MENU

terça-feira, 24 de março de 2009 - 10:24Legião urbana

LEGIÃO URBANA

SÃO PAULO (gosto da picape, também) – Clicada agora pela manhã, em uso profissional, mas absolutamente íntegra. O único problema dessa Rural (na verdade, do dono dela) é o filme escuro nos vidros, algo que considero ridículo em qualquer automóvel.

Falando em Rural, o irmão do Décio reestilizou a primeira SUV brasileira e o site da revista “AutoEsporte” fez uma matéria interessante. Está aqui.

43 comentários

  1. Bianchini disse:

    Quanto à Rural, meu sonho era aquela verde e branca, achava lindíssima, mas as vermelhas e brancas e azuis e brancas também eram legais.
    Quanto ao Insul-Film, repito o que já disse para alguns amigos que defendem o dito-cujo: eu não estou fugindo da Polícia para não querer que me vejam dentro do carro, e se algum dia eu sofrer um sequestro relâmpago eu quero que vejam o meliante no banco de trás me apontando a arma. E tenho dito!

  2. Fabio Morais disse:

    Respondendo à pergunta da revista: eu não compraria a Rural reestilizada, ficou igual a um monte de porcaria que roda por aí.
    Filme torna o carro esportivo? Hahahaha

  3. Rodrigo Duarte disse:

    Adoro Rural, o chefe do meu pai tinha um e ele tinha muito dinheiro, era engraçado sabe, ele era rico e poderia comprar carros mais novos e modernos, todo mundo falava isso, mas ele nunca abriu mão da Rural dele. Hoje não sei se tem mais pois ele não dirige mais devido à idade avançada, mas enquanto ele dirigiu, ele sempre teve a Rural dele.
    FG, já que não gosta de filme escuro, o que você acha daquelas cortininhas que alguns põe na Rural? Eu até acho que fica bonitinho.

  4. Samuca- Puma GTI disse:

    Concordo com o Gomes e com outros amigos. A Rural é linda e os vidros pretos são abomináveis. Presenciei vários acidentes onde o motorista simplesmente não viu o outro carro pelo vidro traseiro e deu ré…
    Agora: vidro preto tornar Celta 1.000 esportivo, é demais….
    E ainda mais: carro antigo não pode ter vidros com filme, é critério de exclusão para placa preta !

  5. Alvaro disse:

    A Rural teve uma das piores latarias que já existiram no mercado nacional, apodrecia só de olhar, sem contar o motor de 6cil raquítico e de altíssimo consumo de combustível

    quanto as películas, tudo bem ter gostos pessoais, uns gostam, outros não, o que não pode é querer impor seu gosto pessoal como verdade absoluta como o FG tem feito nesse caso e em alguns outros

    RESPOSTA DO FG:

    Eu imponho meu gosto pessoal, sim. Por exemplo: não gosto de você, e vou começar a apagar seus comentários, que tal?

  6. Eu disse:

    Esta com bagagueiro da Belina. E da Ghia por ser cromado (ou aluminio polido).

  7. Carlos Afonso disse:

    Gostei da Rural estilizada.Quanto à película não gosto pois ao dirigir sinalizo bastante e quero ver e ser visto pelo pedestre.É uma comunicação eficiente direta e previne acidentes.

  8. Edward Fernandes disse:

    Flávio

    Uma Rural 4×2 verde e branca ano 1961 foi o segundo carro de meu pai, o primeiro foi um Austim A 70 ano 1953. A Rural era uma beleza, nas viagens Goiânia a Belo Horizonte a gente forrava o porta malas com as malas e por cima um colchão de cama de campanha. Faziamos revezamento para dormir. Eram dezoito horas de viagem.

    Sds

    Edward

  9. Earth Dreams disse:

    Acho que ninguém aqui falou do rack. É original? Nunca vi esse tipo de rack na Rural e nem lembro se ela realmente tem, a não ser aqueles bagageiros enormes. Se não for original, tô fora.
    FG, tu consegue umas fotos de Panorama? Eu adoro esse carro.

  10. Airton disse:

    Declaro que, desde que as películas foram autorizadas (1998), nenhum carro meu recebeu tal aparato e nem, obviamente, foi equipado com engates. A razão é puramente estética, pois o carro com vidros transparentes fica com aparência clean, mas nem me atrevo a discutir com a maioria que gosta de carros com aparência de caveirão.

  11. Adonias Souza disse:

    Para mim, o Flávio Gomes é o cara que mais entende de formula 1 e de carros antigos, mas a minha bronca, é ele não gostar de carros com películas. Entendo que é um tanto perigoso em assaltos relâmpagos, mas também havemos de concordar que ajuda muito na refrigeração do veiculo, principalmente nas cidades consideradas quentes, como Manaus e muitas outras cidades brasileiras.

  12. Adonias de Lima Souza disse:

    Flávio,
    Vens andar em um carro sem película aqui em Manaus, que tu vais ser comido assado, mano!… Se o cara acha que a Rural dele, fica bonita com película, o que interessa o comentário de vocês?
    O mal do ser humano, é que tem rabo de palha, mas fica falando do rabo do outro.

  13. Wallace disse:

    Essa de esportividade com película é mesmo hilária. Deixa esse pateta ser sequestrado com esses vidros pretos e ele vai ver que
    seguarança é miragem…. É como estar em um caminhão baú com as portas fechadas, ninguém vê o que está contecendo. Que o diga quem já passou por isso. Deixa de ver filme americano pateta…..E acorda para a realidade….

  14. Givan disse:

    Meu pai tinha uma Rural…até hoje ele fala dela!! recebi um e-mail hoje com várias fotos de carros antigos redesenhados nos padrões atuais, inclusive a boa e velha Rural, quem se interessar em receber mande e-mail para [email protected]!

  15. Adal Avin disse:

    Gomes, você reparou que a revista Auto Esporte não incluiu em sua lista “Notícias por marca” (no alto, lado direito da página indicada por você), o glorioso emblema da Lada?

    Lamentável, mesmo porque foi esta revista que publicou, recentemente, um artigo noticiando o retorno do Niva, agora como “Lada 4×4″, artigo este que despertou e ainda desperta muita discussão entre os proprietários de Niva e, eventualmente, de outros 4×4!

  16. José Carlos disse:

    Flávio
    Parabéns por detestar películas escuras nos vidros. Há uns anos na minha terra, isso coisa de ….
    Nunca tive carro com isso e meu Fusca ainda tem os vidros virgens!

  17. retka disse:

    ai gomes compra uma dessa ai vai vender repolho na feira ! mas e bonita

  18. Viscondi disse:

    Caro Gomes,

    Com certeza eu não gosto de película e acho muito perigoso instalar uma no carro. Existem algumas que são tão escuras que à noite fica impossível enxergar algo a mais de 2 metros e com farol alto.

    A questão citada da segurança contra bandidos, como diz um especilista em segurança aqui em Brasilia, o bandido não está nem ai se quem está dirigindo é homem ou mulher, se tem uma, duas ou dez pessoas dentro do carro, quando eles querem assaltar, assaltam de qualquer jeito, e mais, acaba sendo mais perigoso, pois no caso de um sequestro relâmpago, atualmente muito comum aqui na minha terra, ninguém vê o que está se passando dentro do carro. A vítima não tem nem como dar um sinalzinho para um eventual policial que esteja passando por perto, pois este não verá nada dentro do carro.

    Um abraço.

  19. Luiz Mariano disse:

    Caro FG:
    Rural é o “bicho”. Enfrenta qualquer terreno. Mas, pelo amor de Deus, sem vidros escuros (maculam a “personalidade” do veículo).

  20. Lg disse:

    A Rural é linda, aqui em Brasília antigamente tinha várias usadas como “camburão” da Policia Civil, pintadas em preto e branco.

    Quanto aos vidros escuros é questão de gosto. Eu uso (com a trasparência dentro da Lei) e acho bom em dias quentes e não tenho nenhuma dificuldade com a visibilidade para dirigir mesmo a noite. A questão é o exagero pois quando você vai colocar o pessoal que faz o serviço usa a que você quiser com o carimbo de 50% para parecer dentro da norma legal.

  21. ALEXANDRE LOURENÇO disse:

    Na minha opinião essa implicancia com a película nos vidros é um absurdo, nos dias de hoje isso deveria ser um ítem obrigatório de fabrica, mantem um pouco de segurança para os passageiros por causa da violencia, protege um pouco nos dias quentes em baixo de sol e ainda deixa o carro muito mais esportivo e bonito, se não existisse essas películas, ia parecer que que os carros eram fabricados como antigamente, sem graça nenhuma no quesito esportividade!!!!

    RESPOSTA DO FG:

    Mais esportivo? Meu pai, de onde saiu este ser estranho?

  22. Rodrigo Zauli disse:

    Botar filme-película escuro num precioso carro antigo de coleção é mesmo o fino do mau gosto. Bem observado.

  23. Rodrigo Abreu disse:

    Não gosto de películas em carros antigos… Aqui em casa o Opala 77 e a Quantum 86 não tem…

    Mas meu Santana GLS 92 de uso diário tem, sou representante comercial, rodo muito e sem eles literalmente “fritava” no sol… além do ar condicionado funcionar melhor… não é dos mais escuros. É algo mais útil que bonito…

  24. márcio x-burger disse:

    No Riacho Grande, em São Bernardo, tem uma rural de um mecânico chamado Izac, com motor de dodge r/t alcool turbinado…. um monstro para andar.

  25. Wallace disse:

    Concordo com o Gomes e Vitão, filme em vidro é coisa de pateta. A regra do trânsito é clara ( VER E SER VISTO SEMPRE ) andar atrás de um carro destes, é como andar atrás de caminhão e ônibus o tempo todo. Ainda mais, os espertos esquecem de suas dificuldades visuais decrecentes com a idade aumentam e muito os riscos…. Toda vez que se faz testes de acuidade visual nas estradas, descobre-se que tem um bando que não enxerga ou que seus óculos estão inadequados. E por isso vemos estas barbaridades por aí e pensam que estão certos….

  26. Andre Decourt disse:

    Tenho uma briga eterna com minha mulher sobre a maldita película no carro. Quando namorávamos cada um tinha seu carro, e o meu logicamente tinha só os vidros verdes. O resultado que só saíamos de noite e também só viajávamos com o meu saudoso 306.

    Mas quando casamos, ter dois carros era ilógico, visto que eu trabalho a 500 metros de casa e temos uma estação de metrô na porta, vendemos o mais velho e ficamos com o “beloantônio” uma 206 SW 1.6. Que tem filme desde que saiu da concessionária, e que não é dos mais escuros. Estou desde então tentando arrancar os malditos filmes que são horríveis para dirigir de noite e piores ainda para viajar a noite, porque além dos farois me oriento pela quantidade de luz que vejo pelos espelhos.

  27. Varlei disse:

    Rural com esta pelicula, realmente não combina, rs, sou contra as peliculas , acho que todas deviam ser proibidas e acabou, num caso de sequestro relampago a policia atira pra todos os lados, como aconteceu com um amigo meu certa vez que tomou um tiro no braço por seu carro usar peliculas e os ladrões fugirem da policia , a policia meteu bala no carro todo inclusive nele, tirando a pelicula até que a rural tá bonitona.

  28. VaaaaLNeeeeY disse:

    Vem andar aqui em Natal sem filme pra você mudar de idéia

  29. ALEX B. disse:

    Putz, no inicio dos anos 80 comprei uma cinza chumbo num leilão da capitania dos portos de Rio Grande-RS! Ela tinha o estofamento todo vermelho, inclusive o volante!!! Mas comia uma gasola!!!!! Então fui dos pioneiros em instalar gas como combustivel; Resolveu, mas ficou meio fraquinha, mas quebrava o galho! Era uma fortaleza ambulante!!

  30. Paulo Barros disse:

    Adoro Rural! Tive uma verde e branca, 6cc, 4 marchas, 1975, 4×4. Foi um dos carros mais divertidos que tive, fui a lugares incríveis com ela.
    Ainda vou comprar outra.

    Quanto ao vidro escuro, há a questão do gosto e a da lei. Meus dois carros têm, dentro dos limites de visibilidade permitidos e dentro dos limites do bom senso (não tão escuros e os traseiros são mais claros). Não me atrapalham em nada, mesmo a noite ou com chuva. Mesmo não sendo tão escuros, diminuem sensivelmente o o calor irradiado da luz solar, que não dá prá amenizar mesmo com ar condicionado.
    Quanto ao gosto, isto não se discute. Mas não dá prá generalizar, chamando todo mundo de ridículo. Preto daquele jaito também acho feio, além de ilegal. Tem uns espelhados que são horrorosos.
    Em suma, não me acho ridículo. Tem hora que acho o Gomes meio radical.

  31. Ros disse:

    Creio ter andado atrás dela hoje no final da manhã. Me impressionou a pintura nova na velha lataria ondulada.
    E é mais bonita rodando.

  32. Clay disse:

    Agora, sim ! Que linda ! (sem vidro escuro, claro…)

  33. Ludimar Menezes disse:

    Uma destas azuis, é o 1º carro que tenho lembrança de meu pai ter (também lembro que quebrou o diferencial). Aprendi a dirigir numa F-75 com carroçeria de madeira (tipo caminhãozinho).
    Mais, aqui no Sudoeste em Brasília vê-se várias, diariamente, inclusiva acho que tem uma a venda no comércio da 303.

  34. Meu pai teve uma dessas, e uma azul também, antes de ter dois Fuscas. Eu era muito pequeno pra lembrar, mas pelas fotos que vi, eram mesmo lindas.

  35. leohora disse:

    meu pai teve algumas, final da decada de 60, viajava muito pelo interior da bahia, na epoca em que as estradas quase nao existiam, pena que quando eu nasci ele já nao tinha mais.

    nao me vejo com um carro sem vidros escuros….

  36. vitão disse:

    Linda a Rural, avançada 30 anos no conceito, embora a engenharia fosse “primitiva”.
    “isurfirme” e coisa pra idiota, geralmente cego de carro 1.0, que não olha o retrovisor, e anda a 70 km/h (por que não enxerga, porque o carro é uma droga,e também porque não tem $$$ pra gasolina) onde o limite é 120 km/h, igual um deles que encontrei na Rod. Castelo Branco no sábado. Tive que passar o animal pela direita porque ele não saiu nem quando pisquei os faróis e toquei a buzina. Passei pela direita e o cara fez um escândalo e veio atrás ( força de expressão). Se não corresse o risco de tomar um tiro do mano, ia perguntar se ele tinha cópia da escritura em que consta que ele comprou a estrada . Muito pior é quando chove, aí é que o sujeito não vê nada mesmo. E ainda me dizem que é “seguro” .

  37. Andre Benevides disse:

    Se vc morasse aqui em Fortaleza não deixaria de utilizá-las (as películas).

  38. O melhor carro do mundo!!!

    A minha 1964 tem o legítimo sangue Willys…um trator em qualquer terreno.

    Simplesmente a melhor…..em casa tem das duas, Rural e Pick up Willys(F75)

    Olhem a Lady Willys em acão:
    http://www.youtube.com/watch?v=EmHGwzQ6RQ8

    Abração a todos!!!

  39. André Buriti disse:

    Tá bonita assim, mesmo com o filme, questão de gosto.

  40. Tiberio disse:

    Obrigado por escrever : “o filme escuro nos vidros, algo que considero ridículo em qualquer automóvel”.

  41. Jason disse:

    Parece até propaganda da Willys Overland!

  42. Eric disse:

    Eu me lembro que há uns 20 anos o Senai vendeu várias dessas 0km….eram só montadas e desmontadas pelos alunos de mecanica.
    A picape é a F-75.

  43. O ranho…
    essa de implicar com as películas já é demais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>