e um trabalho serio vai ser uma corrida interessante e um marco no automobilismo nacional.
    Grato a todos.
    Evanclaudio Gomes de santana

  9. leohora disse:

    dava pra fazer a lista um pouco maior, assim teria mais espaço para o publico, uma vez que salvador tem uma grande demanda reprimida por eventos automobilisticos, relembrem da formula renault e do evento da petrobras em 2008 que trouxe o carro da willians pra andar do dique do tororó. torço pra que a corrida ocorra mesmo, certamente vai ser recorde de publico em corridas estoque.

    abraço!

  10. Squa disse:

    Corrigindo o anterior, “dois comentárioS”

  11. Thomas Visani disse:

    Falando em projeto de traçados, alguma novidade do “Projeto Interlagos Revival”, que o Ceregatti tava tocando?

  12. Squa disse:

    Dois comentário: Primeiro, sou contra, tem um monte da autódromos largados por aí, e inclusive um que não estava tão largado, mataram no Pan. Se recuperarem as principais pistas do Brasil, dá pra fazer dois campeonatos sem repetir pista.
    Segundo, se o estupro for inevitável, relaxa e estica um pouquinho a pista (do lado extremo direito da foto) e utiliza as duas alças da rotatória, um retorno clássico em forma de tesoura, ao invés daquele hairpin (aliás são 4, muito chato). Descer acelerando e depois subir na alça seguinte é uma delícia.

  13. Carlos Afonso disse:

    Da forma como está a notícia creio ser difícil a realização da prova, pelos seguintes motivos:
    1- Governo estadual e prefeitura estão em lados opostos politicamente.Houve um racha nas últimas eleições e a prefeitura do ministro Geddel venceu o Governador Wagner.Até hoje não se entendem.
    2- O Centro Administrativo é Estadual e atualmente mesmo com a inauguração do novo estádio de futebol ( Pituassú) a 1 km do local o policiamento só permite estacionamento nas pistas ( acho correto ) e sendo assim onde ficariam as arquibancadas ??Sobre os canteiros e jardins ? Não acredito.
    Gostaria que a prova fosse no mesmo local onde houve uma prova da formula Renault . Foi um sucesso , estimou-se um público de 200.000 pessoas. Local – Área em frente ao elevador Lacerda ( cartão postal da cidade e local lindíssimo ).
    Abraço a todos.

  14. luiz morena disse:

    Sou de Salvador e passo por esse trajeto quase todos os dias: é no Centro Administrativo e a pista está cheia de “bumpings”, se um Stock chegar no fim da reta a 200 por hora e frear, vai parar lá no Elevador Lacerda!!!

  15. Joaquim disse:

    Pô, qual é a nova?

    Salvador já teve corrida de rua no saudoso circuito da Av. Centenário – vi ali os 500 Km de 68 e 69 – e já abrigou até Alfa P-33 em 1969.
    Qual o mistério de colocar os fresquinhos da Stock para correr na rua?
    Tem neguinho ali na categoria que reclama até da Curva Um de Tarumã, a única curva de alta velocidade que sobrou nos circuitos brasileiros…

  16. ALEX B. disse:

    A estoque andando nas ruas? Hummn…sei nao…estreitinho e aqueles motoroes? Oxalá de certo!

  17. Marco Moreira disse:

    Se for verdade, vai sobrar emoção e faltar pneu e freio…

  18. Thiago Sabino disse:

    Impressão minha, ou tem também uma “bus-stop”?

    Logico que a la Salvador, mas pode ser uma bus-stop..eheh..

  19. José Brabham disse:

    Se for para fazer uma corrida de rua em Salvador não há lugar melhor: pista larga, possibilidade de se fazer áreas de escape, arquibancadas e “eteceteras” e a vantagem de não ficar no centro da cidade, causando pouco impacto na rotina local. Vamos torcer para vingar!

  20. Rafael "ZakSpeed" disse:

    Será que nessa corrida os pilotos vão ter que se reagrupar para aparecer no Big Brother?

    Ou será que nas últimas voltas pra se encontrarem perto do pessoal mandando um carnaval fora de época.

    Coitada da Stock… Se tivessem o pessoal que organiza a F-Truck, seria um grande evento.

  21. vitão disse:

    pista de rua com os carros da estoque, pesados e velozes, é meio complicado, embora na Austrália exista corrida de V-8 na rua, mas no Brasil não há experiência recente.

  22. Maveco disse:

    Salvo melhor juízo, haja vista não entender p… nenhuma de engenharia e arquitetura de autódromos e também não conhecer o local, o desenho parece beneficiar eventuais ultrapassagens.
    Acho legal traçados de rua, não como regra, mas para mesclar é bacana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *